Foto: CCTV

Tempestade de areia encobre cidade turística da China

A cidade de Dunhuang, à beira do deserto de Gobi, no noroeste da China ficou encoberta por um impressionante “muro de areia” de 100 metros de altura, no domingo (25).

O lugar turístico é entreposto da histórica “Rota da Seda” na província de Gansu. A tempestade de areia também tornou o céu amarelo e reduziu a visibilidade para menos de 5 metros em algumas áreas.

Por causa da pouca visibilidade, a polícia precisou impor controles de tráfego nas ruas da cidade. Um morador contou ao veículo de comunicação local “Jimu News”, que a tempestade de areia atravessou a cidade em cinco ou seis minutos, e que não via o fenômeno tão forte há vários anos.

Segundo a agência de notícias estatal China News Service, tempestades de areia são comuns na região do deserto de Gobi na primavera, mas é raro acontecerem no verão.

Dunhuang é patrimônio da Unesco, e conhecida por atrações turísticas como as Cavernas de Mogao, conjunto de templos budistas decorado com pinturas murais e várias esculturas.

Em 1987, o local foi declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Foto: Força Aérea Indiana

Chuvas causam deslizamentos de terra e deixam 67 mortos na Índia

As chuvas torrenciais das monções, no estado de Maharashtra, no oeste da Índia, causaram ao menos 67 pessoas mortes e dezenas de pessoas estão desaparecidas, após deslizamentos de terra.

A dificuldade dos trabalhos de resgate é gerada pela magnitude dos danos. Centenas de vilas e cidades estão sem energia elétrica e água potável.

Mumbai, capital do estado e polo financeiro do país está com as estradas bloqueadas por causa dos deslizamentos. Em Bengaluru, polo tecnológico, milhares de caminhões ficaram presos na via.

Segundo o governo indiano, parte da costa oeste da Índia recebeu quase 600 milímetros de chuva em 24 horas, forçando autoridades a evacuar pessoas que vivem em áreas vulneráveis e a liberar água de represas que já estão transbordando.

As chuvas intensas e ininterruptas, no período de 24 horas, fizeram o rio Vashishti transbordar, e alguns bairros da cidade de Chiplun, a cerca de 250 km ao sul de Mumbai, estão sob 3,5 metros de água.

Em Taliye, a 180 km a sudeste da capital financeira, ao menos 36 pessoas morreram após um deslizamento de terra arrasar a maior parte da pequena vila.

Outros 27 óbitos foram registrados em diversas regiões de Maharashtra devido a deslizamentos de terra e acidentes ligados às fortes chuvas.

As chuvas torrenciais na Índia ocorrem dias após mais de 190 pessoas morrerem na Europa devido a inundações, mais de 50 serem vítimas de alagamentos na China e a ondas de calor nos Estados Unidos e no Canadá.

Foto: Reprodução / Agência Lusa

Chuvas na Europa provocam morte de mais de 100 pessoas

As chuvas que têm caído nos últimos dias na Europa e estão fazendo os rios transbordarem e levarem tudo pelo caminho, já provocaram a morte de ao menos, 117 pessoas.

Até o momento, entre os países, a Alemanha é a maior prejudicada pela tragédia, com 103 mortes confirmadas e 1,3 mil pessoas desaparecidas em apenas um distrito ao sul de Colônia, no oeste do país.

Embora em menor intensidade, as chuvas têm causado transtornos também na Holanda, França, Suíça, Luxemburgo e Bélgica, que registra 14 mortos e 4 desaparecidos.

Imagens áreas divulgadas pelas autoridades do distrito de Colônia, nesta sexta-feira (16) mostram que o número de vítimas pode aumentar consideravelmente, com relatos de deslizamentos de terra e casas sendo arrastadas pela água ou desabando devido à força da água.

De acordo com o presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier é preciso ter um firme comprometimento com a luta contra as mudanças climáticas. Ele também afirmou na sexta, que esta é a única alternativa para frear fenômenos meteorológicos extremos, como as chuvas intensas que castigam o país.

Foto: Pedro Portal / Miami

Número de mortos sobe para 95 em desabamento na Flórida

Na madrugada desta terça-feira (13) foi retirado mais um corpo sob os escombros do prédio que desabou na região de Miami, nos Estados Unidos. Autoridades dos Estados Unidos já registram 95 mortos.

As equipes já identificaram 85 corpos de ex-moradores do edifício, após 20 dias de buscas. Os bombeiros acreditam que mais 14 desaparecidos estariam no local na hora do desabamento.

A prefeita da região de Miami, Daniella Levine Cava, explicou que as buscas podem ter que ser suspensas temporariamente durante a tarde por conta da previsão de mau tempo.

Em 24 de junho, uma equipe israelense de busca e resgate chegou ao sul da Flórida logo depois que o prédio desabou, para ajudar na operação. Eles usaram plantas do prédio para criar imagens 3D detalhadas do local do desastre para ajudar na busca.

Presidente do Paraguai

Entre as vítimas, está Sophia López Moreira, cunhada do presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, que viajou na sexta-feira com a primeira dama para Miami.

Também estavam no prédio que desabou, além de Sophia, o marido dela, os três filhos do casal e a babá da criança.  

O edifício abrigava dezenas de famílias de diferentes partes da América Latina, na maioria das vezes, com residência temporária, na madrugada. Autoridades afirmam que há brasileiros entre os desaparecidos.

Foto: Reprodução / Agência Lusa

Incêndio em fábrica provoca a morte de mais de 40 trabalhadores em Bangladesh

Um incêndio em uma fábrica em Bangladesh, na tarde de quinta-feira (8), em Rupganj, perto da capital Daca, provocou a morte de ao menos 43 pessoas, 30 ficaram feridas e dezenas estão desaparecidas, segundo boletim policial divulgado nesta sexta-feira (9).

As chamas atingiram uma fábrica de alimentos e bebidas da Hashem Foods Ltd, na tarde de quinta-feira (8). Os trabalhadores que pularam pelas janelas para escapar do fogo, estão entre as dezenas de feridos. As chamas continuam ativas, após 24h do incêndio.

O vice-diretor do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, Debasish Bardhan , disse que as operações de resgate continuam e que os dois últimos andares da fábrica ainda não foram revistados.

Devido ao descumprimento das normas de segurança, fiscalização frouxa e corrupção, os incêndios são frequentes em fábricas em Bangladesh.  Em abril de 2013, a oficina de confecção Rana Plaza desabou devido a um incêndio e 1.138 trabalhadores morreram.

Ao menos 70 pessoas morreram, em fevereiro de 2019, em um grande incêndio em um prédio residencial na capital Daca, onde produtos químicos haviam sido armazenados ilegalmente.

Foto: Jose Sena Goulao / Lusa

Portugal terá toque de recolher noturno para controlar aumento da Covid-19

O governo português anunciou nesta quinta-feira (1º), um toque de recolher noturno, que será imposto em vários municípios de Portugal, incluindo a capital Lisboa e a cidade do Porto. As autoridades estão correndo para controlar uma disparada de infecções de Covid-19.

O toque de recolher começa nesta sexta-feira, das 23h às 5h, e vigorará em 45 municípios de todo o país, que enfrentou sua batalha mais dura contra o coronavírus em janeiro.

O país teve o maior aumento, desde meados de fevereiro, com 2.449 casos de infectados pelo coronavírus, na quinta-feira, mas as mortes diárias continuam bem abaixo dos níveis de fevereiro.

Segundo o governo, as pessoas de 18 a 29 anos receberão suas doses a partir da semana que vem. As autoridades estão acelerando a campanha de vacinação para lidar com a disparada.

A maioria dos casos novos se concentra, na área metropolitana de Lisboa. Os moradores desta área, ainda precisam apresentar um exame de coronavírus negativo ou um certificado de vacinação para entrar ou sair da região no final de semana.

Ao total, Portugal já vacinou completamente cerca de 31% de sua população. O país registra 17.101 mortes e 882.006 casos, desde o início da pandemia.

Foto: Divulgação

Evento virtual reúne milhões de pessoas em mais de 500 idiomas

Um evento religioso totalmente on-line será realizado, pelo segundo ano consecutivo, para milhões de pessoas no Congresso de 2021 das Testemunhas de Jeová, com o tema “Poderosos pela Fé”.

Na programação estará incluso, discursos, palestras, vídeos, entrevistas e leituras dramatizadas de trechos da Bíblia, e será transmitido em mais de 500 idiomas durante seis finais de semana em julho e agosto de 2021,

O objetivo é reunir entre 15 a 20 milhões de pessoas em 240 países. A programação estará disponível em seis partes, com a primeira, a partir de 28 de junho de 2021, no site JW.ORG.

No Brasil, o congresso terá novidades como o recurso de audiodescrição (narrações que descrevem em detalhes o que está acontecendo nos vídeos exibidos) para pessoas cegas ou com deficiência visual, e também disponibilizada para os surdos, em língua brasileira de sinais.

O evento é gratuito, e pode ser acessado pelo site JW.ORG, sem necessidade de fazer cadastro ou login.

Sobre o tema:

Fé — como é possível uma palavra de apenas duas letras ter tanto significado? A verdadeira fé, baseada em evidências convincentes, pode nos dar o poder necessário para enfrentar os desafios da vida.

A pandemia do coronavírus, o desemprego, problemas emocionais e familiares são tão desgastantes que fazem alguns perderem a fé em Deus e em dias melhores.

Se tivermos fé, conseguiremos suportar as dificuldades com coragem e não vamos nos sentir derrotados, mas poderosos!

Confira o programa completo do Congresso de 2021 das Testemunhas de Jeová, “Poderosos pela fé!” no site www.jw.org.

Programação do Congresso:

PartesDisponível no JW.ORG em:
128 de junho
25 de julho
319 de julho
426 de julho
59 de agosto
616 de agosto
Foto: Geovana Albuquerque / Agência Saúde-DF

Governo dos EUA doa 3 milhões de doses da vacina da Janssen para o Brasil

O governo dos Estados Unidos vão doar ao Brasil, 3 milhões de doses da vacina da Janssen, que é aplicada em dose única. Os imunizantes vão ser embarcados nesta quinta-feira (24), em Fort Lauderdale, na Flórida, com destino ao aeroporto de Viracopos, em Campinas.

Este é o maior lote de vacinas doadas pelos Estados Unidos para um país até agora.

Foto: Twitter / Polícia de Miami Beach

Prédio desaba parcialmente em Miami Beach

Um prédio desabou parcialmente na madrugada desta quinta-feira (24), em Miami Beach, na Flórida, nos Estados Unidos. Ao menos, 80 unidades dos Bombeiros de Miami-Dade, incluindo equipes técnicas de resgate e policiais trabalham no local.

Na parte do edifício que não desmoronou é possível ver nas imagens, equipes de resgate. As autoridades ainda não sabem se há vítimas nem quantas pessoas moram no prédio.

Segundo os bombeiros, toda a parte de trás do edifício desmoronou. O prédio tem doze andares e as equipes continuam trabalhando no local para busca de sobreviventes nos escombros e retirada de moradores de outros blocos do prédio.

O condomínio tem vista para o mar e fica na Collins Avenue. Ele foi construído em 1981, no canto sudeste de Surfside, na praia.

Algumas unidades de dois quartos são negociadas atualmente no mercado com preços entre US$ 600 mil e US$ 700 mil, s

Conforme a polícia, algumas unidades de dois quartos são negociadas atualmente no mercado com preços entre US$ 600 mil e US$ 700 mil. Na cotação atual no Brasil fica entre R$ 3 milhões e R$ 3,5 milhões.

Foto: Tiago Petinga/ Lusa

Portugal tem aumento de número de casos com previsão de quarta onda de contágios

Perante a perspectiva de uma quarta onda de contágios, a região metropolitana de Lisboa, com três milhões de moradores, volta a ter medidas restritivas nos fins de semana.

Em um perímetro que abrange 18 distritos, a partir das 15h desta sexta-feira (18) até às 6h de segunda-feira (21), estará proibida a saída e entrada de pessoas. Segundo o governo português, a medida é para conter a incidência de casos, que em apenas três semanas, o número de contaminados praticamente duplicou.

As autoridades de saúde alertam sobre o aumento de infectados pela variante delta, originária da Índia. A região de Lisboa e do Vale do Tejo concentra mais de 70% dos casos de Covid-19 no país.  

Segundo o coordenador de resposta Covid-19, Duarte Cordeiro, o ambiente familiar ainda é vetor de contágio em 68% dos casos na região. Em seguida, cerca de 11% ocorrem em festas e eventos sociais, e 9% em escolas.

Portugal enfrentou um rígido confinamento, no início do ano, de quase dois meses. O país quase colapsou o sistema de saúde, após detectar um novo pico de infecções, com aproximadamente, 10 mil por dia.

Foto: Reprodução / Redes sociais

Mergulhador sobrevive após ser engolido por baleia nos EUA

Após ser abocanhado por uma baleia jubarte na costa de Cape Cod, em Massachusetts, na manhã de sexta-feira (11), um mergulhador teve sorte e sobreviveu nos Estados Unidos.

Michael Packard, de 56 anos, é pescador profissional de lagostas e estava mergulhando a trabalho.  Inicialmente, ele achou que estava sendo vítima de um ataque de um tubarão, já que tudo aconteceu muito rápido.

Ao notar que não estava sentindo dores e não havia nenhum dente perfurando sua pele, ele percebeu o engano. Foi quando entendeu o que estava acontecendo. “De repente senti esse tranco e tudo ficou escuro”, disse à emissora NBC.

O mergulhador imaginou então que seria engolido e que iria morrer. Logo, ele pensou em sua família, especialmente em seu filho. Entretanto, em seguida, a baleia emergiu, chacoalhou a cabeça e o cuspiu. Colegas de trabalho, que estavam em um barco nas proximidades resgatou Packard.

Ele estima ter passado de 30 a 40 segundos dentro da boca do animal, onde conseguiu respirar graças ao seu tanque de oxigênio. No hospital, foi constatado que ele teve um joelho deslocado e apenas danos nos tecidos moles nas pernas.

O mergulhador revelou também que ficou com medo de ter sofrido uma lesão de mergulho por ter subido muito rápido ou uma embolia, mas agora está tudo bem.

Foto: Adam Schultz / Official White House

Brasil entra em lista de países que vão receber doação de vacina dos EUA

Uma lista com mais de 40 nações, incluindo o Brasil, irão receber dos Estados Unidos parte do 1º lote de doações das vacinas contra a Covid-19, com 25 milhões de doses. O anúncio foi feito por autoridades americanas nesta quinta-feira (3).

No entanto, não há um número exato de quantas doses o Brasil irá receber, já que o país precisará dividir cerca de 6 milhões de doses com ao menos outros 14 países da América Latina.

Ao total, até o final de junho, os EUA irão redistribuir cerca de 80 milhões de doses das vacinas AstraZeneca, Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson para outros países. Ao todo, 25 milhões de doses serão enviadas neste primeiro lote.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) vai gerenciar 19 milhões de doses, distribuídas da seguinte forma, em valores aproximados:

6 milhões para América do Sul e Central: Brasil, Argentina, Colômbia, Costa Rica, Peru, Equador, Paraguai, Bolívia, Guatemala, El Salvador, Honduras, Panamá, Haiti, Comunidade do Caribe e República Dominicana.

7 milhões para a Ásia: Índia, Nepal, Bangladesh, Paquistão, Sri Lanka, Afeganistão, Ilhas Maldivas, Malásia, Filipinas, Vietnã, Indonésia, Tailândia, Laos, Papua Nova Guinea, Taiwan, e as Ilhas do Pacífico.

5 milhões para a África, distribuídas entre os países selecionados em coordenação com a União Africana.

Neste primeiro lote enviado pelos EUA serão distribuídas 6 milhões de doses disponíveis entre parceiros regionais dos americanos como o México, Canadá, e a Coreia do Sul, além de regiões e países com surtos da doença como a Cisjordânia, Gaza, Ucrânia, Kosovo, novamente o Haiti, Geórgia, Egito, Jordânia, Iraque, Iêmen. Parte deste primeiro lote também será enviada aos trabalhadores da linha de frente das Nações Unidas.

Os EUA estão avançados em seu programa de vacinação, e o presidente americano vem sendo pressionado por diversos países, e também pela OMS, para que possam compartilhar parte dos imunizantes adquiridos e estocados no país.

Foto: Reprodução / Lusa

Atletas de corrida em montanha na China morrem após queda brusca de temperatura

Após queda de temperatura, 21 pessoas morreram neste sábado (22) em corrida de 100 km na montanha da província de Gansu, no noroeste da China. O último corredor desaparecido foi encontrado morto pelos bombeiros, às 9h30, no domingo.

Segundo a agência estatal Xinhua, os corredores foram pegos de surpresa com a queda brusca nas temperaturas. Os atletas já estavam sob efeitos da altitude e foram atingidos por fortes ventos, granizo e chuva congelada.

O evento esportivo ocorria no condado de Jingtai, na Floresta de Pedras, perto do Rio Amarelo. Participaram das operações de busca, mais de 700 socorristas. No total, 151 participantes da corrida foram resgatados. Cinco deles, levados ao hospital com ferimentos leves e passam bem.

Foto: Marinha dos EUA

Marinha dos EUA apreende armas e misseis no Mar da Arábia

Um grande carregamento ilícito de armas no Mar da Arábia foi apreendido pela Marinha dos Estados Unidos. A informação foi da Quinta Frota da Marinha americana.

Segundo a frota americana baseada no Bahrein, entre as apreensões estão milhares de rifles de assalto chineses e dezenas de mísseis antitanque russos. Toda a apreensão do arsenal foi feita pelo cruzador de mísseis guiados USS Monterey, na quinta-feira (6), perto de Omã e do Paquistão.

As fotos foram reveladas no domingo (9). O carregamento ilícito estava em uma embarcação sem bandeira que navegava em águas internacionais no Norte do Mar da Arábia.

Conforme a Marinha americana, a carga levou dois dias para ser transferida para o USS Monterey. Em seguida, a tripulação foi interrogada, recebeu água e comida e depois liberada.

A Marinha americana informou que o armamento está sob custódia dos EUA enquanto a fonte original e o destino estão sob investigação.

Foto: SUUMA Voluntarios / Twitter

Viaduto de metrô da Cidade do México desaba e deixa dezenas de mortos e feridos

Após um viaduto desabar na noite desta segunda-feira na Cidade do México, vagões do metrô descarrilaram e despencaram. Ao menos 23 pessoas morreram e 65 ficaram feridas.

De acordo com a prefeita da capital mexicana, Claudia Sheinbaum, crianças estão entre as vítimas e 7 feridos estão em estado grave. Além do viaduto e dois vagões desabarem, a estrutura caiu sobre veículos que circulavam na avenida Tláhuac.

O viaduto da linha 12 do Metrô da cidade, que vai de Mixcoac a Tláhuac, ruiu entre as estações Los Olivos e Tezonco por volta das 22h30 (horário local).

Foto: Adam Schultz / Official White House

Joe Biden apresenta plano de educação financiado por impostos dos ricos de US$ 1,8 trilhão

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, revelou nesta quarta-feira (28) um plano de investimento em programas de educação e apoio a famílias que têm crianças pequenas, de US$ 1,8 trilhão, cerca de R$ 9,82 trilhões.  

De acordo com o plano, a proposta é financiar a maior parte dos gastos com uma alta de impostos dos mais ricos, o que representaria US$ 1,5 trilhão, R$ 8,18 trilhões para os próximos dez anos.

A proposta precisa ser aprovada ainda pelo Congresso dos EUA. As medidas são uma expansão das políticas públicas contra a pobreza que já foram adotadas durante a pandemia de Covid-19.

Conforme o governo dos EUA, esse foi um programa implementado por causa do coronavírus. Com o fechamento das escolas, as famílias precisaram começar a dar mais refeições às crianças. Biden quer tornar permanente um benefício que dá dinheiro a famílias pobres para comprar comida.

Foto: Hennepin County Sheriff's Office

Justiça declara ex-policial Derek Chauvin culpado pela morte de George Floyd

A justiça de Mineápolis, nos Estados Unidos decidiu nesta terça-feira (20) que o ex-policial Derek Chauvin é culpado pela morte de George Floyd, homem negro asfixiado durante uma abordagem policial em maio de 2020.

Os 12 jurados se reuniram na segunda-feira (19) para discutir o caso e chegar a uma decisão unânime. Antes da sentença, o júri ouviu os depoimentos de testemunhas, defesa e acusação no processo. O acusado, Chauvin se recusou a depor no tribunal.

Derek Chauvin foi considerado culpado em todas as três acusações de homicídio contra Floyd.

– causar a morte, sem intenção, por meio de um ato perigoso, sem consideração pela vida humana

– negligência ao assumir o risco consciente de causar a morte de Floyd

– homicídio culposo

O juiz ainda vai anunciar a pena em até dois meses. Nos EUA, é normal que o condenado saiba de quanto tempo passará preso dias depois da sentença. Após a condenação, Chauvin deixou a sala de audiências algemado.

O caso

Em maio do ano passado, em uma ação policial, Derek Chauvin apoiou o seu joelho contra o pescoço da vítima durante 8 minutos e 46 segundos em maio de 2020. Durante o sufocamento, Floyd afirmou várias vezes “I can’t breathe” (“Eu não consigo respirar”). Após a morte de Floyd, a frase virou lema, e várias manifestações se espalharam pelo país e por várias cidades ao redor do mundo, inclusive no Brasil, que gerou o movimento “Black Lives Matter” (“Vidas Negras Importam”).

De acordo com a acusação estadual, George Floyd já não respondia mais nos últimos 2 minutos e 53 segundos do sufocamento e morreu em um hospital logo depois. Chauvin vai a julgamento por homicídio culposo e assassinato em terceiro grau.

Foto: Reprodução / Twitter

Motorista alemão perde controle e bate sua BMW M2 de meio milhão de reais

Um homem de 23 anos, da cidade de Munique, na Alemanha, perdeu o controle de seu BMW M2 em uma saída de semáforo e colidiu em uma coluna de concreto. O veículo ficou totalmente destruído.

O capô, o teto e a dianteira do carro ficaram completamente comprometidos. Por sorte, o jovem conseguiu sair do acidente sem nenhum ferimento grave. Os bombeiros isolaram a área, retiraram o concreto e o veículo foi rebocado.

Na versão Competion, aqui no Brasil, o modelo esportivo com motor 3.0 de 410 cv é vendido por R$ 499.950, quase meio milhão de reais.

Foto: Reprodução / Twitter
Foto: Reprodução / Kremlin

Vladimir Putin sanciona lei que o autoriza disputar mais dois mandatos na Rússia

Um documento foi publicado em um site do governo nesta segunda-feira (5), onde o presidente da Rússia, Vladimir Putin, sanciona uma lei que permite que ele concorra a mais dois mandatos depois do fim de sua atual gestão, em 2024.

No ano passado, mudanças radicais foram introduzidas na Constituição e, com isso, pode abrir caminho para que Putin permaneça no poder até 2036, caso ele deseje concorrer e ganhe a reeleição.

Há cerca de um ano, o Parlamento russo aprovou lei que dá permissão a Putin disputar mais dois mandatos.  

Putin está no poder no país há mais de 20 anos. O presidente de 68 anos é um ex-agente da KGB, o antigo serviço de inteligência soviético.

Foto: Reprodução / Suez Canal Authority

Engarrafamento no Canal de Suez é normalizado e todos os navios atravessam a via

O tráfego marítimo do Canal de Suez ficou interrompido de 23 a 29 de março, após o cargueiro gigante Ever Given encalhar e bloquear a via. Neste sábado (3), depois de cinco dias o navio ser desencalhado, todas as embarcações paradas puderam atravessar a ligação marítima.  

Em comunicado, a Autoridade do Canal de Suez (SCA), disse que o fim do engarrafamento levou um pouco mais de tempo que o previsto inicialmente. Inicialmente, o presidente da SCA, almirante Ossama Rabie, havia dito que levaria “cerca de três dias e meio para resolver tudo”.

Em 29 de março, após uma longa e complexa operação, o Ever Given, com mais de 400 metros de comprimento, foi desencalhado. Ele foi rebocado para o Grande Lago Amargo, no meio do Canal de Suez, pelo navio de bandeira panamenha, operado pelo armador taiwanês Evergreen Marine Corporation. Com o desencalhe, o tráfego foi retomado entre o Mar Vermelho e o Mediterrâneo.

Canal de Suez

A passagem é uma via navegável artificial ao nível do mar, localizada no Egito, entre o mar Mediterrâneo e o mar Vermelho, que permite que navios viajem entre a Europa e a Ásia Meridional sem ter de navegar em torno de África, reduzindo assim a distância da viagem marítima entre o continente europeu e a Índia em cerca de 7 mil quilômetros.  O canal é uma das principais rotas comerciais do planeta, tendo 12% do comércio global passando por ele.

Foto: Ministério para Situações de Emergência da Rússia

Médicos continuam a operar paciente mesmo com incêndio em hospital da Rússia

Enquanto bombeiros tentavam controlar um incêndio no telhado de um hospital na Rússia, nesta sexta-feira (2), os médicos continuaram a operar um paciente internado na unidade.

Segundo os profissionais da saúde, eles não poderiam interromper o procedimento, uma cirurgia cardíaca, que começou antes do foco de incêndio ter sido identificado.

Durante a cirurgia, que durou cerca de duas horas, os médicos precisaram usar um ventilador para poder espantar a fumaça e cabos de extensão para garantir o fornecimento de energia na sala de operações.

Em entrevista à televisão russa, o cirurgião Valentin Filatov disse que “não havia nada que poderíamos fazer, a não ser salvar o paciente”.

Logo após o procedimento cirúrgico ser finalizado, o paciente foi levado para outro centro de saúde da região. O fogo foi controlado, e não há registro de feridos.

Em nota, o Ministério para Situações de Emergência da Rússia disse que 128 pessoas foram retiradas imediatamente do hospital, mas que a equipe de médicos e enfermeiros continuou no local.

O hospital fica na cidade de Blagoveschensk, na fronteira leste com a China e tem uma construção da era czarista com mais de 100 anos.

Foto: Ministério para Situações de Emergência da Rússia
Foto: Reprodução / Police Department Orange

Tiroteio deixa 4 mortos e 2 feridos na Califórnia

Um tiroteio em um prédio comercial ao sul de Los Angeles, na Califórnia, deixou quatro mortos e dois feridos na quarta-feira (31), por volta de 17h30 (21h30 em Brasília), na costa oeste nos Estados Unidos, segundo a polícia do distrito de Orange.

Uma criança é uma das vítimas. Entre os feridos, estão uma mulher em estado muito grave e o suspeito de efetuar os disparos, cuja condição também é grave.

O tiroteio ocorreu em um prédio comercial que abriga empresas como uma seguradora, uma empresa de consultoria financeira, uma empresa de serviços jurídicos e uma loja de conserto de telefones.

A cidade de Orange fica a cerca de 50 km de Los Angeles e tem cerca de 140 mil habitantes. O Departamento de Polícia de Orange não informou a identidade das vítimas e do suspeito e a causa do tiroteio.

De acordo com a porta-voz da polícia local, tenente Jennifer Amat, disse que os tiros estavam sendo disparados quando os policiais chegaram, e os agentes revidaram e atingiu o suspeito. Ele foi levado ao hospital e seu estado é crítico.

Este é o pior tiroteio da cidade desde dezembro de 1997, quando um atirador armado com um rifle atacou um pátio de manutenção do Departamento de Transportes da Califórnia.

Foto: Reprodução / U.S. Department of State

Relatório dos EUA aponta desrespeito do governo brasileiro à liberdade de expressão

Um relatório sobre os direitos humanos de 2020 foi divulgado nesta terça-feira (30), pelo Departamento de Estado americano, e aponta desrespeito do governo brasileiro à liberdade de expressão, que é garantida pela Constituição.

Segundo documento, a Constituição e a lei preveem liberdade de expressão, mas o governo nem sempre respeita esse direito.

Um levantamento da organização Repórteres Sem Fronteiras, afirma que o governo dos Estados Unidos menciona que o presidente Jair Bolsonaro criticou verbalmente ou pelas redes sociais a imprensa por 53 vezes. O documento sobre o Brasil tem 49 páginas.

Em um dos momentos, o Departamento de Estado cita assédio aos jornalistas em episódio do ano passado, em que Bolsonaro xingou um repórter do jornal “O Globo”. O profissional questionou o presidente sobre depósitos feitos por Fabricio Queiroz à primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Na época, o presidente respondeu ao repórter. “Minha vontade era de encher a sua boca de porrada”.

Ainda no documento, cita agressões a jornalistas que cobrem a pandemia do coronavírus. “Vários jornalistas sofreram assédio verbal, incluindo quando pessoas sem máscaras gritaram em seus rostos no início da Covid-19”.

Foto: Isac Nóbrega / PR

Argentina suspende voos do Brasil, Chile e México por tempo indeterminado

Os voos de chegada e partida do Brasil, Chile e México foram suspensos pelo governo argentino nesta sexta-feira (26). As novas restrições valem por tempo indeterminado e entram em vigor à 0h de sábado (27).

De acordo com o governo, a medida visa conter o avanço de uma segunda onda de Covid-19 no país e a proliferação de novas variantes que já fazem estragos nos vizinhos.

Para o Reino Unido, os voos também seguem suspensos e as fronteiras terrestres e marítimas continuarão fechadas. Turistas estrangeiros estão proibidos de entrar no país desde 25 de dezembro.

Ainda segundo a medida, a fronteira aérea só está aberta a argentinos e moradores que estão voltando do exterior. Estes viajantes deverão pagar por três testes de Covid-19 para entrar na Argentina. Um antes de embarcar, outro ao chegar ao país e mais um depois de 7 dias.

Caso o resultado do teste seja positivo, o passageiro deverá fazer um sequenciamento genômico para saber qual é a cepa do coronavirus. No caso de negativo, ainda assim a pessoa deverá cumprir dez dias de isolamento.

Foto: Reprodução / Airbus Space

Navio de 400 metros encalha no Canal de Suez e bloqueia passagem

O navio Ever Given, de 400 metros de comprimento encalhou na manhã da última terça-feira (23), enquanto tentava cruzar o Canal de Suez. Por estar parada de lado, a embarcação impede a passagem de outros navios. O trabalho de desencalhe já começou, mas o bloqueio pode durar semanas.  

As equipes de dragagem e salvamento já foram enviadas para o local, mas por se tratar de um navio de mais de 220 toneladas, mesmo com o trabalho sendo intenso, o desencalhe do Ever Given pode durar semanas.

Canal de Suez

A passagem é uma via navegável artificial ao nível do mar, localizada no Egito, entre o mar Mediterrâneo e o mar Vermelho, que permite que navios viajem entre a Europa e a Ásia Meridional sem ter de navegar em torno de África, reduzindo assim a distância da viagem marítima entre o continente europeu e a Índia em cerca de 7 mil quilômetros.  O canal é uma das principais rotas comerciais do planeta, tendo 12% do comércio global passando por ele.