Fotos: Flickr

Trump e Biden fazem último debate antes das eleições nos Estados Unidos

Donald Trump e Joe Biden se enfrentaram nesta quinta-feira (22) no último debate antes da eleição presidencial de 3 de novembro nos Estados Unidos. Em relação ao encontro anterior, entre os dois candidatos, o clima estava mais calmo e quase sem interrupções.

Em alguns momentos, Trump tentou usar o nome do filho de Biden. O presidente acusa Hunter de ter usado a influência do pai em negócios na Ucrânia quando este era vice-presidente.

Biden, mais uma vez chamou Trump de racista e voltou a falar da sua proximidade com o presidente russo Vladimir Putin.

No primeiro tema da noite, a pandemia do coronavírus, Trump afirmou que a taxa de mortalidade dos Estados Unidos é menor do que a de muitos países, “uma das menores do mundo”, em relação ao número de casos, ainda que o país seja o que registra mais mortes por Covid-19.

Já Biden afirmou que qualquer um responsável por mais de 222 mil mortes no país, não deve continuar na presidência. Ele disse ainda que o presidente não tem um plano para impedir a morte de mais americanos. A expectativa dele é que haverá mais 200 mil mortos no país.

Segundo pesquisa do jornal The New York Times, 50% dos eleitores dizem que votarão em Biden, contra 41% que afirmam preferir o presidente americano. Outros 3% estão divididos entre os candidatos na disputa.