Foto: Alberto Maraux / SSP

São João da Bahia é monitorado por tecnologia de reconhecimento facial

O Sistema de Reconhecimento Facial pioneiro na festa junina, está monitoramento 24 horas as áreas de festas da capital e de mais 11 cidades do interior. A ferramenta é implementada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP) em conjunto com as ações do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

A operação vem garantindo dias de diversão e tranquilidade nos festejos juninos realizados pelo Governo do Estado, que chega ao segundo dia na sexta-feira (24), sem ocorrências de situações de crime no Parque de Exposições, um dos espaços que reúne o maior número de pessoas na festa, em Salvador.

Iniciado na quinta-feira (23), o esquema de segurança vai até domingo (26) e segue entre os dias 30 de junho e 2 de julho. A ação permite o acionamento rápido das guarnições policiais e de equipes das instituições parceiras que também prestam serviços essenciais nos eventos, em situações de crime ou de suporte à vida e emergências. O gerente de Operações do CICC, major Pacyolli explica como se dá as estratégias de segurança durante os eventos juninos na capital e interior do estado.

Já nos primeiros dias de festa, a ação permitiu a custódia de seis indivíduos em Porto Seguro, umas das 11 cidades instrumentalizadas com o Sistema de Reconhecimento Facial e de Placas, que, além de Salvador, está presente nos municípios de Serrinha, Jequié, Santo Antônio de Jesus, Riachão do Jacuípe, Candeias, Dias D’ávila, Salinas das Margaridas, Irecê, Senhor do Bonfim e Itaberaba.

No Parque de Exposições de Salvador, um dos pontos da festa de São João da Bahia na capital, que reúne o maior número de pessoas, agentes atuam para levar segurança e ninguém entra sem antes ser revistado, o que tem colaborado para a tranquilidade e diversão de quem participa da festa.

Mais de R$ 9 milhões foram implementados pela SSP para o emprego de efetivo e estrutura para garantir o esquema de segurança dos eventos, em toda a Bahia. A Operação São João 2022 abrange o trabalho multidisciplinar da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e do Corpo de Bombeiro Militar (CBM), que soma mais de 28 mil agentes da segurança em atuação nos festejos juninos em todo estado.