Foto: Reprodução / Redes sociais

Mulher encontrada morta na praia de Piatã era turista do Paraná

A mulher encontrada morta na praia de Piatã, em Salvador, vítima de afogamento, na manhã da última quinta-feira (14), era turista do Paraná. Os familiares dela chegaram na capital baiana, no sábado (16), para iniciar o traslado do corpo.

O corpo de Cíntia Mara Pepplow da Silva, 47 anos, foi encontrado sem sinais de violência. Segundo a polícia, o laudo cadavérico apontou que ela morreu por afogamento, e que tinha escoriações do atrito com a areia.

A família da vítima contou que ela já apresentava sinais de algum tipo de transtorno psiquiátrico. Além disso, Cíntia já teria desaparecido de casa algumas vezes, tendo ficado fora de casa períodos que variavam de algumas horas a até três dias.

Cíntia Mara estava desaparecida, há uma semana, quando teve uma discussão com o companheiro. Ela pegou uma sacola e saiu sem dizer o destino, e não voltou mais. O caso foi registrado em uma delegacia de São José dos Pinhais, no Paraná.

Após o desaparecimento, a família recebeu informações de que ela teria embarcado no aeroporto. Em contato com a Polícia Civil dos estados, foi descoberto que ela estava em Salvador.

O marido reconheceu o corpo de Cíntia Mara Pepplow da Silva, que teve dois filhos, sendo um deles uma médica. O corpo será levado para São José dos Pinhais ainda neste fim de semana, para ser sepultado.