Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Rede estadual de ensino terá início das aulas 100% presenciais na próxima segunda

Na próxima segunda-feira (18), o ano letivo continuum 2020/21 da rede estadual de ensino entra na terceira fase, com as aulas 100% presenciais. A rede estadual conta com cerca de 900 mil estudantes, de 1.089 unidades escolares.

As atividades começaram no dia 15 de março, com o ensino 100% remoto, depois foram migradas para o ensino híbrido, com aulas semipresenciais, a partir do dia 26 de julho, para o Ensino Médio, e dia 9 de agosto, para o Ensino Fundamental.

Como preparação para as aulas semipresenciais, as escolas estaduais passaram por investimentos voltados aos protocolos de biossegurança, da ordem de R$ 305 milhões, disponibilizados para reforma, manutenção e adequações.

Novos recursos foram destinados para as escolas, no mês de agosto, visando as aulas 100% presenciais, no montante de R$ 250 milhões do Tesouro Estadual, por meio do Programa Retorno Escolar Seguro (PRES).

Os recursos, transferidos para a conta da Caixa Escolar, visam a cobertura de despesas de custeio e capital até o final do ano letivo, e são voltados à manutenção física e pedagógica das unidades escolares, conforme o protocolo de biossegurança.

A SEC também investiu R$ 6,1 milhões na aquisição de fardamento escolar e distribuiu 2 milhões de máscaras nas escolas. E como parte das estratégias do Governo da Bahia para manter o vínculo dos estudantes com a escola, o Estado ampliou, até dezembro, a concessão do Programa Bolsa Presença, que disponibiliza R$ 150 por mês para famílias de estudantes em condição de vulnerabilidade socioeconômica. Com a ampliação do programa, até o mês de dezembro, 421.308 famílias serão beneficiadas, alcançando 528.213 estudantes. O investimento no Bolsa Presença, que era de R$ 280 milhões inicialmente, passou para R$ 469 milhões, com recursos próprios do Estado.

Outra iniciativa é o Programa Mais Estudo, que oferece bolsa de R$ 100 por mês, para cada estudante que presta monitoria em Língua Portuguesa, Matemática e Iniciação Científica aos colegas. Para 2021, foram ofertadas 52 mil vagas, com investimentos próprios do Estado de mais de R$ 10 milhões. Tem ainda o Educar para Trabalhar, programa que oferta 43 cursos de qualificação profissional para estudantes e egressos da rede estadual de ensino, como forma de prepará-los para o mundo do trabalho. O Educar para Trabalhar está com inscrições abertas para 151 mil vagas, até terça-feira (19), pelo Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

Foto: Divulgação / GOVBA

Rui anuncia que aulas 100% presenciais na rede estadual de ensino serão retomadas no dia 18

O governador Rui Costa anunciou nesta sexta-feira (8), que as escolas da rede estadual de ensino da Bahia vão retomar o modelo de aulas 100% presenciais, a partir do dia 18 de outubro.

Desde 26 de julho, os alunos que cursam o ensino médio na rede estadual estão com aulas no regime semipresencial, em sistema híbrido, metade presencial, metade virtual. Já os estudantes do ensino fundamental vão começar no dia 9 de agosto.

O anúncio foi feito durante agenda do governador no município de Floresta Azul, no sul baiano. No estado, cerca de 175 mil alunos estavam sem ir para a escola desde 18 de março de 2020, por causa da pandemia da Covid-19.

Foto: Reprodução / SEC-Ba

Governo nomeia 73 novos servidores para rede estadual de ensino

A nomeação de 73 novos profissionais para a rede estadual de ensino, entre 60 professores e 13 coordenadores pedagógicos, foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (27). Todos foram aprovados em concurso público (Edital Saeb/02/2017).

Segundo o governo, os decretos vão nomear professores e coordenadores padrão P-grau III, para o quadro de pessoal da Secretaria da Educação (SEC). Os nomeados poderão tomar posse imediatamente: o grupo precisa comparecer à sede da SEC, na capital, ou ao Núcleo Territorial de Ensino (NTE) de acordo com o local onde vão atuar, no prazo máximo de 30 dias.

Com este quantitativo, o certame totaliza 2.690 docentes e 665 coordenadores nomeados. Lançado em 2017, o concurso público terá professores e coordenadores pedagógicos atuando em Salvador e outros 26 municípios, nas disciplinas de Biologia, Física, Geografia, Filosofia, História, Inglês, Português, Matemática, Sociologia, Arte e Educação física.

Foto: Divulgação / GOVBA

Governo anuncia vagas no Partiu Estágio e convocação de professores para rede estadual

O governador Rui Costa anunciou durante transmissão especial do Papo Correria diretamente de Barreiras, onde cumpre agenda, que a Secretaria da Administração (Saeb) vai lançar nesta quinta-feira (19) o segundo edital do Partiu Estágio em 2021, com oferta de 2.653 vagas exclusivas para a Secretaria da Educação (SEC).

De acordo com o governo, as oportunidades de estágio são para 47 cursos de bacharelado e licenciatura, distribuídas entre a capital e 59 municípios baianos, com o objetivo de fomentar o acesso a oportunidades de aprendizagem para estudantes baianos. As inscrições poderão ser feitas a partir de segunda-feira (23) até o dia 22 de setembro, no endereço www.programaestagio.saeb.ba.gov.br .

Do total de vagas ofertadas, mais da metade são para os cursos de Administração (541), Matemática (393), Informática (279) e Língua Portuguesa (261). A relação completa poderá ser consultada no Anexo I do Edital 002/2021, a ser publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), na página de inscrição do programa e no site institucional da Saeb. Poderão se candidatar universitários regularmente matriculados em instituições de ensino superior com sede ou pólo de ensino na Bahia – sejam federais, estaduais ou privadas, nas modalidades presencial ou EAD.

A inscrição no edital assegura a inclusão do universitário no Banco de Jovens para Estágio, com validade de seis meses, desde que o estudante cumpra os pré-requisitos do programa: ter mais de 16 anos, ser residente no estado da Bahia e ter concluído pelo menos 50% da carga horária do curso.

Como nos editais anteriores, o Partiu Estágio terá a reserva de 10% das vagas ofertadas para portadores de deficiência física, como o previsto pela Lei 11.788/2008. Sobre o quantitativo de vagas não reservadas, terão prioridade universitários inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), seguidos daqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Não poderão se inscrever estudantes beneficiados pelo Projeto Estadual de Auxílio Permanência, instituído pela Lei 13.458/2015.

Inscrições

Candidatos que estejam participando pela primeira vez do Programa Partiu Estágio devem estar atentos sobre o processo de inscrição. É preciso acessar o endereço www.programaestagio.saeb.ba.gov.br e criar uma conta, informando CPF, nome, data de nascimento e e-mail válido. O sistema enviará automaticamente para o e-mail cadastrado os dados para acesso ao sistema de inscrição. Quem já tiver realizado cadastro para editais anteriores não precisa fazer o procedimento novamente; basta utilizar seu e-mail e senha para acesso. Em caso de dúvidas, o programa disponibiliza contato através partiuestagio@saeb.ba.gov.br.

De posse das informações para acesso ao sistema, o estudante deverá preencher os dados cadastrais e, em seguida, sinalizar seu curso, o turno das aulas e em qual cidade reside e estuda. O candidato deve estar atento: é preciso identificar no edital seu curso e a disponibilidade de vagas, observando se as oportunidades de estágio estão localizadas no município de sua residência ou no qual estuda. O universitário receberá no e-mail cadastrado o comprovante de inscrição.

As convocações para este edital acontecerão em momento oportuno, por e-mail, SMS e lista de selecionados, publicado no site institucional da Saeb, de acordo com a necessidade da administração pública. O prazo para apresentação dos estagiários, que forem selecionados pelo programa, é de 20 dias úteis, sendo necessária a entrega de toda a documentação exigida em edital, a fim de assegurar o ingresso na vaga.

O programa é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso a oportunidades de estágio a estudantes universitários de instituições com sede na Bahia. O contrato tem duração máxima de um ano, sem possibilidade de prorrogação, exceto quando o estudante seja deficiente físico. A carga horária é composta de quatro horas diárias de atividades supervisionadas, chegando a 20 horas semanais. Além da bolsa-estágio, os universitários terão direito a auxílio-transporte e 30 dias de recesso remunerado, proporcionais.

Seleção Reda

O governador também anunciou que a Secretaria da Educação publicará no Diário Oficial desta quinta-feira (19), a convocação de mais 443 professores da Educação Básica, Padrão P, Grau III, aprovados no processo seletivo simplificado, edital nº 08/2019, em caráter emergencial, pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

Com esta publicação, já são 1.591 professores da Educação Básica convocados pela Secretaria da Educação, além de 63 professores indígenas e mais 214 da Educação Profissional e Tecnológica.

 Os convocados no Diário devem ficar atentos ao prazo para envio da documentação, conforme os editais disponíveis no Portal da Educação. Os documentos devem ser enviados digitalizados para o correio eletrônico (ingressocpm.sec@enova.educacao.ba.gov.br) e os candidatos aprovados para o interior do Estado deverão comparecer nas sedes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE), munidos da documentação original e fotocópia, no mesmo período.

Foto: YouTube / Rui Costa

Rui Costa anuncia nomeação de professores e nova convocação Reda

Durante a edição do Papo Correria da terça-feira (3), o governador Rui Costa anunciou a nomeação de 312 novos servidores da Educação. Serão 277 professores e 35 coordenadores pedagógicos que foram convocados no dia 16 de junho de 2021. Medida será publicada no diário oficial (DOE) desta quinta-feira (5).

Com este quantitativo, o certame totalizará 2.630 docentes e 652 coordenadores nomeados. Conforme o governador, a posse acontece em até 30 dias, e até setembro, os professores e coordenadores pedagógicos deverão assumir as suas funções nas escolas.

“Agora podemos ter um retorno seguro às aulas. No dia 9 volta o ensino fundamental, e por falar em escola, esta semana serão nomeados professores concursados da educação básica e coordenadores de Reda”, disse Rui.

As informações sobre documentação e prazos estão no portal da educação www.educacao.ba.gov.br. Na semana passada, a Secretaria da Educação do Estado convocou 214 professores da educação profissional e tecnológica do estado, aprovados também na seleção Reda.

Os nomeados vão atuar em Salvador e em outros 26 municípios do Estado. São docentes das disciplinas de Biologia, Física, Geografia, Filosofia, História, Inglês, Português, Matemática, Sociologia, Arte e Educação física.

Os nomeados poderão tomar posse imediatamente. Os 277 professores e 35 coordenadores precisam comparecer à sede da Secretaria da Educação ou no Núcleo Territorial de Ensino (NTE), de acordo com o local onde vão atuar, no prazo máximo de 30 dias.

Os professores e coordenadores vão atuar nas cidades de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Caetité, Ribeira do Pombal, Seabra, Itabuna, Valença, Santo Antônio de Jesus, Eunápolis, Jacobina, Serrinha, Amargosa, Juazeiro, Itaberaba, Senhor do Bonfim, Irecê, Itapetinga, Barreiras, Macaúbas, Ipirá, Jequié, Santa Maria da Vitória, Paulo Afonso, Alagoinhas, Bom Jesus da Lapa.

Foto: Paula Fróes / GOVBA

Aulas semipresenciais do ensino médio são retomadas na Bahia nesta segunda

A Bahia retoma as aulas semipresenciais do ensino médio nesta segunda-feira (26). De acordo com o governo, o retorno foi programado para acontecer com as turmas divididas pela metade, dando seguimento ao protocolo de manter 50% da capacidade das salas de aula.

A medida foi tomada pela Secretaria Estadual da Educação (SEC) e publicada na última semana, no Diário Oficial. Já as aulas do ensino fundamental devem retornar em 15 dias, no dia 9 de agosto.

Conforme, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), os profissionais só retornarão às salas quando a categoria estiver imunizada em duas doses, o que deve acontecer a partir do mês de setembro.

O governador Rui Costa informou que, quem não retornar às escolas para o ensino híbrido, terá corte salarial dos dias não trabalhados. Não há detalhes em números de quantas escolas tiveram aulas nesta segunda-feira.

Divisão para retomada

A programação das aulas foi dividida pela SEC da seguinte forma: o primeiro bloco será formado por alunos com nomes iniciados entre as letras ‘A’ e ‘I’; e o segundo, de ‘J’ a ‘Z’. Cada escola poderá ajustar a escala de acordo com a realidade das classes.

As unidades deverão programar as aulas de modo que, enquanto metade dos alunos participe das atividades presenciais, a outra parte desenvolva trabalhos remotos, mantendo a mesma carga horária e em dias alternados para cada turma.

Sobre a alternância, a SEC definiu que será feita entre os dias da semana e entre as semanas. Por exemplo: na semana 1, metade da turma terá aula na escola segunda, quarta e sexta-feira, enquanto a outra metade terá na terça, quinta e sábado. Na semana 2, a ordem se inverte.

Foto: Arquivo pessoal

Jovem estuda em casa sem energia elétrica e internet e passa no curso de medicina da UFRB

Um jovem de Feira de Santana foi aprovado em medicina na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) após quatro anos de preparação. Ele estudou em uma casa simples, emprestada da amiga, sem energia elétrica e internet.

Matheus de Araújo Moreira Silva, de 25 anos, fez o processo seletivo da UFRB por quase um mês e agora vai ser o primeiro médico da família e da comunidade quilombola à qual faz parte.

Ele quase atingiu a nota máxima na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 com 980 pontos. As aulas do curso de medicina já começaram na segunda-feira (28), inicialmente de forma remota.

Matheus agora pensa em conseguir formas de pagar o curso e conseguir se formar. A estratégia do jovem é fazer uma “vaquinha” virtual, e também procurar um estágio para conseguir uma fonte de renda.

Foto: Paula Fróes / GOVBA

Após assembleia, professores das escolas particulares decidem não voltar às salas de aula

Em assembleia realizada nesta segunda-feira (24), os professores das escolas particulares de Salvador decidiram não voltar às salas de aula, segundo informações do Sindicato dos Professores do Estado da Bahia (Sinpro-BA).

Conforme o Sinpro-BA, a categoria manteve a greve e o não retorno às salas de aula, decisão que seguiu a assembleia anterior.

Na última assembleia que aconteceu no dia 11 de maio, os professores das escolas particulares da capital baiana decidiram não retornar às atividades semipresenciais até que toda a categoria estivesse imunizada contra o coronavírus, com as duas doses de vacinas.

No dia 23 de abril, o prefeito Bruno Reis anunciou a retomada das aulas de forma semipresencial. O retorno seria a partir do dia 3 de maio, tanto para escolas públicas municipais, quanto para as particulares.

Foto: Betto Jr / Secom

Bruno Reis anuncia retomada das aulas semipresenciais para o dia 3 de maio

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou nesta sexta-feira (23) a retomada das aulas de forma semipresencial, a partir do dia 3 de maio, tanto para escolas públicas municipais, quanto para particulares.

Segundo o prefeito, as escolas estarão abertas para visitação e acolhimento, até a próxima sexta-feira (30). Até esta data, as famílias poderão procurar as instituições para conversar com professores e direção, e fazer verificação dos espaços. Não há detalhes se o retorno será obrigatório ou facultativo.

Retorno das escolas                             

Escolas particulares – podem fazer o retorno completo, em todas as séries.

Escolas públicas – retornam apenas as séries até o ensino fundamental, porque a prefeitura não administra escolas de ensino médio, que são de responsabilidade do governo do estado.

Protocolos

Além do uso obrigatório de máscaras, o prefeito também definiu um escalonamento dos estudantes. Por aula, apenas 50% de uma turma poderá estar na sala.

Os alunos serão escalonados em grupo por dia, para que todos tenham o conteúdo presencial. As turmas especiais serão de, no máximo, duas horas para cada turno de aula.

Confira detalhes do protocolo: 

Foto: Reprodução / GOVBA

Governo autoriza atividades letivas semipresenciais em alguns municípios da Bahia

O Governo do estado autorizou as atividades letivas semipresenciais em alguns municípios da Bahia. As atividades letivas, nas unidades de ensino públicas e particulares, poderão ocorrer de maneira semipresencial, conforme disposições editadas pela Secretaria da Educação, nos municípios listados no Anexo 2 abaixo, em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por cinco dias consecutivos, igual ou inferior a 75%.

O novo decreto foi publicado em edição on-line do Diário Oficial do Estado, no domingo (18). Segundo o documento, a realização das atividades letivas semipresenciais fica condicionada à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos.  No restante do estado, continuam suspensas, até 26 de abril, as aulas presenciais nas unidades de ensino, públicas e particulares.

O decreto também estabece que em 208 municípios baianos (ver lista no Anexo 1 abaixo), o toque de recolher passa a vigorar das 20h às 5h de 18 a 26 de abril. Nos demais municípios, fica restrita a locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 21h às 05h, de 18 de abril até 26 de abril.

Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres, localizados nos municípios do Anexo I deverão encerrar o atendimento presencial às 19h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

Fica vedada em todo o estado a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h do dia 23 até as 5h de 26 de abril. Excepcionalmente, essa medida não se aplicará aos municípios listados no Anexo 2 abaixo em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por cinco dias consecutivos, igual ou inferior a 75%.

Transporte

A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 18 de abril até 26 de abril de 2021. A circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 21h30 da segunda-feira (19) às 05h do dia 23 de abril de 2021, ficando vedado o seu funcionamento nos dias 24 e 25 de abril.

A circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 19 de abril a 26 de abril de 2021, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação, nos dias 24 e 25 de abril.

Permanecem proibidos até o dia 26 de abril os eventos e atividades, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, como eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica. Apenas eventos científicos, corporativos e reuniões continuam liberados, com público máximo de 50 pessoas, exceto para os municípios do Anexo 1.

Segue proibida ainda, em todo o território baiano, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras até 26 de abril, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Continua autorizado o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos. Continuam permitidos os atos religiosos litúrgicos, com limitação da ocupação ao máximo de 25% da capacidade do local.

Municípios integrantes do Anexo 1

Abaíra, Acajutiba, Adustina, Alagoinhas, Alcobaça, América Dourada, Anagé,Andaraí, Angical, Antas, Aporá, Araçás, Aracatu, Aramari, Baianópolis, Banzaê, Barra, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Alto, Belmonte, Belo Campo, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buritirama, Caatiba, Caculé, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Canápolis, Canarana, Candiba, Cândido Sales, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Catolândia, Catu, Caturama, Central, Cícero Dantas, Cipó, Cocos, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Crisópolis, Cristópolis, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Érico Cardoso, Esplanada, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Firmino Alves, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro, Guajeru, Guanambi, Guaratinga , Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibirapuã, Ibitiara, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Iguaí, Inhambupe, Ipupiara, Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itaetê, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itamaraju, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itarantim, Itororó, Ituaçu, Iuiu, Jaborandi, Jacaraci, Jandaíra, João Dourado, Jucuruçu, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lajedão, Lajedinho, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Maetinga, Maiquinique, Malhada, Malhada de Pedras, Mansidão, Marcionílio Souza, Matina, Medeiros Neto, Mirante, Morpará, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Horizonte Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pedrão, Piatã, Pindaí, Piripá, Planalto, Poções, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Riachão das Neves, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Santa Cruz Cabrália, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santana, São Desidério, São Félix do Coribe, São Gabriel, Sátiro Dias, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Teixeira de Freitas, Tremedal, Uibaí, Urandi, Utinga, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley e Xique-Xique.

Municípios integrantes do Anexo 2

Caém, Caldeirão Grande, Capim Grosso, Jacobina, Mairi, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapéu, Ourolândia, Piritiba, Quixabeira, São José do Jacuípe, Saúde, Serrolândia, Tapiramutá, Umburanas, Várzea da Roça, Várzea do Poço e Várzea Nova. 

Foto: Divulgação

Estudante baiano recebe nota 1000 na Redação do Enem e está entre os 28 do país

Em meio a cerca de 2,4 milhões de candidatos que fizeram as provas do último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o estudante Helder dos Santos Lima, 19 anos, do município de Xique-Xique, está entre os 28 candidatos do país que conquistaram a nota 1000 na Redação.

O filho da professora Juliana, da rede municipal, e do porteiro Nilton, Helder é só orgulho dos pais por todo apoio que sempre deram a ele para estudar. Esta é a terceira vez que ele alcança bom desempenho na redação, o que já contribuiu para o seu ingresso no curso de Direito, em 2020, na Universidade Federal de Goiás.

“Venho de uma família simples em que poucos tiveram acesso ao estudo, mas, mesmo assim, sempre fui estimulado a estudar para garantir o melhor no meu futuro. Estou muito feliz e grato, principalmente aos meus pais, Juliana e Nilton, que sempre me deram incentivo para eu atingir esta conquista. Tive uma boa base no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Xique-Xique, onde conclui o Ensino Médio, e atribuo a minha conquista também ao meu permanente interesse pelo conhecimento”, disse o estudante.

Ainda de acordo com Helder, em 2018, ele passou a ter uma rígida rotina de estudos nos três turnos. Pela manhã estudava Português e treinava redação, em casa. Na tarde frequentava as aulas do colégio, e à noite fazia o cursinho do UPT, programa do Governo do Estado da Bahia que se destina ao fortalecimento das aprendizagens.  

Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Estado anuncia início do ano letivo na rede estadual de ensino na Bahia

O Governo do Estado programou para o próximo dia 15 de março, de forma 100% remota, o início do ano letivo 2020/2021 na rede estadual de ensino. O planejamento foi anunciado pelo governador Rui Costa e pelo secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, durante o Papo Correria desta terça-feira (23).

A volta do ensino no modo presencial não tem data prevista e está condicionada aos parâmetros sanitários relacionados à Covid 19 no estado. O governador destacou que o início das aulas com atividades remotas irá contemplar todos os alunos da rede estadual.

“Adotamos uma estratégia que irá atender a todos os alunos da rede estadual. Desde o início da pandemia, eu afirmei que não iria aceitar uma solução que alcançasse um número pequeno de alunos. Temos muitos estudantes que moram na zona rural e que não têm sequer sinal de celular. Por isso, estamos implementando esse início remoto das aulas, que não se trata de aula virtual por entender que não contemplaria os alunos que não têm sinal de telefone ou banda larga”, afirmou Rui.

O secretário da Educação explicou como foi planejado o início das atividades. “Nós podemos detalhar essas atividades, neste primeiro momento, em três datas. No dia 1º de março, nós chamaremos os profissionais da educação para se prepararem e, para a divulgação, com maior força, do que nós iremos fazer. No dia 8 de março, nós iniciaremos a jornada pedagógica Paulo Freire, fechando um ciclo de planejamento e preparação da rede estadual. No dia 15 de março, iniciaremos as aulas de forma remota”.

O planejamento da Secretaria da Educação do Estado indica a realização dos dois anos letivos, de 2020 e 2021, até o dia 29 de dezembro, com 1.500 horas aula. Serão três fases de atividades escolares. Após a etapa 100% remota, será a vez da fase híbrida, com três dias da semana de aulas remotas e outros três de aulas presenciais e, por fim, a retomada das aulas 100% presenciais.

Matrícula automática

A matrícula dos estudantes que já fazem parte da rede estadual de ensino será automática, ou seja, não será preciso se dirigir às unidades escolares ou fazer qualquer tipo de atualização cadastral via internet. Para os estudantes que irão ingressar na rede estadual, um calendário específico está em fase elaboração e será divulgado em breve. “Nós vamos disponibilizar canais de comunicação com a escola, com a Secretaria, com a Ouvidoria, para tranquilizar os pais sobre a matrícula”, acrescentou Jerônimo.

De acordo com a Secretaria da Educação, foram selecionadas plataformas digitais qualificadas, cadernos de conteúdo e livros didáticos para garantir o ensino e a aprendizagem na primeira fase do ano letivo. “Nós continuaremos usando a TVE, agora com um canal específico, o Educa Bahia, para que a gente possa deixar permanente, durante todo o dia, as atividades programadas de educação e as lives que nós achamos importantes”, completou o secretário.

Foto: Paula Fróes / GOVBA

Liminares que determinavam retorno às aulas na Bahia são suspensas pelo TJBA

As decisões da 6ª Vara da Fazenda Pública de Salvador que determinavam o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do Estado da Bahia foram suspensas em medida publicada na tarde desta segunda-feira (15), pelo presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), desembargador Lourival Trindade.

A suspensão se aplica também às escolas particulares da capital baiana, até então beneficiárias de uma liminar solicitada pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado da Bahia.

Em seus despachos o magistrado destacou que a manutenção das decisões, nos moldes em que foram redigidas, “além de vergastar, desapiedadamente, o princípio da separação dos Poderes, vem ocasionando incontraditável risco de lesão à ordem e à saúde públicas estaduais”.

“Na hipótese dos autos, depreende-se que, neste momento, ante à impossibilidade de viabilizar-se a retomada das atividades presenciais das instituições de ensino, das redes pública e particular, de todo o território do Estado da Bahia, sem que sejam, diretamente, afetados os direitos à saúde e, corolariamente, à vida, é incontendível que estes últimos devam prevalecer, em detrimento do direito à educação”, ressaltou o desembargador.

Foto: Max Haack / Secom

Justiça autoriza retorno das aulas presenciais nas escolas particulares de Salvador

Uma liminar autoriza o retorno imediato às aulas presenciais das escolas particulares da cidade a partir desta segunda-feira (15). A medida foi expedida pela 6ª Vara da Fazenda Pública de Salvador.

Na decisão, assinada neste domingo (14), a juíza Juliana de Castro Madeira Campos orienta que as instituições adotem a volta às aulas de forma híbrida e facultativa. Além disso, o documento também recomenda a suspensão dos decretos municipal e estadual, que prorrogam o impedimento de aulas presenciais.

De acordo com a magistrada, a questão foi definida por “análise de constitucionalidade e legalidade aos atos aos atos administrativos que restringiram exclusivamente a ocorrência de aulas para o ensino infantil e fundamental” e que não se trata de cunho sanitário, por depender de conhecimento técnico específico.

“Todos os Estados brasileiros já apresentaram proposta para o retorno gradual e presencial das aulas, à exceção da Bahia. Como já explanado, não existe razoabilidade e nem motivação para que se possa compreender os motivos da falta de ação estatal, uma vez que a pandemia assola igualmente o país. Entretanto, o município de Salvador apresentou protocolo para retorno às aulas, entretanto sem definir data. Tal protocolo está anexado aos autos no evento 92379065 e publicado na internet”, diz um dos trechos da liminar.

Segundo o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado da Bahia (SINEPE), algumas instituições já devem ter aulas presenciais nesta segunda-feira (15), outras devem retomar as atividades na terça-feira (16).

Na quinta-feira (11), o governador Rui Costa se reuniu novamente por videoconferência com membros da União dos Municípios da Bahia (UPB), prefeitos, técnicos das secretarias estaduais da Educação e da Saúde (Sesab), entre outras autoridades, e afirmou que quer o retorno as aulas.

“É importante que nós estamos tendo esse diálogo para formar uma frente única com os municípios. Queremos o retorno das aulas, entendemos que é fundamental para o desenvolvimento de nossos jovens, mas o momento não está fácil e infelizmente estamos constatando pelo número de leitos ocupados, óbitos e de crescente demandas nas UPAs é que a doença não está diminuindo, pelo contrário. É um problema grave que requer todo o nosso foco antes que possamos pensar num retorno”, disse o governador.

Foto: Betto Jr / Secom

Primeira unidade de ensino de 2021 é entregue no IAPI

O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Semente do Amanhã, no IAPI, foi inaugurado pelo prefeito Bruno Reis (DEM) e pelo titular da Secretaria Municipal da Educação (Smed), Marcelo Oliveira, nesta sexta-feira (5). Essa é primeira unidade de ensino em 2021, na gestão do democrata.

O antigo imóvel, construído em pré-moldado, apresentava problemas estruturais e foi demolido, dando lugar a uma unidade de ensino ampla e confortável para alunos e professores.

São 993 m² de área construída, oito salas de aula climatizadas e acessibilidade total. O Cmei fica localizado na Avenida General San Martin, 69, e as obras contaram com investimento de R$2,5 milhões, provenientes de recursos próprios do município.

“Estivemos aqui há quase um ano, na quinta-feira após o Carnaval de 2020, demolindo essa escola cuja estrutura estava degradada. As crianças corriam risco de tomar choque por causa das instalações precárias. Quando chovia, havia goteiras nas salas causando a suspensão das aulas. A unidade não oferecia mais nenhuma condição para os alunos aprenderem e para os professores ensinarem”, destacou o prefeito.

O novo Cmei possui parque infantil, solários, secretaria, coordenação, sala de professores, diretoria, sanitários PCD, adulto e infantil, refeitório, cozinha, depósitos de alimentos e de material de limpeza, área de serviço externa, casa de gás, casa de lixo, depósito de material didático, área de acolhimento, entre outros espaços. A estrutura poderá atender a 200 alunos (antes era 120), de dois a cinco anos de idade, no segmento da Educação Infantil.

Foto: Reprodução / GOVBA

Rui discute criação de protocolo de volta às aulas com prefeitos do estado

Uma reunião com o governador Rui Costa (PT), na sexta-feira (5), que contou com prefeitos da capital e do interior, teve o objetivo de discutir a criação do protocolo de volta às aulas na Bahia e vacinação de profissionais de saúde acima de 55 anos, que fazem parte do grupo de maior vulnerabilidade.

Apesar do encontro, realizado na governadoria, que ainda contou com secretários estaduais e municipais, da saúde e educação, além de membros da União dos Municípios da Bahia (UPB), ainda não há data para retorno das aulas presenciais em todo o estado.

Para o governador, o retorno das atividades escolares é preciso levar em conta as taxas de ocupação de leitos e de mortalidade pela Covid-19. Para isso, o governo, junto às prefeituras, pretende criar um protocolo único para a volta às aulas.

Nesta sexta, o governo informou que decidiu prorrogar o decreto que suspende shows e aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada em toda a Bahia. A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (6) e vale até o dia 14 de fevereiro de 2021.

Foi solicitado, um levantamento dos profissionais da educação acima de 55 anos na Bahia, que fazem parte do grupo de maior vulnerabilidade, pelo chefe do executivo do estado, para que, possivelmente, eles possam ser incluídos na programação de vacinação. Não há detalhes sobre o período em que as prefeituras devem entregar essas lista.

No encontro desta sexta, estavam os secretários estaduais da saúde, Fábio Vilas-Boas, e da Educação, Jerônimo Rodrigues, e o presidente da UPB, Eures Ribeiro, além do prefeito de Salvador, Bruno Reis, acompanhado dos secretários municipais de Saúde e de Educação, Léo Prates e Marcelo Oliveira, respectivamente. Já os prefeitos do interior participaram virtualmente.

Decreto

O primeiro decreto da suspensão das aulas foi publicado no mês de março, e desde então vem sendo renovado cada vez que vence, como medida de prevenção da Covid-19.

Além das atividades escolares, o decreto proíbe a realização de atividades com público superior a 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos. Shows e festas, públicas ou privadas, seguem proibidos independentemente do número de participantes.

Cerimônias de casamento e solenidades de formatura podem ser realizadas desde que limitadas a até 200 pessoas. A parte festiva desses eventos não está permitida.

Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil

Primeiro dia do Enem Digital teve abstenção de mais de 65% na Bahia

Estudantes de 104 cidades do país, incluindo Salvador, fizeram o primeiro dia da modalidade digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na manhã deste domingo (31). O movimento foi considerado fraco e os estudantes começaram a chegar aos respectivos locais de prova restando pouco tempo para os portões se abrirem.

A abstenção no Enem bateu um novo recorde, neste primeiro dia de aplicação do Enem Digital. Dos 93.079 candidatos inscritos no Brasil, 68,1% não apareceram para fazer a prova. Na Bahia, foram 2.958 inscritos, dos quais 65,1% se abstiveram.

O Enem Digital é o formato, no qual os candidatos respondem às questões direto de um computador e está sendo adotado pela primeira vez. A versão digital será finalizada no próximo domingo (7).

Nos dias 17 e 24 de janeiro, a edição 2020 do Enem teve uma versão impressa, que contou com cerca de 2,5 milhões de estudantes, o que correspondeu a menos da metade dos inscritos. A taxa de abstenção foi superior a 51% no primeiro dia e 55% no segundo.

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Enem 2020 na Bahia tem abstenção de 53,7% no segundo dia de provas

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, realizado no domingo (24), teve o segundo dia de provas com abstenção de 53,7% na Bahia, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Por causa da pandemia da Covid-19, o certame de 2020 só foi realizado em 2021.

O número de alunos que não fizeram as provas corresponde a 238.826, chegando ao dobro do registrado no segundo dia de provas do Enem 2019 na Bahia, quando 107.954 inscritos faltaram (27,3%). Já a média nacional de abstenção ficou em 55,3%.

A Bahia ficou em 3º lugar no ranking de presenças (205.918) neste segundo dia de provas do Enem 2020, atrás de São Paulo (365.456 presentes) e Minas Gerais (239.813). A média nacional de abstenção ficou em 55,3%.

Os candidatos tiveram 5h para responder a mais 90 questões de múltipla escolha, no segundo dia de prova. (45 de Matemática e suas Tecnologias e 45 de Ciências da Natureza e suas Tecnologias).

Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil

Primeiro dia do Enem tem abstenção recorde de 51,5%

Em meio à alta de casos de coronavírus, a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, estudantes foram barrados em salas de aula e a abstenção teve o recorde de 51,5%, em 13 estados do país. A prova no estado do Amazonas foi suspensa por causa da crise na saúde.

Em Salvador, o horário de abertura dos portões foi antecipado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em 15 minutos, e abriu às 11h15, a fim de evitar possíveis aglomerações. Como ocorreu com o Colégio Estadual Luiz Viana, no bairro de Brotas, e do Colégio Estadual Luiz Tarquínio, em Boa Viagem.

Neste primeiro dia, o exame foi sobre linguagens, ciências humanas e redação. Entre as perguntas, foi abordada a desigualdade salarial, escravização de chineses e uma proposta de redação sobre o estigma da saúde mental.

No próximo domingo (24) a segunda prova do ENEM terá questões sobre ciências da natureza e matemática.

Originalmente, a prova estava prevista para ocorrer em novembro de 2020, mas foi adiada para janeiro de 2021, devido à pandemia do coronavírus.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse que a realização do Enem 2020 foi um sucesso. “No meio de uma crise, mobilizar milhões de pessoas, para mim foi um sucesso”, afirmou.

Foto: Arquivo / Agência Brasil

Prazo de renegociação de financiamento do Fies é prorrogado até 31 de janeiro

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que tinha o prazo para renegociação até a última quinta-feira (31) foi prorrogado para o dia 31 de janeiro. A medida permite que mais estudantes tenham a oportunidade de renegociar suas dívidas. A decisão foi do Comitê Gestor do Fies, que editou resolução publicada no publicada no Diário Oficial da União.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), um dos benefícios imediatos, a partir da adesão ao programa, é a retirada da inscrição dos nomes do financiado e de seus fiadores dos cadastros de devedores inadimplentes, sendo alterado o cronograma de vencimento das parcelas de amortização.

Podem participar da renegociação:

Estudantes que tenham contratos firmados até o segundo semestre de 2017, com débitos vencidos e não pagos até 10 de julho de 2020, data em que foi publicada a Lei nº 14.024/2020, que criou o programa de regularização. Para obter o benefício, os contratos também não podem ser objeto de ação judicial.

Os alunos que se enquadrarem nessa situação poderão renegociar a dívida, com desconto nos encargos moratórios. Os interessados deverão solicitar a renegociação no Banco do Brasil (BB) ou na Caixa, dentro do prazo estipulado, por meio dos canais de atendimento disponibilizados pelo agente financeiro.

Para obter mais informações os clientes poderão acessar o App BB, portal www.bb.com.br, whatsApp (61-4004-0001) ou Central de Atendimento BB (0800-729-0001).

Foto: Max Haack / Secom

Prefeitura entrega nova escola em Pau da Lima com capacidade para mais de mil alunos

A prefeitura de Salvador entregou nesta quarta-feira (23) a Escola Municipal Roberto Correia, em Pau da Lima, com toda a reconstrução de sua estrutura. O valor total investido foi de quase R$6 milhões para o novo imóvel, erguido após a precária e comprometida infraestrutura em pré-moldado ser demolida.

Durante o período de reconstrução, a unidade escolar passou a funcionar em um imóvel alugado, na mesma rua, a Pastor José Guilherme de Morais.

A nova escola, que está de cara nova, foi entregue em cerimônia simbólica com as presenças do prefeito ACM Neto, do vice-prefeito Bruno Reis e do secretário municipal da Educação (Smed), Bruno Barral.

De acordo com a prefeitura, a escola tem mais de 2 mil m² de área construída, 18 salas de aula, todas climatizadas e com capacidade para atender a 1.080 alunos do Ensino Fundamental I (do 1° ao 5° ano, além dos programas de regularização de fluxo Se Liga e Acelera), nos turnos matutino e vespertino. Antes das intervenções, a escola dispunha de apenas nove salas de aula, com capacidade para 501 alunos.

 “Imagino a emoção dos professores que ensinavam aqui na antiga escola, que sempre sonharam em ter uma casa nova, assim como os alunos e as famílias. Quando chegamos as escolas estavam abandonadas, malcuidadas, algumas, literalmente caindo aos pedaços, mais de 40 delas eram em pré-moldado, com todas as consequências físicas para alunos e professores. Hoje nós temos escolas novas, escolas no mais elevado padrão de qualidade”, disse ACM Neto.

A Escola Municipal Roberto Correia conta ainda com quadra poliesportiva, acessibilidade com rampa, estacionamento, acolhimento, diretoria, secretaria, coordenação, sala de professores, depósito de material didático, depósito de material de limpeza, cozinha, triagem, depósito de merenda, área de serviço, refeitório, recreio descoberto, guarita, subestação, casa de gás, casa de lixo, entre outros espaços.

Imagem: Reprodução / Redes sociais

ACM Neto diz que retomada das aulas deve acontecer “quando número de casos de covid cair”

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), nesta sexta-feira (11) voltou a falar sobre a retomada das aulas em Salvador, e disse que ela deve acontecer quando houver uma queda no número de casos. Segundo o gestor, a estratégia está sendo alinhada com o governo do estado.

Neto anunciou também o pagamento de dois benefícios aos professores da rede municipal, e informou que o pagamento do 13º salário dos servidores públicos serão adiantados para o dia 18 deste mês.

Na quinta-feira (11), o governador também disse que deseja autorizar a retomada das aulas em breve, assim que os índices de contaminação pela covid-19 caírem, seguindo cuidados como a redução das turmas pela metade em dias alternados.

Benefícios

O primeiro benefício anunciado foi o de avanço de nível, em uma progressão para complemento de salários, em que os professores sobem degrau a degrau, em resultado de titulação. Por exemplo, se o professor faz pós- graduação, ele sobe um nível, se faz mestrado, sobe outro nível, e assim por diante.

O segundo benefício foi o da gratificação de estímulo ao aprimoramento profissional. Os professores que têm comprovação de conclusão de cursos de aprimoramento terão o pagamento do benefício.

Foto: Arquivo / Agência Brasil

Banco do Brasil lança renegociação de parcelas do Fies em atraso

O Banco do Brasil (BB) lançou um programa que prevê descontos de 25% a 100% nos juros de mora, para estudantes em atraso com o Financiamento Estudantil (Fies). Os alunos poderão renegociar as parcelas até o fim do ano.

A renegociação vale para os contratos firmados até o segundo semestre de 2017, com débitos vencidos e não pagos até 10 de julho deste ano. As parcelas começam a ser pagas em janeiro.

Segundo a instituição, a parcela não poderá ser inferior a R$ 200. Entretanto, quem quitar integralmente o financiamento ou o saldo devedor terá redução de 100%. A liquidação em quatro parcelas semestrais e o reparcelamento em até 24 meses terá desconto de 60%. A redução cai para 40% nos reparcelamentos em até 145 meses e para 25% nos reparcelamentos em até 175 meses.

Os descontos foram previstos como medida de ajuda durante a pandemia de covid-19 pela Lei 14.024/2020.

Aplicativo

Por enquanto, as renegociações só podem ser pedidas nas agências. Até o dia 15, o BB oferecerá a adesão pelo aplicativo da instituição. Caso o contrato seja garantido por fiança convencional ou solidária, os fiadores deverão necessariamente comparecer às agências, sem a possibilidade de renegociação no aplicativo.

Uma vez formalizado o termo de adesão às condições de renegociação, não será possível cancelar ou optar por outra forma de parcelamento, ainda que antes do vencimento da primeira parcela. Mais informações podem ser obtidas pelo WhatsApp do Banco do Brasil, no número (61) 4004-0001, e pela Central de Atendimento BB (0800-729-0001).

Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Governo da Bahia entrega escola no município de Novo Triunfo

O governador Rui Costa (PT) entregou nesta quinta-feira (10) no município de Novo Triunfo, o Colégio Estadual Professora Maria Tereza de Oliveira, com toda infraestrutura com  8 salas de aula, biblioteca, quadra poliesportiva coberta, com arquibancada, vestiários, refeitório, auditório com capacidade para 95 lugares, além de laboratórios de ciências e informática.

“Essa escola em Novo Triunfo faz parte de nossa estratégia de ir substituindo as escolas que não ofereciam as condições adequadas. Particularmente essa escola, que fica numa área mais baixa da cidade, em épocas de temporais, a escola ficava alagada. Então construímos uma nova escola num nível mais alto, pra não ter esse risco, e também com instalações completamente novas e toda infraestrutura adequada a melhorar a qualidade de ensino”, afirmou o governador Rui Costa.

O diretor do colégio, Gledson Oliveira, destacou a importância da nova unidade para a comunidade escolar. “É uma realização para todos de Novo Triunfo. Uma escola ampla com uma grande estrutura para o aprendizado dos estudantes”.

A unidade de ensino atende mais de 300 alunos da rede estadual de Novo Triunfo e contou com investimento do Governo do Estado no valor de R$ 3,5 milhões.