Foto: Letícia Martins / E.C. Vitória

Vitória luta agora para não entrar no Z4 após derrota para o Botafogo-SP por 2×1

O Leão chegou ao seu sétimo jogo sem triunfos no Brasileiro da Série B. A equipe foi batida pelo Botafogo-SP por 2 a 1 no domingo (25), em Ribeirão Preto, São Paulo, e agora com 20 pontos, está a um ponto da zona de rebaixamento.

O Botafogo-SP saiu na frente, com menos de um minuto de jogo. Judivan recebe cruzamento de Valdemir e o camisa 7 toca desviando para o fundo das redes, e abre o placar. Botafogo-SP 1×0 Vitória.

Aos 24, o Pantera ampliou o placar com Ferreira. Com um belo chute, ele acertou o ângulo superior esquerdo de Ronaldo que não conseguiu alcançar a bola. Botafogo-SP 2×0 Vitória.

O Leão diminuiu aos 40 minutos com Jordy. Vico fez boa jogada pela direita, se livrando do marcador e tocou para Léo, que cruzou e o camisa 19 só fez empurrar para as redes. Botafogo-SP 2×1 Vitória.

O Vitória volta a jogar na próxima sexta-feira (30), às 19h15, contra o Brasil de Pelotas, no Barradão, na abertura da 19ª rodada. O Botafogo-SP visita o Operário no Germano Krüger, no dia seguinte, às 19h.  

FICHA TÉCNICA:
Botafogo-SP 2×1 Vitória
Série B – 18ª rodada

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 25/10/2020 (domingo)
Horário: 20h30
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA-CBF)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA-CBF) e Helcio Araujo Neves (PA-CBF)
Quarto árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP-CBF)
Analista de campo: Gilberto Corrale  (SP-CBF)

Cartões amarelos: Walisson Maia (Botafogo-SP) /Lucas Cândido, Leandro Silva, Rafael Carioca, Ronaldo, Mateusinho, Léo (Vitória)

Gols: Judivan, Ferreira (Botafogo-SP) / Jordy (Vitória)

Botafogo-SP: Darley; Valdemir, Jordan, Róbson e Martineli; Elicarlos (Edson Júnior), Ferreira (Walisson Maia) e Bady (Matheus Anjos); Ronald (Luketa), Jeferson e Judivan (Murilo Oliveira). Técnico: Claudinei Oliveira.

Vitória: Ronaldo; Leandro Silva (Léo), Maurício Ramos, João Victor e Rafael Carioca; Guilherme Rend, Lucas Cândido, Gerson Magrão (Mateusinho) e Juninho Quixadá (Vico); Ewandro (Junior Viçosa) e Leo Ceará (Jordy). Técnico: Eduardo Barroca.

Foto: Prieto Carpi / E. C. Vitória

Vitória empata com o Guarani por 1×1 em casa e permanece na 13º posição

Em jogo válido pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vitória empatou com o Guarani por 1×1 nesta quinta-feira (22), no Barradão. O Leão abriu o placar aos 8 minutos do primeiro tempo, com gol de Léo Ceará em cobrança de Pênalti.

Entretanto, a equipe de Campinas conseguiu o empate aos 34 da etapa final com gol do atacante Rafael Costa com aproveitamento de sobra de bola.

Com este resultado, o Rubro-Negro permanece na 13ª posição com 20 pontos, enquanto o Guarani ficou na 15ª com 18.

O Vitória enfrenta o Botafogo-SP no próximo domingo (25), às 20h30, em São Paulo. Já o Guarani tem partida contra o Avaí.

FICHA TÉCNICA:

Vitória 1 x 1 Guarani

Série B – 17ª rodada

Local: Barradão, em Salvador (BA)

Data: 22/10/2020 (quinta-feira)

Horário: 21h30

Árbitro: Wagner Reway (PB-CBF)

Assistentes: Oberto da Silva Santos (PB-CBF) e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (PB-CBF)

Quarto árbitro: Wagner Francisco Silva Souza (BA-CBF)

Analista de campo: Carlos Alberto Souza Vila Nova  (BA-CBF)

Cartões amarelos: Alisson Farias; Lucas Cândido; Rodrigo Carioca; Léo Ceará (Vitória) / Wálber; Eliel (Guarani)

Cartões vermelhos: Carleto (Vitória)

Gols: Léo Ceará (Vitória); Rafael Costa (Guarani)

Vitória:

Ronaldo; Leandro Silva, Maurício Ramos, João Victor e Carleto; Guilherme Rend, Lucas Cândido e Marcelinho (Juninho Quixadá); Ewandro (Rodrigo Carioca) , Alisson Farias (Mateusinho) e Léo Ceará (Jordy). Técnico: Eduardo Barroca.

Guarani: Gabriel Mesquita; Pablo, Wálber, Didi (Romércio) e Erick Daltro (Murilo Rangel); Bruno Silva, Eduardo Person (Arthur Rezende) e Lucas Crispim; Renanzinho, Giovanny (Eliel) e Júnior Todinho (Rafael Costa). Técnico: Felipe Conceição.

Foto: Márcio Cunha / ACF

Vitória consegue empate de 1×1 com Chapecoense com gol de pênalti na Arena Condá

O Vitória saiu atrás em jogo contra o Chapecoense na tarde deste sábado (17), na Arena Condá, mas garantiu o empate. Depois de gol de Paulinho Moccelin para o Verdão do Oeste, o Leão conseguiu furar a defesa do melhor mandante da Série B e garantiu o 1×1, em cobrança de pênalti de Thiago Carleto.

O Rubro-Negro chegou a seis empates como visitante e também soma duas derrotas fora de casa. Com o resultado, fica com 19 pontos, mas permanece estacionado na 13ª colocação.

Já a Chape poderia se torna líder da Segundona. Agora tem 30 pontos e segue na segunda colocação, com dois empates em casa e cinco vitórias na Arena Condá.

O Vitória volta a Salvador para receber o Guarani na quinta-feira (22), às 21h30, no Barradão, na 17ª rodada.

Já a Chapecoense enfrenta a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, terça-feira (20), às 21h30.

FICHA TÉCNICA:

Chapecoense 1×1 Vitória – 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Chapecoense: João Ricardo, Guedes, Joilson, Luiz Otávio e Busanello; Willian, Evandro (Lima), Aylon (Vini Locatelli) e Paulinho Moccelin (Régis Tosatti); Felipe Garcia (Lucas Tocantins) e Anselmo Ramon. Técnico: Umberto Louzer.

Vitória: Ronaldo, Leandro Silva, João Victor, Maurício Ramos e Thiago Carleto; Guilherme Rend (Gabriel Furtado), Gerson Magrão (Lucas Cândido) e Marcelinho (Juninho Quixadá); Ewandro (Vico), Alisson Farías (Rafael Carioca) e Léo Ceará. Técnico: Eduardo Barroca.

Estádio: Arena Condá, em Chapecó, Santa Catarina
Gol: Paulinho Moccelin, aos 23 minutos do 1º tempo; Thiago Carleto, aos 16 minutos do 2º tempo
Cartão amarelo: Anselmo Ramon e Busanello, da Chapecoense; Maurício Ramos, do Vitória.
Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus, auxiliado por Diogo Carvalho Silva e Daniel de Oliveira Alves Pereira (trio do Rio de Janeiro).

Foto: Divulgação / Vitória

Vitória perde de virada por 2×1 para o Avaí no Barradão

O Vitória perdeu para o Avaí por 2×1 na tarde deste sábado (10) e lamentou a derrota no duelo no Barradão, em Salvador, na 15ª rodada da Série B do Brasileiro. O time da casa marcou com João Victor enquanto o Leão da Ilha descontou com dois gols de pênalti marcados por Valdívia.

O Rubro-Negro começou com ritmo acelerado e logo aos quatro minutos, após cobrança de escanteio de Carleto, o goleiro Lucas Frigeri não saiu na bola e viu João Victor ganhar a marcação e cabecear para o gol.

Após o gol o Leão relaxou e o visitante respondeu de imediato. No primeiro pênalti, o árbitro viu mão de Wallace dentro da grande área e marcou. Na virada, o lance foi semelhante, Getúlio cruzou e a bola tocou no braço de Guilherme Rend, e o árbitro entendeu pênalti novamente. Valdívia cobrou de novo e virou a partida.

Com o triunfo, o Avaí alcança os 22 pontos e fica a dois do G-4. O time do técnico Geninho volta a campo contra o CSA, na terça-feira, às 19h15, na Ressacada.

Com o resultado, o Vitória caiu para o 11º lugar da competição nacional, com 18 pontos. O Leão volta a jogar no próximo sábado (17), contra a Chapecoense, na Arena Condá.

Ficha Técnica:

VITÓRIA 1 X 2 AVAÍ

VITÓRIA
Ronaldo; Jonathan Bocão (Leandro Silva), João Victor, Wallace Reis e Thiago Carleto; Fernando Neto, Guilherme Rend (Juninho Quixadá) e Marcelinho (Vico); Alisson Farias (Mateusinho), Ewandro (Júnior Viçosa) e Léo Ceará

Técnico: Eduardo Barroca

AVAÍ
Lucas Frigeri; Iury, Rafael Pereira (Betão), Alan Costa e João Lucas (Luan Silva); Jean, Ralf, Valdivia (Leandrinho) e Pedro Castro; Gastón Rodriguez (Ronaldo Silva) e Getúlio (Romulo)

Técnico: Geninho

GOLS – João Victor, aos quatro, e Valdivia, aos nove e aos 17 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO – Marcos Mateus Pereira (MS)

CARTÕES AMARELOS – Alisson Farias, Juninho Quixadá e Thiago Carleto (Vitória)

LOCAL – Estádio Barradão, em Salvador (BA)

Foto: José Tramontin / Operário-PR

Vitória cede empate nos acréscimos e fica no 1×1 com o Operário-PR

O Vitória poderia ter entrado no G4 e ter conquistado o seu primeiro triunfo fora de casa, mas cedeu o empate para o Operário-PR na noite desta sexta-feira (2), no estádio Germano Krüger, no interior do Paraná. No início do segundo tempo, o Leão marcou com Ewandro, mas nos acréscimos, aos 46, permitiu o rival fazer o 1×1, com Jefinho.

Com o resultado, o Rubro-Negro não tem mais chance de colar nos quatro primeiros nessa rodada. O Leão ainda caiu uma posição com o triunfo do CRB contra o Avaí por 3×1, ficando agora na 8º posição, com 18 pontos.

O Vitória se prepara agora para receber o América-MG, nesta terça-feira (15), às 19h15, no Barradão, pela 14ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

Operário-PR x Vitória – 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Operário-PR: Thiago Braga, Sávio, Bonfim, Reniê e Peixoto (Julinho); Mazinho, Marcelo (Maranhão), Tomas Bastos (Pedro Ken) e Clayton (Rafael Chorão); Lucas Batatinha e Roger (Jefinho). Técnico: Gerson Gusmão.

Vitória: Ronaldo, Jonathan Bocão, João Victor, Wallace (Maurício Ramos) e Thiago Carleto; Guilherme Rend (Lucas Cândido), Fernando Neto e Marcelinho (Gerson Magrão); Ewandro (Jordy Caicedo), Júnior Viçosa e Alisson Farias (Mateusinho). Técnico: Bruno Pivetti.

Estádio: Germano Krüger, em Ponta Grossa, no Paraná
Gol: Ewandro, aos 8 minutos do segundo tempo; Jefinho, aos 46 minutos do segundo tempo.
Cartão amarelo: Julinho, do Operário; Ewandro, do Vitória;
Arbitragem: Thiago Luis Scarascati, auxiliado por Fabrini Bevilaqua Costa e Alberto Poletto Masseira (trio de São Paulo).

Foto: Pietro Carpi / E.C. Vitória

Vitória perde do CSA por 1×0 e desperdiça oportunidade de colar no G4

O Leão perdeu a invencibilidade em casa ao ser derrotado pelo CSA por 1×0, na terça-feira (29). Em seis jogos o Vitória empatou uma e venceu quatro no Barradão. Além disso, o Rubro-Negro perdeu a oportunidade de encostar no G4.

O gol saiu aos 12 minutos, quando Yago tocou para o atacante Paulo Sérgio e mesmo sem ângulo, marcou em cima do goleiro Ronaldo, que saiu mal na bola. Com isso, o CSA alcançou seu terceiro triunfo seguido, o primeiro fora de casa, e agora soma 13 pontos.

Com este resultado, o time do técnico Bruno Pivetti estacionou nos 17 pontos e ficou em 7º na tabela. Como mandante, o time ostentava a melhor campanha da Série B como mandante.

Durante a partida, mesmo com maior posse de bola, o anfitrião errava muitos passes, enquanto o visitante conseguia um melhor aproveitamento nas chances que surgiam. Mesmo com mais pressão para o empate no segundo tempo, o resultado ficou mesmo no 1×0 para o CSA.

Ficha técnica:

Vitória x CSA – 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Vitória: Ronaldo, Leandro Silva (Jonathan Bocão), João Victor (Maurício Ramos), Wallace e Thiago Carleto; Guilherme Rend (Eduardo), Lucas Cândido (Fernando Neto) e Marcelinho (Juninho Quixadá); Ewandro, Alisson Farias e Léo Ceará. Técnico: Bruno Pivetti.

CSA: Matheus Mendes; Diego Renan, Cleberson, Luciano Castan e Rafinha; Márcio Araújo, Geovane e Yago (Marquinhos); Pimpão (Allano), Paulo Sérgio (Andrigo) e Pedro Júnior (Pedro Lucas). Técnico: Mozart.

Estádio: Barradão, em Salvador.
Gol: Paulo Sérgio, aos 12 minutos.
Cartão amarelo: Matheus Mendes, do CSA.
Arbitragem: Leo Simão Holanda, auxiliado por Cleberson do Nascimento Leite e Eleutério Felipe Marques Junior (trio do Ceará).

Foto: Divulgação / Cuiabá

Vitória vence e tira invencibilidade do Cuiabá no Barradão na Série B; 4×2

Em jogo com três expulsões, o Vitória derrotou o Cuiabá por 4 a 2 neste sábado (5) no Barradão e confirmou a primeira derrota do Dourado no campeonato. Com o triunfo, o Leão subiu para a 6ª posição, com 13 pontos.

O Vitória saiu na frente com Léo Ceará, aos 28 minutos da etapa inicial, quando recebeu lançamento de Guilherme Rend e bateu rasteiro para abrir o placar.

Só que aos 35, os visitantes descontaram com um gol contra do zagueiro Wallace, que tentou cortar um cruzamento e acabou marcando contra. Quatro minutos depois, o Rubro-Negro de novo ficou em vantagem, quando Thiago Carleto bateu falta forte e o goleiro Cuiabá espalmou e caiu nos pés de João Victor, que finalizou.

No começo do segundo tempo, aos seis minutos, Hayner cruzou da direita para Maxwell cabecear e colocar nas redes do Rubro-Negro. Apesar do gol muito rápido na segunda etapa, aos 11, o Vitória teve um pênalti a seu favor, que foi cobrado com categoria por Carleto.

Na frente, e controlando mais a partida, os donos da casa ficaram mais tranquilos após a expulsão do goleiro João Carlos e o zagueiro Héder, mas o meia Marcelinho também teve que sair de campo após o cartão vermelho.

Aos 47 minutos, o time baiano marcou mais um no final com Matheusinho, que avançou pela direita e tocou para o atacante Rodrigo Porto. Ele recebeu na área e finalizou tirando o goleiro da jogada.

O próximo jogo do rubro-negro é na sexta-feira (11), diante do Cruzeiro, no Mineirão, às 21h30.

FICHA TÉCNICA:
Vitória 4×2 Cuiabá
Série B – 8ª Rodada
Data: 05/09/2020 (sábado)

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Hora: 16h30
Árbitro: Ronei Cândido Alves (MG-CBF)
Assistentes: Magno Arantes Lira (MG-CBF) e Helen Aparecida Gonçalves Silva Araújo (MG-CBF)

Quarto árbitro: Wagner Francisco Silva Souza (BA-CBF)
Analista de campo: Ademilton Piedade Carigé (BA-CBF)

Cartões amarelos: Gerson Magrão, Thiago Carleto, Marcelinho, Guilherme Rend, Jordy, Rodrigo Carioca (Vitória) / João Carlos, duas vezes, Hélder, duas vezes, Elvis, Anderson Conceição, Marino, Hayner (Cuiabá)

Cartões vermelhos: Marcelinho (Vitória) / João Carlos, Helder (Cuiabá)

Gols: Léo Ceará, João Victor, Thiago Carleto, Rodrigo Carioca, (Vitória) / Wallace, contra, Maxwell (Cuiabá)

Vitória: Ronaldo; Jonathan Bocão, João Victor, Wallace e Thiago Carleto (Leocovick); Guilherme Rend, Fernando Neto (Jean), Gerson Magrão (Rodrigo Carioca) e Marcelinho; Vico (Mateusinho) e Léo Ceará (Jordy). Técnico: Bruno Pivetti.

Cuiabá: João Carlos; Hayner, Hélder Maciel, Anderson Conceição e Romário; Marino (Ferrugem), Matheus Barbosa e Elvis (Matheus Nogueira); Felipe Ferreira (Yago), Maxwell (Lucas Ramon) e Jenison (Fabricio). Técnico: Marcelo Chamusca.

Foto: Luiz neto / Confiança

Vitória perde a invencibilidade para o Confiança na Série B

O rubro-negro chegou ao fim de sua invencibilidade na série B do Brasileiro na primeira derrota no torneio diante do Confiança, por 1×0, na noite desta terça-feira (1º) no Batistão, em Aracaju. O Vitória teria a chance de entrar no G4 nesta rodada, mas permanece na 8ª colocação com 10 pontos na tabela.

Já o Confiança com o resultado subiu cinco posições e agora ocupa o 13º lugar. A equipe sergipana estava na zona de rebaixamento e comemorou o primeiro triunfo da equipe no campeonato.

A partida teve outro rumo, após Leandro Kivel sair do banco de reservas, e na primeira jogada, partiu para cima, e acertou um chute no ângulo que definiu o placar aos 29 minutos do 2º tempo.

O técnico Bruno Pivetti  escalou o Leão desfalcado de três jogadores. O zagueiro Maurício Ramos, o lateral esquerdo Rafael Carioca e o volante Fernando Neto que foram vetados pelos médicos. No lugar, colocou de volta na lateral, Thiago Carleto, no meio-campo, Rodrigo Andrade e a estreia como titular de Wallace.

O Vitória enfrenta o Cuiabá no próximo sábado, às 16h30, no Barradão, válido pela oitava rodada.

FICHA TÉCNICA:

Confiança 1×0 Vitória – 7ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Confiança: Jean Drosny, Thiago Ennes, Nirley, Matheus Mancini e Djalma Silva; Madison (Everton), Jeferson Lima e André Moritz (Marcelinho); Ari Moura (Luan), Iago (Tiago Luis) e Bruno Paraíba. Técnico: Zé Carlos (auxiliar técnico; interino)

Vitória: Ronaldo, Jonathan Bocão (Léo), João Victor, Wallace e Thiago Carleto; Guilherme Rend (Jean), Rodrigo Andrade e Marcelinho; Mateusinho (Vico), Léo Ceará e Eron (Júnior Viçosa). Técnico: Bruno Pivetti

Estádio: Batistão, em Aracaju
Gol: Leandro Kivel, aos 29 minutos do 2º tempo
Cartão amarelo: André Moritz, Madison; Jean
Arbitragem: Douglas Marques das Flores, auxiliado por Herman Brumel Vani e Alberto Poletto Masseira (trio de São Paulo).

Foto: Letícia Martins / E.C. Vitória

Vitória vence o Paraná, ganha 3 pontos e ocupa agora a sexta posição na série B

O Vitória venceu o Paraná na tarde deste sábado (29) no Barradão, com gol de pênalti de Léo Ceará, e segue invicto na série B com duas vitórias e quatro empates e ocupa a sexta posição.

No início do jogo o Leão impôs velocidade e foi para cima do Paraná e chegou duas vezes com perigo. Já o Paraná tentou arriscar, mas sem êxito no primeiro tempo. Nesta primeira etapa houve muitos erros de passe das duas equipes.

A segunda etapa não teve grandes jogadas, mas aos 21 minutos Thales tentou desviar um chute de fora da área e colocou o braço na bola. O árbitro marcou pênalti, Léo Ceará cobrou e mandou para as redes.

O Rubro-Negro enfrenta o Confiança nesta terça-feira (1º), às 21h30, no Batistão, em Aracaju (SE).

Ficha técnica:

SÉRIE B 2020
6ª Rodada
29/08/2020
VITÓRIA 1X0 PARANÁ

Vitória: Ronaldo; Jonathan Bocão, João Victor, Mauricio Ramos (Wallace) e Rafael Carioca (Leocovick); Fernando Neto (Jean), Guilherme Rend e Marcelinho; Vico (Eron), Matheusinho e Léo Ceará (Caicedo). Técnico: Bruno Pivetti.

Paraná: Alisson; Paulo Henrique, Thales, Fabrício e Jean Victor; Jhony (Michel), Higor Meritão (Karl) e Renan Bressan; Gabriel Pires (Marcelo), Andrey (Wandson) e Bruno Gomes (Thiago Alves). Técnico: Allan Aal.

Gol: Léo Ceará, 22/2ºT(VIT)
Cartões amarelos: Rafael Carioca (VIT); Jhony Douglas, Thales, Fabrício e Karl (PAR)
Local: Barradão (Salvador-BA)
Árbitro: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Luis Carlos de França Costa (RN)

Foto: Maurícia da Matta / E.C. Vitória

Vitória enfrenta o Paraná no Barradão pela 6ª rodada

O técnico Bruno Pivetti deve manter a base da equipe que vem jogando o Rubro-Negro para enfrentar o Paraná, vice-líder da Série B, neste sábado, às 16h30, no Barradão. A partida é válida pela 6ª rodada da competição.

O Leão já não vence há cinco partidas, desde o início do Campeonato Brasileiro, quando bateu o Sampaio Corrêa por 1 a 0. Em seguida, foram quatro empates, jogando contra o Figueirense, Ponte Preta, Náutico e CRB e uma derrota na Copa do Brasil contra o Ceará.

O Vitória deve sair jogando com: Ronaldo, Jonathan Bocão, João Victor, Maurício Ramos e Rafael Carioca, Guilherme Rend, Fernando Neto e Marcelinho, Vico, Mateusinho e Léo Ceará.

Ficha Técnica:

SÉRIE B 2020

6ª Rodada

29/08/2020

VITÓRIA X PARANÁ

Vitória: Ronaldo; Jonathan Bocão, João Victor, Maurício Ramos e Rafael Carioca; Guilherme Rend, Fernando Neto e Marcelinho; Mateusinho, Vico e Léo Ceará. Técnico: Bruno Pivetti.

Paraná: Alisson; Paulo Henrique, Thales, Fabrício e Jean Victor; Jhony, Higor Meritão e Renan Bressan; Gabriel Pires, Andrey e Bruno Gomes. Técnico: Allan Aal.

Local: Barradão (Salvador-BA)

Horário: 16h30

Árbitro: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)

Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Luis Carlos de França Costa (RN)

Foto: Pietro Capri / E.C. Vitória

Vitória perde para o Ceará no Barradão e é eliminado da Copa do Brasil; 4×3

O Vovô venceu a equipe baiana por 4 a 3 no Barradão na noite desta quarta-feira (26) numa partida de sete gols, três pênaltis e três expulsões. Os gols do Alvinegro foram marcados por Vinícius, Thiago Carleto (contra), Fernando Sobral e Lima, já o Leão marcaram Léo Ceará, Thiago Carleto e Caicedo.

O Ceará saiu perdendo por 2 a 0 com 15 minutos de bola rolando. No entanto, o Vozão virou o placar para cima do Leão e venceu o duelo por 4 a 3 na noite desta quarta-feira (26), pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

Com a vitória, o Ceará avança para a quarta fase da Copa do Brasil e embolsa mais R$2 milhões. No próximo domingo, às 18h, o Vovô enfrenta o Atlético-GO pela 6ª rodada do Brasileirão.

Já o Vitória, enfrenta o Paraná no sábado (29), na série B do Brasileiro, às 16h30, no Barradão. O Leão é o nono colocado na tabela com sete pontos.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA 3X4 CEARÁ

Local: Barradão, em Salvador (BA)

Data: 26 de agosto de 2020

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Luciano Roggenbaum e Luiz H Souza Santos Renesto (PR)

Cartões amarelos: Maurício Ramos e Carleto (Vitória); Fernando Prass e Gabriel Lacerda (Ceará)

Cartões vermelhos: Léo Ceará (Vitória); Charles (Ceará)

GOLS

Vitória: Léo Ceara, aos sete minutos do 1º tempo; Carleto, aos 15 minutos do 1º tempo, e Caicedo, aos 19 minutos do 2º tempo

Ceará: Vina, aos 46 minutos do 1º tempo; Carleto (contra), aos dois minutos do 2º tempo; Fernando Sobral, aos 15 minutos do 2º tempo, e Lima, aos 43 minutos do 2º tempo.

VITÓRIA: Ronaldo; Jonathan Bocão, Gabriel Furtado, Maurício Ramos (Júnior Viçosa) e Thiago Carleto (Mateusinho); Guilherme Rend (Caicedo), Fernando Neto (Felipe Garcia) e Marcelinho (Jean); Vico, Rafael Carioca e Léo Ceará

Técnico: Bruno Pivetti.

CEARÁ: Fernando Prass; Samuel Xavier, Gabriel Lacerda (Tiago), Luiz Otávio e Bruno Pacheco; William Oliveira (Fabinho), Charles, Fernando Sobral, Vina (Lima) Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves); Rafael Sobis (Bergson)

Técnico: Guto Ferreira.

Foto: Pietro Carpi / Vitória

Nos acréscimos, Vitória consegue 2 gols e empata com o CRB no Rei Pelé

Fora de casa, o Vitória conseguiu um empate contra o CRB neste sábado (22) no estádio Rei Pelé, em Maceió, na quinta rodada do Brasileiro série B. Após estar perdendo por 2×0, já nos acréscimos do segundo tempo, o Leão igualou o placar com gols de Vico e Marcelinho.

Próximo de ter a sua primeira derrota no campeonato, o Leão não desistiu nos minutos finais. As 45, no cruzamento de Bocão para dentro da área, Vico pegou a sobra e só fez empurrar para o gol. Houve reclamação de posição irregular do camisa 11, mas o juiz validou o gol.

Três minutos depois, no último lance do jogo, aos 48, Marcelinho recebeu lançamento de Guilherme Rend, matou a bola no peito na grande área, e marcou para a felicidade Rubro-Negra, 2×2.

Com o empate, o Vitória chega a 7 pontos com 4 empates seguidos, e fica na nona colocação da tabela. Já o CRB aparece em quinto.

FICHA TÉCNICA:

CRB 2×2 Vitória
Série B – 5ª rodada
Local: 
Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 22/08/2020 (sábado)
Horário: 19h
Árbitro: Adriano Barros Carneiro (CBF-CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CBF-CE) e Renan Aguiar da Costa (CBF-CE)

Cartões amarelos: Diego Torres, Gum (CRB) / Jonathan Bocão (Vitória)

Gols: Léo Gamalho, duas vezes (CRB) / Vico, Marcelinho (Vitória)

CRB: Victor Souza; Reginaldo, Xandão (Ricardo), Gum e Hugo; Washington, Thiaguinho e Diego Torres (Carlos Jatobá); Magno Cruz (Erik), Luidy(Bill) e Léo Gamalho (João Carlos). Técnico: Marcelo Cabo.

Vitória: Ronaldo; Jonathan Bocão, João Victor, Maurício Ramos (Gabriel Furtado) e Thiago Carleto(Eron); Guilherme Rend, Rodrigo Andrade, Fernando Neto (Marcelinho) e Rafael Carioca; Léo Ceará (Júnior Viçosa) e Mateusinho (Vico). Técnico: Bruno Pivetti.

Foto: PontePress / Álvaro Jr

Vitória arranca empate contra a Ponte Preta em Campinas e soma mais um ponto no Brasileiro série B

Na terceira rodada da Série B, o Vitória arrancou o empate com a Ponte Preta em 3 a 3 na noite desta sexta-feira (14), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Marcaram para o Rubro-Negro Mateusinho, Léo Ceará e Rafael. Já a Macaca, fizeram Neto Moura, João Paulo e Matheus Peixoto.

O jogadores da Ponte Preta lamentaram o resultado, porque venciam até os 44 minutos da etapa final e sofreram o empate. O time de Campinas ainda não venceu na competição e ocupa a 12ª posição.

O Vitória tem cinco pontos, segue invicto, mas no complemento da rodada pode perder a vaga no G4. A próxima partida do time comandado por Bruno Pivetti será contra o Náutico, quarta-feira (19), às 21h30, no Barradão.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 3 X 3 VITÓRIA

PONTE PRETA – Ivan; Apodi, Wellington Carvalho, Rayan (Luizão) e Ernandes; Luís Oyama, Neto Moura, João Paulo e Camilo (Moisés); Osman (Matheus Peixoto) e Zé Roberto. Técnico: João Brigatti.

VITÓRIA – Ronaldo; Jonathan Bocão, João Victor, Gabriel Furtado (Jordy Caicedo) e Thiago Carleto; Fernando Neto, Guilherme Rend e Rodrigo Andrade (Jean); Mateusinho (Rafael Carioca), Léo Ceará (Marcelinho) e Eduardo (Felipe Garcia). Técnico: Bruno Pivetti.

GOLS – Mateusinho, aos 7, Neto Moura, aos 28, João Paulo, aos 33, e Léo Ceará, aos 37 minutos do primeiro tempo. Matheus Peixoto, aos 34, e Rafael Carioca, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Daniel Nobre Bins (RS).

CARTÕES AMARELOS – Wellington Carvalho (Ponte Preta); Jonathan Bocão, Thiago Carleto e Guilherme Red (Vitória).

LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Foto: Patrick Floriani / FFC

Vitória empata com Figueirense em 0x0 e fica em quinto na série B

Na noite desta terça-feira (11) pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro o Vitória e o Figueirense ficaram no empate em 0 a 0 no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Com o resultado, o Rubro-Negro agora têm quatro pontos, ficando na quinta colocação. Já o Figueirense conquistou o primeiro ponto na Série B e subiu para a 16ª posição.

O Leão começou com a posse de bola, mas sem jogadas produtivas e não conseguiu oferecer perigo ao gol do Figueirense na etapa inicial. O passe final e a escolha da melhor jogada deixaram a desejar, o que facilitou para o Figueira.

O técnico Bruno Pivetti trocou Jordy Caicedo por Léo Ceará, que embora não tenha ainda o ritmo ideal de jogo, mostrou que ainda é a melhor opção para o ataque do Leão.

O Figueirense encontrou espaço nas saídas do time visitante e chegou com perigo mas não conseguiu marcar o gol. Na próxima sexta-feira (14) o Vitória enfrenta a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em São Paulo, às 20h30 (horário de Brasília).

Foto: Rodrigo Rodrigues / CBF

Nova tabela da Copa do Brasil é divulgada pela CBF; Vitória e Ceará se enfrentam dia 26

A nova tabela da Copa do Brasil foi divulgada na noite desta segunda-feira (10) pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após a competição ter sido suspensa por quatro meses em meio à pandemia. O campeonato será retomado no dia 25 de agosto. Em Salvador, o Vitória enfrenta o Ceará no dia 26, pelo jogo de volta, no Barradão às 21h30. Os dez jogos pendentes da terceira fase serão realizados até o dia 27.

Nessa etapa classificam dez equipes para a quarta fase, em seguida, sairão cinco clubes para as oitavas de final. O Vitória precisa vencer por pelo menos um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis, já que no jogo de ida , 12 de março, o Leão perdeu por 1×0 para o Ceará no Castelão.

Entretanto, se o Rubro-Negro terminar a partida com dois gols a mais em tempo regulamentar, avança na competição.

Essas são as novas datas:

Terça-feira, 25/08/2020
16h – Afogados-PE (0) x (3) Ponte Preta
19h – América-MG (0) x (0) Ferroviária-SP
21h30 – Fluminense (0) x (1) Figueirense

Quarta-feira, 26/08/2020
16h – CRB (2) x (0) Cruzeiro
16h – América-RN (1) x (1) Juventude
19h – Paraná (0) x (1) Botafogo
21h30 – Goiás (1) x (0) Vasco
21h30 – Vitória (0) x (1) Ceará

Quinta-feira 27/08/2020
19h – Brusque (1) x (0) Brasil de Pelotas
21h30 – São José-RS (0) x (2) Atlético-GO

Foto: Pietro Carpi / ECV

Vitória bate o Sampaio Corrêa em estreia da Série B no Barradão

O rubro-negro começou bem na sua estreia da série B neste sábado (8) vencendo o Sampaio Corrêa por 1×0. Rumo à primeira divisão o leão teve o gol marcado pelo lateral esquerdo Thiago Carleto, de pênalti.

O técnico Bruno Pivetti optou por uma escalação ofensiva com o trio Vico, Jordy Caicedo e Alisson Farias. O time teve a estreia do meia Marcelinho, contratado do Ludogorets, da Bulgária.

Aos 18 minutos do primeiro tempo, Jordy Caicedo, recebeu o passe de Marcelinho que impôs velocidade na área adversária, o zagueiro Paulo Sérgio chegou na jogada, mas derrubou Caiedo por trás. Árbitro marcou pênalti. Thiago Carleto cobrou e deslocou o goleiro Gustavo. Bola pra um lado, goleiro pro outro, gol do Leão, 1×0.  

Na terça-feira (11) o time enfrenta o Figueirense, às 21h30, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC.

Foto : Reprodução / E.C. Vitória

Vitória renova contrato com volante Rodrigo Andrade por mais três anos

O volante Rodrigo Andrade, 23 anos, jogador do Vitória desde 2018, teve seu contrato renovado por mais três anos. O anúncio foi divulgado pelo clube rubro-negro neste domingo (19).

Rodrigo tem passagem pelo Paysandu e pelo Fluminense, e já vestiu a camisa do time baiano em 60 jogos mas não marcou nenhum gol. “Estou muito feliz por mais essa oportunidade que o Vitória me deu, mais essa honra de vestir esse manto até 2023. Que seja da vontade de Deus e que possa ter um bom proveito nessa temporada”, afirmou o volante.

Foto: Reprodução / E.C. Vitória

Vitória volta aos treinos após anuncio de resultado negativo de teste de covid-19

O Vitória anunciou nesta terça-feira (16) que estão negativados todos os 31 atletas e as outras 23 pessoas entre integrantes da comissão técnica e funcionários do clube testados para Covid-19, por medidas tomadas para reapresentação aos treinamentos.

Sendo assim, os atletas rubro-negros terão início de treino na manhã desta quarta-feira (17), seguindo o Protocolo Setorial – Clubes Profissionais de Futebol.

Faltam testar ainda nesta quarta os atletas: Carleto, Eduardo, Rodrigo Andrade, Gerson Magrão, Gabriel Bispo, o goleiro César, recém-contratado e o assistente técnico Bruno Pivetti

A princípio, os treinamentos serão comandados pelos preparadores físicos Ednilson Sena e Rodrigo Santana, e os goleiros pelos treinadores Luciano Júnior e Itamar Ferreira.

Foi montada uma estrutura para treinamentos ao ar livre nos dois campos de grama natural do CT, inclusive com local para os atletas depositar o material, pois não usarão o vestiário. Após os treinos eles retornarão para suas casas sem tomar banho.

O clube transformou um espaço no estacionamento em “academia ao ar livre”, com grama sintética, toldo e aparelhos.

Foto: Reprodução / YouTube

Vitória pretende voltar aos treinos no dia 10 de junho

O presidente do Vitória, Paulo Carneiro, na estreia do “Papo de Presidente”, no canal oficial do clube no YouTube, na noite desta terça-feira (26), disse que está planejando voltar aos treinos presenciais na Toca do Leão no dia 10 de junho.

O presidente afirmou ter enviado o protocolo à Secretaria Municipal de Saúde e aguarda a aprovação para retomar os trabalhos no seu centro de treinamento. “Espero que não precise adiar mais. Rezamos que a pandemia possa ser controlada em 15 dias”, falou Carneiro.

O Campeonato Baiano está suspenso desde o dia 17 de março devido à pandemia do coronavírus. Até o momento não há uma data definida para o reinício dos campeonatos. Antes da paralisação, o Vitória disputava o Campeonato Baiano, Copa do Nordeste e a Copa do Brasil.

Foto : Acervo Vitória

Vitória completa 121 anos nesta quarta-feira e tem comemoração virtual

O Esporte Clube Vitória está completando 121 anos nesta quarta-feira (13), e por conta da pandemia do coronavírus, vai fazer uma live virtual com o presidente Paulo Carneiro e convidados. As atividades do leão estão suspensas desde o dia 17 de março.

O Rubro-Negro deixou uma mensagem nas redes sociais: “Somos paixão! Somos riso e choro. Somos vermelho e preto, brancos e negros misturados. Somos fé, ginga, mandinga e a devoção que ninguém consegue explicar.Somos a garra, somos sangue no olho!O leão que faz o outro estremecer!Mas, neste momento somos também carinho e um aperto no coração.O Esporte Clube Vitória está completando 121 anos.Para comemorar esse dia de orgulho, celebraremos com uma Grande Live. Participe junto conosco!”

O Esporte Clube Vitória é um clube multiesportivo baiano, e foi fundado em 13 de maio de 1899 com o nome de Club de Cricket Victoria, mudado para Sport Club Victoria, em 1902, e finalmente, para o atual nome em 1946. Suas cores são o vermelho e o preto, seu mascote é o Leão.

Foto: Letícia Martins / ECVitória

Jogo-Treino: Vitória enfrenta Bahia de Feira no sábado

O Vitória vai realizar o seu primeiro jogo-treino do time principal na temporada contra o Bahia de Feira, neste sábado (18), no CT Manoel Pontes Tanajura.

O técnico Geninho ainda se recupera de uma cirurgia no olho, a equipe será dirigida pelo auxiliar Bruno Pivetti.

A estreia do Vitória na Copa do Nordeste será contra o Fortaleza, no dia 25 de janeiro, um sábado, às 16h, no Barradão.

Já o Bahia de Feira utilizará o jogo-treino como preparação para o Campeonato Baiano. O Tremendão estreia contra o Doce Mel, em 22 janeiro, uma quarta-feira, às 20h30, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana.