Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia contabiliza o total de 340.665 casos confirmados e 7.407 mortes

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 23 mortes, 1.450 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.266 recuperados (+0,4%). Dos 340.665 casos confirmados desde o início da pandemia, 326.400 já são considerados sem sintomas e 6.858 encontram-se ativos. No estado, 28.162 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.987,20), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.406,44), Madre de Deus (6.343,34)), Apuarema (6.002,73).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 691.022 casos descartados e 80.027 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (22).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.407, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,99% ocorreram no sexo masculino e 44,01% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,27% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,63%, preta com 15,12%, amarela com 0,77%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,10% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,09%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,15%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 28 mortes e 654 casos de covid-19 em 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 28 mortes, 654 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 829 curados (+0,3%). Dos 335.351 casos confirmados desde o início da pandemia, 321.266 já são considerados curados e 6.769 encontram-se ativos. No estado, 27.815 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (18) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,80%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia ((7.823,93), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.344,06), Madre de Deus (6.314,89), Apuarema (5.893,59).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 680.406 casos descartados e 77.139 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (18).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.316, representando uma letalidade de 2,18%. Dentre os óbitos, 55,90% ocorreram no sexo masculino e 44,10% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,17% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,59%, preta com 15,13%, amarela com 0,78%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,22% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,16%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,18%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 29 mortes e 1.575 casos nas últimas 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 29 mortes, 1.575 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 1.434 curados (+0,5%). Dos 331.362 casos confirmados desde o início da pandemia, 317.297 já são considerados curados e 6.822 encontram-se ativos. No estado, 27.489 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (15) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,01%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.438,61), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.307,01), Madre de Deus (6.239,04), Apuarema (5.716,23).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 671.204 casos descartados e 76.967 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (15).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.243, representando uma letalidade de 2,19%. Dentre os óbitos, 55,93% ocorreram no sexo masculino e 44,07% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,16% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,47%, preta com 15,13%, amarela com 0,79%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,39% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,12%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,27%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia contabiliza 29 mortes e 993 casos de covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 29 mortes, 993 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.015 curados (+0,3%). Dos 325.957 casos confirmados desde o início da pandemia, 312.069 já são considerados curados e 6.760 encontram-se ativos. No estado, 27.063 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (11) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,19%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.170,85), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.240,88, Madre de Deus (6.210,59), Apuarema (5.648,02).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 657.777 casos descartados e 78.750 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (11).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.128, representando uma letalidade de 2,19%. Dentre os óbitos, 55,81% ocorreram no sexo masculino e 44,19% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,04% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,42%, preta com 15,11%, amarela com 0,80%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,51% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade de 72,21%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,33%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra nas últimas 24 h, 28 mortes e 1.817 novos casos

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 28 mortes, 1.817 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.504 curados (+0,5%). Dos 321.798 casos confirmados desde o início da pandemia, 307.869 já são considerados curados e 6.880 encontram-se ativos. No estado, 26.775 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (8) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,40%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.007,58), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.195,39), Madre de Deus (6.186,89), São José da Vitória (5.568,32).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 646.048 casos descartados e 78.916 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (8).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.049, representando uma letalidade de 2,19%. Dentre os óbitos, 55,84% ocorreram no sexo masculino e 44,16% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,92% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,39%, preta com 15,18%, amarela com 0,78%, indígena com 0,11% e não há informação em 12,61% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,14%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,36%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia contabiliza 28 mortes e 565 casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 28 mortes, 565 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 994 curados (+0,3%). Dos 316.005 casos confirmados desde o início da pandemia, 302.916 já são considerados curados e 6.136 encontram-se ativos. No estado, 26.408 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta segunda-feira (5) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,65%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.792,06), Almadina (6.515,37), Madre de Deus (6.144,22), Itabuna (6.105,81), São José da Vitória (5.497,61).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 631.411 casos descartados e 75.947em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (5).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.953, representando uma letalidade de 2,20%. Dentre os óbitos, 55,75% ocorreram no sexo masculino e 44,25% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,76% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,32%, preta com 15,27%, amarela com 0,79%, indígena com 0,12% e não há informação em 12,74% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,07%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,57%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: nas últimas 24h, a Bahia registra 46 mortes e 1.307 novos casos

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 46 mortes, 1.307 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.444 curados (+0,5%). Dos 314.711 casos confirmados desde o início da pandemia, 301.080 já são considerados curados e 6.741 encontram-se ativos. No estado, 26.331 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste sábado (3) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,75%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.733,28), Almadina (6.497,07), Madre de Deus (6.120,51), Itabuna (6.082,83), São José da Vitória (5.338,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 627.589 casos descartados e 78.729 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (3).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.890, representando uma letalidade de 2,19%. Dentre os óbitos, 55,72% ocorreram no sexo masculino e 44,28% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,74% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,26%, preta com 15,27%, amarela com 0,80%, indígena com 0,12% e não há informação em 12,82% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,03%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,70%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 47 mortes e 2.274 novos casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 47 mortes, 2.274 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,7%) e 1.317 curados (+0,4%). Dos 310.526 casos confirmados desde o início da pandemia, 296.207 já são considerados curados e 6.744 encontram-se ativos. No estado, 26.105 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quarta-feira (30) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

06:

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,01%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.622,26), Almadina (6.387,26), Madre de Deus (6.049,40), Itabuna (6.025,62), São José da Vitória (5.151,75).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 616.533 casos descartados e 73.826 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (30).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.744, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,87% ocorreram no sexo masculino e 44,13% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,65% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,05%, preta com 15,30%, amarela com 0,82%, indígena com 0,12% e não há informação em 13,06% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,08%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,62%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 49 mortes e 593 casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 49 mortes, 593 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 789 curados (+0,3%). Dos 306.629 casos confirmados desde o início da pandemia, 293.225 já são considerados curados e 6.756 encontram-se ativos. No estado, 25.861 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta segunda-feira (28) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,17%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.537,36), Almadina (6.350,66), Madre de Deus (5.973,55), Itabuna (5.971,68), Dário Meira (5.144,72).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 607.761 casos descartados e 72.647 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (28).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.648, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,97% ocorreram no sexo masculino e 44,03% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,55% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,04%, preta com 15,25%, amarela com 0,83%, indígena com 0,12% e não há informação em 13,21% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,16%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,53%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 47 mortes e 850 casos de covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 47 mortes, 850 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.074 curados (+0,4%). Dos 306.036 casos confirmados desde o início da pandemia, 292.436 já são considerados curados e 7.001 encontram-se ativos. No estado, 25.810 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (27) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,20%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.537,36), Almadina (6.350,66), Madre de Deus (5.973,55), Itabuna (5.946,36), Dário Meira (5.144,72).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.599, representando uma letalidade de 2,16%. Dentre os óbitos, 55,84% ocorreram no sexo masculino e 44,16% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,55% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,05%, preta com 15,18%, amarela com 0,80%, indígena com 0,12% e não há informação em 13,29% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,19%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,65%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 47 mortes e 1.833 novos casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 47 mortes, 1.833 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de (+0,6%) e 1.857 curados (+0,7%). Dos 301.248 casos confirmados desde o início da pandemia, 287.486 já são considerados curados e 7.307 encontram-se ativos. No estado, 25.507 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (24) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,38%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.432,86), Almadina (6.314,06), Madre de Deus (5.892,95), Itabuna (5.860,06), Dário Meira (5.088,70).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 596.056 casos descartados e 74.522 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (24).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.455, representando uma letalidade de 2,14%. Dentre os óbitos, 55,85% ocorreram no sexo masculino e 44,15% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,46% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,93%, preta com 15,21%, amarela com 0,82%, indígena com 0,11% e não há informação em 13,46% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 73,35%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,76%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 46 mortes e 1.809 novos casos de covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 46 mortes, 1.809 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.507 curados (+0,5%). Dos 297.805 casos confirmados desde o início da pandemia, 282.229 já são considerados curados e 7.710 encontram-se ativos. No estado, 24.918 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta terça-feira (22) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,46%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.387,15), Almadina (6.204,25, Itabuna (5.808,47), Madre de Deus (5.798,13), Dário Meira (5.060,69).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 587.382 casos descartados e 71.690 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terçafeira (22).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.359, representando uma letalidade de 2,14%. Dentre os óbitos, 55,97% ocorreram no sexo masculino e 44,03% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,26% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,91%, preta com 15,30%, amarela com 0,83%, indígena com 0,09% e não há informação em 13,60% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 73,91%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,70%).

Foto: Bruno Concha / Secom

Praias em Salvador estão liberadas a partir desta segunda; veja quais

A partir desta segunda (21), se inicia a reabertura gradual das praias da Salvador, que estavam fechadas há seis meses, como medida contra a proliferação da Covid-19. Entretanto, as praias do Porto da Barra, Buracão e Paciência no Rio Vermelho, segundo a prefeitura, ainda permanecem fechadas por possuírem uma faixa de areia muito estreia, e costumam ter um fluxo grande de pessoas durante a semana. 

De segunda a sexta, as demais praias podem receber normalmente os banhistas, com exceção de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Itapuã e Amaralina, que reabrem para o público de terça a sexta.

A Guarda Civil Municipal (GCM) montou um esquema especial de fiscalização que entra em vigor nesta segunda. Não há restrição de horário, e o uso nos finais de semana e feriados está proibido. Essa estratégia de liberar algumas praias em determinados dias e manter outras fechadas visa impedir aglomerações.

A operação se estende por 50km de orla, envolvendo 60 agentes, 12 viaturas e 6 motos, com intuito de monitorar o cumprimento dos protocolos fixados pela Prefeitura para garantir a segurança sanitária dos banhistas. As praias estavam fechadas há seis meses como medida contra a proliferação da Covid-19. 

Entre as regras do protocolo setorial estão o uso obrigatório de máscara (só pode tirar no momento do banho) e a proibição da utilização de cadeiras, sombreiros, caixas térmicas, instrumentos musicais e equipamentos sonoros, bem como a comercialização de produtos. Os comerciantes informais e barraqueiros que costumam trabalhar na faixa de areia continuam isentos de taxas municipais e recebendo o auxílio de R$270 da Prefeitura.  

A prática de atividades esportivas está liberada de forma individual ou em dupla – as que envolvam mais pessoas e/ou provoquem contato físico, a exemplo do tradicional “baba”, estão proibidas. 

Durante a operação, a GCM conta com o apoio de agentes da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Secretaria de Ordem Pública (Semop), Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) e da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). A população pode denunciar o descumprimento dos protocolos pelo Fala Salvador (156) ou Disque Coronavírus (160). 

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Em 24h, foram registradas 44 mortes e 1.093 novos casos de covid-19 na Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 44 mortes, 1.093 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.094 curados (+0,4%). Dos 295.303 casos confirmados desde o início da pandemia, 281.445 já são considerados curados e 7.593 encontram-se ativos. No estado, 25.147 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (20) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,53%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.367,55), Almadina (6.131,04), Madre de Deus (5.793,39), Itabuna (5.767,67), Dário Meira (5.051,35).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 581.840 casos descartados e 69.596 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (20).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.265, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,90% ocorreram no sexo masculino e 44,10% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,18% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,76%, preta com 15,34%, amarela com 0,85%, indígena com 0,10% e não há informação em 13,77% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,16%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,94%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: nas últimas 24 horas, foram registradas 40 mortes e 2.191 novos casos na Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 40 mortes, 2.191 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 1.861 curados (+0,7%). Dos 294.210 casos confirmados desde o início da pandemia, 280.351 já são considerados curados e 7.638 encontram-se ativos. No estado, 24.671 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste sábado (19) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,65%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.321,84), Almadina (6.131,04), Madre de Deus (5.703,31), Itabuna (5.688,41) e Dário Meira (5.051,35).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 578.932 casos descartados e 71.498 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (19).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.221, representando uma letalidade de 2,11%. Dentre os óbitos, 55,89% ocorreram no sexo masculino e 44,11% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 53,13% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,78%, preta com 15,37%, amarela com 0,85%, indígena com 0,10% e não há informação em 13,78% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,31%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,01%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 47 mortes e 1.970 novos casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 47 mortes, 1.970 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,7%) e 1.885 curados (+0,7%). Dos 289.655 casos confirmados desde o início da pandemia, 276.502 já são considerados curados e 7.021 encontram-se ativos. No estado, 24.790 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (17) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,80%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.250,00), Almadina (6.131,04), Itabuna (5.596,49), Madre de Deus (5.376,19), Dário Meira (5.051,35).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 568.886 casos descartados e 71.291 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (17).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.132, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,89% ocorreram no sexo masculino e 44,11% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,92% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,72%, preta com 15,49%, amarela com 0,83%, indígena com 0,10% e não há informação em 13,94% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,54%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,09%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia passa de 6 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 41 mortes, 2.213 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.237 curados (+0,8%). Dos 285.448 casos confirmados desde o início da pandemia, 272.127 já são considerados curados e 7.281 encontram-se ativos. No estado, 24.568 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta terça-feira (15) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,93%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.191,22), Almadina (6.131,04), Itabuna (5.493,78), Madre de Deus (5.082,25), Dário Meira (5.023,34).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 559.941 casos descartados e 68.741 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (15).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.040, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,83% ocorreram no sexo masculino e 44,17% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,70% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,75%, preta com 15,50%, amarela com 0,84%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,11% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,80%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,07%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 38 mortes e 718 casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 38 mortes, 718 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 777 curados (+0,3%). Dos 283.235 casos confirmados desde o início da pandemia, 269.890 já são considerados curados e 7.346 encontram-se ativos. No estado, 24.451 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta segunda (14) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,91%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.184,69), Almadina (6.021,23), Itabuna (5.461,89), Madre de Deus (5.039,59), Dário Meira (5.014,01).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 555.790 casos descartados e 67.023 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (14).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.999, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,83% ocorreram no sexo masculino e 44,17% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,64% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,80%, preta com 15,45%, amarela com 0,85%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,15% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,83%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,19%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia chega próximo de 6 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 49 mortes, 852 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 905 curados (+0,3%). Dos 282.517 casos confirmados desde o início da pandemia, 269.111 já são considerados curados e 7.443 encontram-se ativos. No estado, 24.058 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (13) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,00%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (6.184,69), Almadina (5.966,33), Itabuna (5.434,69), Dário Meira (5.014,01), Madre de Deus (4.996,92).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 553.134 casos descartados e 68.685 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas deste domingo (13).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.961, representando uma letalidade de 2,11%. Dentre os óbitos, 55,81% ocorreram no sexo masculino e 44,19% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,61% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,78%, preta com 15,45%, amarela com 0,82%, indígena com 0,10% e não há informação em 12,24% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 74,94%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,14%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 48 mortes e 2.182 casos de covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 48 mortes, 2.182 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.155 curados (+0,8%). Dos 279.509 casos confirmados desde o início da pandemia, 265.969 já são considerados curados e 7.674 encontram-se ativos. No estado, 24.269 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta sexta-feira (11) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,23%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.106,32), Almadina (5.948,02), Itabuna (5.365,27), Dário Meira (4.976,66), Salinas da Margarida (4.793,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 545.560 casos descartados e 69.687 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (11).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.866, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,78% ocorreram no sexo masculino e 44,22% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,49% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,67%, preta com 15,46%, amarela com 0,82%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,46% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,08%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,14%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 44 mortes e 2.239 novos casos de covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 44 mortes, 2.239 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.330 curados (+0,9%). Dos 277.327 casos confirmados desde o início da pandemia, 263.814 já são considerados curados e 7.695 encontram-se ativos. No estado, 24.204 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (10) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,29%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.093,26), Almadina (5.911,42), Itabuna (5.305,71), Dário Meira (4.976,66), Salinas da Margarida (4.793,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 523.864 casos descartados e 85.558 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (10).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.818, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,81% ocorreram no sexo masculino e 44,19% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,53% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,55%, preta com 15,49%, amarela com 0,83%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,51% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,13%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,28%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 40 mortes e 2.274 novos casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 40 mortes, 2.274 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.245 curados (+0,9%). Dos 275.088 casos confirmados desde o início da pandemia, 261.484 já são considerados curados e 7.830 encontram-se ativos. No estado, 24.104 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quarta-feira (9) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,36%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.067,14), Almadina (5.911,41), Itabuna (5.264,44), Dário Meira (4.967,32), Salinas da Margarida (4.793,92).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 518.122 casos descartados e 85.196 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (9).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.774, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,80% ocorreram no sexo masculino e 44,20% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,44% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,56%, preta com 15,50%, amarela com 0,81%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,58% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,01%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,24%).

Foto: Manu Dias / GOVBA

Mais três municípios tem o transporte intermunicipal suspenso na Bahia

O transporte Intermunicipal estará suspenso a partir desta quinta-feira (10) nos municípios de Contendas do Sincorá, Ipupiara e Ituaçu. No total, a Bahia possui agora 358 cidades com transporte suspenso.

A medida, que tem o objetivo de conter o avanço do novo coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta (9).

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a chegada e a saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em América Dourada, Ibipitanga, Matina e Rio do Pires, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Lista de municípios:

Abaíra, Abaré, Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Anagé, Andaraí, Andorinha, Angical, Anguera, Antas, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Baianópolis, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Alto, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Belo Campo, Biritinga, Boa Nova, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejões, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Caculé, Caém, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Camacã, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canápolis, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candiba, Cândido Sales, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Casa Nova, Castro Alves, Catolândia, Central, Chorrochó, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Cocos, Conceição do Coité, Conde, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Curaçá, Dário Meira, Dom Basílio, Elísio Medrado, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gavião, Gentio do Ouro, Glória, Gongogi, Guanambi, Guaratinga, Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicaraí, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibititá, Ibotirama, Ichu, Igaporã, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipiaú, Ipirá, Ipupiara, Irajuba, Iramaia,  Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré e Itaetê.

A restrição ainda inclui os municípios de Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itamaraju, Itamari, Itambé, Itanhém, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Itiúba, Itororó, Ituaçu, Ituberá, Jaborandi, Jacaraci, Jacobina, Jaguaquara, Jaguarari, Jandaíra, Jequié, Jiquiriçá, Jeremoabo, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jucuruçu, Jussara, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedão, Lajedinho, Lajedo do Tabocal, Lamarão, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Macururé, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maracás, Maraú, Marcionílio Souza, Mascote, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Milagres, Mirangaba, Mirante, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Muquém do São Francisco, Mutuípe, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã, Nova Fátima, Nova Ibiá, Nova Itarana, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Piatã, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Planaltino, Planalto, Poções, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal e Ribeirão do Largo.

Também estão com transporte suspenso Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salinas da Margarida, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santa Teresinha, Santaluz, Santana, Santanópolis, São Desidério, São Domingos, São Félix do Coribe, São Gabriel, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Miguel das Matas, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saúde, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Tanquinho, Taperoá, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Teolândia, Terra Nova, Tremedal, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Uibaí, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Utinga, Valença, Valente, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova, Varzedo, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia registra 41 mortes e 851 novos casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 41 mortes, 851 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.448 curados (+0,6%). Dos 272.814 casos confirmados desde o início da pandemia, 259.239 já são considerados curados e 7.841 encontram-se ativos. No estado, 24.034 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta terça-feira (8) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,32%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.054,08), Almadina (5.893,12), Itabuna (5.221,29), Dário Meira (4.957,98), Salinas da Margarida (4.793,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 512.440 casos descartados e 84.124 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (8).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.734, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,79% ocorreram no sexo masculino e 44,21% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,39% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,55%, preta com 15,45%, amarela com 0,82%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,68% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,04%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,25%).

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 35 mortes e 738 novos casos em 24h de covid-19

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 35 mortes, 738 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.099 curados (+0,4%). Dos 271.963 casos confirmados desde o início da pandemia, 257.791 já são considerados curados e 8.479 encontram-se ativos. No estado, 23.548 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta segunda-feira (7) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,39%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.041,01), Almadina (5.893,12), Itabuna (5.188,46), Dário Meira (4.95,98) e Salinas da Margarida (4.793,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 510.157 casos descartados e 84.863 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (07).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.693, representando uma letalidade de 2,09%. Dentre os óbitos, 55,86% ocorreram no sexo masculino e 44,14% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,38% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,49%, preta com 15,46%, amarela com 0,83%, indígena com 0,11% e não há informação em 14,74% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,07%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,23%).