Foto: Reprodução / Agência Lusa

Chuvas na Europa provocam morte de mais de 100 pessoas

As chuvas que têm caído nos últimos dias na Europa e estão fazendo os rios transbordarem e levarem tudo pelo caminho, já provocaram a morte de ao menos, 117 pessoas.

Até o momento, entre os países, a Alemanha é a maior prejudicada pela tragédia, com 103 mortes confirmadas e 1,3 mil pessoas desaparecidas em apenas um distrito ao sul de Colônia, no oeste do país.

Embora em menor intensidade, as chuvas têm causado transtornos também na Holanda, França, Suíça, Luxemburgo e Bélgica, que registra 14 mortos e 4 desaparecidos.

Imagens áreas divulgadas pelas autoridades do distrito de Colônia, nesta sexta-feira (16) mostram que o número de vítimas pode aumentar consideravelmente, com relatos de deslizamentos de terra e casas sendo arrastadas pela água ou desabando devido à força da água.

De acordo com o presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier é preciso ter um firme comprometimento com a luta contra as mudanças climáticas. Ele também afirmou na sexta, que esta é a única alternativa para frear fenômenos meteorológicos extremos, como as chuvas intensas que castigam o país.