Foto: Rede social / ONU

Programa Mundial de Alimentos para combate à fome ganha Nobel da Paz de 2020

O anúncio do Prêmio Nobel da Paz de 2020 foi realizado às 11h em Estocolmo, na Suécia pela presidente do comitê, Berit Reiss-Andersen. A premiação vai para o Programa Mundial de Alimentos (PMA), a maior agência das Nações Unidas, por seus esforços no combate à fome e pela necessidade de solidariedade e cooperação multilateral.

Segundo Berit, o resultado deste ano para a agência é merecido por seus esforços de combate à fome, por sua contribuição para melhorar as condições para a paz em áreas atingidas por conflitos e por agir como força-motriz dos esforços para prevenir a fome como uso de arma de guerra e conflito.

O PMA é a maior organização do planeta de combate à fome e busca promover a segurança alimentar. A agência da ONU, só no ano de 2019, forneceu assistência para cerca de 100 milhões de pessoas em 88 países. Porém, a instituição tem dificuldades para receber os recursos necessários para expandir seu trabalho.

A presidente da ONU ressaltou que a pandemia de Covid-19 teve como consequência neste ano um número maior de vítimas da fome, principalmente, nos países africanos. Diante disso, o PMA “demostrou uma habilidade impressionante para intensificar seus esforços”.