Foto: John Tavares / Sampaio Corrêa

Vitória vence Sampaio Corrêa e ganha fôlego na luta contra o Z-4

O Vitória venceu por 1 a 0 o Sampaio Corrêa, no estádio Castelão, em São Luís (MA), nesta terça-feira (12), após sete jogos sem um triunfo e ganha fôlego para sair do Z-4.  

Com o resultado, o Rubro-Negro baiano agora tem 29 pontos e está na 18ª colocação. A meta agora é encostar no Brusque que tem três pontos a mais, e joga na próxima sexta-feira (15), contra o Remo, em Santa Catarina.

O Vitória inicia sua caminhada nas eliminatórias da Copa do Nordeste na próxima terça-feira (19), às 21h30, contra o Itabaiana-SE, time responsável por eliminar o Bahia de Feira nos pênaltis, no Barradão.

FICHA TÉCNICA:
Sampaio Corrêa x Vitória
Série B – 30ª rodada
Data: 
12/10/2021 (terça-feira)
Local: Castelão, em São Luís (MA)
Horário: 19h
Árbitro: Luiz Augusto Silveira Tisne (SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil e Gizeli Casaril (ambos de SC) 
Quarto Árbitro: Otavio José de Araújo Neto (MA)
VAR: Rafael Traci (SC)
Gol: Eduardo (Vitória)
Cartões amarelos: Alyson e Ciel (Sampaio Corrêa) / Bruno Oliveira e Manoel (Vitória)

Vitória: Lucas Arcanjo; Van, Wallace, Mateus Moraes e Roberto; João Pedro, Eduardo (Caíque Souza) e Bruno Oliveira (Cedric); Marcinho (David), Manoel (Samuel) e Fabinho. Técnico: Wagner Lopes.

Sampaio Corrêa: Luiz Daniel; Watson, Alan Godói, Nilson Júnior e Alyson (Mascarenhas); Baraka (Jean Silva), Márcio Araújo (Léo Arthur), Eloir e Nádson (Ferreira); Ciel (Jackson) e Pimentinha. Técnico: Felipe Surian.

Foto: Pietro Carpi / E.C. Vitória

Vitória desperdiça oportunidades e perde para o Confiança no Barradão

O Vitória saiu do Barradão com uma derrota contra o Confiança, por 1 a 0, neste sábado (9), em jogo válido pela 29ª rodada da Série B. O Rubro-Negro até que jogou bem, mas desperdiçou oportunidade de sair da zona de rebaixamento, já que as duas equipes se encontram no Z-4 da competição.

O Leão chegou a sexta partida consecutiva sem balançar as redes. As chances apareceram, mas o goleiro Rafael Santos fez boas defesas. Em algumas oportunidades o time baiano não teve uma boa pontaria.

A próxima partida do Vitória é na terça-feira (12), contra o Sampaio Corrêa, às 19h, pela 30ª rodada da Série B.

FICHA TÉCNICA:
Vitória 0 x 1 Confiança
Série B – 30ª rodada

Data: 09/10 /2021 (sábado)
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Horário: 19h
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes:  Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Quarto Árbitro: Irinaldo Jorge dos Santos Silva (BA)
Analista de Campo: Kleber Moradillo da Silva (BA)
Árbitro de Vídeo: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR)
AVAR: Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR)
Observador de VAR: Luiz Vanderlei Martinucho(PR)

Gols: Jhemerson (Confiança)

Cartões amarelos: Álvaro (Confiança) / João Pedro (Vitória)

Vitória:Lucas Arcanjo; Raul Prata, Wallace, Mateus Moraes e Roberto (Renan Luís); João Pedro, Eduardo (Samuel) e Bruno Oliveira (Soares); Marcinho (Alisson Santos), Manoel e Fabinho (David). Técnico: Wagner Lopes.

Confiança:  Rafael Santos, Jonathan Bocão (Gedeílson), Nirley, Adalberto e João Paulo (Lucas Sampaio); Madison (Luan Bueno), Jhemerson, Álvaro e Ítalo; Willians Santana (Vinícius Barba) e Lohan (Neto Berola). Técnico: Luizinho Lopes.

Foto: André Jonsson / OFEC

Vitória consegue 1° triunfo fora de casa na série B, contra o Operário

O Vitória venceu pela primeira vez uma partida fora de casa nesta Série B, neste sábado (4). O Rubro-Negro bateu o Operário por 1 a 0, no Estádio Germano Krüger. O gol foi marcado, aos 39 minutos do primeiro tempo, pelo zagueiro Mateus Moraes.

O Leão conquistou 3 pontos, mas permanece no Z-4, com 23 pontos e a 17ª posição no Brasileiro da Série B.

O Vitória enfrenta na próxima sexta-feira (10), o Remo, às 19h, no Barradão.

FICHA TÉCNICA:
Operário x Vitória
Série B – 22ª Rodada

Data: 04/09/2021 (sábado)
Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Horário: 11h
Árbitro: Douglas Schwengber da Silva (RS)
Assistentes: Lúcio Beiersdorf Flor (RS) e Maíria Mastella Moreira (RS)
Quarto Árbitro: Gustavo Nogas (PR) 
Analista de Campo: Leandro José Mendes (PR)
Árbitro de Vídeo: Daniel Nobre Bins  (RS)
AVAR: André da Silva Bitencourt (RS)
Observador de VAR: Ana Paula da Silva Oliveira (SP)
Cartões amarelos: Felipe Garcia, Rafael Chorão e Rodolfo Filemon (Operário); Cedric (Vitória)
Gol: Mateus Moraes (Vitória)

Operário:Simão; Fábio Alemão (Pedro Ken)., Rodolfo Filemon, Reniê e Djalva Silva; Leandro Vilela, Marcelo (Gustavo Coutinho), Thomaz (Rodrigo Pimpão) e Rafael Longuine (Rafael Chorão); Paulo Sérgio e Felipe Garcia (Alemão) Técnico: Matheus Costa.

Vitória: Lucas Arcanjo; Van, Wallace, Thalisson Kelven e Mateus Moraes; Pablo Siles (Cedric), Fernando Neto (Gabriel Bispo) e Bruno Oliveira (Soares  Bolota); Marcinho, Samuel (Wesley Pionteck) e David (Ronan). Técnico: Wagner Lopes.

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Brasil passa por apuros, mas bate Chile nas Eliminatórias da Copa

O Brasil saiu do Estádio Monumental de Santiago com a vitória por 1 a 0 sobre o Chile, nesta quinta-feira (2), mas passou por apuros e teve dificuldades para engrenar, em jogo da nona rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Everton Ribeiro marcou o único gol da partida. Danilo pela direita tocou para Everton, que passou para Neymar. O atacante concluiu para boa defesa de Bravo. Na sobra, Everton Ribeiro mandou para a rede.

Fora de forma, Neymar foi considerado o pior jogador do Brasil em campo. Em jogadas simples, estava claro que ele não está pronto fisicamente. Em uma das jogadas, Gabigol lhe ofereceu um gol feito, mas Ney chutou por cima.

O jornal L’Equipe publicou na segunda-feira (30), após a estreia de Messi, de que “Neymar está fora de forma”.

Ainda assim, o Brasil garantiu o sétimo triunfo consecutivo, e chega a 21 pontos em sete partidas. Já o Chile permanece com seis pontos.

A seleção comandada por Tite volta a jogar neste domingo (9) contra a Argentina, na Neo Química Arena, às 16h. O “La Roja” enfrenta o Equador no Estádio Casa Blanca, às 18h (de Brasília). Ambas as partidas são válidas pela sexta rodada da competição.

Foto: Letícia Martins / Guarani F.C.

Vitória encerra jejum e vence o Guarani no Barradão

Na tarde deste sábado (21), o Vitória bateu o Guarani por 1 a 0, no Barradão, pela 20ª rodada da Série B, e encerrou o jejum que durava oito jogos. O gol foi marcado no fim do primeiro tempo, com um golaço olímpico de Soares Bolota.

O Rubro-Negro, apesar dos três pontos conquistados, ainda segue na zona de rebaixamento na 18ª colocação. Entretanto, chegou aos 19 pontos, mesma pontuação da Ponte Preta, que está fora da degola no 16º lugar. Já o Bugre caiu para sétimo e permanece com 30 pontos.

O próximo desafio do Vitória é no dia no dia 29 de agostou, contra o Náutico, nos Aflitos, às 16h, pela 21ª rodada da Série B. O Guarani enfrenta o Operário-PR, na próxima terça-feira (24), às 19h, no Brinco de Ouro.

FICHA TÉCNICA:
Vitória 1×0 Guarani
Série B – 20ª rodada
Local:
 Barradão, em Salvador (BA)

Horário: 16h30
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Auxiliar do VAR: Christiano Gayo Nascimento (DF)
Observador de VAR: Renato Cardoso da Conceição (MG)
Quarto árbitro: Josué Reis de Jesus Júnior (BA)
Analista de campo: Kleber Moradillo da Silva (BA)

Cartões amarelos: Wallace, Pablo Siles, Lucas Arcanjo (Vitória) / Pedro Acorsi, Carlão, Rafael Martins (Guarani)

Gol: Soares Bolota (Vitória)

Vitória: Lucas Arcanjo; Van, Wallace, Mateus Moraes e Roberto; Pablo Siles (Gabriel Bispo), Fernando Neto (Cedric) e Soares Bolota (Bruno Oliveira); Marcinho, Samuel (João Victor) e Wesley Pionteck (David). Técnico: Wagner Lopes.

Guarani: Rafael Martins; Diogo Mateus (Maxwell), Thales, Carlão e Bidu (Eliel); Índio e Tony (Pedro Acorsi); Júlio César (Júnior Todinho), Andrigo e Pablo (Allan Victor); Bruno Sávio. Técnico: Daniel Paulista.

Foto: Lucas Uebel Grêmio

Vitória volta a perder para o Grêmio e é eliminado da Copa do Brasil

O Vitória perdeu por 1 a 0 para o Grêmio, nesta terça-feira (3), na Arena do Grêmio, e está eliminado da Copa do Brasil. O jogo foi válido pelo confronto de volta das oitavas de final da competição. Na partida de ida, o Leão havia sido derrotado pelo placar de 3 a 0.

Apesar de o Grêmio ter apresentado baixa intensidade no jogo, o Rubro-Negro não conseguiu pressionar a equipe gaúcha. O gol aconteceu ainda no primeiro tempo, aos 43 minutos. O VAR apontou toque de mão de João Pedro na área, que recebeu o cartão vermelho. Jean Pyerre marcou o pênalti para o time comandado por Luiz Felipe Scolari.  

O próximo desafio do Vitória é contra o Vasco da Gama, sábado (7), às 19h30, no Barradão, pela 16ª rodada da Série B.

FICHA TÉCNICA:
Grêmio 1 x 0 Vitória
Copa do Brasil – oitavas de final (jogo de volta)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 03/08/2021 (terça-feira)
Horário: 19h
Árbitro: Léo Simão Holanda (CE)
Assistentes:  Nailton Júnior de Sousa Oliveira (CE) e Cleberson do Nascimento Leite (CE)
Quarto Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)
Quinto Árbitro: Fabricio Lima Baseggio (RS)
Árbitro de Vídeo: Rafael Traci (Fifa/SC)
Auxiliar do VAR: Thiaggo Americano Labes (SC)
Observador de VAR: Cláudio José de Oliveira Soares (RJ)
Cartões amarelos: Ruan e Guilherme Guedes (Grêmio); Guilherme Santos (Vitória)
Cartão vermelho: João Pedro (Vitória)
Gol: Jean Pyerre (Grêmio)

Grêmio: Gabriel Chapecó; Vanderson (Rodrigues), Geromel, Ruan e Cortez (Guilherme Guedes); Lucas Silva, Darlan (Thiago Santos), Léo Pereira (Jonatha Robert), Jean Pyerre e Alisson (Luiz Fernando); Ricardinho. Técnico: Felipão.

Vitória: Lucas Arcanjo; Van (Cedric), Marcelo Alves, Mateus Moraes e Roberto; Gabriel Bispo, João Pedro, Eduardo (Gabriel Inocêncio) e Soares Bolota(David); Guilherme Santos (Pedrinho) e Samuel (Caíque Souza). Técnico: Ramon Menezes.

Foto: Carlos / Brasil de Pelotas

Vitória perde para o Brasil de Pelotas e chega ao sétimo jogo sem vencer na Série B

O Vitória perdeu para o Brasil de Pelotas por 1 a 0, na manhã deste sábado (17), no Bento Freitas, pela 12ª rodada e chaga ao sétimo jogo sem vencer na Série B. O gol da partida foi marcado pelo lateral Vidal para os donos da casa.

Com o resultado negativo, o Rubro-Negro caiu ainda mais na zona de rebaixamento e está na 18ª colocação, com nove pontos.  Já o Xavante somou 11 e subiu para o 15º lugar.

O Leão encara a Ponte Preta, na próxima terça-feira (20), às 21h30, no Barradão, pela 13ª rodada. O Brasil de Pelotas enfrenta o Náutico, na quarta (21), no mesmo horário, nos Aflitos.

FICHA TÉCNICA:
Brasil de Pelotas 1×0 Vitória
Série B – 12ª rodada

Local: Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Data: 17/07/2021 (sábado)
Horário: 11h
Árbitro: Leonilson Fernandes Trigueiro (RN)
Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Lorival Cândido das Flores (RN)

Cartões amarelos: Wesley, Ramon (Brasil de Pelotas) / Matheus Moraes, Guilherme Santos (Vitória)

Gol: Vidal (Brasil de Pelotas)

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira; Vidal, Leandro Camilo, Arthur Henrique (Alan Dias) e Kevin; Rômulo, Denilson (Wesley), Luiz Fernando (Jarro) e Gabriel Terra (Renatinho); Netto (Gabriel Pierini) e Ramon. Técnico: Cláudio Tencati.

Vitória: Ronaldo; Cedric, Matheus Moraes, Thalisson Kelven (João Victor) e Roberto (Bruno Oliveira); Gabriel Bispo (Wesley Pionteck), Pablo Siles, Fernando Neto (Eduardo) e Pedrinho; David e Dinei (Eron). Técnico: Ramon Menezes

Foto: Reprodução / Conmebol

Argentina vence Brasil e conquista a Copa América no Maracanã

A Argentina venceu o Brasil por 1 a 0, no Maracanã, e acabou com um jejum de 28 anos sem títulos ao conquistar neste sábado (10), a Copa América.

O atacante Lionel Messi, finalmente, alcançou seu primeiro troféu com a seleção. Aos 22 da etapa inicial, o meia Di María marcou para os argentinos.

Um dos destaques do jogo, o meia De Paul fez um lançamento para Di María, que aproveitou erro do lateral Renan Lodi. De frente com Ederson, o meia encobriu o goleiro e mandou para o fundo das redes.

Esta é a 15ª vez que a seleção Argentina é campeã continental, enquanto os brasileiros seguem com nove conquistas. Messi se despede desta edição da Copa América eleito o melhor jogador da competição e como artilheiro do torneio, com quatro gols, ao lado do colombiano Luis Díaz.

Em desvantagem na partida, a equipe brasileira tentou sair mais para o jogo, mas por conta da forte marcação adversária, não conseguiu reverter o placar.

Ficha técnica da partida final da Copa América 2021:

Argentina-Brasil (1-0)

Local: estádio Maracanã (Río de Janeiro)

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)

Gol:

Argentina: Di María (22)

Cartões amarelos:

Argentina: Paredes (33), Lo Celso (51), De Paul (68), Otamendi (81), Montiel (89)

Brasil: Fred (2), Lodi (70), Lucas paquetá (72), Marquinhos (82)

Equipes:

Argentina: Damian Martinez – Gonzalo Montiel, Cristian Romero (German Pezzela 79), Nicolás Otamendi, Marcos Acuna – Rodrigo De Paul, Ángel Di María (Exequiel Palacios 79), Leandro Paredes (Guido Rodriguez 54), Giovani Lo Celso (Nicolás Tagliafico 63), Lionel Messi (cap) – Lautaro Martínez (Nicolás González 79). Técnico: Lionel Scaloni.

Brasil: Ederson – Danilo, Marquinhos, Thiago Silva (cap), Renan Lodi (Emerson 76) – Casemiro, Lucas paquetá (Gabriel 76) – Fred (Roberto Firmino 46), Everton (Vinícius Júnior 63), Richarlison, Neymar. Técnico: Tite.

Foto: Reprodução / São Paulo Futebol Clube

Bahia perde para o São Paulo com gol nos acréscimos no Morumbi

O meio-campo Liziero marcou aos 46 minutos do segundo tempo para dar o triunfo ao São Paulo contra o Bahia, no Morumbi, em jogo válido pela 11ª rodada do Brasileirão, na noite deste sábado (10).

O arqueiro do Tricolor baiano, Matheus Teixeira, até fez boas defesas para manter o resultado, mas não suportou a pressão.  

Com o resultado, o Esquadrão acaba com a sequência positiva conquistada nos últimos dois jogos, contra Chapecoense e Juventude. Bahia permanece na sexta posição, com 17 pontos.

Bahia volta a jogar, no próximo domingo (18), contra o Flamengo, pela 12ª rodada do Brasileirão, em Salvador.

FICHA TÉCNICA:
São Paulo 1 x 0 Bahia
Campeonato Brasileiro – 11ª rodada

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 10/07/2021 (sábado) 
Horário: 19h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelos: Jonas (Bahia)
Gol: Liziero (São Paulo) 

São Paulo: Tiago Volpi; Diego Costa, Arboleda e Léo; Igor Vinicius (Benítez), Liziero, Talles (Igor Gomes), Gabriel Sara e Reinaldo; Vitor Bueno (Marquinhos) e Pablo (Galeano). Técnico: Hernán Crespo.

Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Luiz Otávio, Ligger e Matheus Bahia; Jonas (Lucas Araújo), Patrick de Lucca (Galdezani) e Thaciano (Maycon Douglas); Rossi (Óscar Ruiz), Rodriguinho (Thonny Anderson) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

Na vontade, o Bahia vence o Juventude por 1 a 0 em Pituaçu

A vontade pelo triunfo na partida fez o Bahia vencer o Juventude por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (7), em Pituaçu, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Matheus Bahia foi o nome do jogo, pelo gol e os três pontos conquistados pela equipe Tricolor.  

Com o resultado, o Bahia soma 17 pontos e permanece na sexta colocação na tabela. A próxima partida do Esquadrão de Aço será contra o São Paulo no próximo sábado (10), no Morumbi.

FICHA TÉCNICA:
Bahia 1 x 0 Juventude
Campeonato Brasileiro – 10ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 07/07/2021 (quarta-feira) 
Horário: 18h
Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)
VAR: Péricles Bassols (SP)

Cartões amarelos: Thaciano, Daniel (Bahia) / Paulinho Boia, Wescley, Paulo Henrique (Juventude)

Gols: Matheus Bahia (Bahia)

Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Juninho, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Jonas (Patrick), Thaciano (Maycon Douglas) e Daniel (Lucas Araújo); Rossi (Óscar Ruiz), Rodriguinho (Thonny Anderson) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Juventude: Marcelo Carné; Michel Macedo (Paulo Henrique), Vitor Mendes, Rafael Forster e William Matheus; Elton, Jadson, Matheus Jesus (Chico) e Wescley (Fernando Pacheco); Paulinho Boia (Marcos Vinicios) e Matheus Peixoto. Técnico: Marquinhos Santos.

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Brasil vence o Peru e garante vaga na final da Copa América

A seleção brasileira está classificada para a final da Copa América, com a vitória sobre o Peru por 1 a 0, na noite da segunda-feira (5), no estádio Nilton Santos. Aos 34 minutos do primeiro tempo, Lucas Paquetá marcou o gol e carimbou a vaga.

No primeiro tempo, a seleção Canarinho teve bom rendimento e mais chances de gol. Já na segunda etapa, os peruanos foram mais para o ataque em busca do empate.  A seleção no comando de Tite tem saldo positivo e busca pelo bicampeonato.

O adversário do Brasil será definido nesta terça-feira (6), no duelo entre Argentina e Colômbia, às 22h (de Brasília), no Mané Garrincha. A final da Copa América será no sábado (10), às 21h, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA:
BRASIL 1 x 0 PERU

Competição: Copa América, semifinal
Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro-RJ
Data/hora: 5 de julho de 2021, segunda-feira, às 20h
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Assistentes: Christian Schiemann e Claudio Rios (ambos do Chile)
VAR: Derlis Lopez (Paraguai)
Cartões amarelos: Vini Jr (Brasil), Yotún, Marcos Lopes (Peru)

GOLS: Lucas Paquetá, aos 34/1ºT (1-0)

Brasil: Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi (Éder Militão, aos 38/2ºT); Casemiro e Fred (Fabinho, aos 38/2ºT); Éverton Cebolinha (Everton Ribeiro, aos 24/2ºT), Neymar, Richarlison (Vini Jr, aos 38/2ºT) e Lucas Paquetá (Douglas Luiz, aos 46/2ºT). Técnico: Tite.

Peru: Pedro Gallese; Callens, Ramos (Raziel Garcia, no intervalo) e Santamaría; Corzo, Sergio Peña, Tapia (Távara, aos 44/2ºT), Yotun e Trauco (Marcos López, no intervalo); Cueva (Ormeño, aos 35/2ºT) e Lapadula. Técnico: Ricardo Gareca. https://outline.com/bv6Dq2

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Mesmo com pressão, Brasil vence o Chile e segue nas semifinais na Copa América

O Brasil superou o Chile por 1 a 0 na noite desta sexta-feira (2), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pelas quartas de final da Copa América e está garantida nas semifinais da competição. Lucas Paquetá marcou o único gol da partida.

Na parte final da partida, o time comandado por Tite acabou sofrendo por causa por causa da expulsão de Gabriel Jesus no começo da segunda etapa, ficando com um a menos.

A seleção Canarinho jogou com Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi (Éder Militão); Casemiro, Fred e Neymar; Gabriel Jesus, Roberto Firmino (Lucas Paquetá) e Richarlison (Everton).

O Brasil vai enfrentar o Peru, na próxima fase, na segunda-feira (5), às 20h, novamente no Nilton Santos.

Foto: Vítor Silva / Botafogo

Vitória perde para o Botafogo e segue na zona de rebaixamento na Série B

O Vitória está na sua terceira derrota consecutiva na competição, com o resultado de 1 a 0 para o Botafogo, na quarta-feira (30), no Estádio Raulino Oliveira, em Volta Redonda (RJ), válido pela oitava rodada da Série B.

O Rubro-Negro permanece na zona de rebaixamento da competição, com seis pontos e na 18ª colocação na tabela.  

A próxima partida do Vitória é contra o Goiás, sábado (3), às 21h30, no Barradão.

FICHA TÉCNICA:
Botafogo 1 x 0 Vitória
Série B – 8ª rodada
Local: Estádio Raulino Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 30/06/2021 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro:  Lucas Paulo Torezin (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Cartões amarelos: Chay, Oyama, Gilvan (Botafogo); Gabriel Bispo e Bruno Oliveira (Vitória)
Gol: Chay (Botafogo)

Botafogo: Douglas Borges; Daniel Borges, Kanu, Gilvan e Guilherme Santos (Rafael Carioca); Oyama, Pedro Castro e Chay (Marco Antônio); Ronald (Barreto), Diego Gonçalves (Matheus Frizzo) e Rafael Navarro (Rafael Moura). Técnico: Marcelo Chamusca.

Vitória: Ronaldo, Raul Prata, Wallace, Marcelo Alves (Guilherme Santos), Mateus Moraes e Pedrinho; Gabriel Bispo (Cedric), Pablo Siles e Soares Bolota (David); Ronan (Bruno Oliveira) e Dinei (Ygor Catatau). Técnico: Ramon Menezes.

Foto: Albari Rosa / E.C. Vitória

Vitória perde para o Coritiba em partida realizada no Couto Pereira

Em partida realizada no Couto Pereira, nesta terça-feira (22), o Vitória perdeu por 1 a 0 para o Coritiba, válido pela sexta rodada da Série B. O atacante Waguinho marcou o único gol da partida.

Com o resultado, o Rubro-Negro permanece com seis pontos na tabela, mas caiu para a 12ª posição. Já o Coritiba está agora com 10 pontos e avançou para o G-4, na quarta colocação.

A próxima partida do Vitória é no Barradão, no sábado (26), às 18h30, contra o Londrina.

FICHA TÉCNICA:
Coritiba 1 x 0 Vitória
Série B -6ª rodada

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 22/06/2021 (terça-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (Fifa/SP)
Cartões amarelos: Rafinha, Wilson, Val e Jhony Douglas (Coritiba); Gabriel Bispo, Pablo Siles e Wallace (Vitória);
Gol: Waguinho (Coritiba)

Coritiba: Wilson; Igor, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Val, Willian Farias, Waguininho (Jhony Douglas) e Rafinha (Valdeci); Igor Paixão (Luiz Henrique) e Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo

Vitória: Lucas Arcanjo; Cedric, Marcelo Alves, Wallace, Mateus Moraes (Ygor Catatau)e Pedrinho (Roberto) ; Gabriel Bispo (Guilherme Santos), Pablo Siles e Soares Bolota (Bruno Oliveira); David e Dinei (Samuel). Técnico: Ramon Menezes.

Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

Em jogo de poucas emoções, Bahia perde por 1 a 0 para o Inter em Pituaçu

O Bahia foi superado pelo Internacional por 1 a 0 em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio de Pituaçu. Essa foi a primeira derrota do Tricolor na competição. Em um pênalti que foi bastante questionado, o Inter teve o seu gol marcado por Edenílson. A reclamação veio após sequer a jogada ser analisada pelo árbitro de vídeo.

A equipe permanece com quatro pontos na competição e volta a jogar pela competição na próxima quinta-feira (17), contra o Ceará, na Arena Castelão.

FICHA TÉCNICA:
Bahia 0 x 1 Internacional
Campeonato Brasileiro – 3ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 13/06/2021 (domingo)
Horário: 20h30
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Michael Correia e Daniel do Espirito Santo Parro (ambos do RJ)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)

Gol: Edenílson (Inter)

Cartões amarelos: Matheus Teixeira, Matheus Bahia Renan Guedes, Thonny Anderson (Bahia) / Yuri Alberto, Taison, Léo Borges, Taison (Internacional)

Cartões vermelhos: Lucas Ribeiro (Internacional)
 Bahia: Matheus Teixeira; Renan Guedes, Conti, Juninho e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick (Galdezani), Thaciano (Thonny Anderson) e Daniel; Rossi, (Maycon Douglas) Rodriguinho (Ruiz) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Internacional: Daniel; Heitor (Caio Vidal), Lucas Ribeiro, Cuesta e Léo Borges; Johnny, Edenilson, Patrick e Taison (Maurício); Yuri Alberto (Rodrigo Lindoso) e Thiago Galhardo (Zé Gabriel). Técnico : Osmar Loss.

Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

Bahia avança nas oitavas da Copa do Brasil após triunfo contra o Vila Nova

O Bahia venceu o Vila Nova no placar de 1 a 0, no estádio de Pituaçu, na noite desta quarta-feira (9), e está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil. Após uma falha do goleiro Georgemy, o Tricolor marcou com Gilberto que levou a melhor na jogada.

No placar agregado o Esquadrão ficou com o placar de 2 a 0. O técnico Dado Cavalcanti destacou a dificuldade da competição e valorizou a classificação. Além da comemoração, o Bahia recebe pela classificação o prêmio de R$ 2.700.000.  

Ainda será definido em sorteio na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) o próximo adversário do Bahia, na competição nacional.

O próximo desafio dos tricolores é no próximo domingo (13), às 20h30, contra o Internacional, novamente em Pituaçu.

FICHA TÉCNICA:
Bahia x Vila Nova
Copa do Brasil – Terceira Fase – 2º jogo

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 9/06/2021 (terça-feira)
Horário: 19h
Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Assistentes: Neuza Ines Back e Luiz Alberto Andrini Nogueira (ambos de SP)

Cartões amarelos: Arthur Rezende, Kelvin, Cardoso, Ricardo Lima (Vila Nova) / Rossi, Lucas Araújo (Bahia)

Gols: Gilberto (Bahia)

Bahia: Matheus Teixeira; Renan Guedes (Edson), Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick (Jonas), Galdezani e Thaciano (Thonny Anderson); Rossi (Ruiz), Rodriguinho e Gilberto (Lucas Araújo). Técnico: Dado Cavalcanti.


Vila Nova: Georgemy; Pedro Bambu, Walisson Maia, Renato (Ricardo Lima) e Willian Formiga; Deivid (Íkaro), Dudu e Arthur Rezende (Breno); Cardoso (Fernandinho), Pedro Júnior (Henan) e Kelvin. Técnico: Wagner Lopes.

Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

Bahia perde do Independiente e também liderança do grupo na Sul-Americana

O Bahia teve chances, mas perdeu para o Independiente por 1 a 0 pela quinta rodada da Copa Sul-Americana, na noite desta terça-feira (18), no estádio Libertadores de América, em Buenos Aires. O tricolor perdeu por 1 a 0 com gol contra de Thonny Anderson.

O Bahia agora com o resultado permanece com oito pontos e perde a liderança do Grupo B. Já os argentinos assumem a liderança com onze pontos. O próximo desafio do Tricolor é no próximo dia 26 de maio, em Pituaçu, quando enfrenta o Montevideo City Torque, na última rodada.

FICHA TÉCNICA:
Independiente 1 x 0 Bahia
Copa Sul-Americana – 5ª rodada

Local: Libertadores de América, em Buenos Aires
Data: 18/05/2021 (terça-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Andres Rojas (Colômbia)
Assistentes: Miguel Roldan e Alexander Guzman (ambos da Colômbia)

Cartões amarelos: Palacios, Barreto (Independiente) / Rodriguinho (Bahia)

Gols: Thonny Anderson (contra) (Independiente)

Independiente: Sebastián Sosa; Fabricio Bustos, Sergio Barreto, Insaurralde, e Ortega; Lucas Romero, Lucas González (Arregui) e Domingo Blanco; Sebastián Palacios (Menéndez), Braian Martínez (Velasco) e Herrera. Técnico: Julio Cesar Falcioni.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick (Galdezani), Thaciano (Alesson) e Daniel; Rossi (Óscar Ruiz), Rodriguinho (Maycon Douglas) e Gilberto (Thonny Anderson). Técnico: Dado Cavalcanti.

Foto: Cesar Greco / Palmeiras

Palmeiras conquista o bi da Libertadores no Maracanã com gol nos acréscimos

O histórico título da Libertadores de 2020 foi conquistado pelo Palmeiras, no sábado (30), no Maracanã, contra o Santos por 1 a 0. O time de Abel Ferreira recuperou a convicção em um novo projeto, com algumas mudanças, como contratar menos, não gastar tanto e dar chances aos garotos. Breno Lopes que veio como aposta de futuro decidiu a partida.

Não se permitiu ao erro de anos anteriores, quando apostou em jovens vindos de outros clubes que de certa forma tiraram espaços das revelações. Dos cinco contratados em 2020, todos tiveram algum tipo de importância na gestão de Anderson Barros.

Jogadores caseiros foram importantes para o título, como Gabriel Menino, Wesley, Danilo, Patrick de Paula e Gabriel Veron. Também foram protagonistas, Matías Viña, Rony e Breno Lopes que vieram como aposta do clube. Benjamín Kuscevic e Alan Empereur fortaleceram um elenco.

Além de contratar menos, o time fez uma venda questionada pela torcida, a saída de Dudu, emprestado ao Al Duhail, do Catar. A referência da equipe, rendeu ao clube, R$ 43 milhões.

Além da Libertadores, o Palmeiras vai disputar o Mundial de Clubes da Fifa, competição que terá início para o Verdão no dia 7 de fevereiro. A equipe também já está garantida nas finais da Copa do Brasil e da Recopa Sul-Americana.

Ficha técnica:

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Danilo, Zé Rafael (Patrick de Paula), Gabriel Menino (Breno Lopes) e Raphael Veiga (Empereur); Rony (Felipe Melo) e Luiz Adriano.
Técnico: Abel Ferreira

Santos: John, Pará (Bruno Marques), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Wellington Tim); Alison, Diego Pituca e Sandry (Lucas Braga); Marinho, Soteldo e Kaio Jorge (Madson)
Técnico: Cuca

Local: Maracanã, Rio de Janeiro, RJ
Data: 30/01/2021, sábado
Hora: 17h00 (de Brasília)
Árbitro: Patricio Loustau (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Diego Bonfa (ARG)
Público: (portões fechados)
Renda: –
Cartões amarelos: Gustavo Gómez, Viña e Marcos Rocha (PAL); Lucas Veríssimo, Diego Pituca, Soteldo e Alison (SAN)
Gol: Breno Lopes, aos 53 minutos do segundo tempo

Foto: Carlos Insaurriaga / GEB

Mesmo com situação definida na Série B, Vitória bate o Brasil de Pelotas por 1 a 0

O Vitória venceu o Brasil de Pelotas por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, no estádio Bento Freitas, em Pelotas, na despedida da Série B. No intervalo da partida, Samuel, de 20 anos, entrou no jogo e fez o gol que definiu o confronto, marcando o primeiro dele como jogador profissional.

Apesar das duas equipes já tivessem situação definida na Série B, o Vitória foi superior nesse jogo de despedida na maior parte do tempo e teve as melhores oportunidades.  

O Vitória fecha a competição da Série B na 14ª posição, com 48 pontos conquistados e concentra as atenções para o Campeonato Baiano, que estreia em fevereiro.

FICHA TÉCNICA:
Brasil de Pelotas 0 x 1 Vitória
Série B – 38ª rodada
Local: Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Data: 29/01/2021 (sexta-fera)
Horário: 21h30

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Vinícius Melo de Lima (RN)
Cartões amarelos: Gabriel Santiago, Gerson Magrão e Pedrinho (Vitória); Diego Ivo e  Bruno Matias (Brasil de Pelotas)
Gol: Samuel (Vitória)

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira; Rodrigo Ferreira, Heverton, Diego Ivo e Mateus Mendes; Gustavo Cazonatti (Pablo), Bruno Matias (Rafael Vinícius) ,Matheus Oliveira e Bruno José (Wellissol) ;Matheuzinho (Luiz Felipe) e Dellatorre (Léo Ferraz). Técnico: Cláudio Tencati.


Vitória: Yuri; Leandro Silva, Mateus Moraes, Maurício Ramos e Leocovick (Rafael Carioca); Gerson Magrão, Dudu (Matheus Tenório) e Gabriel Santiago (Soares Bolota); Alisson Farias (Pedrinho), Júnior Viçosa (Samuel) e Ruan Nascimento. Técnico: Rodrigo Chagas.

Foto: Pietro Carpi / E.C. Vitória

Vitória confirma permanência na série B, mas vai para o terceiro ano na segunda divisão

O Vitória confirmou a permanência na Série B ao vencer o Botafogo-SP por 1 a 0, na terça-feira (26), no Barradão. O objetivo de alcançar o G-4 não foi alcançado ainda este ano e o Leão vai para o terceiro ano consecutivo na Série B do Brasileirão.

Além de salários atrasados, mudança de técnicos, reformulação de elenco com campeonato em andamento, a situação do time baiano foi agravada pelos efeitos da pandemia do coronavírus em 2020.

Com o triunfo, o Leão chegou aos 45 pontos e subiu para a 15ª posição. O Figueirense que tem 39 pontos não pode mais ultrapassar o Rubro-Negro. A equipe de Santa Catarina está rebaixada para a Série C.

Para cumprir tabela, o Vitória joga a sua última partida desta temporada da série B contra o Brasil de Pelotas, sexta-feira (29), às 21h30, no Bento de Freitas.

Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

Bahia sai do jejum e bate o Athletico-PR por 1 a 0 na Arena Fonte Nova

O Bahia saiu da sequência de oito partidas sem vencer na Série A do Brasileiro, ao bater o Athletico-PR por 1 a 0 , na Arena Fonte Nova, na noite desta quarta-feira (20), com gol marcado de Thiago.

Com o resultado, o Bahia dorme fora da zona de rebaixamento, vai aos 32 pontos e chega no 15º lugar, mas precisa torcer por tropeços de adversários para não voltar para a zona de rebaixamento.

A próxima partida do Tricolor é no próximo domingo (24), às 18h15, contra o Sport na Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA:
Bahia 1 x 0 Athletico Paranaense
Campeonato Brasileiro – 31ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 20/01/2021 (domingo)
Horário: 18h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)
VAR: José Claudio Rocha Filho, auxiliado por Thiago Duarte Peixoto e Fabricio Porfirio de Moura (todos de SP)

Cartões amarelos: Ramon, Ramírez (Bahia)

Gols: Thiago (Bahia)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Matheus Bahia; Gregore, Ramon (Ronaldo), Ramírez (Edson), Fessin (Rossi) e Thiago (Alesson); Gabriel Novaes (Rodriguinho). Técnico: Dado Cavalcanti.

Athletico Paranaense: Santos; Jonathan (Zé Ivaldo), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Khellven; Alvarado (Bruno Leite), Christian, Jadson e Vitinho (Reinaldo); Carlos Eduardo (Walter) e Renato Kayzer (Bissoli). Técnico: Paulo Autuori. https://2ecd3404f3b69d86d32e631813b8ddb7.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Foto: Felipe Santana / E.C. Bahia

Bahia perde mais uma vez para o Defensa Y Justicia por 1×0 e deixa a Copa Sul-Americana

O Bahia começou o jogo melhor e perdeu oportunidades no primeiro tempo, mas voltou a perder para o Defensa Y Justicia, por 1×0 na Argentina. No segundo tempo, o Tricolor caiu de rendimento e ainda teve a expulsão do atacante Rossi.

Aos 41, saiu o gol que definiu a partida por Braian Romero, que já tinha marcado por duas vezes no jogo de ida.

O time treinado por Mano Menezes se dedica agora exclusivamente na Série A do Campeonato Brasileiro e enfrenta o Flamengo no próximo domingo, no Maracanã, às 18h15.

FICHA TÉCNICA:
Defensa y Justicia 1 x 0 Bahia
Copa Sul-Americana – Quartas de final (2º jogo)

Local: Norberto Tomaghello, em Florencio Varela
Data: 16/12/2020 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Eber Aquino (Paraguai)
Auxiliares: Eduardo Cardozo e José Cuevas (ambos do Paraguai)
VAR: Juan Benítez (Paraguai)

Cartões amarelos: Paredes, Larralde, Acevedo (Defensa y Justicia) / Gregore, Clayson (Bahia)

Gol: Braian Romero (Defensa y Justicia)

Defensa y Justicia: Unsain; Frías, Héctor Martínez, Paredes (Breitenbruch) e Brítez; Acevedo, Isnaldo, Larralde (Escalante) e Pizzini (Enzo Fernández); Rius (Walter Bou) e Braian Romero (Loaiza). Técnico: Hernán Crespo. 

Foto: Letícia Martins / E.C. Vitória

Técnico do Vitória mostra alívio com 1º triunfo do Rubro-Negro sob seu comando contra o Juventude

O Vitória bateu o Juventude por 1 a 0, gol marcado por Léo Ceará, no primeiro tempo da partida no Barradão, e o técnico Mazola Júnior conquistou, nesta terça-feira (15), o primeiro triunfo como técnico do Rubro-Negro. Com o resultado, o time baiano chegou aos 36 pontos e subiu para a 13ª posição da Série B.

O Leão encerrou uma sequência de três jogos sem triunfos. A primeira partida comandada por Mazola foi contra o Cruzeiro na última rodada, e a Raposa ganhou de 1 a 0.

O próximo desafio do Vitória é contra o Oeste-SP, na sexta-feira (18), às 16h, na Arena Barueri, em Barueri-SP. 

Ficha técnica:
Campeonato Brasileiro da Série B – 29ª rodada
Vitória 1×0 Juventude
Local:
 Estádio Barradão, em Salvador
Data: 15/12/2020

Vitória
Yuri; Van, Wallace, João Victor e Rafael Carioca; Romisson (Gerson Magrão, 44/2º), Matheus Frizzo, Eduardo (Marcelinho, 32/2º) e Thiago Lopes (Mateusinho, 32/2º); Vico (Ewandro, 44/2º) e Léo Ceará (Caicedo, 16/2º). Técnico: Mazola Junior. 

Juventude
Marcelo Carné; Igor (Luis Ricardo, 32/2º), Wellington, Emerson e Eltinho; João Paulo e Gustavo Bochecha (Gabriel Terra, intervalo); Capixaba (Everton, intervalo), Renato Cajá e Matheuzinho (Neto, 24/2º); Bambam (Marciel, 32/2º). Técnico: Pintado. 

Gol:  Léo César, aos 17 minutos do primeiro tempo.
Árbitro:  Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Fábio Pereira e Fernando Gomes da Silva. O trio é Tocantins.
Cartões amarelos: Yuri, Wallace (V), Igor (J)

Foto: Pietro Carpi / E.C. Vitória

Ex-jogador do Vitória marca pelo Cruzeiro que sai com o triunfo da partida; 1×0

O Vitória começou bem a partida contra o Cruzeiro no Barradão, mas após os 20 minutos de jogo, o Leão não conseguiu mais se impor e tomou o primeiro gol que definiu a partida pela Série B do Campeonato Brasileiro, na sexta-feira (11), pela 28ª rodada.

O ex-jogador do Rubro-Negro baiano, o zagueiro Ramon, marcou o gol pela Raposa. Nos minutos finais o goleiro titular do Rubro-Negro, Ronaldo, sofreu uma lesão muscular e precisou ser substituído.

O garoto Yuri, do time sub-20, foi a opção do técnico Mazola Júnior para entrar em campo, pela ausência de outros atletas que testaram positivo para covid-19. No primeiro lance, aos 44 do primeiro tempo, Machado cobrou escanteio e o zagueiro Ramon, nem precisou subir para cabecear e estufar as redes de Yuri: 0 a 1.

Essa foi à primeira partida pelo técnico Mazola Júnior pelo Vitória. O Rubro-Negro segue com 33 pontos e na 14ª posição, com cinco de distância da zona de rebaixamento. 

O próximo compromisso do Vitória é contra o Juventude, dentro de casa, na terça-feira (15), no Barradão, às 21h30.

O time de Luiz Felipe Scolari está a seis pontos de diferença do G4 da competição. O Cruzeiro, tem 38 pontos, e a próxima partida do time celeste será contra o próprio CSA, no Independência, na terça-feira (15), às 21h30.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA 0 x 1 CRUZEIRO

Motivo: 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data e horário: 11 de dezembro de 2020 (sexta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Douglas Schwengber da Silva (RS)
Assistente: Rafael da Silva Alves (Fifa/RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)
Gol: Ramon (44′ 1T)
Cartão amarelo: Lucas Cândido, Ramon, Gerson Magrão (VIT); Adriano (CRU)
Cartão vermelho: Lucas Cândido (VIT)

VITÓRIA: Ronaldo (Yuri); Van (Jonathan Bocão), Wallace, Maurício Ramos e Rafael Carioca; Fernando Neto (Caicedo), Matheus Frizzo, Lucas Cândido e Thiago Lopes (Ewandro); Vico (Gerson Magrão) e Léo Ceará. Técnico: Mazola Júnior.

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira (Patrick Brey); Jadson, Adriano (Cacá) e Filipe Machado (Giovanni Piccolomo); Airton, Rafael Sobis (Marcelo Moreno) e Arthur Caíke (Welinton). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

Bahia fica em vantagem na Sul-Americana com triunfo sobre Unión Santa Fe por 1×0

Apesar de não apresentar uma boa atuação, o Bahia venceu nesta terça-feira (24) o Unión Santa Fe, na Arena Fonte Nova, para vaga das quartas de final da Copa Sul-Americana. Com uma vitória por 1 a 0, e gol marcado pelo atacante Gilberto, em cobrança de pênalti, o Tricolor leva a vantagem de jogar por um empate na Argentina.

O time baiano teve maior posse de bola, e deu indícios que poderia construir uma boa vantagem ainda no primeiro tempo, mas o placar ficou no 1×0.  

Horas antes da partida, o técnico Mano Menezes recebeu a notícia que estava com a Covid-19, e o time foi comandado pelo auxiliar fixo do clube, Cláudio Prates. Além do treinador, os auxiliares Sidney Lobo e James Freitas também estão com a doença.

O próximo desafio do Bahia é contra o São Paulo, no sábado (28), às 19h, na Arena Fonte Nova pelo Brasileirão série A.

FICHA TÉCNICA:

Bahia 1 x 0 Unión Santa Fe
Copa Sul-Americana – Oitavas de final (1º jogo)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 24/11/2020 (sexta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Kevin Ortega (PER)
Auxiliares: Jonny Bossio e Michael Orue (ambos do Peru)
Cartões amarelos: Ronaldo, Gregore e Ramón (Bahia); Carabajal e Troyansky (Unión Santa Fé)
Gol: Gilberto (Bahia)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Anderson Martins, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo (Elias) e Daniel (Rodriguinho); Fessin (Rossi), Élber (Clayson) e Gilberto (Ramón). Técnico: Cláudio Prates.

Unión Santa Fé: Moyano; Vera, Blasi, Galván e Corvalán;Nardoni (Zenón), Cañetee. Carabajal (Luna Diale) e Cabrera (Elizari); García (Fernando Márquez)e Troyansky. Técnico:Juan Azconzábal