Foto: Júlio César Guimarães / COB

Hebert Conceição vence cazaquistanês nas quartas e garante medalha no boxe

O baiano Hebert Conceição venceu o casaquistanês Abilkhan Amankul nas quartas de final da categoria até 75kg, com o placar de 3×2, e garantiu mais uma medalha olímpica no boxe, para o Brasil, na manhã deste domingo (1º).

O atleta de 23 anos foi criado na Academia Champion, em Salvador, com o técnico Luis Dórea, um dos grandes formadores de atletas, inclusive, o tetracampeão mundial Acelino Popó Freitas, Robson Conceição, campeão olímpico na Rio-2016, e Adriana Araújo, bronze em Londres-2012.

Hebert começou a sua trajetória nos Jogos Olímpicos de Tóquio, com vitória sobre o chinês Tuohetaerbieke Tanglatihan por 3×2.

Além do baiano, Abner Teixeira na categoria até 91kg também conquistou uma medalha para o Brasil. Além deles, Beatriz Ferreira, no peso até 60kg, e Wanderson Oliveira, até 63kg, estão nas quartas de final e também podem se garantir no pódio.

Na semifinal, Hebert Conceição vai enfrentar Gleb Bakshi, do Comitê Olímpico Russo.

Foto: Jonne Roríz / COB

Rebeca Andrade garante o ouro nas Olimpíadas de Tóquio

A ginasta Rebeca Andrade garantiu o ouro no salto das Olimpíadas de Tóquio, na manhã deste domingo (1º), após esperar as rivais ficarem com notas abaixo que as suas. A brasileira ficou na história e conseguiu a medalha, com média de 15,083 pontos.

Rebeca volta a subir ao pódio, depois da conquista da prata no individual geral. Ela foi a única a conseguir uma média acima de 15,000 no salto. A americana Mykayla Skinner ficou com a prata, com 14,916, e a sul-coreana Seojeong Yeo fechou o pódio, em terceiro lugar, com 14,733.

História

A primeira brasileira a conquistar uma medalha em Mundiais foi Daniele Hypolito, com uma prata no solo de 2001. Daiane dos Santos a primeira campeã mundial, em 2003. Em 2021, Rebeca se tornou a primeira medalhista olímpica, em dose dupla. Antes, já havia conquistado a prata no individual geral.

Foto: Divulgação / E.C. Vitória

Vitória fica apenas no empate contra o Avaí no Barradão

O Vitória empatou com o Avaí em 0 a 0, neste sábado (31), em confronto válido pela 15ª rodada da Série B, no Barradão.

Os dois times criaram boas chances na partida, mas não conseguiram balançar as redes. O técnico Ramon Menezes fez seis modificações para a partida. Entre os onze, jogaram Van, Roberto, Gabriel Bispo, Bruno Oliveira, Guilherme Santos e Ygor Catatau.

Com o resultado, o Leão chegou aos 13 pontos e ocupa a 15ª posição na tabela. Já o Avaí segue em quarto, com 26 pontos.

O Vitória enfrenta o Grêmio na próxima terça-feira (3), na Arena do Grêmio, pelo confronto de volta das oitavas de final, da Copa do Brasil. Como perdeu a primeira partida por 3 a 0, o time baiano precisa vencer por quatro gols de diferença para avançar na competição.

Já pela Série B, o próximo desafio é contra o Vasco, sábado (7), às 19h30, no Barradão.

FICHA TÉCNICA:
Vitória 0 x 0 Avaí
Série B – 15ª rodada
Local: 
Barradão, em Salvador (BA)
Data: 31/07/2021 (sábado)
Horário: 16h30
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior (AM)
Assistentes: Marcos Santos Vieira (AM) e Uesclei Regison Pereira dos Santos (AM)
Quarto Árbitro: Edvalter Marinho dos Santos (BA)
Analista de Campo: Ademilton Piedade Carigé (BA)

Vitória: Lucas Arcanjo; Van (Gabriel Inocêncio), Marcelo Alves, Mateus Moraes e Roberto; Gabriel Bispo, Pablo Siles (Eduardo) e Bruno Oliveira (João Pedro); Guilherme Santos (Soares Bolota), Samuel e Ygor Catatau (David). Técnico: Ramon Menezes.

Avaí:  Glédson, Yuri (Gustavo Modesto), Rafael Pereira, Betão e Diego Renan; Bruno Silva, Marcos Serrato (Valdívia) e Lourenço (Wesley Soares). Copete, Vinicius Leite (Jonathan) e Júnior Dutra (Getúlio). Técnico: Claudinei Oliveira.

Foto: Wander Roberto / COB

Brasil assume liderança com vitória sobre a Sérvia no vôlei feminino

O Brasil dominou a Sérvia neste sábado (31) e mostrou força diante das campeãs mundiais e favoritas ao pódio. A seleção garantiu liderança do grupo A das Olimpíadas de Tóquio, em 3 sets a 1, com parciais de 25/20, 25/16, 23/25 e 25/19.

A seleção que já estava classificada para as quartas de final, teve a missão de tomar a ponta da chave. Apesar da ausência de Macris, lesionada, Roberta ditou o ritmo e foi absoluta na maior parte do jogo. Fê Garay, também foi fundamental na vitória.  

Tandara, a maior pontuadora brasileira na partida dedicou a vitória ao treinador José Roberto Guimarães, que completa 67 anos neste sábado.

Com o resultado, o Brasil assume a liderança do grupo A, com quatro vitórias, e deixa a Sérvia para no segundo lugar. Na próxima segunda-feira serão definidos os confrontos das quartas de final, às 9h45.

Foto: Sam Robles / CBF

Brasil perde nos pênaltis para o Canadá e é eliminado nas quartas do futebol feminino

Após empatar por 0 a 0 no tempo normal, o Brasil perdeu por 4 a 3 para o Canadá nos pênaltis nesta sexta-feira (30), e foi eliminado nas quartas de final do futebol feminino dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

A goleira Bárbara, que foi criticada pelo desempenho na primeira fase chegou até a defender pênalti da artilheira Sinclair, mas Andressa Alves e Rafaelle erraram as duas últimas cobranças da seleção brasileira na partida disputada no Miyagi Stadium.

As duas equipes se revezaram no controle da partida e o primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio.

Nos pênaltis, Marta, Debinha e Érika converteram para o Brasil, enquanto Fleming, Lawrence, Leon e Gilles marcaram para o Canadá, que agora enfrenta os Estados Unidos, nas semifinais em Tóquio.

Foto: Divulgação / F1

Confira onde assistir aos treinos e à corrida do Grande Prêmio da Hungria

O Grande Prêmio da Hungria promete fortes emoções neste fim de semana, na tela da Band, e você mais uma vez vai poder acompanhar tudo, dos treinos livres até a corrida.

Transmitido com exclusividade pelo Grupo Bandeirantes, com uma cobertura completa na TV aberta e fechada, no aplicativo  Bandplay, no site band.com.br e na rádio BandNews FM, além de boletins e matérias especiais ao longo da programação, a décima-primeira etapa da temporada promete mais um capítulo da briga intensa entre Lewis Hamilton e Max Verstappen pelo título do Mundial de Pilotos.

O holandês da Red Bull viu sua vantagem diminuir após o polêmico acidente com Lewis Hamilton no GP da Inglaterra. O piloto da Mercedes ainda venceu a corrida em casa, e a diferença entre os dois rivais agora é de somente oito pontos.  Confira a classificação completa!

O GP da Hungria tem 70 voltas previstas e será realizado no tradicional autódromo de Hungaroring, que estreou na Fórmula 1 em 1986 (vitória de Nelson Piquet em duelo memorável com Ayrton Senna, que ficou em segundo). No ano passado, Hamilton venceu no circuito, com Verstappen logo atrás.

Grande Prêmio da Hungria (horários de Brasília)

Sexta-feira (30)

06h20 – Treino livre 1 – ao vivo no Bandsports

09h50 – Treino livre 2 – ao vivo no Bandsports

Sábado (31)

06h50 – Treino livre 3 – ao vivo no Bandsports

09h30 – Classificação – ao vivo na Band, Bandsports, Bandplay e site da Band

Domingo (01)

09h30 – Corrida – ao vivo na Band, Bandplay, BandNews FM e site da Band

16h – VT da corrida – Bandsports

Onde assistir?

Ao vivo na tela da Band e online no  Bandplay e no  band.com.br, com a narração de Sérgio Maurício, comentários de Reginaldo Leme e Felipe Giaffone e reportagem de Mariana Becker.

Grid:

Valtteri Bottas e Lewis Hamilton (Mercedes), Charles Leclerc e Carlos Sainz (Ferrari), Max Verstappen e Sergio Pérez (RBR), Lando Norris e Daniel Ricciardo (McLaren), Lance Stroll e Sebastian Vettel (Aston Martin), Fernando Alonso e Esteban Ocon (Alpine), Pierre Gasly e Yuki Tsunoda (AlphaTauri), Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo), Mick Schumacher e Nikita Mazepin (Haas), George Russell e Nicholas Latifi (Williams).

Foto: Breno Barros / rededoesporte.gov.br

Mayra Aguiar conquista o bronze no judô em Tóquio

A judoca Mayra Aguiar brilhou nesta quinta-feira (29), e faturou a medalha de bronze em Tóquio, repetindo os resultados alcançados em Londres-2012 e na Rio-2016 na categoria até 78kg.

A gaúcha de 29 anos alcançou um feito histórico com a conquista na arena Budokan. Ela se tornou a primeira brasileira a ganhar três medalhas em esportes individuais em Olimpíadas.

Logo no início do combate, a brasileira deu show diante da sul-coreana Hyunji Yoon, com uma imobilização sensacional, e coroou um ciclo olímpico bastante delicado.

Em novembro do ano passado, a atleta passou por uma cirurgia no joelho esquerdo, e foi aos Jogos praticamente sem ritmo. Ela chegou a ficar 16 meses sem competir e havia disputa apenas duas lutas no Mundial de Budapeste, em junho, mas ignorou os problemas para entrar definitivamente para a história.

Essa é a 24ª medalha do judô brasileiro em Olimpíadas e a segunda em Tóquio. Daniel Cargnin também levou o bronze na capital japonesa.

Foto: Breno Barros / rededoesporte.gov.br
Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

Bahia perde por 2 a 0 e fica na desvantagem com o Atlético-MG na Copa do Brasil

O Bahia foi superado pelo Atlético-MG, por 2 a 0, no Mineirão, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira (28). Zaracho e Hulk marcaram os gols do alvinegro.

Com o resultado, o Esquadrão de Aço vai ter que ganhar por três gols de diferença, na próxima quarta-feira (4), às 21h30, em Feira de Santana. O Tricolor conseguindo igualar a diferença de dois gols, a decisão vai para os pênaltis. Já o Galo pode perder por um gol, que prossegue na competição.

Antes do confronto na Copa do Brasil, o Bahia joga contra o Sport no próximo domingo (4), às 18h15, em Pituaçu, pelo Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:
Atlético-MG 2 x 0 Bahia
Copa do Brasil – Oitavas de final (1º jogo)

Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: 28/07/2021 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima (ambos de SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Zaracho, Alonso (Atlético-MG) / Gilberto, Nino Paraíba (Bahia)

Gols: Zaracho, Hulk (Atlético-MG)

Atlético-MG: Everson; Mariano, Réver, Alonso e Dodô; Allan, Tchê Tchê, Nacho (Hyoran) e Zaracho (Calebe); Savarino (Eduardo Sasha) e Hulk (Nathan). Técnico: Cuca.

Bahia: Danilo Fernandes; Nino, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick, Jonas (Lucas Araújo) e Daniel (Galdezani); Rossi, Ronaldo (Rodriguinho) e Gilberto.. Técnico: Dado Cavalcanti.

Foto: Divulgação / COI

Baiano Keno Marley vence chinês e avança nas quartas das Olimpíadas de Tóquio

Keno Marley garantiu vaga nas quartas de finais do peso meio-pesado do boxe das Olimpíadas, nesta quarta-feira (28), no Ryogoku Kokugikan. No início do segundo round, o baiano venceu com um nocaute técnico, contra o chinês Caxiang Chen.

Logo no início, Keno encaixou uma direita poderosa que desestabilizou o adversário. O brasileiro mostrou agilidade para conseguir esquivas importantes e garantiu no primeiro round uma vitória de 10/9 contra o chinês, segundo notas dos juízes.

Apesar de ser mais rápido e encaixar vários golpes no segundo round, o lutador da Bahia não precisou de muito no assalto, já que um choque de cabeça entre os dois abriu um corte no supercílio de Chen, que não conseguiu seguir no combate. Assim, Keno venceu por nocaute técnico.

De acordo com Keno Marley, se a vitória por nocaute técnico não fosse assinalada, ele estaria pronto até para uma possível mudança de estratégias do adversário, caso os outros rounds acontecessem.

Na próxima sexta-feira, Keno enfrenta o britânico Benjamin Whittaker, pelas quartas de final dos Jogos Olímpicos, e pode garantir, no mínimo, uma medalha de bronze.

Foto: Jonne Roríz / COB

Ítalo Ferreira é o 1º campeão olímpico no surfe; ouro em Tóquio

O brasileiro Ítalo Ferreira venceu as disputas do surfe na Olimpíada de Tóquio, no Japão. O brasileiro dominou as ondas na Praia de Tsurigasaki, e conquistou na madrugada desta terça-feira (27) a primeira medalha de ouro do surfe, modalidade estreante nos Jogos Olímpicos.

O potiguar, atual campeão mundial dominou a final contra o japonês Kanoa Igarashi, vencendo por 15.14 a 6.6. A medalha de bronze ficou com o australiano Owen Wright, que venceu o brasileiro Gabriel Medina por 11.97 a 11.77 na disputa pelo pódio.

Na estreia da competição, Ítalo liderou a primeira bateria, com o somatório de pontos de 13.67. Ele ficou à frente do japonês Hiroto Ohhara (11.40), do italiano Leonardo Fioravanti (9.43) e do argentino Lele Usuna (8.27). “Muito feliz. Foi um dia incrível, especial, trabalhei muito para isso e acreditei. É incrível.”, disse Ítalo.

Moradores da cidade Natal do campeão, Baía Formosa (RN) comemoraram o primeiro ouro para o país em Tóquio.

Foto: Júlio Cesar Guimarães / COB

Com garra e talento, Brasil vence de virada a Argentina no vôlei masculino nas Olimpíadas

Na garra e no talento, a seleção brasileira de Vôlei reagiu após estar perdendo por dois sets a um, para a Argentina. A seleção de Renan Dal Zotto venceu em 3 sets a 2, com parciais de 19/25, 21/25, 25/16, 25/20 e 16/14, na segunda vitória nas Olimpíadas de Tóquio.

Com o resultado, a seleção fica com certo conforto na reta final da fase de classificação, no grupo mais difícil em Tóquio. Na próxima quarta-feira, o Brasil enfrenta a Rússia, e logo na sequência, Estados Unidos e França.

A seleção de Renan está na parte de cima da classificação do grupo B, ao lado da Rússia, também com dois triunfos, porém, leva desvantagem no número de pontos: 6 contra 5. Já a França e Estados Unidos somam uma vitória cada. Argentina e Tunísia seguem zeradas.

O próximo desafio da seleção é na próxima quarta-feira, às 9h45, contra os russos, líderes do grupo.

Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

Bahia perde por 3 a 0 para o Atlético-MG no Mineirão

O Bahia perdeu para o Atlético-MG, por 3 a 0, no Mineirão, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esta é a terceira derrota consecutiva do Tricolor na competição. Hulk marcou duas vezes, no segundo tempo e Nathan fechou o placar.

Com o resultado, o Esquadrão permanece com 17 pontos, e está na nona colocação da tabela. O Galo segue na vice-liderança com 28, atrás do Palmeiras.

O Bahia recebe o Sport, na próxima rodada do Brasileirão, em Pituaçu, no domingo (1º), às 18h15. Entretanto, antes o Tricolor volta ao Mineirão, para o jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, novamente contra o Atlético-MG, na quarta-feira (28), às 21h30.

FICHA TÉCNICA:
Atlético-MG 3×0 Bahia
Campeonato Brasileiro – 13ª rodada

Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: 25/07/2021 (domingo) 
Horário: 11h
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga e Márcio Iglésias Araújo Silva (ambos do PI)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Dodô, Mariano (Atlético-MG) / Rossi (Bahia)

Gols: Hulk, duas vezes, Nathan (Atlético-MG)

Atlético-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Júnior Alonso e Dodô (Réver); Allan, Franco (Tchê Tchê) e Nacho Fernández (Hyoran); Borrero (Eduardo Sasha), Zaracho e Hulk (Nathan). Técnico: Cuca.

Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Ligger, Conti e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Jonas (Raniele), Patrick e Lucas Araújo (Matheus Galdezani); Rossi (Oscar Ruiz), Rodriguinho (Maycon Douglas) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Foto: Gaspar Nóbrega / COB

Judoca Daniel Cargnin conquista medalha de bronze nos Jogos de Tóquio

O judoca Daniel Cargnin conquistou o bronze nos Jogos de Tóquio, na manhã deste domingo (25), na categoria meio-leve (até 66kg) e garantiu a 23ª medalha verde e amarela na modalidade.

Com uma luta bastante disputada, Cargnin conseguiu sustentar a vantagem no placar com um waza-ari e alcançou o resultado mais expressivo da carreira aos 23 anos. O gaúcho garantiu um lugar no pódio contra o israelense Baruch Shmailov.

Para conseguir o bronze, Cargnin deixou para trás Mohamed Abdelmawgoud, do Egito, Denis Vieru, da Moldávia, e o número 1 do mundo Manuel Lombardo, da Itália. Ele foi derrotado na semifinal pelo japonês Hifumi Abe, bicampeão mundial.

Esse foi o 16º bronze do Brasil no judô na história das Olimpíadas. A modalidade individual que mais deu medalhas para o país soma ainda quatro ouros e três pratas.

A brasileira Larissa Pimenta foi eliminada nas oitavas de final e se despediu precocemente da luta por medalhas na categoria até 52kg. Depois de vencer a polonesa Agata Perenc, ela parou diante de Uta Abe, japonesa bicampeã mundial.

Foto: Augusto Oliveira / CSA

Vitória perde para o CSA com gol nos momentos finais da partida

O Vitória perdeu para o CSA neste sábado (14), no estádio Rei Pelé, pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Leão poderia encerrar a partida, com ao menos um empate, mas levou um gol aos 44 minutos do segundo tempo e deu a vantagem de 2 a 1 ao Azulão.

Gabriel e Lucão marcaram para a equipe Alagoana, enquanto Eduardo descontou para a equipe baiana.

Com o resultado, o Leão permanece perto da zona de rebaixamento da competição, na 15ª colocação, com 12 pontos.

O Rubro-Negro teve dois jogadores Wesley lesionados na partida. Pionteck torceu o tornozelo e Dinei sentiu o joelho. Ambos devem realizar exames para analisar a profundidade das lesões.

O Vitória enfrenta na próxima terça-feira (27), o Grêmio, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, no Barradão, a partir de 21h30.

FICHA TÉCNICA:
CSA 2 x 1 Vitória
Série B – 14ª rodada

Local: Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 24/07/2021 (sábado)
Horário: 21h
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Hugo Sávio Xavier Corrêa (GO)

Gols: Gabriel e Lucão (CSA) / Eduardo (Vitória) 

Cartões amarelos: Gabriel (CSA)

CSA: Thiago Rodrigues; Yuri, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovane (Marco Túlio), Silas (Gabriel Tonini) e Gabriel; Dudu Beberibe (Aylon), Dellatorre (Reinaldo) e Bruno Mota (Renato Cajá). Técnico: Ney Franco.

Vitória:  Ronaldo; Cedric, Marcelo Alves, Mateus Moraes (João Victor) e Pedrinho; Gabriel Bispo, João Pedro (Van) e Eduardo; Wesley Pionteck (Ronan), David (Soares) e Dinei (Samuel). Técnico: Ramon Menezes.

Foto: Japan Sport Council

Cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio inicia nesta sexta

A cerimônia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio ocorre nesta sexta-feira, apesar de alguns eventos como futebol e softbol já terem começado. O evento contará com mais de 11 mil atletas de 206 países. O evento será realizado a partir das 8h (horário de Brasília), sem público, no estádio Olímpico de Tóquio-JAP.

O Estádio foi construído para receber os Jogos Olímpicos e inaugurado em 2019, tem capacidade para 68 mil pessoas, e teve custo de mais de R$ 5 bilhões.

Cerimônia de abertura

A festa contará com shows e apresentações, que não são divulgadas previamente, um desfile das delegações, acendimento da pira olímpica e liberação das pombas da paz. Ainda segundo o Comitê Organizador dos Jogos, o evento terá uma programação artística que mostrará a história e cultura do Japão.

A abertura simbólica dos Jogos será realizada pelo primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga. A cerimônia terá também o levantamento da bandeira olímpica, execução do hino olímpico e o juramento olímpico feito por um atleta, um oficial e um técnico. O Comitê definiu “paz, coexistência, reconstrução, futuro, Japão e Tóquio, atletas, envolvimento e entusiasmo” como temas centrais do torneio.

Brasil na cerimonia de abertura

Dos 302 atletas nos Jogos, a delegação brasileira terá apenas quatro pessoas na cerimônia oficial de abertura. De acordo com o Comitê Olímpico Brasileiro, a medida foi tomada, para evitar aglomerações e assegurar o distanciamento social durante o evento, que tem logística complicada.

Bruninho, do vôlei, e Ketleyn Quadros, do judô serão os responsáveis por levar a bandeira do Brasil. As outras duas pessoas atendem protocolo do Comitê Olímpico Internacional.

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Seleção estreia com vitória contra a Alemanha nas Olimpíadas de Tóquio

Em clima de revanche, o Brasil venceu a Alemanha, na estreia das Olimpíadas de Tóquio, por 4 a 2, na manhã desta quinta-feira (22), em Yokohama, pela abertura do grupo D. Richarlison marcou três gols, enquanto Paulinho fez no final da partida. Amiri e Ache descontaram para os alemães.

Aos 49 minutos, Paulinho recebeu com liberdade pelo lado esquerdo do ataque, invadiu a área, e encheu o pé para ampliar o marcador.

Na próxima rodada, marcada para o domingo, a Canarinho enfrenta a Costa do Marfim, às 5h30 (horário de Brasília), enquanto a Alemanha tem pela frente a Arábia Saudita.

FICHA TÉCNICA – BRASIL 4X2 ALEMANHA

Data, hora e local: quinta-feira (22), às 8h30 (horário de Brasília), no estádio de Yokohama, em Yokohama, no Japão.

Brasil: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho (Malcom); Antony (Paulinho), Richarlison (Reinier) e Matheus Cunha. Técnico: André Jardine.

Alemanha: Müller; Henrichs, Pieper (Torunarigha), Uduokhai e Raum; Stach (Schlotterbeck), Arnold e Maier; Richter (Löwen), Kruse (Ache) e Amiri (Teuchert). Técnico: Stefan Kuntz.

Gol: Richarlison (BRA), aos 7′, aos 22′ e aos 29′ do primeiro tempo, Amiri (ALE), aos 10′ do segundo tempo, Ache (ALE), aos 38′ do segundo tempo, e Paulinho (BRA), aos 49′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Pieper, Henrichs e Torunarigha (ALE); Douglas Luiz (BRA).

Cartão vermelho: Arnold (ALE).

Arbitragem: Iván Barton (ESA), auxiliado por David Morán (ESA) e Zachari Zeegelaar (SUR).

Foto: Pietro Carpi / E.C. Vitória

Vitória bate a Ponte Preta no Barradão e deixa o Z-4

O Vitória voltou a vencer em duelo disputado nesta terça-feira (20), no Barradão, contra a Ponte Preta por 1 a 0 com gol marcado pelo volante Pablo Siles. A partida foi válida pela 13ª rodada da Série B.

Após sete jogos sem triunfos em pouco mais de um mês, o Leão deixou a zona de rebaixamento. Agora, o rubro-negro tem 12 pontos e ocupa a 15ª posição.

O próximo desafio do Vitória é contra o CSA, sábado (24), às 21h, no Rei Pelé, em Maceió (AL).

FICHA TÉCNICA:
Vitória 1 x 0 Ponte Preta
Série B – 13ª rodada
Local:
 Barradão, em Salvador (BA)
Data: 21/07/2021 (terça-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)
Cartões amarelos: Pablo Siles, Guilherme Santos e Dinei (Vitória)
Gol: Pablo Siles (Vitória)

Vitória: Ronaldo; Cedric, Marcelo Alves, Mateus Moraes e Pedrinho; João Pedro, Pablo Siles (João Victor) e Eduardo (Gabriel Bispo); Wesley Pionteck (Soares Bolota), David (Guilherme Santos) e Dinei (Samuel Granada). Técnico: Ramon Menezes.

Ponte Preta: Ivan; Felipe Albuquerque, Fábio Sanches, Cleylton e Rafael Santos (João Veras); André Luiz (Pedrinho), Vini Locatelli, Fessin (Lucas Cândido) e Canilo (Renatinho); Josiel (Rodrigão) e Moisés. Técnico: Gilson Kleina.

Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

Bahia leva goleada de 5 a 0 do Flamengo no estádio de Pituaçu

O Bahia tomou uma goleada do Flamengo na noite deste domingo (18), em Pituaçu, pela 12ª rodada do Brasileirão, com o placar de 5 a 0. Os gols foram marcados por Gabigol (três vezes), Pedro e Vitinho.

Com maior posse, o Flamengo começou a partida fazendo pressão sobre o Bahia. Até que aos 20 minutos, Nino Paraíba segurou Arrascaeta e ele caiu na área. O árbitro marcou a penalidade e Gabigol, na sua estreia no Campeonato Brasileiro, não teve dificuldade para fazer, deslocando Matheus Teixeira.

Aos 40, Isla recebeu bola de Arrascaeta e cruzou para Gabigol. O atacante não deu chances para o arqueiro Tricolor, finalizando de trivela.

Já no segundo tempo, aos16, Everton Ribeiro tocou em profundidade para Gabigol, que não teve dificuldade em marcar o terceiro.

Pedro também deixou o dele, aos 28 minutos, em um cruzamento de Vitinho na grande área, que finalizou de voadora.

Para completar, em jogada de Arrascaeta, ele invadiu a área e tocou para Vitinho, fazendo o quinto para os rubro-negros.

O Bahia segue com 17 pontos e volta a jogar no próximo domingo (25), às 11h, contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA:
Bahia 0 x 5 Flamengo
Campeonato Brasileiro – 12ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 18/07/2021 (domingo) 
Horário: 18h15
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (FIFA-GO)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões amarelos: Gilberto, Galdezani, Matheus Bahia e Juninho Capixaba, Edson (Bahia) / Diego (Flamengo)

Gols: Gabigol (3x), Pedro, Vitinho (Flamengo)

Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Ligger, Conti e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick (Edson), Galdezani (Lucas Araújo) e Thonny Anderson (Maycon Douglas); Rossi, Rodriguinho (Pablo) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Flamengo: Diego Alves, Isla (Rodinei), Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Diego (João Gomes), Arrascaeta e Everton Ribeiro; Michael (Vitinho) e Gabigol (Pedro). Técnico: Renato Gaúcho.

Foto: Divulgação / F1

Hamilton vence o GP da Grã-Bretanha com ultrapassagem em Leclerc no final

Lewis Hamilton vence o Grande Prêmio da Grã-Bretanha de Fórmula 1, em Silverstone, em uma prova de superação no domingo (18). O britânico da Mercedes precisou reagir para vencer, após ser punido por um acidente com Max Verstappen no começo da prova.

Nas voltas finais, conseguiu uma ultrapassagem sobre Charles Leclerc . Valtteri Bottas, em terceiro, completou o pódio.

O fim de semana acabou não sendo bom para a Red Bull. No sábado, Sergio Perez rodou e acabou em último. Largando em 20º, o mexicano tentou se recuperar neste domingo, mas foi apenas o 16º colocado e somou apenas um ponto. Já Verstappen, com o acidente da prova principal deixou ele apenas com os três pontos da véspera.

Max Verstappen ainda lidera o Mundial de Pilotos, com 185 pontos, contra 177 de Hamilton. Lando Norris, da McLaren, chegou a 113 e assumiu o terceiro lugar. Perez, com 104, caiu de terceiro para quinto. O quarto lugar é de Valtteri Bottas, com 108.

A décima etapa da temporada 2021 foi novamente atração na tela da Band, com narração de Sérgio Maurício, comentários de Reginaldo Leme e Max Wilson e reportagem de Mariana Becker direto de Silverstone. Uma transmissão que fez o fã da F1 não perder nenhum detalhe, desde antes da largada até o fim da festa do pódio.

Confira a classificação:

Imagem: F1
Foto: Carlos / Brasil de Pelotas

Vitória perde para o Brasil de Pelotas e chega ao sétimo jogo sem vencer na Série B

O Vitória perdeu para o Brasil de Pelotas por 1 a 0, na manhã deste sábado (17), no Bento Freitas, pela 12ª rodada e chaga ao sétimo jogo sem vencer na Série B. O gol da partida foi marcado pelo lateral Vidal para os donos da casa.

Com o resultado negativo, o Rubro-Negro caiu ainda mais na zona de rebaixamento e está na 18ª colocação, com nove pontos.  Já o Xavante somou 11 e subiu para o 15º lugar.

O Leão encara a Ponte Preta, na próxima terça-feira (20), às 21h30, no Barradão, pela 13ª rodada. O Brasil de Pelotas enfrenta o Náutico, na quarta (21), no mesmo horário, nos Aflitos.

FICHA TÉCNICA:
Brasil de Pelotas 1×0 Vitória
Série B – 12ª rodada

Local: Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Data: 17/07/2021 (sábado)
Horário: 11h
Árbitro: Leonilson Fernandes Trigueiro (RN)
Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Lorival Cândido das Flores (RN)

Cartões amarelos: Wesley, Ramon (Brasil de Pelotas) / Matheus Moraes, Guilherme Santos (Vitória)

Gol: Vidal (Brasil de Pelotas)

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira; Vidal, Leandro Camilo, Arthur Henrique (Alan Dias) e Kevin; Rômulo, Denilson (Wesley), Luiz Fernando (Jarro) e Gabriel Terra (Renatinho); Netto (Gabriel Pierini) e Ramon. Técnico: Cláudio Tencati.

Vitória: Ronaldo; Cedric, Matheus Moraes, Thalisson Kelven (João Victor) e Roberto (Bruno Oliveira); Gabriel Bispo (Wesley Pionteck), Pablo Siles, Fernando Neto (Eduardo) e Pedrinho; David e Dinei (Eron). Técnico: Ramon Menezes

Foto: Divulgação / F1

Confira onde assistir aos treinos e à corrida do Grande Prêmio da Grã-Bretanha

A Fórmula 1 vai pisar fundo no acelerador e agitar a tela da Band neste final de semana! Vem aí o Grande Prêmio da Grã-Bretanha e você mais uma vez vai poder acompanhar tudo, dos treinos livres até a corrida.

Transmitido com exclusividade pelo Grupo Bandeirantes, com uma cobertura completa na TV aberta, no aplicativo Bandplay, no site band.com.br e na rádio BandNews FM, além de boletins e matérias especiais ao longo da programação, a décima etapa da temporada promete mais um capítulo da briga intensa entre Lewis Hamilton e Max Verstappen pelo título do Mundial de Pilotos.

O holandês da Red Bull ampliou a vantagem na liderança ao vencer a última corrida, o GP da Áustria, com o inglês da Mercedes apenas em quarto. A diferença entre os dois pilotos agora é de 32 pontos.  Confira a classificação completa!

O GP da Grã-Bretanha será realizado no tradicional autódromo de Silverstone e ficará marcado pela estreia da corrida classificatória, ou sprint qualifying, na Fórmula 1.

Desta vez, o grid de largada da prova de domingo será definido em uma corrida curta no sábado – os três primeiros ainda somam pontos no campeonato. A programação ainda prevê dois treinos livres, um na sexta e um no sábado, e uma classificação na sexta para o sprint qualifying do dia seguinte.

Grande Prêmio da Grã-Bretanha (horários de Brasília)

Sexta-feira (16)

10h30 – Treino livre 1 – Bandsports

14h – Classificação – Bandsports

Sábado (17)

08h – Treino livre 2 – Bandsports

12h15 – Corrida classificatória – Band, Bandsports, Bandplay e site da Band

Domingo (18)

10h30 – Corrida – Band, Bandplay, BandNews FM e site da Band

21h – VT da corrida – Bandsports

Onde assistir?

Ao vivo na tela da Band e online no  Bandplay e no  band.com.br, com a narração de Sérgio Maurício, comentários de Reginaldo Leme e Max Wilson e reportagem de Mariana Becker.

Grid:

Valtteri Bottas e Lewis Hamilton (Mercedes), Charles Leclerc e Carlos Sainz (Ferrari), Max Verstappen e Sergio Pérez (RBR), Lando Norris e Daniel Ricciardo (McLaren), Lance Stroll e Sebastian Vettel (Aston Martin), Fernando Alonso e Esteban Ocon (Alpine), Pierre Gasly e Yuki Tsunoda (AlphaTauri), Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo), Mick Schumacher e Nikita Mazepin (Haas), George Russell e Nicholas Latifi (Williams).

Foto: Prieto Carpi / E.C. Vitória

Nos acréscimos, Vitória cede empate ao Sampaio Corrêa no Barradão

Em confronto válido pela 11ª rodada da Série B, o Vitória empatou em 2 a 2 com o Sampaio Corrêa, nesta terça-feira (13), no Barradão. Nos acréscimos aos 47 minutos do segundo tempo, o Leão cedeu o empate, em cobrança de falta de Ciel.

O Rubro-Negro entrou em campo com o objetivo de acabar com o jejum de cinco jogos sem vencer e continua no Z-4. O Leão saiu na frente, com gol de Dinei que cobrou com força e marcou aos seis minutos. Aos 30, David marcou o segundo, mas no final da partida, Ciel empatou com o segundo dele.

O Vitória chegou aos nove pontos com o empate e agora ocupa a 16ª posição. O próximo adversário é o Brasil de Pelotas, sábado (17), às 11h, no Bento Freitas.

FICHA TÉCNICA:
Vitória 2 x 2 Sampaio Corrêa
Série B – 11ª rodada
Local:
 Barradão, em Salvador
Data: 13/07/2021 (terça-feira)
Horário: 21h30
Árbitro:  Rodrigo José Pereira de Lima (PE)
Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca (PE) e Francisco Chaves Bezerra Júnior (PE)
Cartões amarelos: Gabriel Bispo, Wallace, Thalisson Kelven, João Pedro e Dinei (Vitória); Felipe Surian (Sampaio Corrêa), Mota, Ferreira e Pimentinha (Sampaio Corrêa)
Gols: Dinei e David (Vitória); Ciel (2x) Sampaio Corrêa)

Vitória:  Ronaldo; Cedric, Thalisson Kelven, Wallace (Marcelo Alves) e Pedrinho; João Pedro (Eduardo), Gabriel Bispo, Fernando Neto e Bruno Oliveira (Soares Bolota); David (Roberto) e Dinei (Eron). Técnico: Ramon Menezes.

Sampaio Corrêa: Mota; Luís Gustavo (Watson), Paulo Sérgio, Nilson Júnior, e Zé Mário (Felipinho); Mauro Silva, Ferreira e Eloir (Romarinho); Pimentinha, Jean Silva (Roney) e Ciel.. Técnico: Felipe Surian.

Foto: Reprodução / Conmebol

Argentina vence Brasil e conquista a Copa América no Maracanã

A Argentina venceu o Brasil por 1 a 0, no Maracanã, e acabou com um jejum de 28 anos sem títulos ao conquistar neste sábado (10), a Copa América.

O atacante Lionel Messi, finalmente, alcançou seu primeiro troféu com a seleção. Aos 22 da etapa inicial, o meia Di María marcou para os argentinos.

Um dos destaques do jogo, o meia De Paul fez um lançamento para Di María, que aproveitou erro do lateral Renan Lodi. De frente com Ederson, o meia encobriu o goleiro e mandou para o fundo das redes.

Esta é a 15ª vez que a seleção Argentina é campeã continental, enquanto os brasileiros seguem com nove conquistas. Messi se despede desta edição da Copa América eleito o melhor jogador da competição e como artilheiro do torneio, com quatro gols, ao lado do colombiano Luis Díaz.

Em desvantagem na partida, a equipe brasileira tentou sair mais para o jogo, mas por conta da forte marcação adversária, não conseguiu reverter o placar.

Ficha técnica da partida final da Copa América 2021:

Argentina-Brasil (1-0)

Local: estádio Maracanã (Río de Janeiro)

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)

Gol:

Argentina: Di María (22)

Cartões amarelos:

Argentina: Paredes (33), Lo Celso (51), De Paul (68), Otamendi (81), Montiel (89)

Brasil: Fred (2), Lodi (70), Lucas paquetá (72), Marquinhos (82)

Equipes:

Argentina: Damian Martinez – Gonzalo Montiel, Cristian Romero (German Pezzela 79), Nicolás Otamendi, Marcos Acuna – Rodrigo De Paul, Ángel Di María (Exequiel Palacios 79), Leandro Paredes (Guido Rodriguez 54), Giovani Lo Celso (Nicolás Tagliafico 63), Lionel Messi (cap) – Lautaro Martínez (Nicolás González 79). Técnico: Lionel Scaloni.

Brasil: Ederson – Danilo, Marquinhos, Thiago Silva (cap), Renan Lodi (Emerson 76) – Casemiro, Lucas paquetá (Gabriel 76) – Fred (Roberto Firmino 46), Everton (Vinícius Júnior 63), Richarlison, Neymar. Técnico: Tite.

Foto: Reprodução / São Paulo Futebol Clube

Bahia perde para o São Paulo com gol nos acréscimos no Morumbi

O meio-campo Liziero marcou aos 46 minutos do segundo tempo para dar o triunfo ao São Paulo contra o Bahia, no Morumbi, em jogo válido pela 11ª rodada do Brasileirão, na noite deste sábado (10).

O arqueiro do Tricolor baiano, Matheus Teixeira, até fez boas defesas para manter o resultado, mas não suportou a pressão.  

Com o resultado, o Esquadrão acaba com a sequência positiva conquistada nos últimos dois jogos, contra Chapecoense e Juventude. Bahia permanece na sexta posição, com 17 pontos.

Bahia volta a jogar, no próximo domingo (18), contra o Flamengo, pela 12ª rodada do Brasileirão, em Salvador.

FICHA TÉCNICA:
São Paulo 1 x 0 Bahia
Campeonato Brasileiro – 11ª rodada

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 10/07/2021 (sábado) 
Horário: 19h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelos: Jonas (Bahia)
Gol: Liziero (São Paulo) 

São Paulo: Tiago Volpi; Diego Costa, Arboleda e Léo; Igor Vinicius (Benítez), Liziero, Talles (Igor Gomes), Gabriel Sara e Reinaldo; Vitor Bueno (Marquinhos) e Pablo (Galeano). Técnico: Hernán Crespo.

Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Luiz Otávio, Ligger e Matheus Bahia; Jonas (Lucas Araújo), Patrick de Lucca (Galdezani) e Thaciano (Maycon Douglas); Rossi (Óscar Ruiz), Rodriguinho (Thonny Anderson) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Final da Copa América no Maracanã terá 10% de público

A final da Copa América entre Brasil e Argentina no Maracanã terá a presença de público, autorizada pela prefeitura do Rio de Janeiro. A decisão foi publicada no Diário Oficial do município nesta sexta-feira (9).

Segundo a medida, está liberada a ocupação de 10% do estádio, ou seja, cerca de 7,2 mil torcedores. A acomodação do público sentado terá que assegurar o espaçamento mínimo de 2 metros entre cada indivíduo ou família.

O pedido de liberação para a final foi feito pela Conmebol que organiza o torneio de futebol, que será responsável pelo controle do acesso de público e também por testar os torcedores no prazo de 48 horas antes do jogo. Quem testar positivo para a Covid-19 não entra no Maracanã.

O confronto entre Brasil e Argentina pelo título da Copa América é neste sábado, às 21h (de Brasília). Nenhum jogo do torneio até então teve público.

A competição internacional foi realizada no Brasil em meio a polêmicas por causa da pandemia, motivo pelo qual inclusive a Argentina desistiu de ser sede.