Foto: Alberto Maraux / SSP

Casal suspeito de roubos a bancos na Bahia é preso em motel

Policiais prenderam na tarde de terça-feira (20), em um motel, na cidade de Sapeaçu, um casal envolvido em ocorrências de roubos a bancos. Os agentes encontraram munições de fuzil dentro do veículo usado pela dupla. 

Após denúncia anônima de que criminosos envolvidos com as últimas explosões nas agências estariam escondidos no Motel, localizado às margens da BR-101, as equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da Rondesp Leste, da Cipe LN, do 14° BPM e da 27ª CIPM foram até o local.

Segundo os militares, no momento que entraram no quarto usado pelo casal, eles flagraram o homem destruindo um smartphone. O criminoso possui passagem por tráfico de drogas e reside no bairro de Saboeiro, em Salvador. 

Com ele, estava uma mulher, natural de Conceição do Almeida, apontada como integrante de uma organização criminosa que comercializa entorpecentes. Dentro do carro modelo Voyage, placa PJB 7C98, utilizado pelo casal, os PMs apreenderam munições de calibre 7,62. 

Armamentos do mesmo calibre foram usados nos ataques contra as agências de Sapeaçu e Ubaíra. A dupla foi trazida para Salvador, apresentada no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), onde foi autuada em flagrante.

Foto: Reprodução / Blog Braga

Ônibus capota em rodovia e deixa ao menos um morto e mais de 20 feridos

Um capotamento de um ônibus deixou ao menos um morto e 22 feridos, na madrugada desta terça-feira (20), na BR-020, em trecho de Santo Desidério, oeste da Bahia.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o acidente acorreu por volta das 2h da madrugada, nas proximidades do distrito de Roda Velha. No momento do acidente, chovia forte e o veículo capotou após o motorista perder o controle da direção.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros foram acionadas para o local, para o resgate das vítimas. Não há informações sobre qual hospital os feridos foram levados e o estado de saúde deles.  

Foto: Reprodução / Blog Braga

Foto: Reprodução / Sesab

Bahia passa de 2 milhões de baianos vacinados com a primeira dose

A Bahia ultrapassou a marca de 2 milhões de baianos vacinados com a primeira dose da vacina contra a Covid-19, nesta quinta-feira (15). De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “é mais uma vitória a ser celebrada.

Conforme o gestor, o número de 2.000.049 baianos vacinados “representa uma esperança para a sociedade”. Além disso, para acelerar ainda mais a vacinação na Bahia, o governador Rui Costa adquiriu 9,7 milhões de doses da Sputnik V, que aguarda autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para importação da vacina russa.

O secretário ainda diz que a ausência de previsibilidade das entregas de vacinas por parte do Governo Federal, corrobora para frear o ritmo da imunização. “Tenho cobrado celeridade do Governo Federal. Por isso garantimos a Sputnik V e estamos lutando para que a Anvisa autorize a importação da vacina russa. Queremos salvar vidas”, afirmou o governador Rui Costa em um post nas redes sociais.

A Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados, superando a marca de 13% da população vacinada com a primeira dose. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Nas últimas 24h, a Bahia registrou 141 mortes, 3.831 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 3.242 recuperados (+0,4%). Dos 852.458 casos confirmados desde o início da pandemia, 819.319 já são considerados recuperados, 16.139 encontram-se ativos. O estado registrou a marca de 17 mil mortes, de acordo com o boletim desta quinta-feira (15) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Foto: Blog Marcos Frahm

Criminosos fazem reféns e explodem agência bancária em Ubaíra

Na madrugada desta sexta-feira (16), homens armados explodiram uma agência bancária na cidade de Ubaíra. O estabelecimento ficou totalmente destruído. Não há registro de feridos na ação.

Segundo a Polícia Militar, cerca de cinco pessoas participaram da ação, por volta das 3h. O ataque durou cerca de meia hora e os suspeitos utilizaram duas caminhonetes e mais um carro no crime. Os criminosos fizeram pessoas de cidades vizinhas de reféns.

De acordo com testemunhas, durante o ataque ao banco, o grupo armado também disparou tiros de fuzil para assustar a população. Após o assalto, os reféns foram liberados na porta da agência bancária. Ainda não há informações se os suspeitos conseguiram levar algum dinheiro da unidade.

Foto: Prefeitura de Crisópolis

Casa de fogos de artifício explode e deixa ao menos 10 feridos em Crisópolis

Na tarde desta quarta-feira (14), um imóvel onde funcionava uma loja de fogos de artifício explodiu em Crisópolis. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ao menos 10 pessoas ficaram feridas.

Uma adolescente de 13 anos está entre as vítimas. Ela foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.

Conforme os Bombeiros, o imóvel fica na Avenida Nelson Santiago, e a explosão atingiu outras três casas ao lado. Duas delas ficaram completamente destruídas.  

De acordo com a Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec), equipes do órgão estão a caminho do município de Crisópolis, para avaliar os danos causados pela explosão e auxiliar nas ações de assistência às vítimas.

Ainda segundo moradores, na parte de cima do estabelecimento havia uma casa que era do dono da loja. A explosão ocorreu por volta das 16h30.

Equipes do Samu, Policia Militar, Policia Civil e Bombeiros foram encaminhados ao local. Uma parte da energia elétrica da cidade foi desligada para não ocorrer acidentes.

Foto: Fernando Vivas / GOVBA

Governo prorroga toque de recolher até 19 de abril em toda a Bahia

As medidas do governo do Estado de toque de recolher, a proibição das aulas presenciais e a suspensão de eventos em toda a Bahia, que venceriam nesta segunda-feira (12), passam a valer até 19 de abril. A prorrogação foi publicada no domingo (11), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE).

De acordo com o documento, também fica vedada a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h do dia 16 até as 5h de 19 de abril. Das 20h às 5h, em toda a Bahia, segue restrita a locomoção de pessoas, sendo vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas.

Segue proibida ainda, em todo o território baiano, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras até 19 de abril, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Continua autorizado o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos.

Transporte

A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, até 19 de abril. A circulação dos ferry boats também será suspensa das 20h30 às 5h do dia 12 a 16 de abril, ficando vedado o funcionamento nos dias 17 e 18 de abril.

A circulação das lanchinhas fica proibida das 20h30 às 5h, até 19 de abril, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação nos dias 17 e 18 de abril.

Aulas presenciais e eventos

Continuam suspensas, até 19 de abril, as aulas presenciais nas unidades de ensino, públicas e particulares, ressalvados os estágios curriculares obrigatórios dos cursos da área de saúde.

Permanecem proibidos também os eventos e as atividades, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, como eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica.

Foto: Reprodução / GOVBA

Agência Nacional de Transportes leiloa trecho da Ferrovia Oeste-Leste

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) leiloou nesta quinta-feira (8), a subconcessão do trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) que se estende por 537 quilômetros entre as cidades de Ilhéus e Caetité, na Bahia.

Segundo o governo, a atuação ativa do estado foi importante para retomar a obra, de responsabilidade da União, por entender a importância do equipamento para o desenvolvimento econômico do estado.

O estado destaca que em decorrência desse movimento, foi possível haver o leilão do trecho da Ferrovia EF-334/BA, que aconteceu na tarde desta quinta-feira, na B3, em São Paulo, por meio online. O arremate foi feito pela Bahia Mineração (Bamin), no valor de R$32,730 milhões.

O trecho 1 já tem mais de 80% concluído, com previsão de conclusão em 24 meses. Com o trecho 2, que chegará até Barreiras, a ferrovia funcionará como um corredor de escoamento de minérios do sudoeste baiano e da produção agrícola que vem do oeste, levando toda esta carga para o Porto Sul, uma das principais obras estruturantes realizadas pelo Governo da Bahia. 

Com a construção da Ponte Salvador-Itaparica, outra grande obra estruturante do estado, o acesso entre a capital e o porto terá ainda redução de 100 km no trajeto.

Além da atração de empreendimentos e prospecção mineral para ampliar viabilidade da ferrovia, nos últimos anos, a Bahia atuou ainda para que o Tribunal de Contas da União (TCU) se posicionasse acerca da licitação para conclusão das obras do primeiro trecho, que estavam aguardando autorização do órgão para ser licitadas.

A Fiol tem uma relação direta de dependência com o Porto Sul, localizado no distrito de Aritaguá, em Ilhéus, que está sendo constituído através de uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) firmada entre o Estado da Bahia e a Bamin. A ferrovia irá transportar a produção de minérios e de grãos até o porto para que as cargas sejam distribuídas. 

Foto: Divulgação / SSP

Polícia flagra dupla com armas no município de Jaguaquara

A Polícia Militar flagrou dois homens com armas, munições, rádio comunicador e algema, no município de Jaguaquara, na manhã desta quarta-feira (7).

De acordo com o comandante da unidade, tenente-coronel Elberth Vinhático, a dupla foi capturada, na rua DA Cigarra. “Todo material foi localizado no momento da abordagem pessoal”, acrescentou o oficial.

Com os criminosos foram encontrados um revólver calibre 44, uma carabina, 17 munições, uma algema, balança e um rádio comunicador. A ocorrência foi registrada na 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Jequié).

Foto: Divulgação / PRF

PRF registra mais de 4 mil infrações de trânsito durante o feriado da Semana Santa na Bahia

A Operação Semana Santa da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia registrou 4.103 infrações de trânsito durante este período. Segundo o órgão, entre a quinta-feira (1º) e o domingo (4), duas pessoas morreram e 40 ficaram feridas.

No balanço, ainda foram registrados 40 acidentes. Desse total, nove foram considerados graves, com pelo menos, um óbito ou ferido gravemente.

Conforme o órgão, 3.324 veículos e 3.788 pessoas foram fiscalizados no período da operação. O foco dos agentes foi na fiscalização das rodovias, principalmente, no combate ao excesso de velocidade, embriaguez ao volante e as ultrapassagens irregulares.

A PRF registrou ainda 1.096 pessoas autuadas por causa de ultrapassagem proibida, tipo de acidente que mais fere gravemente e mata pessoas em rodovias. Também foram realizados 250 testes de bafômetro, sendo constatados 25 testes positivos.

Durante as fiscalizações, a PRF também flagrou trezentas e dez pessoas sem o cinto de segurança, emitiu 102 autos de infração para motociclistas ou passageiros sem capacete e 40 motoristas foram flagrados com crianças sem a cadeirinha de segurança.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia contabiliza 86 mortes e 2.073 casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 86 mortes, 2.073 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 2.068 recuperados (+0,3%). Dos 817.722 casos confirmados desde o início da pandemia, 787.720 já são considerados recuperados, 14.206 encontram-se ativos e 15.796 tiveram óbito confirmado. No estado, 45.770 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta segunda-feira (5) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.135.118 casos descartados e 182.179 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 15.796, representando uma letalidade de 1,93%. Dentre os óbitos, 55,39% ocorreram no sexo masculino e 44,61% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,70% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,61%, preta com 15,27%, amarela com 0,48%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,82% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 66,94%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,94%).

Situação da regulação de Covid-19

Até as 15h desta segunda-feira, 114 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 33 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 1.735.679 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 336.924 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta terça-feira, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Nas últimas 24h, Bahia registra 50 mortes e 1.855 casos de Covid-19

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 50 mortes, 1.855 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.587 recuperados (+0,3%). Dos 813.794 casos confirmados desde o início da pandemia, 783.065 já são considerados recuperados, 15.069 encontram-se ativos e 15.660 tiveram óbito confirmado. No estado, 45.743 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (4) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.133.950 casos descartados e 183.161 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo.

Na Bahia, 45.743 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 15.710, representando uma letalidade de 1,93%. Dentre os óbitos, 55,40% ocorreram no sexo masculino e 44,60% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,74% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,53%, preta com 15,30%, amarela com 0,48%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,82% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 67,03%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,98%).

Situação da regulação de Covid-19

Até as 15h deste domingo, 130 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 50 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 1.715.592 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 332.610 receberam também a segunda dose, até as 15 horas deste domingo, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia contabiliza 61 mortes e 1.986 casos de Covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 61 mortes, 1.986 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.795 recuperados (+0,4%). Dos 813.794 casos confirmados desde o início da pandemia, 783.065 já são considerados recuperados, 15.069 encontram-se ativos e 15.660 tiveram óbito confirmado. No estado, 45.709 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. de acordo com o boletim deste sábado (3) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.132.127casos descartados e 184.304 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 15.472, representando uma letalidade de 1,91%. Dentre os óbitos, 55,47% ocorreram no sexo masculino e 44,53% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,74% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,48%, preta com 15,27%, amarela com 0,49%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,89% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 67,30%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,03%).

Situação da regulação de Covid-19

Até as 15h desta sábado, 104 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 58 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 1.696.104 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 328.943 receberam também a segunda dose, até as 15 horas deste sábado, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Foto: Reprodução / Casa Rosada

Bahia e mais oito estados pedem a Anvisa autorização de importação da Sputnik V

A Bahia e mais oito estados pediram a importação da vacina Sputnik V, para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A informação foi divulgada pelo órgão na quinta-feira (1º).

As solicitações do imunizante fabricado pela Rússia foram feitas pelo Bahia, Acre, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Sergipe.

Segundo a agência reguladora, o pedido será analisado conforme a resolução que estabelece os requisitos que devem ser cumpridos para autorização excepcional e temporária de importação de medicamentos e vacinas contra a covid-19.

Em nota, a agência também informou que a diretoria e governadores deverão ter uma reunião técnica na semana que vem para tratar do procedimento de autorização.

“A Anvisa permanece comprometida com a disponibilização de vacinas à população em tempo oportuno e com a devida segurança, qualidade e eficácia. Assim, segue atuando conforme os procedimentos científicos e regulatórios necessários à autorização desses produtos”, diz a nota do órgão.

Foto: Fernando Vivas / GOVBA

Confira as alterações das medidas restritivas na Bahia

O Governo do Estado e prefeituras fizeram mudanças nas restrições vigentes, após reunião do governador Rui Costa com os gestores municipais, na tarde desta quinta-feira (1º). As medidas serão publicadas na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (2). Um das novidades é a redução do toque de recolher, que passa a valer das 20h às 5h, em todo o estado, no período de 5 a 12 de abril.

Segundo o governo, os estabelecimentos comerciais e de serviços deverão encerrar as atividades com até 30 minutos de antecedência do início da restrição de circulação de pessoas, que é das 20h às 5h, para garantir o deslocamento dos funcionários e colaboradores às suas residências.

Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres deverão encerrar o atendimento presencial às 18h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, no período de 5 de abril até 12 de abril.

Fica proibida, em todo o território da Bahia, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), das 18h de 9 de abril até as 5h de 12 de abril.

Também segue proibida, em todo o estado, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras do dia 5 de abril até 12 de abril, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações.

Fica autorizado, em todo o território baiano, o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, de 5 de abril até 12 de abril, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos.

Ficam suspensos eventos e atividades, em toda a Bahia, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas coletivas em academias de dança e ginástica, durante o período de 5 de abril até 12 de abril.

Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, desde que, cumulativamente, sejam atendidos os seguintes requisitos: respeito aos protocolos sanitários estabelecidos, especialmente o distanciamento social adequado e o uso de máscaras; instalações físicas amplas, que permitam ventilação natural cruzada; limitação da ocupação ao máximo de 30% da capacidade do local.

Os meios de transporte metropolitanos aquaviários obedecerão às normas editadas pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). A circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, no período de 5 de abril a 9 de abril. Fica proibido o funcionamento nos dias 10 e 11 de abril.

A circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, de 5 de abril a 12 de abril, e limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação no período de 10 e 11 de abril.

Ficam autorizados, durante os períodos de restrição previstos no decreto, os serviços necessários ao funcionamento de toda e qualquer atividade industrial, do setor eletroenergético, das centrais de telecomunicações (call centers) que operem em regime de 24h e dos Centros de Distribuição e o deslocamento dos seus trabalhadores.

Foto: Paula Fróes / GOVBA

Transporte intermunicipal é suspenso durante feriado de Semana Santa

O Governo do estado suspendeu o transporte intermunicipal na Bahia, de 1º até as 5h de 6 de abril. A medida tem como objetivo conter o avanço da Covid-19. Apesar da suspensão, a rodoviária de Salvador irá permanecer aberta nesse período por causa das viagens de ônibus interestaduais.

A partir da meia-noite desta quinta-feira (1º), começa a suspensão para circulação e saída dos transportes, e partir das 9h do mesmo dia, serão suspensos a chegada de qualquer transporte intermunicipal.

De acordo com o governo estadual, a medida vale para qualquer transporte coletivo intermunicipal rodoviário, público e privado, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

Ainda ficam suspensas, a partir de 20h do dia 31 de março, a circulação, saída e chegada de ferry-boats e catamarãs, em todo estado, até as 5h do dia 6 de abril.

Além disso, serão suspensos, a partir das 20h do dia 1º de abril, a circulação, saída e chegada de transporte coletivo intermunicipal hidroviário, público e privado, como lanchinhas e balsas, em todo o estado, até as 5h do dia 5 de abril.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia contabiliza 160 mortes, um novo recorde de óbitos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 160 mortes, 4.235 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 3.361 recuperados (+0,4%). Dos 803.664 casos confirmados desde o início da pandemia, 773.050 já são considerados recuperados, 15.284 encontram-se ativos e 15.330 tiveram óbito confirmado. No estado, 45.510 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quarta-feira (31) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.124.464 casos descartados e 185.432 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 15.330, representando uma letalidade de 1,91%. Dentre os óbitos, 55,53% ocorreram no sexo masculino e 44,47% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,70% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,46%, preta com 15,30%, amarela com 0,50%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,91% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 67,42%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,05%)

Situação da regulação de Covid-19

Às 15h desta quarta-feira, 122 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 17 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 1.604.770 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 314.432 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta sexta-feira, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia contabiliza nas últimas 24h, 74 mortes e 2.956 novos casos

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 74 mortes, 2.956 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 2.993 recuperados (+0,4%). Dos 794.437 casos confirmados desde o início da pandemia, 763.504 já são considerados recuperados, 15.973 encontram-se ativos e 14.960 tiveram óbito confirmado. No estado, 45.299 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste domingo (28) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.116.464 casos descartados e 182.310 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 14.960, representando uma letalidade de 1,88%. Dentre os óbitos, 55,76% ocorreram no sexo masculino e 44,24% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,87% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,38%, preta com 15,20%, amarela com 0,50%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,91% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 67,98%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,00%).

Situação da regulação de Covid-19

Às 15h deste domingo, 201 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 122 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 1.372.529 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 307.581 receberam também a segunda dose, até as 15 horas deste domingo, a Bahia é um dos estados do país com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 100 mortes e 3.185 novos casos de Covid-19

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 100 mortes, 3.185 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.662 recuperados (+0,5%). Dos 791.481 casos confirmados desde o início da pandemia, 760.511 já são considerados recuperados, 16.084 encontram-se ativos e 14.886 tiveram óbito confirmado. No estado, 45.236 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim deste sábado (27) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.113.134 casos descartados e 184.933 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 14.886, representando uma letalidade de 1,88%. Dentre os óbitos, 55,75% ocorreram no sexo masculino e 44,25% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,89% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,36%, preta com 15,20%, amarela com 0,50%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,91% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 67,98%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,00%).

Situação da regulação de Covid-19

Até as 15h deste sábado, 185 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 127 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 1.329.720 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 306.330 receberam também a segunda dose, até as 15 horas deste sábado, a Bahia é um dos estados do país com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia tem recorde de mortes em 24h; 155 óbitos e 4.738 novos casos de Covid-19

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 155 mortes, 4.738 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 3.915 recuperados (+0,5%). Dos 788.296 casos confirmados desde o início da pandemia, 756.849 já são considerados recuperados, 16.661 encontram-se ativos e 14.786 tiveram óbito confirmado. No estado, 45.186 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta sexta-feira (26) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.110.233 casos descartados e 183.775 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 14.786, representando uma letalidade de 1,88%. Dentre os óbitos, 55,79% ocorreram no sexo masculino e 44,21% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,94% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,32%, preta com 15,17%, amarela com 0,51%, indígena com 0,14% e não há informação em 7,92% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 68,08%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,02%).

Situação da regulação de Covid-19

Até as 15h desta sexta-feira, 207 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 119 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 1.274.283 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 305.920 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta sexta-feira, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia contabiliza 139 mortes e 4.237 casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 139 mortes, 4.237 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 4.247 recuperados (+0,6%). Dos 783.558 casos confirmados desde o início da pandemia, 752.934 já são considerados recuperados, 15.993 encontram-se ativos e 14.631 tiveram óbito confirmado. No estado, 45.098 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta quinta-feira (25) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.106.734 casos descartados e 182.663 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 14.631, representando uma letalidade de 1,87%. Dentre os óbitos, 55,85% ocorreram no sexo masculino e 44,15% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,88% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,30%, preta com 15,19%, amarela com 0,51%, indígena com 0,14% e não há informação em 7,98% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 68,29%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,03%).

Situação da regulação de Covid-19

Até às 15h desta quinta-feira, 228 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 118 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 1.213.020 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 303.015 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta quinta-feira, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Foto: Fernando Vivas / GOVBA

Toque de recolher é prorrogado até o dia 5 de abril na Bahia

Está prorrogado o toque de recolher em todo o território baiano, até o dia 5 de abril, segundo decreto do Governo do Estado publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), desta quinta-feira (25). A medida determina a restrição de locomoção noturna das 18h às 5h.

De acordo com o texto, está proibido a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas no horário estabelecido.

Ainda fica vedada, em todo o território baiano, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras até o dia 5 de abril. Serão permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações.

Seguem suspensos eventos e atividades, em todo o estado, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica, até o dia 5 de abril.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Covid-19: Bahia contabiliza 133 mortes e 4.061 casos em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 133 mortes, 4.061 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 4.298 recuperados (+0,6%). Dos 774.491 casos confirmados desde o início da pandemia, 744.732 já são considerados recuperados, 15.402 encontram-se ativos e 14.357 tiveram óbito confirmado. No estado, 44.929 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta terça-feira (23) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.098.995 casos descartados e 179.942 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 14.357, representando uma letalidade de 1,85%. Dentre os óbitos, 55,95% ocorreram no sexo masculino e 44,05% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,05% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,22%, preta com 15,04%, amarela com 0,52%, indígena com 0,14% e não há informação em 8,03% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 68,54%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,03%).

Situação da regulação de Covid-19

Até às 15h desta terça-feira, 283 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 81 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 1.032.464 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 298.383 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta terça-feira, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Imagem: Fotomontagem / Band Notícias Bahia

Bahia registra 125 mortes e 1.598 casos de Covid-19 em 24h

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 125 mortes, 1.598 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.467 recuperados (+0,3%). Dos 770.430 casos confirmados desde o início da pandemia, 740.434 já são considerados recuperados, 15.772 encontram-se ativos e 14.224 tiveram óbito confirmado. No estado, 44.846 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta segunda (22) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.095.545 casos descartados e 177.526 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 14.224, representando uma letalidade de 1,85%. Dentre os óbitos, 55,92% ocorreram no sexo masculino e 44,08% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,05% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,22%, preta com 15,00%, amarela com 0,52%, indígena com 0,14% e não há informação em 8,06% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 68,70%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,07%).

Situação da regulação de Covid-19

Até às 15h desta segunda-feira, 254 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 118 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação na Bahia

Com 969.897 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 294.011 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta segunda-feira, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Foto: Alberto Maraux / SSP

Aeronaves iniciam o transporte de 298 mil doses de vacinas para o interior do estado

Na tarde deste sábado (20), aeronaves do Estado iniciaram o transporte de mais 298 mil doses de vacinas contra a covid-19. Estão sendo empregados na distribuição, dois helicópteros e cinco aviões do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador (CMG).  

Até o final da noite do sábado, cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS) e do interior da Bahia receberão os imunizantes.

Para segurança da carga, viaturas estarão realizando escoltas nos locais determinados de pousos das aeronaves, para centros de armazenamento e também para outros municípios.

Foto: Fernando Vivas / GOVBA

Polícia Militar recebe mais 165 novas viaturas do estado

A Polícia Militar da Bahia recebeu nesta sexta-feira (19), mais 165 viaturas, entre motos, carros e quadriciclos, entregues pelo Governo do Estado, em solenidade realizada no estacionamento do Centro de Operações Integradas, na Secretaria de Segurança Pública (SSP), em Salvador.

No total foram entregues 32 veículos modelo Spin, seis quadriciclos e 127 motocicletas. O investimento é de aproximadamente R$ 6,5 milhões.

Os veículos serão entregues aos municípios de Salvador e região metropolitana, Canavieiras, Candeias, Feira de Santana, Floresta Azul, Gandu, Glória, Ibicaraí, Itabuna, Itapetinga, Jequié, Jeremoabo, Juazeiro, Lençóis, Maragogipe, Paulo Afonso, Pedro Alexandre, Ubaitaba e Vitória da Conquista.

O governador Rui Costa diz que a estratégia do Governo do Estado agora é aumentar o policiamento através de motos. “Dentro do Grupamento Águia, nós temos um pelotão chamado Garra, que será reforçado, inclusive com motos de maior cilindrada e com número maior de policiais, para dar mais agilidade e mobilidade ao policiamento. Com isso, vamos reduzir ainda mais os números e as ocorrências. Vamos continuar trabalhando, espero que possamos entregar em breve mais 200 motos para o policiamento em nosso estado”.

Segundo o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, a entrega de hoje vai agilizar bastante a atividade da polícia. “A corporação precisa de agilidade e vai passar para a sociedade uma sensação maior de segurança. Com esse investimento de mais de R$ 6 milhões, o governador mostra que está sempre preocupado com a Segurança Pública. O governador sempre quer ter uma polícia de primeiro mundo, moderna, bem equipada e uma polícia civilizada e é isso o que nós estamos fazendo aqui”.