Foto: Divulgação / Vaticano

Papa Francisco, de 84 anos, é vacinado contra Covid-19 no Vaticano

O Papa Francisco, de 84 anos, recebeu a primeira dose da vacina na quarta-feira (13), como parte de uma campanha de vacinação contra a Covid-19 para os funcionários do Vaticano. A informação é do porta-voz da Santa Sé, Matteo Bruni. O Papa emérito Bento XVI, de 93 anos, também foi vacinado.

Na semana passada, o Pontífice argentino havia anunciado que iria se vacinar contra o novo coronavírus. Em entrevista concedida para à rede Canale 5, o Papa criticou o que chamou de “negacionismo suicida” daqueles que se opõem a esta ferramenta contra a pandemia.

Por conta de sua idade avançada, o papa está dentro do grupo de maior risco. Além disso, teve um pulmão removido por conta de uma doença durante sua juventude na Argentina.

“Acredito que do ponto de vista ético todos devem ser vacinados, porque você não só põe em risco a sua saúde, a sua vida, mas também a dos outros. Quando eu era criança, lembro-me da epidemia de poliomielite, que deixou muitas crianças paralisadas e todo mundo esperava ansiosamente pela vacina”, afirmou o papa.

Francisco enfatizou ainda que é preciso se nortear pela ciência no Âmbito da pandemia, diante de suspeitas infundadas em torno dos imunizantes desenvolvidos pela Covid-19 alimentadas por determinados segmentos da sociedade.

Desde o início da pandemia, o Vaticano registrou pouco menos de 30 casos da Covid-19, sendo a maior parte deles, entre integrantes da Guarda Suíça, que vivem em alojamentos.