Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia contabiliza o total de 340.665 casos confirmados e 7.407 mortes

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 23 mortes, 1.450 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.266 recuperados (+0,4%). Dos 340.665 casos confirmados desde o início da pandemia, 326.400 já são considerados sem sintomas e 6.858 encontram-se ativos. No estado, 28.162 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.987,20), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.406,44), Madre de Deus (6.343,34)), Apuarema (6.002,73).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 691.022 casos descartados e 80.027 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (22).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.407, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,99% ocorreram no sexo masculino e 44,01% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,27% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,63%, preta com 15,12%, amarela com 0,77%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,10% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,09%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,15%).

Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Senador Arolde de Oliveira morre no Rio, aos 83 anos, vítima de covid-19

Morreu na noite desta quarta-feira (21), o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ), aos 83 anos, vítima de Covid-19. O político estava internado no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo comunicado da família publicado no perfil do senador no Twitter, Oliveira teve falência dos órgãos em decorrência da Covid-19.  

“Comunicamos que nesta noite (dia 21 de outubro) o Senhor Jesus recolheu para si nosso amado irmão, Senador Arolde de Oliveira. Falecido vítima de Covid e como consequência a falência dos órgãos. A família agradece o carinho e orações. Mais informações à posteriori.”

A assessoria de imprensa do político confirmou que a internação do senador foi no dia 5 de outubro. Até aquela data, não havia informações sobre o estado de saúde dele.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 28 mortes e 654 casos de covid-19 em 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 28 mortes, 654 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 829 curados (+0,3%). Dos 335.351 casos confirmados desde o início da pandemia, 321.266 já são considerados curados e 6.769 encontram-se ativos. No estado, 27.815 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (18) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,80%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia ((7.823,93), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.344,06), Madre de Deus (6.314,89), Apuarema (5.893,59).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 680.406 casos descartados e 77.139 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (18).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.316, representando uma letalidade de 2,18%. Dentre os óbitos, 55,90% ocorreram no sexo masculino e 44,10% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,17% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,59%, preta com 15,13%, amarela com 0,78%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,22% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,16%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,18%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 29 mortes e 1.575 casos nas últimas 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 29 mortes, 1.575 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 1.434 curados (+0,5%). Dos 331.362 casos confirmados desde o início da pandemia, 317.297 já são considerados curados e 6.822 encontram-se ativos. No estado, 27.489 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (15) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,01%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.438,61), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.307,01), Madre de Deus (6.239,04), Apuarema (5.716,23).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 671.204 casos descartados e 76.967 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (15).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.243, representando uma letalidade de 2,19%. Dentre os óbitos, 55,93% ocorreram no sexo masculino e 44,07% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,16% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,47%, preta com 15,13%, amarela com 0,79%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,39% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,12%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,27%).

Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova será desativado por causa de pouca demanda

Em função da ampla queda na demanda de pacientes, o Hospital de Campanha instalado pelo estado, na Arena Fonte Nova, será desativado até esta sexta-feira (16). Aberta em junho, para tratar exclusivamente de pacientes com sintomas graves da Covid-19, a unidade registrou mais de 480 altas.

A unidade contava, até o início da tarde desta quarta-feira (14), com apenas três pacientes internados. “Realmente, estamos na fase final de desmobilização. Desde o dia 30 de setembro, deixamos de receber pacientes regulados e passamos a cuidar apenas dos que já estavam internados, que pouco a pouco foram tendo alta. Permanecemos apenas com alguns leitos de UTI e de enfermaria que serão desativados até a próxima sexta”, explica a diretora da unidade, a médica infectologista Ledívia Espinheira.

Implantado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), o centro de tratamento chegou a contar com 240 leitos no momento de maior atividade registrada. Apenas a rede de gases será mantida, a fim de facilitar a montagem da estrutura, em uma eventual necessidade.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia contabiliza 29 mortes e 993 casos de covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 29 mortes, 993 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.015 curados (+0,3%). Dos 325.957 casos confirmados desde o início da pandemia, 312.069 já são considerados curados e 6.760 encontram-se ativos. No estado, 27.063 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (11) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,19%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.170,85), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.240,88, Madre de Deus (6.210,59), Apuarema (5.648,02).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 657.777 casos descartados e 78.750 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (11).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.128, representando uma letalidade de 2,19%. Dentre os óbitos, 55,81% ocorreram no sexo masculino e 44,19% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,04% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,42%, preta com 15,11%, amarela com 0,80%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,51% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade de 72,21%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,33%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra nas últimas 24 h, 28 mortes e 1.817 novos casos

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 28 mortes, 1.817 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.504 curados (+0,5%). Dos 321.798 casos confirmados desde o início da pandemia, 307.869 já são considerados curados e 6.880 encontram-se ativos. No estado, 26.775 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (8) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,40%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.007,58), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.195,39), Madre de Deus (6.186,89), São José da Vitória (5.568,32).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 646.048 casos descartados e 78.916 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (8).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.049, representando uma letalidade de 2,19%. Dentre os óbitos, 55,84% ocorreram no sexo masculino e 44,16% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,92% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,39%, preta com 15,18%, amarela com 0,78%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,61% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,14%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,36%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia contabiliza 28 mortes e 565 casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 28 mortes, 565 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 994 curados (+0,3%). Dos 316.005 casos confirmados desde o início da pandemia, 302.916 já são considerados curados e 6.136 encontram-se ativos. No estado, 26.408 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta segunda-feira (5) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,65%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.792,06), Almadina (6.515,37), Madre de Deus (6.144,22), Itabuna (6.105,81), São José da Vitória (5.497,61).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 631.411 casos descartados e 75.947em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (5).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.953, representando uma letalidade de 2,20%. Dentre os óbitos, 55,75% ocorreram no sexo masculino e 44,25% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,76% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,32%, preta com 15,27%, amarela com 0,79%, indígena com 0,12% e não há informação em 12,74% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,07%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,57%).

Foto: Official White House / Tia Dufour

Boletim médico diz que Trump tem melhora substancial, mas ainda não está fora de perigo

A equipe que cuida do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, divulgou na noite deste sábado (3) um novo boletim sobre a sua saúde. Trump foi internado em um hospital militar desde sexta-feira (2) após ser infectado pela Covid-19.

Segundo nota escrita pelo líder da equipe de médicos da Casa Branca, Sean Conley, Trump teve “uma melhora substancial, embora ainda não esteja fora de perigo”.

No comunicado ainda diz que o presidente tomou uma nova dose do antiviral remdesivir e continua sem febre e sem oxigênio suplementar, com um nível de saturação entre 96% e 98% o dia todo.

De acordo ainda com a nota, o presidente passou a parte da tarde trabalhando, levantou e se movimentou pela suíte sem dificuldade, mas o médico alerta que a equipe continua “cautelosamente otimista”.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: nas últimas 24h, a Bahia registra 46 mortes e 1.307 novos casos

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 46 mortes, 1.307 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.444 curados (+0,5%). Dos 314.711 casos confirmados desde o início da pandemia, 301.080 já são considerados curados e 6.741 encontram-se ativos. No estado, 26.331 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste sábado (3) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,75%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.733,28), Almadina (6.497,07), Madre de Deus (6.120,51), Itabuna (6.082,83), São José da Vitória (5.338,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 627.589 casos descartados e 78.729 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (3).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.890, representando uma letalidade de 2,19%. Dentre os óbitos, 55,72% ocorreram no sexo masculino e 44,28% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,74% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,26%, preta com 15,27%, amarela com 0,80%, indígena com 0,12% e não há informação em 12,82% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,03%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,70%).

Foto: Official White House / Tia Dufour

Donald Trump é internado em hospital após diagnóstico de covid-19

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, após receber diagnóstico de Covid-19, foi levado a um hospital nesta sexta-feira (2). Segundo a Casa Branca, a decisão pela entrada na unidade de saúde foi tomada como medida de precaução.

Em um comunicado, a porta-voz também disse que Trump trabalhou ao longo do dia, tem sintomas leves e “permanece animado”. Em uma nota divulgada anteriormente pela Casa Branca dizia que o presidente sentia fadiga e que ele recebeu uma dose de oito gramas de um coquetel antiviral ainda em fase de testes nos EUA.

Trump disse em um vídeo publicado nas redes sociais, que “acha que está muito bem”. “Mas vamos ter certeza de que as coisas vão dar certo”, afirmou o presidente sobre a ida ao hospital.

A primeira-dama Melania Trump, também foi diagnosticada com o novo coronavírus, e segundo Trump, ela passa bem. Segundo o governo americano ela teve tosse e dor de cabeça, mas não deu entrada no hospital.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 47 mortes e 2.274 novos casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 47 mortes, 2.274 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,7%) e 1.317 curados (+0,4%). Dos 310.526 casos confirmados desde o início da pandemia, 296.207 já são considerados curados e 6.744 encontram-se ativos. No estado, 26.105 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quarta-feira (30) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

06:

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,01%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.622,26), Almadina (6.387,26), Madre de Deus (6.049,40), Itabuna (6.025,62), São José da Vitória (5.151,75).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 616.533 casos descartados e 73.826 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (30).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.744, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,87% ocorreram no sexo masculino e 44,13% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,65% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,05%, preta com 15,30%, amarela com 0,82%, indígena com 0,12% e não há informação em 13,06% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,08%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,62%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 49 mortes e 593 casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 49 mortes, 593 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 789 curados (+0,3%). Dos 306.629 casos confirmados desde o início da pandemia, 293.225 já são considerados curados e 6.756 encontram-se ativos. No estado, 25.861 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta segunda-feira (28) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,17%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.537,36), Almadina (6.350,66), Madre de Deus (5.973,55), Itabuna (5.971,68), Dário Meira (5.144,72).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 607.761 casos descartados e 72.647 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (28).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.648, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,97% ocorreram no sexo masculino e 44,03% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,55% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,04%, preta com 15,25%, amarela com 0,83%, indígena com 0,12% e não há informação em 13,21% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,16%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,53%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 47 mortes e 850 casos de covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 47 mortes, 850 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.074 curados (+0,4%). Dos 306.036 casos confirmados desde o início da pandemia, 292.436 já são considerados curados e 7.001 encontram-se ativos. No estado, 25.810 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (27) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,20%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.537,36), Almadina (6.350,66), Madre de Deus (5.973,55), Itabuna (5.946,36), Dário Meira (5.144,72).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.599, representando uma letalidade de 2,16%. Dentre os óbitos, 55,84% ocorreram no sexo masculino e 44,16% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,55% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,05%, preta com 15,18%, amarela com 0,80%, indígena com 0,12% e não há informação em 13,29% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,19%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,65%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 47 mortes e 1.833 novos casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 47 mortes, 1.833 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de (+0,6%) e 1.857 curados (+0,7%). Dos 301.248 casos confirmados desde o início da pandemia, 287.486 já são considerados curados e 7.307 encontram-se ativos. No estado, 25.507 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (24) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,38%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.432,86), Almadina (6.314,06), Madre de Deus (5.892,95), Itabuna (5.860,06), Dário Meira (5.088,70).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 596.056 casos descartados e 74.522 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (24).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.455, representando uma letalidade de 2,14%. Dentre os óbitos, 55,85% ocorreram no sexo masculino e 44,15% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,46% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,93%, preta com 15,21%, amarela com 0,82%, indígena com 0,11% e não há informação em 13,46% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 73,35%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,76%).

Foto: Reprodução / Prefeitura de Novo Horizonte

Bahia passa a ter registro da covid-19 em todos os 417 municípios

O boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), nesta terça-feira (22) aponta agora que todos os 417 municípios do estado da Bahia registram pacientes com a covid-19. O município de Novo Horizonte, na Chapada diamantina, tem dois casos da doença confirmados. Os pacientes são uma mulher de 36 anos e seu filho de 11, que estão assintomáticos.

Segundo o secretário da Saúde da cidade, Aílton Alexandre, a família é natural de Novo Horizonte, mas estava morando em São Paulo. Como perderam seus empregos por lá resolveram voltar para a Bahia.

Ainda em São Paulo, o marido teve confirmação da covid-19, dias antes de voltar para Novo Horizonte. Ele na chegada ao município informou a Secretaria da Saúde e permaneceu 17 dias em isolamento. De acordo com o secretário, após este período fez o PCR e deu negativo.

A família já têm 23 dias de isolamento, todos assintomáticos e sem febre. Conforme a Vigilância Epidemiológica do Estado, o avanço da doença na Bahia já era esperado, por causa do fluxo e deslocamentos feitos pelas pessoas.

Novo Horizonte fica na região da Chapada Diamantina, está cerca de 560 km de Salvador e tem aproximadamente 12.500 habitantes.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 46 mortes e 1.809 novos casos de covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 46 mortes, 1.809 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.507 curados (+0,5%). Dos 297.805 casos confirmados desde o início da pandemia, 282.229 já são considerados curados e 7.710 encontram-se ativos. No estado, 24.918 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta terça-feira (22) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,46%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.387,15), Almadina (6.204,25, Itabuna (5.808,47), Madre de Deus (5.798,13), Dário Meira (5.060,69).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 587.382 casos descartados e 71.690 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terçafeira (22).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.359, representando uma letalidade de 2,14%. Dentre os óbitos, 55,97% ocorreram no sexo masculino e 44,03% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,26% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,91%, preta com 15,30%, amarela com 0,83%, indígena com 0,09% e não há informação em 13,60% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 73,91%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,70%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Em 24h, foram registradas 44 mortes e 1.093 novos casos de covid-19 na Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 44 mortes, 1.093 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.094 curados (+0,4%). Dos 295.303 casos confirmados desde o início da pandemia, 281.445 já são considerados curados e 7.593 encontram-se ativos. No estado, 25.147 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (20) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,53%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.367,55), Almadina (6.131,04), Madre de Deus (5.793,39), Itabuna (5.767,67), Dário Meira (5.051,35).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 581.840 casos descartados e 69.596 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (20).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.265, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,90% ocorreram no sexo masculino e 44,10% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,18% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,76%, preta com 15,34%, amarela com 0,85%, indígena com 0,10% e não há informação em 13,77% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,16%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,94%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: nas últimas 24 horas, foram registradas 40 mortes e 2.191 novos casos na Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 40 mortes, 2.191 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 1.861 curados (+0,7%). Dos 294.210 casos confirmados desde o início da pandemia, 280.351 já são considerados curados e 7.638 encontram-se ativos. No estado, 24.671 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste sábado (19) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,65%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.321,84), Almadina (6.131,04), Madre de Deus (5.703,31), Itabuna (5.688,41) e Dário Meira (5.051,35).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 578.932 casos descartados e 71.498 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (19).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.221, representando uma letalidade de 2,11%. Dentre os óbitos, 55,89% ocorreram no sexo masculino e 44,11% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,13% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,78%, preta com 15,37%, amarela com 0,85%, indígena com 0,10% e não há informação em 13,78% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,31%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,01%).

Foto: Reprodução / Sesab

Dezessete funcionários de policlínica em Jacobina testam positivo para a covid-19

Uma policlínica em Jacobina, ao norte da Bahia, tem a possibilidade de fechar temporariamente por causa da testagem positiva para a covid-19, nesta quinta-feira (17), de dezessete funcionários.

Nesta sexta (18), mais 33 funcionários aguardam o resultado dos testes do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Durante três meses da pandemia, entre maio e julho, a policlínica teve atendimento suspenso. Desde então, os funcionários já foram testados cinco vezes para saber se contraíram o coronavírus.

A unidade de Jacobina atende pacientes da própria cidade e de outros 16 municípios da região. Entre eles, Miguel Calmon, Capim Grosso, Caldeirão Grande e Caém.

As gestões municipais ligadas ao consórcio aguardam os resultados dos exames para decidir se a unidade segue em atendimento ou se será fechada.

A direção da policlínica informou que tem seguido todas as medidas de segurança para evitar contaminação dos pacientes. No momento, a policlínica funciona com capacidade de 75%, realizando cerca de 200 atendimentos por dia.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 47 mortes e 1.970 novos casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 47 mortes, 1.970 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,7%) e 1.885 curados (+0,7%). Dos 289.655 casos confirmados desde o início da pandemia, 276.502 já são considerados curados e 7.021 encontram-se ativos. No estado, 24.790 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (17) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,80%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.250,00), Almadina (6.131,04), Itabuna (5.596,49), Madre de Deus (5.376,19), Dário Meira (5.051,35).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 568.886 casos descartados e 71.291 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (17).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.132, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,89% ocorreram no sexo masculino e 44,11% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,92% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,72%, preta com 15,49%, amarela com 0,83%, indígena com 0,10% e não há informação em 13,94% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,54%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,09%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia passa de 6 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 41 mortes, 2.213 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.237 curados (+0,8%). Dos 285.448 casos confirmados desde o início da pandemia, 272.127 já são considerados curados e 7.281 encontram-se ativos. No estado, 24.568 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta terça-feira (15) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,93%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.191,22), Almadina (6.131,04), Itabuna (5.493,78), Madre de Deus (5.082,25), Dário Meira (5.023,34).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 559.941 casos descartados e 68.741 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (15).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.040, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,83% ocorreram no sexo masculino e 44,17% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,70% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,75%, preta com 15,50%, amarela com 0,84%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,11% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,80%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,07%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 38 mortes e 718 casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 38 mortes, 718 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 777 curados (+0,3%). Dos 283.235 casos confirmados desde o início da pandemia, 269.890 já são considerados curados e 7.346 encontram-se ativos. No estado, 24.451 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta segunda (14) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,91%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.184,69), Almadina (6.021,23), Itabuna (5.461,89), Madre de Deus (5.039,59), Dário Meira (5.014,01).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 555.790 casos descartados e 67.023 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (14).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.999, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,83% ocorreram no sexo masculino e 44,17% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,64% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,80%, preta com 15,45%, amarela com 0,85%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,15% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,83%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,19%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia chega próximo de 6 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 49 mortes, 852 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 905 curados (+0,3%). Dos 282.517 casos confirmados desde o início da pandemia, 269.111 já são considerados curados e 7.443 encontram-se ativos. No estado, 24.058 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (13) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,00%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (6.184,69), Almadina (5.966,33), Itabuna (5.434,69), Dário Meira (5.014,01), Madre de Deus (4.996,92).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 553.134 casos descartados e 68.685 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas deste domingo (13).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.961, representando uma letalidade de 2,11%. Dentre os óbitos, 55,81% ocorreram no sexo masculino e 44,19% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,61% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,78%, preta com 15,45%, amarela com 0,82%, indígena com 0,10% e não há informação em 12,24% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,94%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,14%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 48 mortes e 2.182 casos de covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 48 mortes, 2.182 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.155 curados (+0,8%). Dos 279.509 casos confirmados desde o início da pandemia, 265.969 já são considerados curados e 7.674 encontram-se ativos. No estado, 24.269 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta sexta-feira (11) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,23%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.106,32), Almadina (5.948,02), Itabuna (5.365,27), Dário Meira (4.976,66), Salinas da Margarida (4.793,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 545.560 casos descartados e 69.687 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (11).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.866, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,78% ocorreram no sexo masculino e 44,22% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,49% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,67%, preta com 15,46%, amarela com 0,82%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,46% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,08%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,14%).