Foto: Divulgação

Aquilo do que ACM Neto não se arrepende

Quem é da cozinha do ex-prefeito de Salvador e pré-candidato ao governo ACM Neto (UB) comenta que se tem algo cujo arrependimento não lhe paira é o de não ter escolhido João Roma (PL), seu ex-aliado, para concorrer à prefeitura de Salvador. O cargo, hoje, está com Bruno Reis (UB) após uma queda de braço entre os dois.

O comentário surgiu em um grupo de WhatsApp após Roma criticar o ex-prefeito em uma rádio e alegar que ele ainda está sentado no Palácio Thomé de Souza, e deixou claro, no seu ponto de vista, que Bruno Reis (UB) não possui independência para tocar a gestão. “ACM Neto não deixou de ser prefeito e não saiu da prefeitura e não permite a Bruno Reis, que é trabalhador, que possa exercer a sua liderança como prefeito”.

Neto, no entanto, foi o principal avalista da candidatura de Roma a deputado federal em 2018 e corre para pegar de volta todo o eleitorado que lhe fora concedido. Roma, pré-candidato de Bolsonaro ao governo, tenta passar esse espólio e aquele arranjado durante sua permanência no Ministério da Cidadania para sua esposa, Roberta.