Foto: Júlio César Guimarães / COB

Hebert Conceição vence cazaquistanês nas quartas e garante medalha no boxe

O baiano Hebert Conceição venceu o casaquistanês Abilkhan Amankul nas quartas de final da categoria até 75kg, com o placar de 3×2, e garantiu mais uma medalha olímpica no boxe, para o Brasil, na manhã deste domingo (1º).

O atleta de 23 anos foi criado na Academia Champion, em Salvador, com o técnico Luis Dórea, um dos grandes formadores de atletas, inclusive, o tetracampeão mundial Acelino Popó Freitas, Robson Conceição, campeão olímpico na Rio-2016, e Adriana Araújo, bronze em Londres-2012.

Hebert começou a sua trajetória nos Jogos Olímpicos de Tóquio, com vitória sobre o chinês Tuohetaerbieke Tanglatihan por 3×2.

Além do baiano, Abner Teixeira na categoria até 91kg também conquistou uma medalha para o Brasil. Além deles, Beatriz Ferreira, no peso até 60kg, e Wanderson Oliveira, até 63kg, estão nas quartas de final e também podem se garantir no pódio.

Na semifinal, Hebert Conceição vai enfrentar Gleb Bakshi, do Comitê Olímpico Russo.