Foto: Márcia Santana / SSP

Idosa é encontrada morta em condomínio de luxo de Salvador

A polícia investiga o caso de uma idosa de 74 anos que foi encontrada morta na tarde deste domingo (18) dentro de casa em um condomínio de luxo, na região da Avenida Paralela, em Salvador. O suspeito do crime é o próprio companheiro dela, um idoso de 86 anos.

Segundo a Polícia Civil, a vítima identificada como Tarsila Maria Brandão Barreto, foi morta em casa, no condomínio Alphaville Itapuã, com golpes de faca. O horário preciso da morte só poderá ser confirmado pela perícia, mas deve ter acontecido aproximadamente há 24h.

Moradores acionaram uma equipe do Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), para fazer a remoção do corpo, que foi levado para o Instituto Médico Legal de Salvador (IML).

Familiares da idosa acreditam que a morte ocorreu na sexta-feira (16). A motivação do crime é investigada na 1ª Delegacia de Homicídios da capital.

Foto: Divulgação / SSP

Casal é preso com 31 kg de maconha no bairro de Jardim das Margaridas

Um casal foi preso na tarde da sexta-feira (16) com 31 kg de maconha. Os entorpecentes foram encontrados, no bairro de Jardim das Margaridas, em Salvador, pelas Guarnições das Rondas Especiais (Rondesp Atlântico).

Os agentes passavam pela Rua Ipupiara quando decidiram abordar um homem que apresentou nervosismo. Com ele foi encontrado 1 kg de maconha. O criminoso contou que guardava mais drogas em sua residência.

No local, os PMs localizaram mais 28 kg de maconha. Questionado sobre a possibilidade de esconder mais entorpecentes, o criminoso de 25 anos levou as guarnições até a casa de sua namorada. No imóvel a polícia achou mais 2 kg da erva.

A dupla e as drogas foram apresentadas no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

Foto: Jefferson Peixoto / Secom

Campanha de Vacinação Antirrábica é prorrogada até 30 de outubro nos postos de saúde

A campanha de vacinação antirrábica foi prorrogada até o dia 30 de outubro nos postos de saúde. Com a prorrogação, a população tem mais três semanas para participar da campanha, levando cães e gatos para que sejam protegidos da raiva. O prazo se encerraria nesta sexta-feira (16).

Segundo o Centro de Controle de Zoonose, a ação volante, feita por agentes de endemias nos bairros, está mantida até a sexta-feira (16). Até o momento, 131 mil bichos já foram imunizados desde o início da campanha, no dia 17 de agosto. A meta é imunizar 180 mil.

A vacinação é feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, em 92 postos de saúde distribuídos em todos os distritos sanitários e também por meio do atendimento volante. Devem ser imunizados animais a partir dos três meses de idade, exceto os que estiverem doentes. As doses devem ser aplicadas anualmente, mas para o animal que está se vacinando pela primeira vez é preciso repetir a imunização após 30 dias.

Segundo Danielle Dantas, chefe do setor de Vigilância da Raiva do CCZ, é extremamente importante vacinar o cão e o gato, principalmente devido à letalidade da raiva. “A raiva é uma zoonose viral letal para os animais e tem quase 100% de letalidade para os seres humanos. Uma vez o animal imunizado, afasta a possibilidade de adoecer com a raiva e também de infectar o homem. Por isso, quem tem cão e gato tem que deixar sempre atualizada a carteira de imunização do animal”, afirma.

O último caso de raiva humana em Salvador foi registrado em 2004 e o último registro da doença em animal, em 2009. A ausência da doença nos últimos anos ocorre graças à vacinação.

Para saber onde está o posto mais próximo, o cidadão pode verificar a relação das unidades no site da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), ligar para o Fala Salvador 156 ou para o telefone (71) 3611-7331. “Quem tem muitos animais pode, inclusive, solicitar uma visita domiciliar ao CCZ por meio do telefone fixo informado. Para os demais casos, é importante levar aos postos e receber os agentes que estão atuando nos bairros”, conclui Danielle.

Foto: Redes sociais / Prefeitura

Leitos de UTI pediátrica para covid-19 chega a 70% em Salvador; “nunca houve percentual tão alto”, diz Neto

O aumento de 70% na ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) pediátricos para Covid-19, na capital baiana, causou preocupação ao prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Segundo ele, as taxas chegaram a um percentual que não tinha sido registrado antes.

“Houve um aumento significativo da demanda de internamentos pediátricos, por conta da Covid. Com todo esse debate, se escola deve ou não deve voltar, aqui em Salvador nós chegamos a 70% de ocupação dos leitos de UTI pediátricos. Nunca tivemos um número tão alto como esse, dos leitos pediátricos. Os leitos de adulto continuam sob controle, mas há aumento de casos graves que envolvem crianças”, disse o gestor municipal.

No dia 2 de outubro, o prefeito falou sobre uma possível volta as aulas. “Penso eu que não vai voltar o mesmo tempo, vamos ter que fasear a volta e talvez não faça sentido o retorno da educação infantil. Mas a gente tem condições de apresentar perspectiva de tempo e de forma de retorno da educação em Salvador”.

As secretarias de saúde não informaram sobre as idades das crianças na área de UTI pediátrica. Os protocolos do funcionamento das aulas estão desenhados pelo comitê de saúde, mas o ACM Neto informou que só serão apresentados após a reunião com o governador.

Foto: Carol Garcia / GOVBA

Embasa retoma atendimento presencial em postos do SAC de Salvador e região metropolitana

A partir da próxima terça-feira (13) a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) retomará o atendimento presencial em cinco postos do SAC em Salvador e região metropolitana, O atendimento estará disponível nas unidade Barra, Periperi, Comércio, em Salvador, além de Candeias e Lauro de Freitas, na região metropolitana.

Para ser atendimento nos postos SAC, é preciso fazer o agendamento através do SAC Digital. Inicialmente, estarão disponíveis alguns serviços nestes locais como negociação de débitos, simulação de parcelamento, alteração de titularidade da conta, cadastro na Tarifa Social, pedido de ligação de água e pedido de ligação de esgoto.

Segundo a Embasa por causa da pandemia, a abertura de mais pontos de atendimento presencial vai ocorrer aos poucos, atendendo os protocolos e à segurança de clientes e funcionários.

De acordo com a Embasa desde 16 de setembro, o atendimento presencial foi retomado nos seguintes municípios: Santo Antônio de Jesus, Vitória da Conquista, Paulo Afonso, Itamaraju, Eunápolis, Porto Seguro, Teixeira de Freitas e Jequié.

No mês de setembro, a empresa iniciou o atendimento remoto pelo aplicativo de mensagens Whatsapp, pelo telefone (71) 99908-9001. O cliente pode solicitar serviços de emissão de segunda vida de conta, consulta de débito, pagar conta com cartão, comunicar vazamento, comunicar extravasamento de esgoto, informar falta de água, revisão de conta, além de consultar solicitações.

Além do Whatsapp, estão disponíveis outros canais de atendimento. A Agência Virtual e o APP Embasa, além do telefone 0800 0555 195, que neste período vem atendendo com número reduzido de atendentes, em decorrência das medidas de isolamento exigidas na pandemia.

Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Rui Costa volta a defender a venda do Parque de Exposições e diz que local “é utilizado uma vez no ano”

O governador Rui Costa (PT) voltou a falar sobre a venda do Parque de Exposições de Salvador, na manhã desta terça-feira (6). Para ele, os interessados em utilizar o espaço para a realização de eventos agropecuários podem se reunir para construir um local com a mesma finalidade em uma área mais afastada da cidade.

“Nós vamos vender aquela área pra transformar em investimento porque precisamos garantir investimentos. Eu vou repetir: o Parque de Exposições é utilizado uma vez no ano. A sociedade não pode financiar um local que é utilizado por pessoas que promovem shows ou exposições de animais para angariar recursos”, afirmou Rui.

O governador ressalta que quem utiliza o parque pra fazer esses eventos pode se juntar para montar um parque com o financiamento próprio. “O que não pode é uma área enorme daquela ser imobilizada em uma cidade que é só levantar os olhos pra gente ver o nível de pobreza da nossa população. Os pobres não podem continuar financiando o privilégio de quem tem recurso para fazer eventos no local. Que emprego aquilo ali gera pra população de Salvador? Que renda aquela área gera pra Salvador?”.

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), representante dos produtores e os Sindicatos Rurais baianos, em conjunto com as instituições do setor agro, emitiram nota pública sobre a intensão de venda do espaço pelo governo.

“O espaço é um equipamento público de grande importância para a economia da Bahia, não agregando apenas ao setor Agropecuário, com exposição e comercialização de animais e produtos agrícolas, mas todos os segmentos produtivos, como a Indústria, pela compra e venda dos insumos produzidos, e o Comércio de bens, Serviços e Transporte, através da geração de empregos e recolhimento de tributos ao Governo durante cada evento”.

Foto: Bruno Concha / Secom

Praias de Salvador voltam a ter acesso liberado a partir desta quarta

Praias de Salvador que estavam interditadas voltarão a ter o acesso liberado ao público a partir desta quarta-feira (7). As praias de Boa Viagem e Cantagalo voltam a funcionar de segunda a sexta-feira, e de Amaralina, de terça a sexta-feira. Já a praia de Piatã, a interdição prosseguirá por mais sete dias, por ainda registrar episódios de aglomeração no fim de semana, mesmo com a proibição do uso.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (5) pelo prefeito ACM Neto, durante assinatura da ordem de serviço para reconstrução do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Lírio do Vale, no Vale dos Lagos. 

“Tivemos um fim de semana de relativa tranquilidade nas praias, um sábado considerado exemplar com pouquíssimos casos. Ontem tivemos um probleminha maior na região de Piatã e Itapuã, mas, em geral, as coisas foram mais tranquilas do que no fim de semana anterior, deixando uma mensagem positiva para que possamos avançar nas ações”, avaliou ACM Neto. 

A fiscalização na orla de Salvador ficou por responsabilidade da Guarda Civil Municipal (GCM) que atuou com efetivo reforçado no final de semana. Cerca de 160 agentes municipais estiveram presentes em mais 60km de litoral, fazendo um trabalho para conscientizar a população sobre impossibilidade do uso das praias, que seguem interditadas aos sábados, domingos e feriados.   

No entanto, houve algumas situações de desrespeito ao decreto municipal. Vale lembrar que as praias do Buracão e Paciência, no Rio Vermelho, bem como a do Porto da Barra, seguem sem permissão de acesso mesmo nos dias úteis e ainda sem previsão de reabertura. 

Já as praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira e Itapuã continuam podendo receber banhistas de terça a sexta. Segundo a prefeitura, porque elas costumam ser muito procuradas as segundas e a utilização das demais que não estão interditadas está autorizada de segunda a sexta, em horários livres e com exceção sempre de feriados.   

Foto: Reprodução / SSP

Mulher suspeita de integrar facção é presa com R$ 15 mil

Uma mulher suspeita de integrar uma facção envolvida com tráfico de drogas, homicídios e roubos, na capital baiana, foi detida no sábado (3), no bairro de Águas Claras, pelo Esquadrão de Motociclistas Águia da Polícia Militar, com 15 mil reais em espécie. A detida informou que receberia mil reais para entregar o valor, na cidade de Feira de Santana.

Os PMs do Águia patrulhavam o local, quando receberam uma denúncia sobre transporte de dinheiro do tráfico de drogas. Sabendo que o material ilícito era levado por uma mulher, em um táxi, os militares iniciaram varreduras no perímetro.

Na BR-324, o veículo foi encontrado e abordado. Em uma bolsa, com a mulher, uma guarnição do Águia encontrou 15 mil reais em espécie. Questionada a origem, a suspeita disse não saber de quem era o valor transportado por ela. Comentou apenas que receberia mil reais para entregar o montante a uma pessoa em Feira de Santana.

Suspeita de integrar uma facção que atua em Águas Claras, a mulher foi apresentada, na 13ª Delegacia Territorial (DT) de Cajazeiras e autuada por associação ao tráfico de drogas.

Foto: Divulgação / PRF-BA

PRF realiza leilão de bens online a partir desta segunda, com lance mínimo de R$ 500

Inicia nesta segunda-feira (5) um leilão da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de bens móveis da própria instituição que estão sem utilização. Os interessados poderão dar os lances pela internet, até às 15h do dia 22 de outubro.

Entre a lista de itens que estarão disponíveis para o leilão estão: carros, motos, caminhonetes, camionetas e reboque. Lances mínimos ficam entre R$ 500 e R$ 30.000 e arremata o bem quem oferecer o maior valor. As ofertas podem ser realizadas através do site www.centraldosleiloes.com.br.

Os lotes que serão leiloados poderão também ser examinados, porém, com um agendamento prévio, até o dia 21 de outubro, das 8h às 12h e das 13h às 16h. Os números de contato para marcar a visita são: (71) 2101-2231/2224.

O endereço da sede da PRF fica no bairro de Granjas Rurais Presidente Vargas, Rua da Indonésia, nº 1.081. Alguns protocolos são exigidos pela PRF para quem quiser fazer a visitação, para evitar contaminação do novo coronavírus. É essencial o uso de máscaras de proteção, álcool em gel ou líquido e distanciamento social.

Foto: Sedur / Divulgação

Dois bares são interditados na Pituba após descumprir decreto e causar aglomerações

Dois bares que descumpriram os protocolos estabelecidos pela prefeitura de Salvador para conter a pandemia do novo coronavírus, e por causarem aglomerações na rua, foram interditados, na noite de sexta-feira (2), no bairro da Pituba.

A ação foi realizada durante fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), e teve apoio da Polícia Militar.

De acordo com a Sedur, os estabelecimentos infringiram regras estabelecidas como a falta do uso de máscara, aglomeração na porta, filas de espera, e clientes consumindo em pé.

A secretaria informou que os bares também não tinham autorização da prefeitura para a utilização da calçada.

As principais regras de flexibilização da prefeitura para que bares e restaurantes possam funcionar são:

– Horário de funcionamento até a meia-noite (a partir de segunda-feira), mas clientes só podem entrar nos estabelecimentos até 23h. A partir disso, os estabelecimentos ficam proibidos de receber pessoas, mas podem permitir permanência até novo horário estabelecido;

– Capacidade de ocupação das mesas ampliada de 6 para 8 pessoas (a partir de segunda-feira). Protocolos seguem os mesmos.

– Afastamento de 2 metros entre mesas e de um metro entre cadeiras de mesas diferentes

– Cardápio digital ou plastificado, higienizado a cada uso

– Uso de máscara obrigatório para clientes e funcionários

Foto: Valter Pontes / Secom

ACM Neto flexibiliza ainda mais o funcionamento de estabelecimentos em Salvador

O prefeito ACM Neto (DEM) anunciou nesta-sexta-feira (2), a ampliação na flexibilização de atividades já autorizadas a funcionar nas fases de reabertura da economia. A medida passa a valer a partir desta segunda-feira (5).

Esta nova etapa da reabertura flexibiliza ainda mais o funcionamento dos shoppings centers e centros comerciais, comércio de rua acima de 200 metros quadrados, cursos livres, lanchonetes, bares, restaurantes, clubes sociais e o Mercado Modelo. O anúncio foi feito pelo prefeito durante a inauguração da Estação Cidadania de São Marcos.

“Entramos num caminho de retomada que espero ser a dinâmica até que haja a imunização da nossa população contra a Covid-19. Vale frisar que a taxa de ocupação das UTIs exclusivas para tratar pacientes com a doença estaria na faixa dos 30% se a gente não tivesse desmobilizando leitos para outras necessidades, sendo que o parâmetro para a terceira fase da reabertura, que é a que estamos, era a ocupação de no máximo 60%”, lembrou o prefeito.


No caso dos shoppings centers e centros comerciais, o funcionamento agora pode ser das 11h às 21h, com 100% das vagas de estacionamento liberadas, todos os dias da semana. Antes, o funcionamento estava liberado apenas das 12h às 20h, com 50% das vagas.

As lojas de rua acima de 200 metros quadrados também tiveram o horário de funcionamento ampliado, passando agora a ser das 10h às 20h, de segunda a sábado, e das 10h às 16h, no domingo, com 100% das vagas de estacionamento. Antes, esses estabelecimentos estavam autorizados a abrir apenas de segunda a sábado, das 10h às 16h, com 50% das vagas para veículos.

Os restaurantes, bares e lanchonetes ficam autorizados a funcionar até a meia-noite (antes o limite era 23h), sendo que os clientes só podem entrar dentro do prazo máximo de uma hora antes do fechamento. Além disso, a quantidade de pessoas por mesa passa de seis para oito, mantendo todas as medidas de distanciamento social e higienização estabelecidas no protocolo setorial.

Os clubes sociais passam a ter permissão para reabrir bares e lanchonetes de segunda a sexta, dentro do horário de funcionamento desses estabelecimentos, que é de segunda a sexta, das 6h às 22h, sábado, das 6h às 18h, e domingo, das 6h às 14h.

No caso dos cursos livres, a mudança é a redução da idade mínima dos frequentadores, que caiu de 15 para 12 anos. E em relação ao Mercado Modelo, o equipamento gerido pela Prefeitura pode funcionar domingos e feriados, de 10h às 16h.

ACM Neto também fez um balanço da evolução do novo coronavírus na cidade. A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para tratar pacientes com a Covid-19 está em 41%, se mantendo estável nesse patamar. No caso dos leitos clínicos, o percentual é de 47%.

Na semana do dia 20 a 26 de setembro, houve um recuo de 35% nos óbitos provocados pela doença, na comparação da média móvel das mortes com a mesma medida nos 14 dias anteriores. Esse comportamento da curva se observou também na média móvel das duas semanas anteriores e tem sido uma tendência na cidade, que registra ainda queda na velocidade de contágio.

Foto: Bruno Concha / Secom

Vacinação contra sarampo vai até 31 de outubro nos postos de saúde de Salvador

A vacinação contra sarampo em Salvador vai até o dia 31 de outubro para adultos de 20 a 49 anos. A campanha deste ano visa imunizar este público, já que foi alvo da maior taxa de contágio da doença viral em 2019.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), apesar de avançar em várias capitais do Brasil, não há casos recentes registrados de sarampo na cidade, graças ao trabalho preventivo realizado.

Desde o dia 13 de julho até hoje, 157 mil pessoas foram vacinadas. As doses estão disponíveis das 8h às 17h, em todas as 143 salas de imunização nas unidades básicas da rede municipal. 

Segundo a coordenadora de Iimunização da SMS, Doiane Lemos, quem já recebeu a vacina na infância deve ir aos postos para uma dose de reforço e corrigir possíveis falhas. “Essa dose corrige possíveis falhas vacinais, já que existem indivíduos que são vacinados mas não têm a proteção esperada. Numa campanha como essa, temos a oportunidade de corrigir estas situações”, explicou.

O sarampo é uma doença infectocontagiosa provocada por um Morbilivirus e transmitida por secreções das vias respiratórias, como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse. O período de incubação, ou seja, o tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas, é de cerca de 12 dias, mas a transmissão pode ocorrer antes do aparecimento dos sintomas e estender-se até o quarto dia depois que surgiram placas avermelhadas na pele.  

Os sintomas iniciais apresentados pelos doentes são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal-estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias. É comum ocorrer lesões dolorosas na boca.

A doença pode ser potencialmente grave, com acometimento do sistema nervoso central, complicando o quadro com infecções secundárias, a exemplo de pneumonia, resultado até em morte. Em gestantes, pode provocar aborto ou parto prematuro.

Foto: Jefferson Peixoto / Secom

Prefeitura interdita quatro praias de Salvador a partir desta quarta-feira

As praias do Canta Galo e da Boa Viagem, na Cidade Baixa, além de Amaralina e Piatã serão interditadas pela Prefeitura de Salvador a partir desta quarta-feira (30). A medida foi anunciada durante coletiva de imprensa pelo prefeito ACM Neto nesta terça-feira (29).

A interdição será física, em uma operação realizada hoje, com a presença reforçada de fiscais e a colocação de barreiras, pela Guarda Civil Municipal (GCM) e Secretaria Municipal de Manutenção (Seman). 

“Claro que eu gostaria que todas as pessoas estivessem nas praias sem qualquer tipo de preocupação, se divertindo. Mas temos que ter cuidado em relação à pandemia. Outras cidades do Brasil que abriram suas praias sem regras e sem limites pagaram a conta depois, com o aumento do número de casos de Covid-19, da pressão sobre o sistema hospitalar, com crescimento da taxa de ocupação de UTIs e de mortes”, alertou ACM Neto. 

As praias em Salvador foram reabertas no dia 21 passado mediante um protocolo sanitário que visa justamente evitar aglomerações. As únicas que, desde então, permaneciam fechadas eram as do Buracão e Paciência, no Rio Vermelho, e a do Porto da Barra, por terem uma faixa de areia reduzida e pela intensa procura. 

Além disso, com exceção das praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina e Itapuã, que podem receber banhistas de terça a sexta (isso porque elas costumam ser muito procuradas às segundas), a utilização das demais estava autorizada de segunda a sexta, em horários livres e com exceção sempre de feriados. Com a decisão de hoje (29), além de Amaralina, voltarão a ficar fechadas Piatã, Canta Galo e Boa Viagem. 

Segue proibido o comércio de ambulantes na areia, inclusive alimentos e bebidas. Não há limite de pessoas, mas o distanciamento mínimo de 1,5m entre os frequentadores deve ser respeitado, bem como o uso de máscara (com exceção do momento do banho).   

Atividades esportivas estão liberadas somente de forma individual ou em duplas, com proibição daquelas que gerem contato físico. Além disso, não são permitidas atividades que gerem aglomerações, tais como piqueniques, luaus e outros eventos. Também está proibido o uso de cadeiras, ombrelones, guarda-sóis, sombreiros, caixas térmicas, instrumentos musicais e equipamentos sonoros.

Foto: José Cruz / Arquivo Agência Brasil

Patrimônio informado ao TSE de candidatos à prefeitura de Salvador vai até R$ 2 milhões

A declaração de patrimônio dos candidatos à prefeitura de Salvador à Justiça Eleitoral teve o prazo encerrado neste sábado, às 19h. Esta foi à data limite estipulada para os partidos políticos e as coligações apresentarem o requerimento de registro de candidatos a prefeito e vereador, que é obrigatório para quem disputa eleições.

O patrimônio de 9 candidatos informado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) à prefeitura de Salvador que registraram as candidaturas vai de R$ 127 mil a R$ 2 milhões.

Confira em ordem alfabética os candidatos a prefeito de Salvador nas eleições 2020:

BACELAR (Podemos): R$ 427.797,94

BRUNO REIS (DEM): R$ 931.514,59

CELSINHO COTRIM (PROS): R$ 2.181.000,00

CEZAR LEITE (PRTB): R$ 504.332,37

HILTON COELHO (PSOL): R$ 127.287,80

MAJOR DENICE (PT): R$ 525.193,60

OLÍVIA SANTANA (PC do B): R$ 564.434,14

PASTOR SARGENTO ISIDÓRIO (AVANTE): R$ 258.000,10

RODRIGO PEREIRA (PCO): R$ 170.000,00

Além de confirmar a participação na disputa eleitoral, o registro de cada candidato no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza informações interessantes aos eleitores, como a lista de bens dos postulantes ao governo.

Em primeiro, com o maior patrimônio vem o administrador Celsinho Cotrim (PROS) com mais de R$ 2 milhões declarados. O segundo com o patrimônio de cerca de R$ 931 mil é o advogado Bruno Reis. Já em terceiro vem à candidata a prefeita, deputada Olívia Santana, do PC do B, que declarou possuir em bens e recursos bancários R$ R$ 564.434,14.

O candidato que declarou ter o menor valor patrimonial é o deputado Hilton Coelho (PSOL) com R$ 127 mil depositados em conta corrente.

Foto: Valter Pontes / Secom

ACM Neto sanciona lei que estende pagamento do Salvador por Todos até dezembro

O prefeito ACM Neto (DEM) sancionou nesta sexta-feira (25) a lei que prorroga o pagamento do auxílio de R$270 do programa Salvador por Todos à população mais atingida pelos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. A medida foi elaborada pelo Executivo e aprovada pela Câmara de Vereadores.

Com esta determinação, a extensão do pagamento vai até dezembro, e inclui pessoas em situação de rua cadastradas em pontos de distribuição de refeições do município entre os contemplados.

“Essa nova lei nos dá autorização para pagar o benefício por mais três meses, até dezembro. Estamos sancionando a legislação e já liberando o pagamento do mês de outubro, conforme escalonamento que será detalhado pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), responsável pelo Salvador por Todos”, anunciou o prefeito ACM Neto, em coletiva virtual realizada nesta manhã.

O pagamento do auxílio, que já beneficiou mais de 36 mil pessoas e teve início em março, se encerraria neste mês setembro. O investimento é de R$5 milhões mensais, oriundos dos cofres municipais. No caso das pessoas em situação de rua, 418 cidadãos e cidadãs serão contemplados.

Esse número corresponde ao total usuários cadastrados nos pontos gratuitos de distribuição de refeições, localizados na Barroquinha, Itapuã, Estacionamento São Raimundo, Pau da Lima e São Tomé de Paripe, e que não recebem outro tipo de benefício social do município, como o do programa Primeiro Passo.

O auxílio de R$270 continuará sendo pago também a outros trabalhadores informais e individuais cadastrados na Prefeitura: baianas de acarajé, ambulantes, feirantes, camelôs, barraqueiros, baleiros, guardadores de carro, recicladores, taxistas, motoristas de aplicativos e mototaxistas – no caso dos três últimos, com idade superior a 60 anos. 

A legislação aprovada pelos vereadores e sancionada hoje pelo prefeito também estabelece a distribuição de uma cesta básica por mês em favor das pessoas de comunidades situadas em área de risco e regiões ribeirinhas sujeitas a inundações, além da categoria de mototaxistas com idade entre 18 a 60 anos. Vale lembrar que a Prefeitura continua com a distribuição de cestas a todos os alunos da rede pública municipal, de entidades educacionais conveniadas e do projeto Pé na Escola.

Foto: Valter Pontes / Secom

ACM Neto anuncia reabertura de parques públicos a partir de segunda

O prefeito ACM Neto (DEM) em mais uma etapa da retomada das atividades na cidade, autorizou nesta sexta-feira (25), a reabertura dos parques públicos e praças municipais já a partir de segunda-feira (28). O anúncio foi feito na manhã de hoje em coletiva virtual.

Em relação aos parques, o protocolo setorial determina o funcionamento de segunda à sexta, exceto feriados, das 6h às 17h, sem limitação de pessoas, mas com distanciamento mínimo de 1,5m entre os frequentadores. Fica proibido o comércio de ambulantes. Antes da reabertura, os funcionários e terceirizados precisam ser submetidos a testes para Covid-19. 

O uso de máscara é obrigatório durante todo o tempo de permanência nos parques, inclusive durante a realização de atividades físicas.

Já os restaurantes populares administrados pela Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) em São Tomé de Paripe e Pau da Lima, irão reabrir no dia 5 de outubro.

O funcionamento dos restaurantes populares será de segunda a sexta, das 11h às 14h, com acesso gratuito enquanto durar a situação de emergência (em tempos normais, a refeição custa R$1). Antes da reabertura, todos os funcionários e terceirizados devem ser testados para Covid-19.

Ainda na coletiva, o prefeito anunciou a liberação de aulas de dança, desde que não haja contato físico, a partir desta segunda (28).

O protocolo setorial prevê demarcação no chão dos locais reservados aos alunos e professores, para garantir o afastamento mínimo de 1,5m; uso de máscara o tempo inteiro; e proibição de ensaios, coreografias e apresentações que gerem contato físico ou redução do distanciamento social. O horário dessas aulas é o mesmo dos demais cursos livres, das 10h às 22h, de segunda a sábado.

Foto: Divulgação / PF

PF cumpre mandado contra fraudes no INSS e de afastamento de servidor em Salvador

Um mandado de afastamento contra um servidor está sendo cumprido na capital baiana, na manhã desta quarta-feira (23), em Salvador, pela Polícia Federal (PF) numa operação contra fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Segundo a PF, a Justiça também determinou o bloqueio e sequestro de bens e valores do servidor e de outros investigados. Ao total, são seis mandados de busca e apreensão, cinco na capital baiana e outro em Catu, na região metropolitana.

Os mandados de busca da operação, denominada Contrassenha, foram cumpridos em três locais em Salvador. Um no edifício empresarial na Avenida Paralela, outro em um escritório de contabilidade no bairro Dois de Julho e em um condomínio em Jaguaribe.

A estimativa da Polícia Federal do prejuízo das fraudes aos cofres púbicos é de mais de R$ 7,5 milhões, relativos a 75 benefícios fraudados. O servidor fraudava processos de aposentadoria desde 2017 e agia na agência das Mercês, na Avenida Sete de Setembro. Nas investigações, apontava que o servidor se aproveitava da fragilidade do sistema de cálculo de contribuições individuais, para lançar valores bem abaixo do efetivamente devido, o que permitia o pagamento de quantias irrisórias para o cálculo de tempo de contribuição. O suspeito também alterava ou incluía vínculos empregatícios fictícios com o mesmo objetivo.

Foto: Bruno Concha / Secom

Praias em Salvador estão liberadas a partir desta segunda; veja quais

A partir desta segunda (21), se inicia a reabertura gradual das praias da Salvador, que estavam fechadas há seis meses, como medida contra a proliferação da Covid-19. Entretanto, as praias do Porto da Barra, Buracão e Paciência no Rio Vermelho, segundo a prefeitura, ainda permanecem fechadas por possuírem uma faixa de areia muito estreia, e costumam ter um fluxo grande de pessoas durante a semana. 

De segunda a sexta, as demais praias podem receber normalmente os banhistas, com exceção de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Itapuã e Amaralina, que reabrem para o público de terça a sexta.

A Guarda Civil Municipal (GCM) montou um esquema especial de fiscalização que entra em vigor nesta segunda. Não há restrição de horário, e o uso nos finais de semana e feriados está proibido. Essa estratégia de liberar algumas praias em determinados dias e manter outras fechadas visa impedir aglomerações.

A operação se estende por 50km de orla, envolvendo 60 agentes, 12 viaturas e 6 motos, com intuito de monitorar o cumprimento dos protocolos fixados pela Prefeitura para garantir a segurança sanitária dos banhistas. As praias estavam fechadas há seis meses como medida contra a proliferação da Covid-19. 

Entre as regras do protocolo setorial estão o uso obrigatório de máscara (só pode tirar no momento do banho) e a proibição da utilização de cadeiras, sombreiros, caixas térmicas, instrumentos musicais e equipamentos sonoros, bem como a comercialização de produtos. Os comerciantes informais e barraqueiros que costumam trabalhar na faixa de areia continuam isentos de taxas municipais e recebendo o auxílio de R$270 da Prefeitura.  

A prática de atividades esportivas está liberada de forma individual ou em dupla – as que envolvam mais pessoas e/ou provoquem contato físico, a exemplo do tradicional “baba”, estão proibidas. 

Durante a operação, a GCM conta com o apoio de agentes da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Secretaria de Ordem Pública (Semop), Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) e da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). A população pode denunciar o descumprimento dos protocolos pelo Fala Salvador (156) ou Disque Coronavírus (160). 

Foto: Divulgação

Livraria Saraiva fecha as suas 4 unidades em Salvador nesta segunda

A partir desta segunda-feira (21) todas quatro Mega Stores da Livraria Saraiva na capital baiana deixam de funcionar. A rede já operava em Salvador há 13 anos e tem  lojas instaladas no Shopping da Bahia, Barra, Salvador e Paralela.  

As livrarias já haviam começado a fazer promoções com descontos de 20% a 40%. Porém, no outlet é possível encontrar produtos com redução de 90%. A empresa não quis comentar o motivo do fechamento nem deu detalhes sobre o volume de demissões com o fim das lojas físicas.

A rede não poder compartilhar detalhes da estratégia de fechamento das lojas, devido à companhia ser de capital aberto. A Saraiva chegou a Salvador em 2007, e a notícia já havia movimentado as redes sociais por fãs nos últimos dias.  

Impedidas de funcionar por conta da pandemia, a Saraiva, já havia anunciado o fechamento de diversas livrarias no Distrito federal, São Paulo, Minas Gerais e no Rio Grande do Sul.

Foto: Reprodução / SSP

Morre traficante baiano que exaltava facção do RJ nas redes sociais

Um traficante que liderava uma quadrilha com atuação na cidade de Feira de Santana, foi encontrado, na noite de sexta-feira (18), pela Polícia Militar, em Salvador, após denúncias anônimas. Ele possuía mandado de prisão e divulgava nas redes sociais apoio a uma facção do Rio de Janeiro.

Equipes do Bope, Cipe LN, TOR, COOPM e 66a CIPM foram até um imóvel, no bairro de IAPI, e avistaram o traficante. Ele atirou contra uma das guarnições, que revidou, e acabou fugindo para um matagal.

Minutos depois o criminoso foi encontrado ferido. Ele foi socorrido para o Hospital Geral do Estado, mas não resistiu. Com o foragido da Justiça foram apreendidas uma pistola calibre 40, uma pistola de airsoft, carregador, munições e uma algema.

Foto: Reprodução / Redes sociais

ACM Neto libera praias de Salvador para uso a partir de segunda

O prefeito ACM Neto (DEM), durante a inauguração das obras de requalificação da Lagoa dos Pássaros, nesta sexta-feira (18) no Stiep, anunciou a liberação das praias de Salvador. Estão liberadas para o uso as praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina e Itapuã, entre terça e sexta-feira.

Já as do Porto da Barra, Buracão e Paciência, no Rio Vermelho, devem permanecer fechadas. As demais poderão ser utilizadas de segunda a sexta. Em dias de feriado, nenhuma poderá abrir.

“Não estamos permitindo o funcionamento das praias no final de semana e nem feriados para evitar aglomerações. No caso do Porto da Barra, do Buracão e da Paciência, elas não vão reabrir porque possuem uma faixa de areia muito estreia, e costumam ter um fluxo grande de pessoas mesmo durante os dias de semana. É uma questão de segurança. No caso das praias do Subúrbio, Ribeira, Amaralina e Itapuã, elas também costumam reunir muita gente às segundas e por isso não estarão abertas nesse dia”, explicou ACM Neto.

A reabertura já começa a partir da semana que vem, na segunda-feira (21). A Guarda Civil Municipal (GCM) vai fiscalizar o cumprimento do protocolo. O horário de uso das praias será livre, mas com proibição do comércio de ambulantes na areia, inclusive alimentos e bebidas.

Não haverá limite de pessoas, mas o distanciamento mínimo de 1,5m entre os frequentadores deverá ser respeitado, bem como o uso de máscara (com exceção de quando as pessoas estiverem na água). 

Atividades esportivas serão liberadas, individuais ou em duplas, com proibição daquelas que gerem contato físico entre os praticantes e os coletivos, a exemplo do tradicional “baba”. Não serão permitidas atividades que gerem aglomerações, tais como piqueniques, luaus e outros eventos. Também será proibido o uso de cadeiras, ombrelones, guarda-sóis, sombreiros, caixas térmicas, instrumentos musicais e equipamentos sonoros. 

Foto: Cecílio Albuquerque / Agerba

MP-BA recomenda retomada de circulação de 100% da frota de ônibus em Salvador

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) recomendou, nesta quinta-feira (17), a retomada imediata de 100% da frota de ônibus em Salvador. A Secretaria de Mobilidade (Semob), através de seu secretário, Fábio Mota, deve comunicar ao órgão, em um prazo de 48h, as providências adotadas para normalizar a operação do transporte público.

No momento, por causa da pandemia do novo coronavírus, os ônibus da capital baiana circulam com até 80% da frota, com cerca de 1700 ônibus. Já a quantidade de passageiros registra 50% do que era antes da pandemia com média de 600 mil por dia.

No início da pandemia, por causa da redução da demanda, os coletivos chegaram a rodar com apenas 30% dos veículos, fora do horário de pico.

No entanto, a partir do mês de julho, com a retomada das atividades, o número de passageiros começou a normalizar e os usuários se queixam dos ônibus cheios, em vários horários.

Foto: Raul Golinelli / GOVBA

Fila de veículos para o ferry-boat deixa trânsito lento na Av. Oscar Pontes

O embarque no terminal do ferry-boat em Salvador, na Feira de São Joaquim, registra longa fila de veículos nesta sexta-feira (17). Por causa do movimento na região o trânsito está lento na Avenida Engenheiro Oscar Pontes.

De acordo com a Internacional Travessias, empresa que administra o sistema, o tempo de espera na fila é de cerca de duas horas, mas passageiros na fila afirmam que a espera para embarque é maior, e chega a três horas. Já o movimento de pedestres é tranquilo.

O sistema não está com horários regulares e opera com apenas 50% da capacidade total de passageiros por embarque, e funciona com quatro ferries em operação.

Esta capacidade reduzida está em acordo estabelecido pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), para o período de atenção da pandemia.

Apesar disso, para dar fluxo ao embarque dos passageiros, duas saídas extras já foram confirmadas nesta sexta. A primeira foi às 7h e a próxima será às 9h.

Confira os horários de saída nos dois sentidos:

Saídas regulares de Salvador: 5h, 6h, 8h, 10h, 11h, 12h, 14h, 15h, 16h, 18h, 19h, 20h e 22h.

A partir da Ilha de Itaparica: 5h, 6h, 8h, 9h, 10h, 12h, 13h, 14h, 16h, 17h, 18h, 20h e 22h.

Foto: Carol Garcia / GOVBA

Rui Costa anuncia que alguns leitos de UTI para tratar covid-19 serão revertidos para outras doenças

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou no início da tarde desta terça-feira (15), durante o programa Papo Correria, transmitido nas redes sociais do governador, que alguns leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a covid-19, montados em hospitais de Salvador, serão revertidos para o tratamento de pacientes de outras doenças.

Segundo o governador, a desativação ocorre em função das baixas taxas de ocupação dessas unidades na capital baiana. “Entramos numa fase de desaceleração e ao longo desses meses fizemos esforços gigantescos para atender pacientes de Covid-19 e tivemos que reverter leitos de outras doenças para Covid-19, e isso aumentou a fila de quem tinha outras doenças”.

Ainda de acordo com Rui Costa, a desativação dos leitos terá início a partir do Hospital Ernesto Simões, que era exclusivo para pacientes com a doença. “O hospital Ernesto Simões Filho, que foi transformado integralmente para atender Covid-19, a partir dessa semana deixará de atender e será regulado para pacientes com outras doenças. Serão 50 leitos de UTI e 200 clínicos com emergência 100% regulada”, concluiu.

Neste primeiro momento, o governador disse que nas cidades do interior do estado não haverá subtração de leitos de UTI, já que elas ainda apresentam números altos de pacientes com Covid-19.

Foto: Divulgação / SSP-BA

Polícia Militar impede roubo a carro-forte em supermercado de Salvador

Na tarde desta quinta-feira (10), cinco pessoas foram presas durante uma tentativa de roubo a carro-forte, em um supermercado na Avenida Paralela, em Salvador.

Após uma denúncia anônima, equipes da Rondesp Central (PM) foram até o local. Chegando ao estabelecimento, um homem suspeito aparentava nervosismo. Durante a abordagem, ele contou aos policias sobre a presença de comparsas no estacionamento do supermercado.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), das cinco pessoas presas em flagrante, três já tinham passagens pela polícia por homicídio, porte ilegal de arma de fogo e roubo de veículos.

O grupo portava três revólveres calibre 38, nove munições, quatro motos, quatro celulares e R$ 3.657 em espécie.

Todos os presos vão responder por roubo tentado qualificado, porte ilegal de arma, concurso de pessoa, associação criminosa, investida contra serviço de transporte de valor. Apenas uma, reponderá também por falsificação de sinal de identificação veicular.