Foto: Divulgação / Hankook

Pneu sem ar: é o fim da calibragem em posto de combustível?

Nestes últimos anos, a indústria automotiva vem lançando protótipos de pneus sem ar, ou conhecido também como “calçado não inflável” para veículos mostrando ao mercado que essa realidade pode estar bem próxima. O objetivo dessa tecnologia não é apenas evitar pneus furados ou calibragens em postos de combustíveis, mas tornar os pneus mais sustentáveis e recicláveis.

A Bridgestone com a sua linha Air Free, não é a única na corrida de tecnologia desse novo modelo de pneu sem ar. A Michelin lançou a versão Michelin Tweel para veículos da construção civil e agrícola, a Hankook tem o i-Flex para carros de passeio e a BriTek apresenta versões para bicicletas e veículos militares.

Segundo a assessoria da Bridgestone, ainda não tem data prevista para lançamento da linha Air Free para carros de passeio, só protótipos em fase de testes. “O novo pneu é a base de resina na maior parte de sua estrutura, por isso é potencialmente mais sustentável e reciclável. E mais, os pneus para automóveis de passageiros pode sim, ser uma revolução, mas ainda está sendo desenvolvida pesquisas para aprimoramento”, revela a empresa.

A Hankook, fabricante sul-coreana de pneus apresentou o protótipo i-Flex instalado num Volkswagem UP, no Salão de Frankfurt, na Alemanha, em 2016.

O especialista em tecnologia automotiva, Gildson Dantas, explica as vantagens dessa nova versão de pneu. “O pneu convencional precisa ser calibrado em 15 em 15 dias para melhor estabilidade do veículo, para gerar conforto ao dirigir e ter menor consumo de combustível. Com o pneu sem ar, a calibragem não é necessária, e evita ter a preocupação de um pneu furado numa estrada deserta, por exemplo. O novo pneu tem maior resistência em impacto em meio fio e buraco”.

A previsão da Bridgestone de lançamento de pneus sem ar para bicicleta seria nas Olimpíadas de Tóquio de 2020, mas o evento foi cancelado para 2021 por causa da pandemia do novo coronavírus.

Os novos protótipos dos fabricantes de carros de passeio devem passar por um período de testes e melhorias como absorção de impacto para serem lançados no mercado. Ainda não há nenhuma informação de quanto será o custo para o consumidor, mas é natural que o preço no período de lançamento seja maior e caia perante a demanda, como acontece com a maioria dos produtos.

Veja o vídeo da linha “Air Free Concept” da Bridgestone: