Foto: Pedro Portal / Miami

Número de mortos sobe para 95 em desabamento na Flórida

Na madrugada desta terça-feira (13) foi retirado mais um corpo sob os escombros do prédio que desabou na região de Miami, nos Estados Unidos. Autoridades dos Estados Unidos já registram 95 mortos.

As equipes já identificaram 85 corpos de ex-moradores do edifício, após 20 dias de buscas. Os bombeiros acreditam que mais 14 desaparecidos estariam no local na hora do desabamento.

A prefeita da região de Miami, Daniella Levine Cava, explicou que as buscas podem ter que ser suspensas temporariamente durante a tarde por conta da previsão de mau tempo.

Em 24 de junho, uma equipe israelense de busca e resgate chegou ao sul da Flórida logo depois que o prédio desabou, para ajudar na operação. Eles usaram plantas do prédio para criar imagens 3D detalhadas do local do desastre para ajudar na busca.

Presidente do Paraguai

Entre as vítimas, está Sophia López Moreira, cunhada do presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, que viajou na sexta-feira com a primeira dama para Miami.

Também estavam no prédio que desabou, além de Sophia, o marido dela, os três filhos do casal e a babá da criança.  

O edifício abrigava dezenas de famílias de diferentes partes da América Latina, na maioria das vezes, com residência temporária, na madrugada. Autoridades afirmam que há brasileiros entre os desaparecidos.