Imagem: Band

Rádio BandNews FM começa a série de entrevistas aos candidatos à prefeitura de Salvador nesta segunda

A BandNews FM Salvador começa a série de entrevistas dos candidatos à prefeitura da capital baiana, a partir desta segunda-feira (19). Todos os candidatos participarão das entrevistas na emissora.

O ouvinte pode sintonizar a rádio na frequência 99,1 ou ouvir pela internet. As entrevistas vão de 19 a 29 de outubro, a partir das 9h. Confira:

RÁDIO BANDNDEWS FM: a partir das 9h
Tempo: 20 minutos (por telefone)

19/10: SEGUNDA – OLÍVIA SANTANA / PC DO B
20/10: TERÇA – HILTON COELHO / PSOL
21/10: QUARTA CEZAR LEITE / PRTB
22/10: QUINTA – BRUNO REIS / DEM
23/10: SEXTA – MAJOR DENICE / PT
26/10: SEGUNDA – PASTOR ISIDÓRIO / AVANTE
27/10: TERÇA – BACELAR / PODEMOS
28/10: QUARTA – RODRIGO PEREIRA / PCO
29/10: QUINTA – CELSINHO COTRIM / PROS

A ordem dos entrevistados foi por sorteio na presença dos assessores dos candidatos. Se houver segundo turno, o debate está marcado para o dia 19 de novembro.

Foto: Frank de Castro / Band Notícias BA

Band Bahia realiza o primeiro debate com sete candidatos à Prefeitura de Salvador

A Band Bahia transmitiu o primeiro debate da disputa eleitoral realizado na capital baiana, mediado pela jornalista Carolina Rosa, nesta quinta-feira (1º), às 22h30, na tela da Band Bahia e com transmissão simultânea da Rádio BandNews FM. No estúdio estiveram presentes os candidatos, Bacelar (Podemos), Bruno Reis (DEM), Celsinho Cotrim (PROS), Hilton Coelho (PSOL), Major Denice (PT), Olívia Santana (PC do B) e Pastor Sargento Isidório (Avante).

Durante o debate, a emissora seguiu as normas de higiene e biossegurança para realizar o evento.  Os púlpitos foram higienizados a cada troca de candidato e houve o respeito do distanciamento. No estúdio, todos os participantes usaram máscara e só pôde ser retirada quando o candidato esteve no púlpito.

Os três púlpitos foram colocados a um metro e meio de distância de cada participante. O evento não contou com plateia e o número de assessores no estúdio foi limitado, dois para cada candidato.

O debate da Band foi dividido em cinco blocos. O primeiro com uma abertura de apresentação dos candidatos e participação de jornalistas da Band. Em seguida, perguntas entre os candidatos. O terceiro bloco já teve a escolha de cada participante para fazer a pergunta com réplicas e tréplicas.

Uma nova sequência de perguntas foi solicitada pela jornalista Carolina Rosa no quarto bloco. E para finalizar, os candidatos fizeram as considerações finais.

No início do debate, os candidatos responderam sobre o turismo e cultura. A primeira a se pronunciar foi a Major Denice (PT), que afirmou que vai criar 13 centros do segmento na cidade, e disse que precisa “profissionalizar os cidadãs e cidadãos para trabalhar no pós-pandemia, mas também na reconstrução da cidade, porque é isso que deve se fazer”.

Pastor Sargento Isidório (Avante) disse que vai tentar resolver o problema econômico no pós-pandemia para reerguer a cultura e turismo. “São muitas mortes, são muitas famílias, muitas empresas micro, médias e o pessoal informal, que estão prejudicados, essa crise que trouxe uma maldição para o mundo inteiro”.

Já o candidato Hilton Coelho (PSOL) informou que vai investir na cultura e o turismo no Centro Histórico de Salvador e nas periferias da cidade.

Bruno Reis (DEM) lembrou das ações realizadas pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “Essa semana lançamos editais com R$ 18 milhões para ajudar todos os artistas, músicos, todo o segmento da cultura da nossa cidade”. Afirmou ainda, que é preciso estimular o setor hoteleiro com incentivos fiscais.

A candidata Olívia Santana (PC do B) afirmou que é preciso democratizar o calendário de eventos. “Vamos discutir e trazer o setor da cultura e estabelecer uma política cultural de Salvador decente, democrática e segura, para garantir que todas as pessoas tenham oportunidades”.

Já o representante do PROS, Celsinho Cotrim falou em estratégias para gerar emprego, e que sua experiência na área de turismo pode ajudar no desenvolvimento da cidade. “O turismo não pode ser dissociado da cultura e ele tem que ser visto sob a perspectiva da diversidade e identidade cultural”.

A última participação foi do candidato Bacelar (Podemos). O candidato afirmou que a cidade precisa ter atração turística durante todo o ano. “Ninguém vai atravessar o Atlântico para vim apenas para o carnaval”. Ele ainda falou da necessidade de Salvador gerar mais emprego e renda para a população.

O debate contou com os candidatos cujos partidos têm representatividade no Legislativo, ou seja, tenham no mínimo cinco parlamentares, deputados ou senadores no Congresso, conforme os artigos – 46 da lei 9504/97 – 44 da resolução do TSE 23610/2019.

Confira fotos do debate 2020 da Band Bahia: