Foto: Divulgação / GOVBA

Sarajane agita público com clássicos do forró no São João do Pelourinho

A cantora Sarajane foi uma das atrações do São João do Pelourinho, na noite de sexta-feira, na Praça Tereza Batista, com um repertório de muitos clássicos do forró. Feliz de voltar a cantar no São João, após a flexibilização na pandemia, a artista lembrou a importância da vacinação. “Vamos tomar a dose de reforço, meu povo!”, enfatizou.

A artista cantou sucessos como: Pagode Russo (Luiz Gonzaga), É de Dar Água na Boca” (Amelinha e Nando Cordel), Olha pro Céu (Luiz Gonzaga), A Fogueira Tá Queimando (Aduílio Mendes), Qui Nem Jiló (Luiz Gonzaga), Ai Que Saudade D’Ocê (Elba Ramalho) e Anunciação (Alceu Valença) não deixaram ninguém ficar parado.

Sempre muito irreverente em seus shows, Sarajane confessou que havia brigado com seu marido por ele achar o São João de Pernambuco melhor do que o da Bahia. “Hoje eu briguei com meu marido, ele é pernambucano e ele falando do São João de lá. O de Pernambuco é bom, mas o da Bahia é f@#$!”, decretou.

A cantora ainda convidou algumas pessoas que estavam na plateia para subir ao palco e pediu para o público escolher, através das palmas, quem seria coroada a Rainha do Milho e o Rei do Amendoim.

O São João da Bahia é realizado pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa).

O arrocha da banda Dois Amores 

Considerada a grande revelação do arrocha, a banda Dois Amores foi uma das principais atrações que se apresentaram na sexta (24), no palco da Praça Pedro Arcanjo, no São João da Bahia, no Pelourinho.

Liderada atualmente por Gerônimo Medeiros e Adrielle Souza, a banda, que já teve Thyago Sena em seus vocais, fez o público, que lotou a praça, arrochar ao som de grandes sucessos da atualidade. Canções como: Mal Feito (Hugo e Guilherme), Ela e Ela (Zé Neto e Cristiano) e Molhando o Volante (Jorge e Mateus) estiveram presentes no repertório.

Felizes com a receptividade do público, Gerônimo e Adrielle interagiram o tempo todo com a plateia eufórica, depois de dois anos sem São João. “Agora eu vou cantar umas pra maltratar, só não vale ligar pra ex e dizer que tá com saudade”, brincou Gerônimo. “Pois eu vou animar isso aqui, mas só quem vai saber dançar essas músicas é a minha geração TikTok”, completou Adrielle.