Foto: Alberto Maraux / SSP

Duas lanchas blindadas adquiridas pela Marinha poderão ser utilizadas pela SSP

Duas lanchas blindadas com capacidade para 20 tripulantes, adquiridas pelo 2º Distrito Naval, poderão ser utilizadas pela Secretaria da Segurança Pública nas ações de combate ao crime, empregadas nas atividades de patrulhamento na Baía de Todos os Santos e regiões próximas.

As embarcações, batizadas como Guaiúba e Caraúna foram apresentadas ao secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, na manhã desta segunda-feira (8), pelo Vice-Almirante Humberto Caldas da Silveira Júnior, na Capitania dos Portos.

“Já temos um contato muito próximo com a Marinha e agradecemos a disponibilidade. Sem dúvidas, ter acesso a esse tipo de embarcação, além auxiliar no combate a crimes como tráfico de drogas e de armas, oferece também mais segurança às equipes que forem atuar contra esses delitos ao mar, por ser à prova de balas”, afirmou Mandarino.

Ainda segundo o secretário, a integração é um fator importante para o sucesso das ações de combate ao crime. Um das funcionalidades destacadas pela Marinha é a capacidade de navegação noturna dos equipamentos.

Os nomes das embarcações foram escolhidos em referência a peixes de água salgada encontrados no Brasil.

Na solenidade, também estiveram presentes na apresentação dos equipamentos, o subsecretário da Segurança Pública, Hélio Jorge Paixão, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, a delegada-geral da Polícia Civil, delegada Heloísa Campos Brito, o diretor do Departamento de Polícia Técnica, Élson Jeffesson, e o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, Adson Marchesini.