Foto: Ricardo Stucket / PT

PT vai repassar proporcionalmente menos recursos as campanhas estaduais; Jerônimo estará no bolo?

Cada dia que passa fica mais claro que Lula (PT) tem como prioridade a sua eleição à presidência da República e não vai destacar grandes esforços aos Estados como antes já fez. Matéria da Folha mostra que o partido vai diminuir a proporção do repasse do fundo partidário para as disputas estaduais. Ainda não se sabe se a futura campanha de Jerônimo Rodrigues (PT) está no meio desse bolo de menor proporção de distribuição e sofrerá danos.

Vejamos, conforme a publicação do jornal: em 2018, o PT repassou quase R$ 32 milhões para as pelejas estaduais, ou seja,15% do total de R$ 212,2 milhões. Dessa vez o valor total do fundo aumenta para R$ 499,6 milhões para dividir em suas campanhas. Será de repasse R$ 41,7 milhões, ou 8,34% do total, ou seja, poderia ter mais recursos se a lógica proporcional seguisse.