Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Caixa abre 51 agências neste sábado na Bahia; confira

A Caixa Econômica Federal vai abrir cinquenta e uma agências neste sábado (17) em várias cidades da Bahia. O atendimento vai ser das 8h às 12h, exclusivamente para beneficiários do auxílio emergencial do governo e quem têm direito a saque do FGTS emergencial.

Poderão sacar o benefício em dinheiro, a partir de hoje, os trabalhadores nascidos em julho e agosto que tiveram o crédito do Saque Emergencial do FGTS e que não movimentaram a conta Poupança Social Digital, ou que tenham saldo remanescente.

A Caixa informa que não é preciso chegar antes do horário de abertura. Todas as pessoas que procurarem atendimento durante o funcionamento das agências serão atendidas.

Ainda é possível transferir os valores, via aplicativo CAIXA Tem, para outra conta, da CAIXA ou de outras instituições financeiras.

Em todo o país, já está liberado para 60 milhões de trabalhadores ao valor global de até R$ 37,8 bilhões do Saque Emergencial do FGTS.

Veja as 51 Agências que irão abrir neste sábado:

ALAGOINHAS, ALAGOINHAS VELHA, AG PORTICO DE OURO, RUA DANTAS BIAO NUM 360

ALAGOINHAS, CENTRO, AG ALAGOINHAS, RUA MILTON ORNELAS NUM 78

BARREIRAS, CENTRO, AVENIDA CLERISTON ANDRADE NUM 921, ANDAR TERREO

BARREIRAS CENTRO, AG BARREIRAS, RUA CUSTODIA ROCHA DE CARVALHO Q A LOTE 8 E 9 N 265

BOM JESUS DA LAPA, CENTRO, AG BOM JESUS DA LAPA, AVENIDA DUQUE DE CAXIAS NUM 556

BRUMADO CENTRO, AG BRUMADO, AVENIDA CEL. TIBERIO MEIRA NUM 215

CAETITÉ, CENTRO, AG ANISIO TEIXEIRA, AVENIDA SANTANA NUM 408

CAMAÇARI, CENTRO, AG CAMACARI, AVENIDA AV DOUTOR MANOEL MERCES 136 NUM 136

CANDEIAS, CENTRO, PRACA DOUTOR GUALBERTO DANTAS FONTES NUM 238/244

CRUZ DAS ALMA, CENTRO, PRACA SENADOR TEMISTOCLES NUM 688

EUNÁPOLIS CENTRO, RUA DOM PEDRO II NUM 538

FEIRA DE SANTANA, AVENIDA GETULIO VARGAS NUM 303

FEIRA DE SANTANA, RUA ARISTIDES NOVIS NUM 93

FEIRA DE SANTANA, RUA MONSENHOR TERTULIANO CARNEIRO NUM 34 A 36

GUANAMBI, PRACA GERSINO COELHO NUM 34

ILHÉUS, PRACA EUSTAQUIO BASTOS NUM 170

ILHÉUS, RUA MARQUES DE PARANAGUA NUM 291

IPIAÚ, RUA DOIS DE JULHO NUM 12

IRECÊ, PRACA DR. MARIO DOURADO SOBRINHO NUM 135

ITABERABA, PRACA FLAVIO SILVANI NUM 130

ITABUNA, AVENIDA CINQUENTENARIO NUM 531

ITABUNA, AVENIDA DO CINQUENTENARIO NUM 1163

ITAMARAJU, PRACA DAS NACOES UNIDAS NUM 00 – SHOPPING CENTER

ITAPETINGA, RUA BARAO DO RIO BRANCO NUM

JACOBINA, RUA SENADOR PEDRO LAGO NUM

JEQUIÉ, RUA R COLOMBO DE NOVAES 15

JUAZEIRO, AVENIDA ADOLFO VIANA NUM S/N

JUAZEIRO, PRACA BARAO DO RIO BRANCO NUM 13 17

LAURO DE FREITAS, AVENIDA SANTOS DUMONT NUM 5 KM 2

LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA, AVENIDA DR. EDILSON PONTES NUM

LUÍS EDUARDO MAGALHÃES, RUA PERNAMBUCO Q 43 LT 24 – LOTEAMENTO MIMOSO DO OESTE

PAULO AFONSO, RUA DAS MANGUEIRAS NUM 104

PORTO SEGURO, AVENIDA GETULIO VARGAS NUM 16

RIBEIRA DO POMBAL, AVENIDA OLIVEIRA BRITO NUM 135

SALVADOR, FAZENDA GRANDE, AVENIDA ENGENHEIRO RAYMUNDO CARLOS NERY NUM 347

SALVADOR, PERIPERI, PRACA DA REVOLUCAO NUM 09

SALVADOR, BROTAS, AVENIDA DOM JOAO VI NUM 234

SALVADOR, ITAPUA, AVENIDA DORIVAL CAYMMI NUM 14359

SALVADOR, CAMINHO DAS ARVORES, AVENIDA TANCREDO NEVES NUM 148 SHOPPING CENTER IGUATEMI

SALVADOR, MARES, RUA BARAO DE COTEGIPE NUM 119

SALVADOR, CENTRO, AVENIDA SETE DE SETEMBRO NUM 955

SANTA MARIA DA VITÓRIA, PRACA ARGEMIRO FILARDES NUM S/N

SANTO ANTÔNIO DE JESUS, AVENIDA AV DOIS DE JULHO 96 NUM .

SERRINHA, RUA MACARIO FERREIRA NUM 448

SIMÕES FILHO, AVENIDA LUIS EDUARDO MAGALHAES NUM 224 QD. A – LOTE 04

TEIXEIRA DE FREITAS, CENTRO, RUA MASSANORI NAGAO NUM 150

VALENÇA, CENTRO, RUA GOVERNADOR GONCALVES NUM 249

VITÓRIA DA CONQUISTA, CENTRO, AVENIDA CRESCENCIO SILVEIRA NUM 430

VITÓRIA DA CONQUISTA, BRASIL, AVENIDA FREI BENJAMIM NUM 2306

VITÓRIA DA CONQUISTA, CENTRO, PRACA PC DO BARAO RIO 30 NUM 30

XIQUE-XIQUE, CENTRO, RUA JOSE PEREGRINO NUM 121

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Confira quem recebe o Auxílio Emergencial nesta quarta

Começa a ser paga nesta quarta-feira (30) mais uma parcela do auxílio emergencial pela Caixa Econômica Federal (CEF) a 5,2 milhões de trabalhadores. Pelo novo calendário, 2,2 milhões trabalhadores fora do Bolsa Família começam a receber a primeira das quatro parcelas de R$ 300 da extensão do Auxílio.

A Caixa ainda informa que 1,4 milhão de trabalhadores ainda recebem parcelas de R$ 600. Entre os beneficiários, receberão a primeira parcela, os nascidos em janeiro entre 492 mil novos aprovados, que fizeram a contestação entre os dias 20 de julho e 25 de agosto.

Para quem é do Bolsa Família, finaliza nesta quarta-feira o pagamento da primeira parcela de R$ 300 para 1,6 milhão de beneficiários. Os pagamentos são feitos da mesma forma.

Para os demais, a ajuda será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta quarta serão liberados no dia 7 de novembro.

Confira quem recebe nesta quarta-feira:

1,6 milhão de trabalhadores do Bolsa Família aprovados no programa, cujo número do NIS termina em 0

1,4 milhão de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em janeiro, recebem a próxima parcela de R$ 600:

– aprovados que já receberam 4 parcelas recebem a quinta parcela;
– aprovados que já receberam 3 parcelas recebem a quarta parcela;
– aprovados que já receberam 2 parcelas recebem a terceira parcela;
– aprovados que já receberam 1 parcela recebem a segunda parcela;
– novos aprovados recebem a primeira parcela.

2,2 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em janeiro, recebem a primeira parcela de R$ 300:

– trabalhadores que já receberam as 5 parcelas de R$ 600 recebem a primeira de R$ 300

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Veja abaixo o calendário de pagamento das novas quatro parcelas para os beneficiários do Bolsa Família:

Final do NISOutNovDez
119/1017/1110/12
220/1018/1111/12
321/1019/1114/12
422/1020/1115/12
523/1023/1116/12
626/1024/1117/12
727/1025/1118/12
828/1026/1121/12
929/1027/1122/12
030/1030/1123/12
Foto: Valter Pontes / Secom

ACM Neto envia à câmara Projeto de Lei que prorroga auxílio de R$ 270 até dezembro

Em uma entrevista coletiva virtual, nesta terça-feira (15), o prefeito ACM Neto (DEM) anunciou que encaminhou para a Câmara Municipal de Vereadores de Salvador o projeto de lei para prorrogar o Salvador por Todos. O programa prevê pagamento mensal de R$ 270 e distribuição de cestas básicas.

O prazo de encerramento dos pagamentos do benefício seria até este mês de setembro. Com o projeto de lei, a prefeitura terá como prorrogar por mais três meses, até dezembro.

Segundo o prefeito, a decisão foi tomada por causa dos impactos gerados pela pandemia na população e na economia da capital baiana.

“O efeito social e a repercussão da crise econômica em função da pandemia continua existindo. Ela se estende mesmo com o retorno de uma série de setores. Ainda temos milhares de pessoas que trabalham na informalidade sem poder voltar à sua renda de antes da pandemia e, de igual maneira, temos pessoas desempregadas e sem saber de seu futuro”.

Ainda de acordo com ACM Neto, ele propõe uma transição para que as pessoas que estão em situação de rua e recebendo refeições diárias também possam receber o benefício.

O valor estimado pela prefeitura, de investimento do programa Salvador por Todos, é de R$ 15 milhões por três meses. Já o investimento previsto para a distribuição das cestas básicas é de R$ 2,4 milhões até dezembro.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Caixa abre mais de 50 agências neste sábado na Bahia

A Caixa Econômica Federal vai abrir neste sábado (5) cinquenta e uma agências em várias cidades da Bahia. O atendimento das 8h às 12h, é exclusivo para beneficiários do auxílio emergencial do governo e quem tem direito ao saque do FGTS emergencial.

Os saques e transferências de novas parcelas do Auxílio Emergencial serão liberados neste sábado para 4 milhões de beneficiários do programa nascidos em setembro e que estão nos lotes 1 a 6, que tiveram o dinheiro creditado em poupança social digital no último dia 17 de agosto.

Os trabalhadores nascidos em abril, que tiveram o depósito de até R$ 1.045 do FGTS feito em poupança social digital do banco no último dia 20 de julho, também terão saques e transferências liberados.

Para consultar a situação do benefício o trabalhador pode acessar o aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Foto: Marcos Corrêa / PR

Bolsonaro prorroga auxílio emergencial com valor de R$ 300 por mais 4 meses

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta terça-feira (1º) que vai prorrogar o auxílio emergencial por mais 4 meses e valor será de R$ 300. O anúncio foi após reunião do presidente com ministros e parlamentares aliados no Palácio da Alvorada.

O benefício foi criado para anteder trabalhadores informais que perderam renda em razão da pandemia do novo coronavírus. Bolsonaro disse que apesar do valor ser menor que os R$ 600, atende o que se espera do programa.

“Agora resolvemos prorrogá-lo (o auxílio) por medida provisória até o final do ano. O valor definido agora a pouco é um pouco superior a 50% do Bolsa Família. R$ 300 reais”, disse o presidente.

O auxílio começou no mês de abril e previa três parcelas de R$ 600, até julho.

Foto: Agência Brasil

Auxílio Emergencial da Lei Aldir Blanc entra em vigor para trabalhadores da cultura

Entrou em vigor nesta terça-feira (18) o auxílio emergencial previsto na Lei Aldir Blanc, e músicos entre outros profissionais informais da cultura vão poder receber o benefício. Para isso, na Bahia, é necessário fazer um cadastro no site da Secretaria de Cultura do Estado (Secult).

Para o estado da Bahia serão disponibilizados recursos de R$ 110 milhões.

O cadastro também vai servir para traçar um panorama dos profissionais de cultura nas 27 cidades baianas, fornecendo informações para a elaboração de políticas públicas no campo cultural.

A Lei Aldir Blanc, através da União entregará para estados, Distrito Federal e municípios R$ 3 bilhões para aplicação em ações emergenciais de apoio ao setor cultural.

Veja quem pode receber:

Artistas, produtores e técnicos com atividades interrompidas e que comprovem atuação no segmento nos 24 meses anteriores à publicação da lei por meio de documentos ou autodeclaração.
Os beneficiários têm de ser residentes e domiciliados em território nacional e não podem ter acumulado rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.

As regras exigem ainda que o trabalhador precisa ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos – a que for maior.
O pagamento será limitado a dois membros da mesma família, sendo que a mulher chefe de família monoparental receberá duas cotas.

Veja quem não pode pedir ajuda:

Pelas regras, os beneficiário da ajuda mensal de R$ 600 não podem possuir emprego formal ativo.

Também não pode receber a ajuda quem tem benefício previdenciário ou assistencial, ou já recebe algum programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família.

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Caixa paga hoje quinta parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

A partir desta terça-feira (18) começa a ser paga para os beneficiários do Bolsa Família a quinta parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães chefes de família).

Existe a possibilidade de prorrogar o auxílio emergencial com mais duas parcelas menores do que os atuais R$ 600, de acordo com o governo. Mas por enquanto, não tem nada decidido pelo estado, e a quinta e última parcela continua sendo esta.

Hoje (18), recebem 1,9 milhão de beneficiários com NIS de final 1 e assim por diante.

Veja calendário completo:

Final do NIS  – Data do saque

NIS 1 – 18/ago (ter)

NIS 2  – 19/ago (qua)

NIS 3 –  20/ago (qui)

NIS 4  – 21/ago (sex)

NIS 5  – 24/ago (seg)

NIS 6 – 25/ago (ter)

NIS 7 – 26/ago (qua)

NIS 8 – 27/ago (qui)

NIS 9 – 28/ago (sex)

NIS 0  – 31/ago (seg)

Fonte: Caixa Econômica Federal

Foto: Reprodução / Agência Brasil

Caixa paga parcela a 4 milhões de nascidos em setembro do Auxílio Emergencial nesta segunda

Uma nova parcela do Auxílio Emergencial será paga nesta segunda-feira (17) pela Caixa Econômica Federal (CEF) para 4 milhões de beneficiários nascidos em setembro.

Dentro deste grupo, estão 97 mil beneficiários de novos aprovados (6º lote) ou trabalhadores que receberam a primeira parcela em abril, mas tiveram o benefício suspenso.

Será creditado o valor de R$ 600, em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta segunda serão liberados em 5 de setembro.

Já a partir de 18 de agosto, trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família vão receber a quinta e última parcela do benefício.

Veja quem recebe o benefício nesta segunda (17):

Trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em setembro:

Aprovados no 1º lote – recebem a quarta parcela;

Aprovados no 2º lote – recebem a terceira parcela;

Aprovados no 3º e 4º lotes – recebem a segunda;

Aprovados no 5º e 6º lotes – recebem a primeira parcela;

Aprovados no 1º lote, cujo benefício foi suspenso – recebem a terceira e quarta parcelas.

Para consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site os trabalhadores podem acessar, auxilio.caixa.gov.br.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Bahia terá mais de 50 agências da Caixa abertas neste sábado

Neste sábado (8) mais de 50 agências da Caixa Econômica Federal vão funcionar em diversas cidades da Bahia, das 8h às 12h, para atendimento dos beneficiários do Auxílio Emergencial do Governo.

De acordo com a Caixa, as pessoas nascidas de janeiro a abril poderão realizar o saque em espécie. Já os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro poderão sacar o FGTS Emergencial, conforme calendário elaborado para evitar aglomerações em agências e unidades lotéricas.

Toda lista das agências da Caixa que estarão abertas nesse dia no Brasil pode ser conferida no site da Caixa. São 3,8 milhões de brasileiros nascidos em abril e mais de 300 mil nascidos de janeiro a abril da nova leva de elegíveis, que tiveram o pedido liberado na última segunda-feira (3), e poderão sacar o benefício a partir do próximo sábado.

O valor pode ser retirado nos caixas eletrônicos, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, além de transferir valores para contas da Caixa ou de outros bancos.

Os procedimentos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do CadÚnico e cadastrados no App Caixa | Auxílio Emergencial ou através do site da Caixa Econômica.

Foto: José Cruz / Agência Brasil

Começa a ser paga nesta terça a quinta parcela do auxílio de R$ 270

Começa a ser paga nesta terça-feira (4) a quinta parcela do auxílio de R$ 270, do programa Salvador por Todos, da Prefeitura de Salvador. O benefício é dado por causa da pandemia do novo coronavírus. Entre os trabalhadores informais que recebem o benefício estão: ambulantes, feirantes, camelôs, Baianas de acarajé, feirantes, camelôs, barraqueiros, guardadores de carro, recicladores, baleiros entre outros.

Autônomos como, taxistas, motoristas de aplicativos e mototaxistas também tem direito ao benefício, desde que tenham mais de 60 anos.

Os pagamentos serão feitos nas agências da Caixa, com o cronograma que contempla primeiramente os profissionais com nomes iniciados com a letra “A”, a partir de hoje (4) até o dia 17. No site do programa Salvador Por Todos, poderá ser feita a consulta sobre a liberação de pagamento da parcela, através da verificação do CPF ou Número de Identificação Social (NIS).

No dia 29 de julho, o prefeito ACM Neto (DEM), havia anunciado a prorrogação do auxílio após a lei que autoriza ter sido aprovada na Câmara de Vereadores. Devido o fechamento das atividades econômicas durante a pandemia, o auxílio foi criado pela gestão municipal para ajudar trabalhadores informais e individuais que estejam cadastrados na prefeitura.

A prefeitura concede também, além do benefício de R$ 270, cestas básicas para pessoas em situação de extrema pobreza e idosos inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), e profissionais em situação de vulnerabilidade social, como mototaxistas e guias e monitores de turismo.

Cronograma de pagamento:

  • Trabalhadores com nomes iniciados com a letra A: pagamento a partir de terça-feira (4/8);
  • Trabalhadores com iniciais B, C ou D: saque a partir de quarta-feira (5/8);
  • Trabalhadores com iniciais E: retirada na quinta-feira (6/8);
  • Trabalhadores com iniciais F, G, H ou I: saque a partir de sexta-feira (7/8);
  • Trabalhadores com iniciais J: pagamento a partir de segunda-feira (10/8);
  • Trabalhadores com iniciais K e L: retirada a partir de terça (11/8);
  • Trabalhadores com iniciais M: saque na quarta-feira (12/8);
  • Trabalhadores com iniciais N, O, P e Q: pagamento a partir de quinta-feira (13/8);
  • Trabalhadores com iniciais R: pagamento a partir de sexta-feira (14/8);
  • Trabalhadores com iniciais S, T e U, V, Y, X, Z, K, W: pagamento a partir de segunda-feira (17/8).
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Agências da Caixa abrem neste sábado para saque do Auxílio Emergencial na Bahia

As agências da Caixa Econômica estão abertas neste sábado (1º) para atendimento do auxílio emergencial no estado da Bahia. Os saques estão liberados para aniversariantes dos meses de fevereiro a março que já tiveram o benefício liberado. As 717 agências vão funcionar das 8h às 12h.

De acordo com a Caixa na capital baiana serão seis agências abertas: Brotas, Iguatemi (Shopping Iguatemi), Mercês (Av. Sete), Fazenda Grande I, Itapuã e Periperi.

Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do CadÚnico e para quem se cadastrou pelo App CAIXA | Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Prazo de inscrição para Auxílio Emergencial encerra hoje

Encerra nesta quinta-feira (2), às 23h59, o prazo para o cadastramento do Auxílio Emergencial do Governo Federal, no valor de R$ 600, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos, desempregados e pessoas de baixa renda para custear despesas essenciais durante o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Inicialmente o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) havia proposto para o benefício vigorar por três meses, Contudo foi prorrogado por mais dois meses, com o pagamento de mais duas parcelas. Pelas regras, até duas pessoas da mesma família podem receber o auxílio. Para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, o valor pago mensalmente é de R$ 1.200.

Para se cadastrar, o beneficiário deve ser maior de 18 anos de idade, não ter emprego formal, não ser agente público, inclusive temporário, nem exercer mandato eletivo. Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família. Ter renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135,00). Não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70, estar desempregado ou exercer atividades na condição de microempreendedor individual (MEI), ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Os interessados podem se cadastrar através da internet, no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo APP CAIXA | Auxílio Emergencial, disponível nas lojas de aplicativos. Depois de fazer o cadastro, a pessoa pode acompanhar se vai receber o auxílio emergencial, consultando no próprio site ou aplicativo.

O Ministério da Cidadania informou, na semana passada, que já recebeu mais de 124 milhões de solicitações do auxílio emergencial, sendo que cerca de 65 milhões foram considerados elegíveis e 41,59 milhões foram apontados como inelegíveis, por não atenderem aos critérios do programa. Existem ainda quase 17 milhões de inscrições classificadas de inconclusivas – quando faltam informações para o processamento integral do pedido. Quem estiver nessa situação deve refazer o cadastro por meio do site ou aplicativo do programa.

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Caixa paga auxílio emergencial a 6,5 milhões de pessoas neste sábado

A Caixa paga neste sábado (27) mais um lote do auxílio emergencial para pessoas nascidas em janeiro e fevereiro com uma nova parcela de R$ 600 do auxílio emergencial do governo federal. Para famílias chefiadas por mulheres o valor é de R$ 1.200.

O auxílio é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, como forma de fornecer proteção emergencial durante a crise causada pela pandemia de covid-19.

Os beneficiários do Bolsa Família não fazem parte deste lote. Os pagamentos são destinados para aqueles que fizeram o cadastro no site ou aplicativo da Caixa ou que já estavam inscritos no Cadastro Único do governo federal. Como os pagamentos são feitos nas poupanças digitais da Caixa, o banco não abrirá as agências.

O calendário de pagamento é escalonado de acordo com o mês de aniversário do beneficiário e, até o próximo sábado (4), mais de 40 milhões de pessoas devem receber os recursos.

Foto: Marcello Casal / Agência Brasil

Novos aprovados recebem o Auxílio Emergencial nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira (17) a Caixa Econômica Federal (CEF) credita a primeira parcela para os novos aprovados que irão receber o benefício do Auxílio Emergencial. Este é o terceiro lote que inclui no programa do Governo Federal os inscritos por meio do site ou aplicativo durante a pandemia do novo coronavírus, que aguardavam o resultado.

Ontem (16), foi a vez de 2,4 milhões dos novos aprovados nascidos nos meses de janeiro a junho a receber o benefício. Hoje (17), é a vez dos 2,5 milhões de novos aprovados nascidos entre julho e dezembro. Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Também nesta quarta, a Caixa começa a pagar a terceira parcela do Auxílio para os beneficiários do Bolsa Família. Os pagamentos serão feitos da mesma forma que o Bolsa. Os primeiros a receber são os que têm NIS terminado em 1. Confira Calendário de saques da terceira parcela do auxílio emergencial para quem faz parte do Bolsa Família:

  • NIS 1: 17 de junho (qua)
  • NIS 2: 18 de junho (qui)
  • NIS 3: 19 de junho (sex)
  • NIS 4: 22 de junho (seg)
  • NIS 5: 23 de junho (ter)
  • NIS 6: 24 de junho (qua)
  • NIS 7: 25 de junho (qui)
  • NIS 8: 26 de junho (sex)
  • NIS 9: 29 de junho (seg)
  • NIS 0: 30 de junho (ter)

Os novos beneficiários irão receber a primeira parcela diferente dos aprovados no primeiro e segundo lotes, que desta vez já será por meio da conta poupança digital da Caixa, mesmo os que têm conta em banco, e só poderão utilizar o benefício para pagamento de contas, boletos ou compras por meio do cartão de débito virtual. Transferências para outras contas e saques só serão liberados a partir de 6 de julho.

Mês de aniversárioDepósitoSaques e transferências
Janeiro16/jun6/jul
Fevereiro16/jun7/jul
Março16/jun8/jul
Abril16/jun9/jul
Maio16/jun10/jul
Junho16/jun11/jul
Julho17/jun13/jul
Agosto17/jun14/jul
Setembro17/jun15/jul
Outubro17/jun16/jul
Novembro17/jun17/jul
Dezembro17/jun18/jul

De acordo com a Caixa Econômica, já foram repassados o valor de R$ 76,6 bilhões em Auxílio Emergencial, para 56,6 milhões de beneficiários. Ao todo, foram 108,5 milhões de pagamentos, uma vez que muitos beneficiários já receberam a segunda parcela de R$ 600.

Foram processados pela Dataprev 106,3 milhões de cadastros, dos quais 64,1 milhões foram considerados elegíveis – destes, 19,2 milhões de beneficiários do Bolsa Família, 10,5 milhões do Cadastro Único e 34,4 milhões de trabalhadores que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do programa.

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Caixa paga hoje a 2ª parcela do Auxílio Emergencial para nascidos em setembro

Hoje (9) será feita a liberação da segunda parcela do Auxílio Emergencial para 2,6 milhões de beneficiários nascidos em setembro. No próximo sábado (13) encerra o calendário de liberação de saques e transferências da segunda parcela do auxílio no valor de R$ 600.

O Benefício pago pelo Governo Federal visa reduzir os efeitos do novo coronavírus nas camadas mais necessitadas. A liberação do saque e a transferência da poupança social da Caixa para outros bancos estão sendo feitas de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Os recursos estão sendo transferidos automaticamente para as contas indicadas.

Na quarta-feira (10) o valor será pago para 2,6 milhões nascidos em outubro; na sexta-feira (12), para 2,5 milhões nascidos em novembro; e no sábado (13), para 2,5 milhões nascidos em dezembro.

De acordo com a Caixa, quem não sacar o auxílio nesse período continua com o crédito disponível nas contas indicadas e poderá realizar o saque, independente do dia de nascimento, a partir da próxima segunda-feira (15).

A transferência dos valores será feita para quem indicou contas para recebimento em outros bancos ou poupança existente na Caixa. Com isso, esses beneficiários poderão procurar as instituições financeiras com quem têm relacionamento, caso queiram sacar.

Mais de 50 bancos participam da operação de pagamento do auxílio emergencial. Todos os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para o auxílio emergencial já receberam o crédito da segunda parcela.

Foto: Frank de Castro / Band Notícias Bahia

Auxílio Emergencial pode ser prorrogado por alguns meses com valor reduzido

O auxílio emergencial de R$ 600 disponibilizado pelo Governo Federal para as pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade devido à pandemia do novo coronavírus no Brasil, pode ser prorrogado por mais alguns meses, porém com outro valor. As informações são do secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues.

Rodrigues, que representou o ministro da Economia, Paulo Guedes, falou durante uma reunião transmitida através de uma videoconferência na comissão mista criada pelo Congresso Nacional, que a extensão do programa deve ter o valor reduzido, já que o governo não dispõe de recursos em contas “públicas”.

Rodrigues resumiu as ações já tomadas e alertou deputados e senadores para o cenário econômico do Brasil no pós-pandemia a partir e 2021.

Rodrigues falou que “auxílio emergencial é um programa valiosíssimo, de alta efetividade, mas também é caro”, analisou. Esta é a principal medida para mitigação dos efeitos econômicos da pandemia. O programa já soma R$ 152,6 bilhões para o pagamento de R$ 600 por três meses a quem perdeu renda devido ao isolamento social para combate à Covid-19.

O montante destinado ao auxílio emergencial representa 48,5% dos R$ 314,4 bilhões em despesas extras da União em decorrência da pandemia. Por mês, serão cerca de R$ 50,9 bilhões. O programa Bolsa Família, que transfere renda para pessoas em situação de extrema pobreza, está orçado em R$ 29,5 bilhões para todo o ano de 2020.

Propostas em tramitação no Congresso prorrogam o auxílio emergencial por três meses, e o ministro Paulo Guedes sugeriu pagar mais R$ 600, divididos em três parcelas de R$ 200. Ao defender a prorrogação, a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) disse que, pelo consumo das famílias, 45% dos benefícios voltam ao erário na forma de tributos.

Eficiência nos gastos

Parlamentares questionaram o secretário sobre as dificuldades na execução das medidas emergenciais. O deputado Luiz Carlos Motta (PL-SP) e os senadores Esperidião Amin (PP-SC), Izalci Lucas (PSDB-DF), Luis Carlos Heinze (PP-RS), Wellington Fagundes (PL-MT) e Zenaide Maia (Pros-RN) destacaram os problemas no crédito ao setor empresarial.

Waldery Rodrigues reconheceu entraves na destinação de recursos para financiar folhas de pagamento – como a exigência de quitação com a Previdência Social –, mas disse que serão superados em breve. Citou ainda os R$ 15,9 bilhões liberados nesta semana para micro e pequenas empresas. “É um valor considerável, tem que chegar na ponta.”

Em resposta ao deputado Francisco Jr. (PSD-GO), relator da comissão mista, o secretário disse que o governo está preocupado com a eficiência dos gastos na pandemia. “Não basta ter o dinheiro, até porque ele é escasso, e quando colocamos o dinheiro em uma área, falta na outra. Estamos calibrando para que a execução seja a mais efetiva possível”, disse.

“O fato é que, neste momento, estamos com uma grande pressão do lado da despesa e alguma redução do lado da receita. Temos que olhar isso em conjunto e apresentar soluções para o enfrentamento da Covid-19 sem esquecer que há um pós-coronavírus, que precisamos manter um dinamismo mínimo da economia”, afirmou Rodrigues.

Previsões para 2020

Durante o debate, o secretário da Fazenda foi questionado pelos deputados Felício Laterça (PSL-RJ), General Peternelli (PSL-SP), Hildo Rocha (MDB-MA) e Mauro Benevides Filho (PDT-CE) sobre as opções da equipe econômica para o equilíbrio das contas públicas. Rodrigues descartou, por exemplo, recorrer à emissão de moeda para fazer frente aos gastos emergenciais.

“Há forte imprevisibilidade não só no Brasil, mas no mundo todo”, alertou Rodrigues. “Trabalhamos para que a dívida pública não entre em trajetória explosiva e volte a patamares próximos aos dos países com grau de investimento, para sinalizar robustez na economia e permitir que políticas públicas sejam feitas de maneira consistente”, disse.

A comissão mista é presidida pelo senador Confúcio Moura (MDB-RO). Foram ouvidos os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Cidadania, Onyx Lorenzoni; o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto de Almeida; o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães; e representantes da Instituição Fiscal Independente (IFI), do Senado.

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Mais R$ 28,7 bi são destinados para Auxílio Emergencial no país

O Governo editou nesta terça-feira (26) uma Medida Provisória (MP) que disponibiliza mais R$ 28,7 bilhões para o pagamento das parcelas do Auxílio Emergencial no valor de R$600, destinados para as pessoas em situação de vulnerabilidade no período da pandemia do coronavírus no país. O custo do benefício totaliza agora R$ 152, 62 bilhões.

Nesta mesma MP, R$ 338 milhões foram para o Ministério da Saúde destinados para o Fundo Nacional de Saúde. De acordo com a Caixa Econômica Federal, já foram pagos R$ 70,8 milhões para 56,9 milhões de brasileiros. Até a próxima semana o programa deve alcançar 59 milhões de pessoas.

Em abril, a pasta havia recebido dois repasses via MP: um de R$ 98,2 bilhões e outro de R$ 25,72 bilhões.

O Auxílio Emergencial é destinado a microempreendedores individuais (MEIs), contribuintes individuais do INSS, autônomos e trabalhadores informais que não recebem outro benefício federal, com exceção do Bolsa Família.

Foto: Marlello Casal Jr / Agência Brasil

Começa hoje pagamento da segunda parcela do Auxílio Emergencial

A partir desta segunda-feira (18) a segunda parcela do Auxílio Emergencial de R$600 começa a ser paga aos beneficiários que recebem o Bolsa Família com número de identificação social (NIS) de terminação numérica “1”. Já os beneficiários do Bolsa com o NIS em terminação “2” poderão sacar o valor a partir de amanhã (19).

Portanto, o novo calendário da segunda parcela vale apenas para quem recebeu a primeira parcela até o dia 30 abril.

O calendário para o pagamento do Auxílio Emergencial foi dividido em:

– Depósito em poupança social;

– Saque em espécie para beneficiário do Bolsa Família;

– Saque em espécie para poupança social e transferência de recuros.

Os trabalhadores que não recebem o Bolsa Família irão receber os recursos em poupança social digital da Caixa, contudo, será permitido usar esse recurso apenas para pagamentos de contas, boletos e compras por meio de cartão de débito virtual.

O saque ou transferência do benefício para quem recebeu a primeira parcela em outra conta, o recurso será transferido automaticamente na mesma data para a liberação do saque.

Acompanhe abaixo como ficaram os calendários:

1 – Calendário para poupança em depósito social

2 – Calendário para pagamento aos Beneficiários do Bolsa Família

3 – Calendário para saque e transferência da poupança social

Foto: Leonardo Sá / Agência Senado

Caixa paga a 2ª parcela do auxílio emergencial a partir de segunda

O pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial, no valor de R$ 600 será depositado na conta dos beneficiários a partir da próxima segunda-feira (18). O anúncio foi feito através do presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, na última quinta-feira (14).

O cronograma com as datas dos pagamentos, que é feito conforme o mês de nascimento dos beneficiários foi decretado no Diário Oficial nesta quinta-feira (15).

Os saques e transferências bancárias estarão disponíveis conforme o calendário:

– 30 de maio: nascidos em janeiro

– 1 de junho: nascidos em fevereiro

– 2 de junho: nascidos em março

– 3 de junho: nascidos em abril

– 4 de junho: nascidos em maio

– 5 de junho: nascidos em junho

– 6 de junho: nascidos em julho

– 8 de junho: nascidos em agosto

– 9 de junho: nascidos em setembro

– 10 de junho: nascidos em outubro

– 12 de junho: nascidos em novembro

– 13 de junho: nascidos em dezembro

Já os beneficiários do Bolsa Família o calendário é diferente, e os saques em espécie estarão disponíveis na segunda-feira (18), e ocorrem conforme o número do NIS (Número de Identificação Social)

NIS 1: 18 de maio

NIS 2: 19 de maio

NIS 3: 20 de maio

NIS 4: 21 de maio

NIS 5: 22 de maio

NIS 6: 25 de maio

NIS 7: 26 de maio

NIS 8: 27 de maio

NIS 9: 28 de maio

NIS 0: 29 de maio

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Caixa: 39 agências abrem neste sábado na Bahia

A Caixa Econômica Federal vai funcionar neste sábado (9) em alguns municípios da Bahia, das 8h às 12h, com 39 agências abertas para o atendimento do saque em espécie dos beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 que recebem pela poupança social digital.

A caixa informa que nos municípios que contam com mais de uma agência, vão funcionar 50% das unidades. Também estarão abertas as unidades dos municípios que contam com apenas uma agência.

Não é necessário chegar pela madrugada para ser atendido, todos que chegarem após o horário de funcionamento (8h às 12h) serão atendidos, mesmo com as unidades fechando às 12h, o atendimento continua até o último cliente do dia.

A prefeitura municipal de Salvador diante dos casos de aglomeração em frente às agências da Caixa por conta do auxílio emergencial anunciou algumas ações nesta sexta-feira (8). A guarda municipal vai ajudar no ordenamento das filas, vai ter distribuição de máscaras, álcool em gel, medir a temperatura das pessoas e disponibilizar cadeiras para idosos, gestantes e pessoas com deficiência.

Canais Digitais

A Caixa informou ainda que a prioridade é manter o atendimento digital, por meio do cadastramento por aplicativo, site e a movimentação do benefício pelo Caixa Tem. Aqueles que receberam o crédito por meio da poupança digital podem pagar boletos e contas de água, luz e telefone, entre outras, bem como fazer transferências para outros bancos por meio do aplicativo Caixa Tem.
Segundo a instituição, informações sobre cadastro e pagamento do auxílio emergencial estão disponíveis apenas por meio do aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial, do site auxilio.caixa.gov.br e da central telefônica exclusiva 111.

Lista de agências que estarão abertas neste sábado (9):

• ALAGOINHAS CENTRO 65 ALAGOINHAS, BA R MILTON ORNELAS, 78
• BARREIRAS CENTRO 783 BARREIRAS, BA R CUSTODIA ROCHA DE CARVALHO Q A LT 8
• BRUMADO CENTRO 947 BRUMADO, BA AV CEL. TIBERIO MEIRA, 215
• CAMACARI CENTRO 1051 CAMACARI, BA AV AV DOUTOR MANOEL MERCES 136, 136
• CRUZ DAS ALMAS CENTRO 948 CRUZ DAS ALMAS, BA PC SENADOR TEMISTOCLES, 688
• EUNAPOLIS CENTRO 75 EUNAPOLIS, BA R DOM PEDRO II, 538
• FEIRA DE SANTANA CENTRO 68 FEIRA DE SANTANA, BA R MON.TERTULIANO CARNEIRO, 34 A 36
• FEIRA DE SANTANA CENTRO 3138 PRINCESA DO SERTAO, BA AV GETULIO VARGAS, 303
• FEIRA DE SANTANA CENTRO 1611 SUBAE, BA R ARISTIDES NOVIS, 93
• GUANAMBI CENTRO 779 GUANAMBI, BA PC GERSINO COELHO, 34
• ILHEUS CENTRO 69 ILHEUS, BA R MARQUES DE PARANAGUA, 291
• IPIAU CENTRO 636 IPIAU, BA R DOIS DE JULHO, 12
• IPIRA CENTRO 3233 IPIRA, BA PC ROBERTO CINTRA, 392
• RECE CENTRO 780 IRECE, BA PC DR. MARIO DOURADO SOBRINHO, 135
• ITABERABA CENTRO 949 ITABERABA, BA PC FLAVIO SILVANI, 130
• ITABUNA CENTRO 70 ITABUNA, BA AV CINQUENTENARIO, 1163
• ITAPETINGA CENTRO 635 ITAPETINGA, BA R BARAO DO RIO BRANCO, 25
• JACOBINA CENTRO 634 JACOBINA, BA R SENADOR PEDRO LAGO, 142
• JEQUIE CENTRO 71 JEQUIE, BA R R COLOMBO DE NOVAES 15, 15
• JUAZEIRO CENTRO 80 JUAZEIRO, BA PC BARAO DO RIO BRANCO, 13 17
• LAURO DE FREITAS CENTRO 2022 LAURO DE FREITAS, BA AV SANTOS DUMONT, 5 KM 2
• PAULO AFONSO GENERAL DUTRA 985 PAULO AFONSO, BA R MANGUEIRAS, 104
• PORTO SEGURO CENTRO 3948 PORTO SEGURO, BA AV GETULIO VARGAS, 16
• RIBEIRA DO POMBAL CENTRO 781 RIBEIRA DO POMBAL, BA AV OLIVEIRA BRITO, 135
• SALVADOR CAMINHO DAS ARVORES 672 SHOPPING DA BAHIA, BA AV TANCREDO NEVES, 148
• SALVADOR CENTRO 61 DAS MERCES, BA AV SETE DE SETEMBRO, 955
• SALVADOR COMERCIO 63 COMERCIO, BA AV ESTADOS UNIDOS, 1
• SALVADOR ITAPUA 1053 ITAPUA, BA AV DORIVAL CAYMMI, 14359
• SALVADOR MATATU 1449 SETE PORTAS, BA R BANDEIRANTES, 01
• SANTA MARIA DA VITORIA CENTRO 3546 SANTA MARIA DA VITORIA, BA PC ARGEMIRO FILARDES, S/N
• SANTO ANTONIO DE JESUS ERNESTO MELO 950 SANTO ANTONIO DE JESUS, BA AV AV DOIS DE JULHO 96
• SEABRA CENTRO 3204 SEABRA, BA R RIO BRANCO, 116
• SENHOR DO BONFIM CENTRO 76 SENHOR DO BONFIM, BA AV RUI BARBOSA, 22
• SERRINHA CENTRO 77 SERRINHA, BA R MACARIO FERREIRA, 448
• SIMOES FILHO CENTRO 2150 SIMOES FILHO, BA AV LUIS EDUARDO MAGALHAES, 224
• TEIXEIRA DE FREITAS CENTRO 1131 TEIXEIRA DE FREITAS, BA R MASSANORI NAGAO, 150
• VALENCA CENTRO 78 NOSSA SENHORA DO AMPARO, BA R GOV. GONCALVES, 249
• VITORIA DA CONQUISTA CENTRO 4160 MONGOIOS, BA AV CRESCENCIO SILVEIRA, 430
• VITORIA DA CONQUISTA CENTRO 79 VITORIA DA CONQUISTA, BA PC PC DO BARAO RIO 30, 30

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Auxílio emergencial: Caixa poderá pagar segunda parcela mais rápido

O presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, afirmou nesta quarta-feira (6) que o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial será feito de maneira mais rápida e mais organizada, uma vez que o governo já possui no sistema os dados das pessoas que receberão o benefício.

A reformulação da estratégia de pagamento tem como objetivo de evitar aglomeração nas filas dos bancos e também fazer com que os diversos benefícios tenham datas mais espaçadas, e não coincidir o dia do pagamento do Bolsa Família com o Auxílio Emergencial. Contudo, para que o pagamento da segunda parcela seja creditado “antecipadamente”, é necessário o aval do Ministério da Cidadania.

O presidente da Caixa Econômica informou em sua “live” realizada nesta quarta-feira, através do You Tube, que a segunda parcela do auxílio emergencial será creditada de maneira diferente da forma da primeira parcela , onde a Caixa estabeleceu um cronograma de pouco mais de uma semana para os saques presenciais dos R$ 600, enquanto continuava recebendo o cadastro de novos beneficiários. “Para não esperar um mês para começar a pagar, nós começamos pagando as pessoas que iam sendo analisadas. No segundo pagamento, poderemos pagar de maneira diferente”, afirmou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que se mostrou eficaz por já possuir no sistema os dados dos beneficiários.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, mais de 50 milhões de brasileiros já receberam a primeira parcela do benefício emergencial. E o banco garante que a ida às agências, para o saque em espécie dos R$ 600, tem sido menos tumultuada.

Na mesma “live” o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, mostrou uma apresentação com 14 slides e 28 fotos, para mostrar que o atendimento estava acontecendo de maneira organizada e, assim, afastar as críticas sobre as filas nas agências da Caixa. 

Foto: Osvaldo Marques / Band Notícias Bahia

Auxílio emergencial causa fila extensa na Caixa nesta terça-feira

Uma fila foi formada na manhã desta terça-feira (5), na agência da Caixa Econômica da Avenida Paulo VI, em Salvador. O motivo se dá por conta do pagamento do auxílio emergencial das pessoas cadastradas e aprovadas que fazem aniversário no mês de novembro e dezembro.

O Band Notícias Bahia esteve no local às 7h, e encontrou uma fila com cerca de mais de 100 pessoas, que chegaram cedo para garantir uma renda extra, porém, devido à falta de consciência e de fiscalização no local, o distanciamento estabelecido não foi respeitado.

O mecânico desempregado, Pedro Pinto, 66 anos, não perdeu tempo e chegou cedo para garantir o saque benefício. Mesmo com uma extensa fila, Pedro compara com outras agências da Caixa, e diz que “essa daqui ainda está menor, mas nos outros lugares estão grandes. As agências do Comércio e Largo do Tanque estão quilométricas. Essa pandemia tem que acabar, porque desse jeito vai piorar a situação do país; e todos voltando ao trabalho e atividade a economia melhora”, afirma.

O marceneiro Jorge Otávio, 46 anos, que também está desempregado, acha que a situação ainda pode piorar mas “de acordo com o horário que está iniciando o expediente do banco, o tamanho da fila é normal. Tem que correr atrás mesmo, o que o governo está fazendo é muito bom para ajudar a quem precisa, e até aos que estão desempregados.

Desde a última segunda-feira (4) estão sendo realizados os pagamentos do auxílio emergencial para as pessoas que fazem aniversário no mês de novembro e dezembro. E para agilizar o atendimento, a Caixa Econômica reforçou o quadro de funcionários e modificou o horário de atendimento em todas agências do Brasil desde a última segunda-feira (4), que passaram a iniciar às 8h até às 14h.

Foto: José Cruz / Agência Brasil

Caixa amplia horário para pagamento do auxílio emergencial

A partir desta segunda-feira (4) todas agências da Caixa Econômica Federal irão iniciar o horário de atendimento das 8h até às 14h, para otimizar o pagamento do auxílio emergencial. Desde 22 de abril, 1.102 agências já vinham funcionando neste horário.

Outras medidas estão sendo adotadas neste período de pandemia, e para reforçar o contingente de funcionário foram alocados mais de 2.800 vigilantes adicionais, destes, 2000 já estão atuando, além do reforço no atendimento com 389 novos recepcionistas para orientação e atendimento ao público.

Ainda na última sexta-feira (1) a Caixa Econômica havia anunciado um pacote de medidas adicionais, como:
• realocação de mais de 3 mil funcionários para ampliar as equipes nas agências
• contratação de mais 2 mil vigilantes e 500 recepcionistas para orientação e atendimento ao público (no total, reforço de mais de 5,6 mil contratações)
• disponibilização de cinco caminhões-agência para atendimento em locais com maior necessidade

O banco também está em contato direto com as prefeituras com objetivo de fechar parcerias para atendimento à população e divulgação de informações.

No último sábado (2), 902 agências foram abertas exclusivamente para atendimento do saque em espécie da Poupança Social. Na última semana, houve abertura de quase 800 agências no feriado de 21 de abril e no sábado (25).

Para evitar superlotação nas agências da Caixa Econômica, é importante ressaltar que devem se dirigir ao banco apenas os usuários que precisam realizar serviços essenciais ou os beneficiários que receberam o auxílio na Poupança Social Digital e desejam fazer o saque em dinheiro.

A prioridade ainda é manter o atendimento digital, por meio do cadastramento por app, site e a movimentação do benefício pelo CAIXA Tem. Dessa forma, o banco reforça o pedido para que a população só se dirija às agências em último caso.

As pessoas que receberam o crédito por meio da Poupança Digital CAIXA podem pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras, bem como fazer transferências para outros bancos por meio do aplicativo CAIXA Tem.

Os beneficiários do Auxílio Emergencial que receberam o crédito em poupança da CAIXA podem movimentar o valor digitalmente pelo Internet Banking ou mesmo utilizando o cartão de débito em suas compras. Os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para o auxílio recebem o crédito no mesmo calendário e na mesma forma do benefício regular, por meio do cartão Bolsa Família nos canais de autoatendimento, lotéricas e correspondentes CAIXA Aqui; ou por crédito na conta CAIXA Fácil.

Para auxiliar os usuários e outras informações sobre o cadastro, os canais são o site auxilio.caixa.gov.br, o app CAIXA | Auxílio Emergencial e a central telefônica exclusiva 111.

Desde o início do pagamento do auxilio emergencial, em 9 de abril mais de R$ 35 bilhões já foram creditados, e até o último sábado (2) 50,2 milhões de cidadãos se cadastraram para solicitar o benefício. O site auxilio.caixa.gov.br superou a marca de 606 milhões de visitas e a central exclusiva 111 registra mais de 115 milhões de ligações. O aplicativo Auxílio Emergencial CAIXA conta com 74,3 milhões de downloads e o aplicativo CAIXA Tem, para movimentação da poupança digital, ultrapassa 77 milhões de downloads.