Foto: Michael Appleton / Mayoral Photography Office

Nova York declara “emergência de desastre” após alta de internações por Covid

No momento em que o estado registra uma forte alta nos novos casos e internações relacionadas à Covid-19, a governadora de Nova York, Kathy Hochul, emitiu uma declaração de “emergência de desastre”.

Segundo a governadora, a medida permite que o Departamento de Saúde local limite os procedimentos considerados não essenciais e não urgentes em unidades médicas, para que os pacientes diagnosticados com o novo coronavírus recebam tratamento imediato.

Além disso, a ação permitirá que o estado compre insumos essenciais para combater a pandemia de forma mais eficiente. Kathy ainda fez um apelo para que a população se vacine o quanto antes.

Segundo o New York Times, os números compilados pelo Centro de Controle de Doenças (CDC), na média móvel dos últimos catorze dias foi, na quinta-feira, de 6.666 casos diários, enquanto a média de internações é de 2.846.

Ainda na quinta-feira, foram registradas 32 mortes, queda de 14% em relação aos números de 14 dias atrás. Conforme o CDC, 90,3% dos moradores adultos do estado receberam ao menos uma dose das vacinas disponíveis, sendo que 80,5% já completaram o ciclo vacinal.

Já na população total, 77,5% das pessoas receberam ao menos uma dose, e 68,2% completaram o ciclo.