Foto: Lucas Moura / Secom

“Volta do Caboclo e da Cabocla” encerra as comemorações do 2 de Julho em Salvador

Para encerrar as comemorações pela Independência do Brasil na Bahia, a capital baiana teve a volta do Caboclo e da Cabocla, na terça-feira (5), por volta das 18h30. No evento, os carros simbólicos saíram do Campo Grande e retornaram à Lapinha, regados a muita alegria e manifestações populares.

A ação realizada pela Prefeitura de Salvador, através da Fundação Gregório de Mattos (FGM), teve como um dos principais destaques, a Orquestra do Maestro Reginaldo de Xangô, que há mais de 25 anos integra a programação.

De acordo com Rita Barbosa, líder da orquestra, a apresentação é um compromisso da orquestra banda com a sua ancestralidade. “A gente faz esse trabalho com amor e carinho, é um momento que nós nos divertimos. Nós temos essa devoção, está ali nosso sagrado, nosso cívico, nossa representatividade e nossa energia”.

Além da orquestra, outros grupos culturais participaram das manifestações. Em um cortejo mais acelerado, a população devolveu os carros emblemáticos ao Pavilhão 2 de Julho, onde são guardados até os festejos do ano seguinte.

Foto: Lucas Moura / Secom