Foto: Divulgação / PRF

PRF apreende mais de mil pássaros silvestres em carro na BR-116

Duas pessoas foram autuadas por crime ambiental ao serem flagrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), com 1.067 pássaros silvestres amontoados em um carro, no Km 677 da BR-116, no trecho da cidade de Jequié, sudoeste da Bahia, na noite de quinta-feira (14).

Durante a fiscalização, os agentes solicitaram os documentos da dupla para consulta. Na abordagem os policiais fizeram uma revista no veículo e encontraram as aves, das espécies coleira, papa-capim, trinca-ferro, canário-da-terra e pássaro preto.

Os pássaros estavam em pequenas gaiolas aprisionados e amontoados, e também em embalagens para guardar leite, em um local escuro e sem ventilação. Além disso, as aves aparentavam sinais de maus tratos e má higiene.

Os dois homens confessaram ter feito a captura das aves e disse também que não possuía autorização e guia de transporte para criação. E ainda, eles informaram que lucrariam R$ 15 mil com a venda dos animais. Nove pássaros foram encontrados mortos.

As aves saíram da cidade mineira de Montes Claros e seriam levadas para Recife, capital de Pernambuco. De acordo com a PRF, essa é a maior ocorrência de resgate de pássaros neste ano. No total, mais de três mil animais silvestres já foram resgatados este ano na Bahia.

Antes de serem soltos de volta à natureza, os animais resgatados serão encaminhados para o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e passarão por reabilitação.

Os suspeitos foram encaminhados para uma delegacia, onde assinaram um termo circunstanciado de ocorrência (TCO), e poderão pagar multa de até R$ 5 mil por animal, além de um ano e seis meses de prisão.

Foto: Divulgação / SSP

Operação apreende 52 pássaros comercializados ilegalmente em Serrinha

Uma operação para combater o comércio ilegal de animais silvestres apreendeu na manhã deste sábado (2), 52 aves, na cidade de Serrinha. A ação conjunta foi realizada pelo16° Batalhão de Polícia Militar (BPM) e da 15a Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

Segundo o tenente-coronel Michel Alexander Guimarães Muller, os pássaros eram expostos em caixas, gaiolas e alçapões, em uma feira livre, realizada no Centro da cidade. O evento vinha sendo realizado recorrentemente. 

As equipes apreenderam 12 papa-capins, nove canários, nove cardeais, três sabiás, três chapéis de couro, três caboquinhos, azulões, três sofrês, dois tizios, dois coleiros, dois cã-cão, ferreirinha e jacobina. Um médico veterinário do município avaliou os animais, que serão liberados na natureza.

Foto: Reprodução / Sea Shepherd Conservation Society

Matança de golfinhos nas Ilhas Faroé gera protestos no mundo

A matança de cerca de 1.400 golfinhos capturados e mortos nas Ilhas Faroé, território autônomo dinamarquês chocaram e geraram protestos em todo o mundo.

Imagens registraram na areia, centenas de golfinhos enfileirados, e a água da praia toda vermelha. Até mesmo, os moradores da ilha ficaram assustados com a quantidade de animais mortos, que normalmente não passa de 250.

Tradição local praticada há séculos na região, a caça de golfinhos e baleias-piloto no Mar do Norte é realizada por muito tempo, e é uma forma de alimentar a população. Entretanto, a prática também é contestada por muitos, um ato cruel.

De acordo com ONGS que defendem os direitos dos animais, a repercussão internacional do massacre pode ajudar na pressão para que autoridades locais façam algo para diminuir essa matança.

Em um comunicado, o governo das Ilhas Faroé resolveu convocar uma avaliação oficial desse tipo de caça. Autoridades locais afirmaram considerar a prática sustentável, já que toda a carne é consumida.

Foto: Reprodução / SSP

PM e Inema apreendem 16 armas em caça ilegal na Bahia

A Polícia Militar retirou de circulação mais nove espingardas em Formosa do Rio Preto, em operação contra a caça ilegal. Com apoio do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), foram apreendidas em 48 horas, 16 armas de fogo usadas para matar animais da Estação Ecológica do Rio Preto.

Um homem suspeito da prática ilegal, já monitorado pelas equipes do Inema, foi encontrado na localidade do ‘Marinbondo’, na Fazenda São Gonçalo, durante uma nova verificação pelas equipes do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto)

“Nós solicitamos a entrada na residência e, após a permissão, conseguimos encontrar em um dos cômodos usado como dispensa, oito espingardas calibres 44, 36, 32, munições, além de um frasco de pólvora, chumbo e uma caixa de espoleta, o que indicou a prática da caça”, contou o comandante da guarnição atuante na operação, soldado Abmael Matos Batista.

Os armamentos e o suspeito foram encaminhados para a Delegacia Territorial (DT) de Formosa do Rio Preto. Na unidade, o titular, delegado Arnaldo Monte, informou que ele foi flagranteado por “posse ilegal de arma de fogo, pagou fiança e foi liberado”.

Já na sexta-feira (17), as equipes seguiram nas buscas por caçadores e, no ‘Povoado de Retiro’, zona rural de Formosa, armadilhas usadas para prender os bichos apontavam que o suspeito cometia o crime ambiental. Durante a abordagem, após permissão do dono da casa, os PMs encontraram mais uma espingarda, pólvora, chumbeiro e munições calibre 38. O suspeito foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos à Polícia Judiciária.

Aves apreendidas nos dias da operação – dentre elas um cardeal, um canário da terra, e dois periquitos foram devolvidos à natureza, as margens do Rio Preto.

Foto: Reprodução / SSP

Jacaré é resgatado em canal pluvial de Feira de Santana

O Corpo de Bombeiros realizou na manhã deste sábado (7) o resgate de um jacaré que necessitava de cuidados veterinários. O animal estava no canal pluvial de área urbana no bairro Santa Monica II, em Feira de Santana.

A equipe conseguiu imobilizar o animal devidamente, e em seguida, ele foi encaminhado por representantes do Inema ao Centro Estadual de Triagem de animais silvestres Recincavo (Cetras), em Cruz das Almas, para cuidados veterinários e avaliação. 

Após a total recuperação, o jacaré deverá ser devolvido para o habitat natural. Policiais Militares também participaram da ocorrência assim como representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Feira de Santana.

Foto: ONG Porto das Baleias de Itapuã

Golfinho é encontrado morto em praia de Itapuã

Um golfinho foi encontrado morto na tarde deste domingo (18), na praia do Porto do Meio, no bairro de Itapuã, em Salvador.

Os órgãos competentes foram acionados para recolherem o animal. Não há informações sobre como ele morreu.

De acordo com a Organização Não Governamental (ONG) Porto das Baleias, o animal apareceu morto por volta das 13h, e foi retirado pelo carro que faz a limpeza das praias por volta das 17h50.

Foto: Divulgação / SSP

Homem é preso em flagrante com 700 animais silvestres em Teodoro Sampaio

Após denúncias anônimas, um homem foi preso por transportar animais silvestres em seu automóvel, no município de Teodoro Sampaio, no Posto de Gasolina Trevo, na BR-101, na manhã desta quinta-feira (15). A Polícia Militar (CIPM/Santo Amaro) resgatou 700 pássaros.

“Realizamos ações frequentes, nas feiras livres, em Santo Amaro, mas, nesse caso específico, ficamos surpresos com a quantidade de animais transportados”, ressaltou o major Roberto Castro, comandante da 20ª CIPM.

O suspeito foi conduzido para a Delegacia Territorial daquele município onde foi autuado por crime ambiental e tráfico de animais silvestres. As aves foram destinadas para o Centro Estadual de Triagem de Animais Silvestres, em Salvador.

“Ele declarou que entregaria os animais para uma pessoa, na BR-324, e que era natural do Pernambuco. Resgatar animais colocados em péssimas condições e aprisionados, nos gratifica”, completou o oficial.

Foto: Divulgação / SSP

Polícia interrompe torneio irregular de aves em Ilhéus; onze pessoas são detidas

Em ação de combate contra maus-tratos de animais, onze pessoas foram detidas em flagrante e 39 pássaros apreendidos, no município de Ilhéus, no domingo (11), após denúncias de um torneio irregular de canto de aves.

Os animais estavam em gaiolas, num espaço reservado para a competição, quando os policiais chegaram ao local, no bairro Teotônio Vilela, como conta o comandante da Cippa Porto Seguro, major Márcio Luiz Santos Blanco. “Identificamos o organizador do evento e o conduzimos com os demais participantes para a delegacia, junto com aves”, contou.

Segundo a polícia, dos 39 animais apreendidos, onze foram devolvidos aos donos, pois possuíam a autorização de criação. Já os outros, serão encaminhados ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) de Itabuna.

A ação foi realizada por equipes da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental de Porto Seguro e da Companhia Independente de Policiamento Especializado Cacaueira.

Foto: Divulgação / Guarda Municipal

Golfinho encalhado é resgatado na praia do Porto da Barra

Um golfinho encalhou na praia do Porto da Barra, em Salvador, na manhã deste sábado (3). Alguns frequentadores que estavam na água perceberam o animal encalhado e tentaram ajudar, mas não tiveram sucesso.

Alguns agentes da Guarda Municipal que estavam próximos do local foram chamados pela população. Em nota, a Guarda Municipal diz que os agentes que estavam patrulhando foram informados que havia um golfinho ferido que não conseguia sair da beira da praia. Eles acionaram o Grupo Especial de Proteção Ambiental (Gepa), da própria instituição, chamando também o Instituto dos Mamíferos Aquáticos (IMA).

Também foram até o local, duas biólogas do IMA, que fizeram o resgate com apoio dos guardas. O animal tinha batido em pedras e estava com alguns ferimentos. Após o resgate, o animal foi levado para a sede do instituto, onde será avaliado e tratado.

Foto: Divulgação / SSP

Operação resgata mais de 380 animais silvestres em feira irregular

Uma operação resgatou trezentos e oitenta e três animais silvestres, na manhã desta segunda-feira, em uma feira irregular, em Feira de Santana. Os responsáveis pelos bichos fugiram deixando diversas gaiolas para trás.

Denúncias sobre a venda e compra irregular desses animais levaram as guarnições para aquele mercado. “Já possuíamos um levantamento baseado nessas denúncias e, quando chegamos, eles perceberam a nossa presença e correram”, disse o comandante da 64ª CIPM, major Lilian Conceição Nascimento.

No local foram apreendidos 155 Papa-capins, 90 Canários da terra, 30 azulões, 26 pássaros pretos, 20 Trinca ferros, 13 Garibaldis, 10 Cardeais, nove Jabutis além de aves das espécies Pintassilgo, Saíra, Tico, Brejal, Cuiubinha, Tizil, Sabiá, Cancan, Papa-arroz, Pombo e Canário Belga.

Comandante da Coppa, unidade ambiental da PM, o major Amílton Teixeira, contou que nenhum animal silvestre pode ser criado sem autorização prévia de órgãos ambientais. “Isso é crime e o nosso trabalho é combater esse comércio ilegal. A criação desses animais só é possível com esse aval de representantes do meio ambiente”, contou.

Os bichos e as gaiolas foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), onde passarão por um período de quarentena e serão devolvidos à natureza.

A ação conjunta foi realizada entre a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa), 64ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Feira de Santana) e Esquadrão de Motociclistas Asa Branca.

Foto: Ascom / CBM

Bombeiros resgatam coruja presa em linha de pipa em Jequié

O Corpo de Bombeiros de Jequié resgatou uma coruja de grande porte que ficou presa em uma linha de pipa. A ocorrência aconteceu na manhã desta terça-feira (4) no bairro Joaquim Romão (Coim).

Um morador da localidade entrou em contato com a corporação, após perceber que o animal estava preso pela linha numa árvore. Para o resgate a equipe de busca utilizou uma escada para acessar o local onde a coruja estava, que foi resgatada um pouco machucada. Ela foi entregue ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) para avaliação adequada e maiores cuidados. 

Segundo o Inema, esses animais devem ser resgatados de forma apropriada e com as técnicas adequadas. Dessa forma evitam-se ferimentos e o estresse ainda maior do animal. O cuidado com as linhas de pipa, assim como os locais adequados a soltar esses materiais também deve ser redobrado. Estes cuidados são essenciais para evitar acidentes.

Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Iguana é resgatada por bombeiros em garagem de casa em Barreiras

O Corpo de Bombeiros resgatou uma iguana que foi encontrada na garagem de uma casa, em Barreiras, na segunda-feira (19). Os moradores da casa encontraram o animal e acionaram as equipes para o resgate.

O caso ocorreu no bairro Sandra Regina. No fim da tarde, assim que os moradores da residência perceberam a iguana, acionaram as equipes do 17º Grupamento de Bombeiros Militar (17ºGBM/Barreiras) pela central de emergência.

De acordo com os bombeiros, eles utilizaram um puçá, equipamento próprio para captura de animais deste tipo. Com isso, a guarnição alcançou o animal.

O réptil não tinha sinais de ferimentos. Após o resgate, a iguana foi devolvida à natureza.

Foto: Arquivo Pessoal

Incêndio é controlado no Parque Nacional da Chapada Diamantina

Um incêndio foi controlado na madrugada desta quinta-feira (25), em um trecho do Parque Nacional da Chapada Diamantina, próximo da cidade de Lençóis, de acordo com o coordenador estadual da Defesa Civil.

Segundo o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), o fogo começou em um trecho chamado de Barro Branco, na terça-feira (23). Durante a madrugada, ao menos nove brigadistas conseguiram conter as chamas, mas o trabalho de rescaldo deve continuar nesta quinta-feira (25).

Imagens registradas por moradores mostram que as chamas podiam ser vistas de uma longa distância. Ainda não há informações da extensão do fogo, e como está o combate às chamas.

Foto: Ascom / CBM

Bombeiros resgatam Jiboia de quase 2 metros em Luís Eduardo Magalhães

O Corpo de Bombeiros resgatou uma jiboia que apareceu no loteamento Jardim Alvorada, em Luís Eduardo Magalhães, na manhã desta quarta-feira (24).

Após moradores do local perceberam a cobra atravessando uma avenida, os bombeiros foram acionados. “Recebemos a ligação e deslocamos até o local, onde os solicitantes já aguardavam, para realizar a captura. Lá, utilizamos um pinção e um gancho, sem oferecer riscos ao animal”, disse o comandante da guarnição, sargento BM Jadson Medrado.

Segundo os militares, a jiboia tinha aproximadamente 2 metros e não apresentava sinais de ferimentos. Logo após o resgate, ela foi solta em uma área de preservação, distante da zona urbana.

Foto: Divulgação / PRF

PRF encontra mais de100 pássaros silvestres dentro de carro na BR-116

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) resgatou cento e trinta pássaros silvestres encontrados no porta-malas de um carro neste sábado (27), na BR-116, no trecho de Poções.

Durante a abordagem ao veículo, numa fiscalização rotineira na rodovia, foram solicitados os documentos do motorista. Segundo a PRF, após revista no porta-malas do carro, foram encontrados os 130 cardeais, todos aprisionados em gaiolas pequenas e em condições precárias de falta de higiene, sem água e ventilação.

O motorista, de 48 anos, disse ter comprado os pássaros em São Paulo e seriam comercializados em Cícero Dantas, no interior da Bahia. Ele não tinha autorização do órgão ambiental para criação e nem a guia de transporte.

Logo depois, foi lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência e o ele responderá na Justiça por crime contra o meio ambiente.

Os pássaros foram encaminhados aos cuidados do CETAS de Vitória da Conquista, onde passarão por um processo de reabilitação para voltarem à liberdade.

Foto: Divulgação / PRF

Operação resgata mais de 450 aves em situação de maus-tratos no município de Mascote

Mais de 455 aves que estavam em situação de maus -tratos, em imóveis da localidade de São João do Paraíso, cidade de Mascote, no sul da Bahia, foram resgatadas em uma operação policial.

Entre as espécies encontradas, tinha cardeal, pássaro preto, papa capim, coleira, azulão, sofrê, canário da terra, trinca ferro, tico tico e sabiá. Além disso, no local havia uma grande quantidade de filhotes de papagaios e periquitos com apenas algumas penugens sobre o corpo.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na sexta-feira (19), eles foram acionados pelo Inema, em Itabuna, para averiguar uma denúncia de crime ambiental. O Instituto do Meio Ambiente tinha informações de que centenas de pássaros silvestres eram mantidos aprisionados em um imóvel.

Chegando ao local, equipes da PRF e do Inema constataram os animais dentro do imóvel. As aves estavam amontoadas em caixas de papelão, gaiolas e viveiros, e em condições precárias de falta de higiene, cobertas com fezes e urina.

Os animais também estavam desidratados e debilitados, sendo que alguns já foram encontrados mortos. As aves não tinham água, estavam com restrição de movimento, privação de luz e sem circulação de ar.

Na abordagem, foram encontrados em um imóvel vizinho 42 galos de rinha, utilizados em competições ilegais, para duelarem entre si, muitas vezes até a morte. No total da operação, foram resgatadas 413 aves silvestres, sendo que oito morreram, além dos 42 galos.

Os agentes identificaram o responsável pelo aprisionamento ilegal dos animais e a ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil, em Mascote. Em seguida, será aberta uma instauração do inquérito policial e demais procedimentos cabíveis.

Foto: Endagerex

Menor réptil da Terra é descoberto por cientistas, mas espécie já está ameaçada de extinção

Em uma expedição conjunta de pesquisadores locais e da Alemanha, descobriram dois minúsculos lagartos em Madagascar, na África, batizado de nanocamaleão. Cientistas acreditam ter descoberto o menor réptil da Terra.

De acordo com a Coleção de Zoologia do Estado da Baviera, na Alemanha, o corpo de um macho da subespécie Brookesia nana mede apenas 13,5 mm. Por isso, o torna o menor de cerca de 11,5 mil espécies conhecidas de répteis.

Ainda de acordo com o instituto, o comprimento do macho do topo à cauda é de 22 mm, mas a fêmea é muito maior, com cerca de 29 mm.  Os pesquisadores acrescentam que outros espécimes ainda não foram localizados, apesar do “grande esforço”.

Ameaça de extinção

O jornal Scientific Reports, classificou o novo camaleão, como ameaçado de extinção. Ele é encontrado apenas em uma floresta tropical montanhosa degradada no norte de Madagascar.

Conforme o relatório, o habitat do nanocamaleão foi desmatado, mas a área foi colocada sob proteção recentemente, para que a espécie sobreviva.

Cientistas recomendam que o camaleão seja listado como criticamente ameaçado de extinção na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) para ajudar a protegê-lo e ao seu habitat.

Foto: Arquivo pessoal

Jacaré é encontrado por moradores na praia de Coutos, em Salvador

No início da manhã desta quarta-feira (3) um jacaré foi encontrado por moradores na praia de Coutos, em Salvador. O animal foi resgatado após os agentes do Grupo Especial de Proteção Ambiental (Gepa), da Guarda Civil Municipal, serem acionados. Ele não atacou ninguém.

O jacaré apareceu na praia por volta das 5h e foi encontrado por um morador que acordou e deu de cara com ele. O animal tem cerca de um metro, e moradores supõem que ele tenha vindo nadando do rio Paraguari, em Periperi.

Moradores isolaram o animal, próximo a uma barraca de praia, com tapumes de madeira, para evitar que alguém o pegasse.

O animal que não teve ferimentos será examinado e depois deve ser devolvido à natureza.

Foto: Divulgação / PRF

PRF apreende pássaros silvestres e carvão vegetal na região da Chapada Diamantina

Durante operação de combate a crimes ambientais realizada entres os dias 30 e 31 de janeiro, em cidades da região da Chapada Diamantina, foram apreendidas 89 aves silvestres e 2,5 toneladas de carvão vegetal irregular. A ação, que ocorreu em Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim e Andaraí, foi divulgada nesta terça (2).

Em trabalho conjunto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Ministério Público da Bahia (MPE-BA), foram apreendidos em estabelecimentos comerciais 800 sacos de carvão vegetal, totalizando 2,5 toneladas, prontos para a venda.

Segundo a PRF, o material não tinha documentos fiscais e licenças ambientais necessárias para comercialização. Os pacotes de carvão permanecerão retidos à disposição dos órgãos ambientais.

Já as aves silvestres foram encontradas aprisionadas em gaiolas pequenas sem água, luz e sem circulação de ar, em condições precárias de higiene, e não podiam se movimentar dentro da gaiola. Conforme a PRF, essa situação se configura como maus-tratos.

Entre as espécies resgatadas, estão os pássaros conhecidos popularmente como periquito, sabiá, pássaro preto, canário da terra, baiano, coleira, chorão, bigode, trinca ferro, cardeal, papa capim, entre outros.

Foto: Projeto (A)mar

35 animais marinhos são achados mortos neste mês de janeiro no sul da Bahia

No mês de janeiro, 35 animais marinhos foram encontrados mortos e encalhados em diferentes praias do sul da Bahia. Só na quinta-feira (22), três tartarugas foram encontradas sem vida, além de duas aves bobo.

Os animais encontrados mortos foram: tartaruga oliva, na praia de Serra Grande, em Uruçuca; tartaruga verde, na praia do Cururupe, em Ilhéus; tartaruga de pente, na Praia dos Milionários, em Ilhéus; bobo pequeno, na praia de São Domingos, em Ilhéus e bobo grande, na praia do São Domingos, em Ilhéus.

De acordo com o Projeto (A)mar, as tartarugas verde e de pente morreram após interação com materiais de pesca, e que houve um aumento recorde de 100% das mortes, em comparação à mesma época do ano passado.

No total, 35 animais marinhos já foram encontrados mortos em janeiro, sendo eles: 30 tartarugas, quatro aves marinhas e um boto cinza.

Foto: Divulgação / Prefeitura de Riachão do Jacuípe

Operação apreende 39 aves silvestres em Riachão do Jacuípe

Aves silvestres e animais ameaçados de extinção foram apreendidos numa operação policial em Riachão do Jacuípe, na sexta-feira (15). Segundo os agentes, 39 aves estavam sendo criadas irregularmente.

Após denúncias colhidas por servidores da Delegacia de Criação de Animais Silvestres em Cativeiro, a justiça autorizou os mandados de busca e apreensão nos locais.

Em seguida, equipes da Secretaria de Meio Ambiente do município, com posse dos mandados, foram até o local, acompanhados dos investigadores, que realizaram a apreensão das aves silvestres.

Uma pessoa que estava no local foi conduzida à delegacia, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência.

De acordo com a prefeitura informou que, no total, foram apreendidos 1 jacú, 3 perdizes, 4 pombas verdadeiras, 4 juriti, 2 soldadinhos, 1 canário da terra, 1 culeiro, 3 cardeais, 10 trocás, 1 fogo-pagou, 4 rolas brancas, 4 rolas de caldo de feijão e 1 aracuã.

As aves foram entregues à Secretaria de Meio Ambiente e foram encaminhadas para um viveiro, enquanto as providências legais são tomadas. O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hidrícos (Inema) será acionado para definir o procedimento adequado de soltura dos animais.

Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Inema apresenta balanço de praias impróprias para banho na Bahia

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) apresentou um balanço que aponta que sete praias estão impróprias para banho neste fim de semana, no litoral da Bahia. Além da capital baiana, também foram consideradas impróprias pelo órgão, praias do Litoral Norte.

De acordo com o Inema, a balneabilidade é considerada imprópria quando a densidade de escherichia coli for superior a 800 UFC/100 ml, em duas ou mais amostras, de um conjunto de cinco semanas, coletadas no mesmo local.

A escherichia coli é uma bactéria abundante em fezes humanas e de animais, tendo somente, sido encontrada em esgotos, efluentes, águas naturais e solos que tenham recebido contaminação fecal recente.

Quando o valor obtido na última amostragem for superior a 2000UFC/100ml, o local também é considerado impróprio.

Além disso, outros fatores podem determinar se uma praia é imprópria, mesmo apresentando baixas densidades de bactérias fecais. Por exemplo, quando ocorrerem circunstâncias que desaconselhem a recreação de contato primário.

A exemplo disso podem ser: derramamento de óleo, extravasamento de esgoto, ocorrência de maré vermelha, floração de algas potencialmente tóxicas ou outros organismos e surtos de doenças de veiculação hídrica.

No período de chuvas, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças.

Vejam as praias impróprias:

Salvador

Penha – em frente à barraca do Valença;

Pedra Furada – atrás do Hospital Sagrada Família, em frente à ladeira que dá acesso à praia;

Rio Vermelho – próximo à escada de acesso à praia, em frente à igreja Nossa Senhora de Santana;

Armação – em frente ao Hotel Alah Mar e a Rua João Mendes da Costa;

Boca do Rio – em frente ao posto Salva Vidas;

Corsário – em frente ao posto Salva Vidas;

Patamares – em frente ao posto Salva Vidas Patamares. Próximo ao Coliseu do Forró e Caranguejo de Sergipe.

Litoral Norte                    

Buraquinho – a cerca de 200 m da foz do Rio Joanes;

Imbassaí – em frente às barracas de praias da localidade, próximo à foz do Rio Imbassaí.

Foto: Guarda Civil Municipal / Divulgação

Cobra de mais de dois metros é resgatada em condomínio de Salvador

Moradores encontraram uma jiboia medindo cerca de 2,5 metros, em um condomínio no bairro de Luiz Anselmo, em Salvador, na manhã de segunda-feira (4). A Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada e se deslocou até o edifício.

Na chegada da equipe do Grupo Especial de Proteção Ambiental (Gepa), os agentes encontraram o animal na área de lazer do condomínio. A cobra foi retirada do local e levada para o Centro de Triagem para Animai Silvestres do Instituto Nacional do Meio Ambiente (Inema) para ser avaliada e devolvida à natureza.

Outros três jabutis e dois gaviões foram resgatados pelas equipes do Gepa na segunda (4). Segundo a GCM, somente no ano passado foram resgatados 1.254 animais silvestres.

Foto: Guarda Civil de Salvador

Jacaré de quase um metro é encontrado pelo Grupo de Proteção Ambiental na Av. Paralela

Um jacaré foi encontrado na tarde desta segunda-feira (21), na Avenida Paralela, em Salvador. O animal da espécie Paleoosuchus, tem cerca de um metro e 5kg.  

O Grupo Especial de Proteção Ambiental (GEPA) foi acionado e efetuou o resgate do animal.

Segundo o Gepa, o jacaré será encaminhado para o Centro de Tratamento do Inema, onde ele será avaliado e passará por quarentena até ser devolvido à natureza.

Foto: Divulgação / SSP

Polícia ambiental encontra explosivos em barco e impedem pesca predatória

Policiais apreenderam materiais explosivos utilizados para pesca irregular, encontradas em uma embarcação, na manhã da terça-feira (15), através de um levantamento de informações e denúncias anônimas. A ação foi realizada pelas equipes da Companhia de Polícia e Proteção Ambiental (Coppa) da PM, através do 4º Pelotão de Ações de Repressão a Pesca Predatória (PARPP).

Os agentes deram início ao patrulhamento aquático na região próxima ao Estaleiro, no bairro do Bonfim, e utilizando jetskis, identificaram a embarcação ‘Nohas Arca I’. “Assim que realizamos a revista encontramos três explosivos, do tipo emulsão bombeada em gel, escondidos em um balde”, confirmou o comandante da Coppa, major Amílton Teixeira.

Após a apreensão, o material foi encaminhado, com cautela, para a sede do Batalhão de Operações Polícias Especiais (Bope) da PM especializado em ocorrências com bombas e explosivos, para que pudessem ser analisadas e desarmadas.

“Seguimos com o patrulhamento constante nas áreas de grande incidência de pesca irregular e pedimos que a população denuncie este crime ambiental para os números do Disque Denúncia da SSP (71 3235-0000) ou para o Whatsapp da unidade (71 9 9982-6817)”, concluiu o oficial.

Foto: Divulgação / SSP