Foto: Kyodo

Mulher mais velha do mundo vai carregar a tocha olímpica nos jogos do Japão

Kane Tanaka, considerada a pessoa viva mais velha do mundo pelo Guinness World Records, o livro dos recordes, desde 2019 foi convidada para participar dos jogos olímpicos e percorrerá parte dos 100 metros com a tocha olímpica em uma cadeira de rodas.

Talvez, a japonesa possa dar os últimos passos a pé antes de passar o símbolo das olimpíadas ao próximo corredor. Takana vive em um asilo em Fukuoka, e completou 118 anos em 5 de janeiro.

Ela é quase tão antiga quanto os Jogos Olímpicos da Era Moderna, e já passou por duas pandemias globais, a da gripe espanhola e a do novo coronavírus, superou dois cânceres e passou por duas guerras mundiais.

As Olimpíadas foram adiadas no dia 24 de março do ano passado, e remarcada para o dia 23 de julho a 8 de agosto de 2021.

Foto: Divulgação / PC

Polícia prende mulher com 50 kg de drogas em Vitória da Conquista

Uma mulher acusada de envolvimento com o tráfico foi presa na terça-feira (12), em Vitória da Conquista, pelas Equipes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE). Ela estava com a prisão decretada pela Justiça, depois de ser flagrada com 50 quilos de drogas e uma pistola calibre ponto 40.

Segundo os agentes, o material foi apreendido num imóvel, no condomínio Vila Bonita, em Conquista. A polícia apurou que a droga pertencia ao companheiro da traficante, que está sendo procurado. Ele é apontado como responsável por diversos crimes, em Itapetinga.

A mulher responde a inquérito pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico e após o cumprimento da ordem de prisão, foi transferida para o presídio de Vitória da Conquista.

Foto: Alberto Maraux / SSP

Mulher é encontrada morta e com sinais de violência em Juazeiro

Uma mulher foi encontrada morta com sinais de violência na cidade de Juazeiro, norte da Bahia, no sábado (19). A vítima ainda não foi identificada pela polícia e o corpo foi encontrado no distrito industrial, no bairro João Paulo II.

Policiais militares foram ao local após uma denúncia feita por moradores que encontraram o corpo. A vítima já estava em estado de decomposição e com sinais de espancamento.

Segundo a polícia, não há detalhes se a vítima teve violência sexual. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por perícia. A polícia segue com as investigações para saber a circunstância do assassinado e o suspeito.

Já na região do Serrote do Tirano, que fica na zona rural de Juazeiro, outras quatro pessoas, três homens e uma mulher, que também não tiveram as identidades reveladas, foram encontradas com marcas de disparos por armas de fogo. A polícia investiga as circunstâncias e suspeitos do crime.

Foto: Divulgação / SSP

PM flagra mulher jogando cocaína e maconha pela janela de apartamento

Policiais Militares faziam rondas na quinta-feira (8) para coibir roubos a coletivos na região do Aquidabã, quando receberam uma denúncia anônima de tráfico de drogas em um prédio. No local, uma mulher foi flagrada jogando os materiais pela janela do apartamento.

De acordo com o comandante da Operação Gêmeos, major Carlos Emiliano, foram apreendidos maconha, cocaína e acessórios utilizados no tráfico de drogas, por equipes da Operação Gêmeos, nas proximidades do Aquidabã, em Nazaré.

Foram encontrados 10 tabletes de maconha prensada, sete sacos da erva a granel, dois tabletes de cocaína, quatro balanças, dois celulares, um caderno com anotações do comércio de entorpecentes e um relógio.

A mulher foi presa e encaminhada para a Central de Flagrantes, na Avenida Antônio Carlos Magalhães, onde aguarda audiência de custódia.

Foto: Divulgação / SSP

PM de Feira de Santana é a primeira mulher que assume o comando da 64ª Companhia

Nesta segunda-feira (6) a capitã Lilian Conceição Nascimento Almeida, 42 anos, tomou posse em Feira de Santana e passou a assumir a 64ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

A capitã é a primeira mulher a comandar uma Companhia Independente da PM no município baiano. Ela nasceu em Alagoinhas e entrou na corporação aos 22 anos, se formou como tenente e se tornou bacharel em Segurança Pública pela Universidade Estadual da Bahia (Uneb) em 2001.

Lilian trabalhou nos 5º e 8° Batalhões da Polícia durante sua carreira Militar em Euclides da Cunha e Porto Seguro, respectivamente, e foi auxiliar da Seção de Planejamento Operacional, no 1º Batalhão da PM em Feira de Santana. Chefiou o Setor de Pessoal do Departamento de Qualidade, Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Departamento de Administração da Polícia Militar e a Seção de Material e Patrimônio, no Colégio da PM de Alagoinhas.

A comandante falou que atuar nessa área sempre foi um desejo dela e que se sente realizada com seu novo cargo. “Quando iniciei no militarismo havia poucas mulheres. O vestibular era muito concorrido e na minha época era tão almejado como o curso de medicina. Fico feliz em saber que posso ser espelho para muitas mulheres, um exemplo de perseverança”, revelou a comandante da 64ª CIPM.

Foto: Carol Garcia / GOVBA

Saiba como denunciar casos de violência contra a mulher

O Brasil é um dos países recordistas em violência contra as mulheres, e durante a quarenta imposta por conta da pandemia do Coronavírus, esses números têm aumentado em todo país. Mas o que muita gente ainda não sabe é que qualquer pessoa pode fazer uma denúncia de violência contra a mulher e não só a vítima.

A rede de proteção à mulher é formada por diversas entidades como o Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública, dentre outras. Vale ressaltar que, nas comarcas onde não existe Vara de violência doméstica, as Varas comuns recebem as demandas. E, se por acaso, não tiver delegacia da mulher, a delegacia comum atende a vítima.

Canais de denúncia:

Central de Atendimento à Mulher – Disque 180

Polícia Militar – Disque 190

Defensoria Pública da Bahia – Disque 129 ou 0800 071 3121