Foto: Reprodução / Redes sociais

Suspeito da morte de dentista por atropelo se apresenta no sul da Bahia

O empresário Tharcísio Aguiar, de 38 anos, se apresentou no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, no sul da Bahia, segundo informações do seu advogado de defesa. Ele é suspeito de atropelar e matar a dentista Ranitla Bonella, de 23 anos, no trecho urbano da BA-001.

De acordo com o advogado criminalista Jacson Cupertino, o empresário, que era considerado foragido, ainda não tinha se apresentado porque desenvolveu um quadro de instabilidade emocional.

A Polícia Civil informou em um comunicado que Tharcísio será novamente interrogado pelo Núcleo de Homicídio da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), para a conclusão do inquérito policial e encaminhamento para a Justiça.

No dia 23 de junho, a prisão preventiva do empresário foi decretada. No dia 12 de julho, a Polícia Civil cumpriu três mandados de busca e apreensão, na casa do empresário, mas ele não foi encontrado. No dia 20, fizeram outra tentativa, mas Tharcísio também não foi visto.