Foto: Betto Jr / Secom

Bairro da Ribeira ganha novo bicicletário

O bairro da Ribeira ganhou um bicicletário completamente novo, gratuito e moderno, onde será possível estacionar ou guardar as bicicletas por até 24h. Esta é mais uma novidade para os ciclistas da capital baiana, através do Movimento Salvador Vai de Bike (MSVB).

O equipamento foi inaugurado pelo prefeito Bruno Reis, acompanhado de gestores municipais, nesta quarta-feira (22). Na coletiva, o prefeito destacou as diversas ações da Prefeitura para incrementar o uso da bicicleta como meio limpo e saudável de deslocamento pela cidade.

“Quando este movimento começou, foi um marco para a mobilidade, para o trabalho e para a prática esportiva. Desde então, houve na cidade um estímulo à utilização da bicicleta, com vários grupos circulando nas vias todos os dias”, declarou Bruno.

Situado no Largo da Ribeira, o espaço funciona de terça a domingo, das 8h às 18h, e possui também uma seção de bikes para empréstimo. As “azuizinhas” poderão ser utilizadas sem custos, apenas por pessoas que residem na região de Itapagipe para tarefas laborais. Nesse caso, o usuário interessado deverá fazer um cadastro no local e indicar se vai utilizar a bike para fazer entregas de mercadorias, por exemplo, ou para deslocamento ao local de trabalho.

Turismo – Já aqueles que se interessarem em pedalar pela região, seja para lazer ou turismo, poderão alugar as bicicletas da Turisbike. O período máximo de empréstimo é de até quatro semanas. A intenção é de que a iniciativa também fortaleça o turismo na Península Itapagipana.

Cadastro – O bicicletário da Ribeira conta com profissionais responsáveis pelo manuseio das bicicletas e atendimento ao público. O cadastro deve ser feito com a apresentação de documento oficial com foto, número do CPF, comprovante de residência e estar presente com a bicicleta no ato. Cada usuário cadastrado pode guardar até três bicicletas.

Bike Itaú – Incentivar o uso de bicicletas compartilhadas têm sido a tônica das atividades promovidas pelo MSVB na capital baiana. Uma das principais frentes de ação, por exemplo, é o sistema Bike Salvador, patrocinado pelo Banco Itaú, no qual os usuários podem alugar as famosas “laranjinhas” a preços acessíveis. São 50 estações e 400 bikes espalhadas pela cidade.

Foto: Betto Jr / Secom