Foto: Reprodução / Redes sociais

Sem citar nomes, ACM Neto diz que venceu “quadrilha de empresários” em 2012

O pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (UB), deu uma declaração forte durante seu pronunciamento em encontro promovido pelo Mobiliza Salvador, em Cajazeiras, na noite de terça-feira (12). O ex-prefeito denunciou ter vencido uma quadrilha no pleito de 2012, quando assumiu pela primeira vez o Palácio Thomé de Souza.

“Eu sei o que passei em 2012, quando me elegi prefeito de Salvador pela primeira vez. Na época, existia uma quadrilha que dominava a cidade formada por empresários, políticos e outros. Eles se juntavam para prejudicar o povo de Salvador e da Bahia”, disse.

A dúvida que paira no meio político, e chegou à coluna Esse é o Ponto, é a seguinte: quais são esses empresários e políticos? Ninguém sabe. Pela leitura de contexto, se os acusados não nominados já “dominavam”, então atuavam na gestão de João Henrique, o antecessor de Neto.

Ainda no evento, no discurso, o pré-candidato disse acreditar ainda que o comportamento de seus adversários é motivado pelo medo do resultado nas urnas, em outubro. “Os baianos não aceitam mais morar no estado mais violento do Brasil, os baianos não aceitam mais ter a pior educação do país, os baianos não aceitam mais conviver com tanta humilhação nas filas da regulação”, afirmou.

“O PT está há quase 16 anos governando a Bahia e conseguiu essa façanha de transformar a Bahia em chacota nacional em segurança pública e educação”, completou.