Foto: Valter Pontes / Secom

Prefeitura lança site que informa intensidade das filas de drive-thru de vacinação

Uma nova ferramenta digital que informa sobre a intensidade das filas nos pontos de drive-thru montados durante a estratégia de vacinação contra o coronavírus, foi apresentada pelo prefeito Bruno Reis nesta quinta-feira (4), em coletiva virtual à imprensa no 5º Centro de Saúde, nos Barris.

A população de Salvador pode acessar o link https://filometro.saude.salvador.ba.gov.br, e visualizar em tempo real quais drives em operação registram pouca ou grande demanda. 

“Importante que as pessoas, antes de saírem de casa, acessem esse site para saber como estão os pontos de vacinação. Temos hoje três locais exclusivos para imunização de idosos acima de 79 anos”, explicou o prefeito.

Além disso, a ferramenta traz a quantidade de pontos ativos e de vacinados do dia, bem como o status geral de filas, de cada espaço específico, se há pouco movimento, moderado ou intenso.

Também é possível ver o público-alvo atendido em cada local (se profissionais da saúde ou idosos) e quais doses estão sendo aplicadas (se a primeira ou de reforço).

Segundo a prefeitura, o objetivo é que os cidadãos inseridos dentro dessa primeira fase de vacinação contra o coronavírus evitem se dirigir aos drive-thru em períodos do dia que são mais demandados, evitando, portanto, longas esperas.

Foto: Paula Fróes / GOVBA

Governo estende toque de recolher até 31 de março em todo o estado

O governador Rui Costa (PT) anunciou nesta terça-feira (2), que o toque recolher no estado será estendido até o dia 31 de março. Segundo o gestor, a decisão tem como objetivo conter o avanço da pandemia do novo coronavírus. As medidas serão publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (3).

“Serão prorrogadas a partir do dia de amanhã, sendo duas modalidades. Para a região metropolitana, onde a situação está muito grave, só vai funcionar , até segunda-feira [8], às 5h, os serviços essenciais. Portanto fica prorrogada essa restrição à atividade comercial não essencial. Para o restante do estado, vale o toque de recolher a partir de quarta até o final do mês”, disse Rui.

O toque de recolher vale em todo o território baiano, das 20h às 5h, de 3 de março até o dia 1º de abril.

Poderão ser retomadas, as atividades não essenciais, que estavam suspensas no estado desde a última sexta-feira (26), a partir de quarta-feira na maioria das cidades baianas, mas com horário de encerramento estabelecido para as 20h e abertura após as 5h.

As medidas restritivas serão mantidas somente em Salvador e região metropolitana, e haverá o fechamento total das atividades não essenciais até as 5h da próxima segunda-feira (8). Os municípios que integram a RMS são: Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz.

Foto: Paula Froes / GOVBA

Rui prorroga por mais 48h as medidas restritivas no estado

As medidas restritivas serão prorrogadas por mais 48h, nesta segunda-feira (1º), devido ao alto número de ocupação de leitos de UTI na maioria das regiões do estado. A decisão foi em acordo entre o governador Rui Costa, o prefeito da capital Bruno Reis e o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) Eures Ribeiro. O decreto foi publicado neste domingo (28) na versão digital do Diário Oficial do Estado.

“Infelizmente a situação continua muito grave, só nos últimos três dias foram 320 óbitos na Bahia. Apenas no dia de hoje estavam na fila, aguardando pela regulação para um leito de UTI, mais de 190 pessoas. É a pior situação desde o início da pandemia, portanto tomamos uma medida absolutamente necessária, de prorrogar por 48h o funcionamento de apenas atividades essenciais”, afirmou Rui.

Estão fora do decreto veiculado neste domingo (28), as regiões Oeste, Norte e Nordeste, onde o índice de ocupação de leitos de UTI é inferior a 80%.

Medidas restritivas

Até as 5h da manhã do dia 3 de março de 2021, é permitido somente o funcionamento dos serviços essenciais, em especial as atividades relacionadas a saúde e comercialização de gêneros alimentícios, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde.

O funcionamento de restaurantes e bares fica restrito à operação de portas fechadas, na modalidade de entrega em domicílio (delivery) até às 24h entre 1º de março até as 05h de 3 de março de 2021. Após este período, o decreto institui que até o dia 8 de março de 2021, restaurantes, bares e congêneres deverão encerrar o atendimento presencial às 18h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até às 24h. A comercialização de bebidas alcoólicas está permitida a partir desta segunda-feira (1º).

Fica suspenso o funcionamento do transporte metropolitano aquaviário, como ferry boat e lanchinhas entre 1º de março até as 05h de 3 de março de 2021.

Ficam suspensos, ainda, eventos e atividades, em todo o território do Estado da Bahia, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica, durante o período de 01 de março a 08 de março de 2021.

Ficam vedados, até o dia 8 de março, procedimentos cirúrgicos eletivos não urgentes ou emergenciais, nas unidades hospitalares de saúde públicas e privadas do Estado da Bahia.

Seguem suspensos, no período de 01 de março até as 5h do dia 03 de março de 2021, os atendimentos presenciais do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) em todo o Estado da Bahia. Ficam suspensas, durante o mesmo período, as atividades presenciais nos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual não enquadrados como serviços públicos essenciais, devendo ser adotado o regime de trabalho remoto, observados o § 2º do art. 1º e o art. 2º do Decreto nº 19.528, de 16 de março de 2020.

Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, respeitados os protocolos sanitários estabelecidos, especialmente o distanciamento social adequado e o uso de máscaras, bem como com capacidade máxima de lotação de 30%.

Toque de Recolher

Segue restrita a circulação noturna de pessoas na rua em todo o estado, conforme as condições estabelecidas nos respectivos municípios, das 20h às 5h, de segunda-feira (1º) até as 5h da manhã do dia 8 de março de 2021. A exceção é para deslocamentos por motivos de saúde ou que fique comprovada a urgência.

Foto: Clauber Cleber Caetano / PR

Bolsonaro questiona utilização de máscara e isolamento social

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) questionou em uma live, na sexta-feira (26), o uso de máscaras e o isolamento social para conter a disseminação da Covid-19, apesar das práticas serem comprovadamente eficazes e recomendadas por autoridades sanitárias.

A afirmação do presidente é realizada no mesmo dia que o país chega ao patamar mais alto desde o início da pandemia, e registra 1.582 novas mortes pela doença.

Bolsonaro afirmou que as máscaras são “prejudiciais” às crianças, causando irritabilidade, dor de cabeça e dificuldade de concentração, e ainda citou um suposto estudo feito na Alemanha, sem falar qual.

O presidente afirmou ter sua própria “opinião” sobre o equipamento de proteção e evitou entrar em detalhes, porque segundo ele, “tudo deságua em crítica sobre mim”.

O uso de máscaras só não é recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e pela Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) para crianças abaixo de 5 anos.

Foto: Valter Pontes / Secom

Bruno Reis anuncia 160 leitos exclusivos para Covid-19 no Hospital Salvador

O Hospital Salvador, no bairro da Federação, passa a funcionar exclusivamente para atender a casos de Covid-19, a partir desta sexta-feira (26), através de regulação. O anúncio foi feito através de coletiva virtual pelo prefeito Bruno Reis (DEM), após requisição administrativa realizada pela Prefeitura.

Serão oferecidos no total, 40 leitos de UTI e 120 de enfermaria, em gestão a ser feita em parceria com a Santa Casa de Misericórdia, instituição contratada pela Prefeitura. Este é o quarto hospital de campanha voltado apenas para pacientes com coronavírus, assim como o Sagrada Família (Bonfim), Itaigara Memorial (Caminho das Árvores) e Santa Clara (Itaigara), estes três já em funcionamento.

“Já ultrapassamos o número de leitos de UTI da primeira onda, que eram 228. Neste momento, já estamos oferecendo 236 leitos de UTI, incluindo os dez da Unidade de Suporte Ventilatório na UPA de Valéria. Leitos esses tão escassos e preciosos neste momento, para ajudar a gente a enfrentar esse momento crítico de pandemia”, ressaltou o prefeito.

O prefeito demonstrou mais uma vez a preocupação com a demanda provocada pela Covid-19 no sistema de saúde. Nas últimas 24h, foram regulados 72 pacientes das UPAs para os hospitais, e outros 75 aguardam regulação. Destes, 30 precisam de UTI.

“Nesses 11 meses, lutamos para que as pessoas não morressem. Esse é um inimigo perigosíssimo, que a gente não enxerga e que está tendo uma agressividade maior, levando as pessoas a ficarem mais tempo na UTI. É por isso que cada um precisa fazer a sua parte”, alertou Bruno Reis.

Foto: Divulgação

Teixeira de Freitas não terá restrição das atividades comerciais determinadas em decreto

A prefeitura de Teixeira de Freitas anunciou nesta sexta-feira (26) que não vai aderir totalmente ao decreto de restrição das atividades não essenciais do Governo do Estado.

Com a medida, o comércio da cidade não irá fechar das 17h desta sexta até às 5h da segunda (1º), mas vai cumprir o decreto de toque de recolher, que limita as atividades e circulação de pessoas das 20h às 5h.

A gestão municipal divulgou em nota, que conforme o decreto, a prefeitura pode instituir ou deixar de instituir medidas de restrição no combate à disseminação da Covid-19 na cidade.

Diante disso, as atividades de comércio de rua, bares e restaurantes com atendimento presencial, shopping, galerias de lojas e demais centros comerciais, poderão funcionar até Às 20h.

De acordo ainda com a prefeitura, está permitida a celebração de culto nos templos religiosos até as 19h30, garantido o distanciamento e demais medidas estabelecidas nos protocolos de medidas sanitárias em vigor.

Os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação e bebida alcoólica, poderão ter o funcionamento estendido até a 0h.

Foto: Reprodução / Twitter

Rui Costa relata falta de equipe médica para trabalhar em hospitais

O governador Rui Costa relatou nesta sexta-feira (26) que “o estado está analisando alternativas” por causa da dificuldade na contratação de equipes médicas para trabalhar em hospitais que estão fazendo atendimento da Covid-19, e pode recorrer à Justiça.

A Bahia está com número recorde de pessoas internadas desde o início da pandemia, e com 81% de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo o governador, com tantas pessoas hospitalizadas, faltam profissionais para atender a grande demanda de pacientes. Sobre a Arena Fonte Nova, o gestor disse que ainda não conseguiu uma organização para gerir a unidade. As empresas alegam porque que estão sem profissionais disponíveis.

“Nós estamos com imensas dificuldades e nós hoje vamos analisar alternativas para conseguir ter uma equipe médica, enfermeiros especializados em UTI, fisioterapeutas especializados em UTI, médicos”, disse Rui Costa.

Sobre a falta de profissionais, Rui disse ainda que não descarta procurar médicos em outros estados ou países e que, se for preciso, irá recorrer à Justiça.

Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Rui Costa diz que Bahia pode ter “lockdown” se o cenário da pandemia não melhorar

Durante o programa Papo Correria, pela internet, o governador da Bahia, Rui Costa, disse nesta terça-feira (23) que se o cenário da pandemia não melhorar no estado, serão necessárias medidas mais rígidas para conter o avanço da Covid-19 no estado, como o lockdown.

“Há possibilidade, sim, de haver fechamento total, que é o que o povo chama de lockdown. Eu quero que as pessoas compreendam que nós estamos indo progressivamente para tentar ir ganhando a consciência e a colaboração de todo mundo. Então, iniciamos com 22h, puxamos para 20h, e o funcionamento de bar e restaurante até às 18h. Se nada surtir resultado, nós vamos ampliando isso, chegando no limite a fechar tudo”, disse o governador.

A subsecretária estadual da Saúde, Tereza Cristina Paim, que também participou da transmissão ao vivo falou sobre o aumento do número de casos no estado. “O espalhamento do vírus na Bahia está muito alto. A cada 10 exames que a gente faz, cinco ou seis estão positivos. Quer dizer que o vírus está se espalhando e as pessoas estão se contaminando”, explicou Paim.

Desde sexta-feira (19), 381 cidades estão inclusas no decreto de toque de recolher que seria até a 25 de fevereiro, mas com a mudança na medida estadual, segue até 28 de fevereiro. O horário de restrição de circulação foi ampliado na segunda-feira (22). Inicialmente, a medida começava a partir das 22h, agora começa às 20h e vai até 5h.

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registradas 66 mortes, 5.025 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 3.932 recuperados (+0,6%). Dos 660.506 casos confirmados desde o início da pandemia, 631.606 já são considerados recuperados e 17.580 encontram-se ativos. No estado, 42.097 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19, de acordo com o boletim desta terça-feira (23) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Foto: Valter Pontes / Secom

Prefeito anuncia medidas restritivas contra Covid-19 e novos leitos em Salvador

Novas ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus em Salvador foram anunciadas pelo prefeito Bruno Reis, nesta segunda-feira (22). Os detalhes foram apresentados durante o ato de nomeação de 165 servidores municipais, no Palácio Thomé de Souza.

As medidas contemplam o retorno de restrições mais duras para aliviar a pressão sobre o sistema de saúde da capital e abertura de mais leitos para o tratamento de pacientes infectados pela doença no Hospital Salvador, na Federação.

As determinações valerão pelo prazo inicial de sete dias e começam a partir desta terça-feira (23). Serão fechados todos os campos e quadras públicos de realização de atividades esportivas.

A partir de quarta (24), todas as praias e clubes sociais da cidade voltarão a ser fechados.

No domingo (21), a taxa de ocupação de leitos de UTI no município chegou a 80%,  índice que tem crescido nas últimas semanas mesmo após a expansão do número de vagas.

O prefeito explicou que as interdições visam ampliar o isolamento social para conter o avanço de casos da Covid-19 e evitar um possível colapso na rede de assistência à saúde.

“São medidas necessárias diante de um momento tão difícil. Preciso chamar atenção que, se nós estamos com problema na rede pública de saúde, na rede privada, infelizmente, a situação ainda é mais grave. Conversei com prestadores de serviço neste final de semana, recebi relatório e poucas unidades particulares ainda não chegaram a 100% na ocupação dos seus leitos. Isso se deve, primeiro, ao fato de ter aumentado muito a demanda devido à Covid e, segundo, porque existem unidades enfrentando fluxo por outros atendimentos como AVC e doenças de coração, que requerem UTI”, disse o prefeito.

Novos leitos

Para reforçar a rede de assistência aos pacientes com Covid-19 na capital durante a segunda onda da pandemia, a Prefeitura abrirá mais 100 novos leitos, sendo 20 de terapia intensiva e outros 80 de clínica médica. Os equipamentos serão instalados no Hospital Salvador, na Federação, que funcionará exclusivamente para acolhimento dos pacientes do novo coronavírus.

Com isso, o município chegará a um total de 555 vagas exclusivas para Covid-19 sob gestão municipal, número superior aos 449 leitos que foram implantados no auge da primeira onda do vírus na cidade.

Foto: Divulgação / PMVC

Prefeitura de Vitória da Conquista decide aderir novos horários do toque de recolher

Após a prefeitura de Vitória da Conquista ter publicado nas redes sociais que a cidade não iria aderir ao Decreto Estadual nº 20.240, de 21 de fevereiro, que amplia os horários do toque de recolher, a gestão municipal volta atrás e adere o decreto determinado pelo governo do estado.

Nas redes sociais, a prefeitura informou que iria manter as restrições das 22h às 5h, conforme decreto anterior, e não das 20h às 5h como publicado no novo decreto que passa a valer a partir de segunda-feira (22). Em contrapartida, o governador Rui Costa afirmou que o decreto teria que ser cumprido e que as polícias iriam fiscalizar.

Segundo a Central Integrada de Comando e Controle da Saúde do estado, nesta segunda-feira (22), a cidade registra 94% de taxa de ocupação tanto nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos, quanto nos pediátricos.

Já na manhã desta segunda-feira (22), a prefeita em exercício, Sheila Lemos, informou nas redes sociais que vai seguir o novo decreto.

“Na manhã desta segunda-feira (22), o Comitê de Gestão de Crise para enfrentamento da pandemia voltou a se reunir no Gabinete Civil. No encontro, ficou decidido que Vitória da Conquista irá aderir ao Decreto Estadual nº 20.240, de 21 de fevereiro, que altera os horários da restrição de circulação noturna em municípios baianos. A decisão avaliou o compromisso do governador da Bahia, Rui Costa, em abrir um hospital com leitos de UTI no município de Caetité, na região Sudoeste, até a próxima sexta-feira (26). O acordo ocorreu em conversa telefônica com a prefeita em exercício de Vitória da Conquista, Sheila Lemos, nesse domingo (21). Com isso, a restrição na circulação de pessoas nas ruas passa a valer hoje (22), das 20h às 5h, até o dia 28 de fevereiro”.

Foto: Reprodução / GOVBA

Ocupação de leitos de UTI chega a 80% na Bahia; governador anuncia ampliação do toque de recolher

A Bahia alcançou a marca de 80% de ocupação dos leitos de UTI, e por isso, o governador Rui Costa (PT), afirmou neste domingo (21) que o toque de recolher em vigor desde sexta-feira (19) será ampliado a partir de segunda-feira (22). A medida será publicada em edição extra do Diário Oficial.

“Infelizmente, alcançamos a marca de 80% de ocupação dos leitos de UTI na #Bahia e a consequência será a ampliação do horário do toque de recolher. A partir desta segunda, dia 22, a restrição será das 20h às 5h”, afirmou Rui.

Nas 381 cidades baianas, a restrição na circulação de pessoas nas ruas passa a valer das 20h às 5h, até o próximo dia 28 de fevereiro. A região oeste é a única exceção.

O atendimento presencial em bares, restaurantes, lojas de conveniência e demais estabelecimentos similares que comercializem bebidas alcóolicas será encerrado às 18h. Apenas o delivery de alimentos fica permitido até as 23h. Já o transporte metropolitano (ônibus, metrô, ferryboat e lanchinhas) pode funcionar até as 20h30.

A atualização do decreto nº 20.233, que instituiu o toque de recolher, será publicada em edição suplementar online do Diário Oficial do Estado (DOE) deste domingo (21). Conforme o decreto, no período das 20h às 5h, é permitido o deslocamento somente para ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência.

Não são alcançados pelo decreto os serviços de limpeza pública e manutenção urbana; os serviços delivery de farmácia e medicamentos; e as atividades profissionais de transporte privado de passageiros.

Fiscalização

Aqueles que descumprirem a medida podem ser autuados nos artigos 268 (infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa) e 330 (desobedecer a ordem legal de funcionário público) do Código Penal.

A população pode contribuir com a fiscalização. Denúncias para a Polícia Militar da Bahia (PMBA) devem ser feitas pelo 190 ou (71) 3235-0000, na capital, e pelo 181, no interior do estado. A denúncia é anônima.

Foto: Reprodução / Redes sociais

Bruno Reis anuncia limitação de comércio em bairros e abertura de 10 novos leitos

O prefeito Bruno Reis (DEM) anunciou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (19), a limitação de horário de comércio para alguns bairros e a suspensão de atendimento ao público nas repartições municipais. Na oportunidade, o gestor municipal ainda confirmou a abertura de 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da Covid-19.

A partir desta sexta, os 10 novos leitos estarão em funcionamento na tenda de apoio à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro de Valéria. Todos os leitos têm respiradores e podem entubar pacientes.

Funcionamento

A tenda vai funcionar 24 horas, todos os dias da semana, com o apoio de 74 trabalhadores da saúde, entre eles: médicos, enfermeiros, nutricionistas e técnicos de enfermagem. O investimento mensal para manter a unidade será de R$ 674 mil por mês.

“Nós já reabrimos mais leitos do que nós tínhamos na primeira onda. Precisa ficar claro, porque eu vejo as pessoas perguntarem. Nós vamos assumir todo o Hospital Salvador e vamos abrir pelo menos 20 leitos. Reabrindo esses 20 leitos, vamos superar, somados aos leitos que o estado já está mobilizado na Arena Fonte Nova e somados aos leitos do Hospital Eládio Lasserre, Salvador já vai ter mais leitos do que tinha na primeira onda”, explicou Bruno Reis.

Suspensão de atendimento ao público nas repartições municipais

A partir de terça-feira (23), atendimento ao público será suspenso em todas as unidades da prefeitura, secretarias e órgãos municipais. A medida é válida até 8 de março.

Secretários e dirigentes devem apresentar em 24 horas um plano de suspensão de atividades não essenciais.

Comércio nos bairros

Os bairros da Pituba, Brotas e Itapuã, que estão com números elevados de confirmações da Covid-19, em Salvador, voltarão a ter horário limitado nas atividades comerciais.

Além disso, a prefeitura determinou o fechamento de parques públicos municipais já a partir do sábado (20).

Foto: GOVBA

Toque de recolher inicia nesta sexta na Bahia

Começa nesta sexta-feira, o toque de recolher no estado da Bahia, e valerá por sete dias, das 22h às 5h, em 343 cidades do estado. A medida foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (18) e anunciada pelo governado Rui Costa. (veja o vídeo abaixo e confira a lista completa das cidades que terão toque de recolher)

Entre as medidas estabelecidas, os estabelecimentos comerciais e de serviços deverão encerrar as suas atividades até às 21h30, para garantir o deslocamento dos seus funcionários e colaboradores às suas residências.

Deverão estar fechados e vazios às 22h, estabelecimentos comerciais como shoppings, bares e restaurantes, além de postos de gasolina que vendem bebidas alcóolicas.

Os meios de transporte metropolitanos de ônibus, metrô, ferry-boat e lanchinhas devem ser encerrados o funcionamento às 22h30.

Na capital baiana, os ônibus urbanos deverão seguir decreto publicado pela prefeitura, que já determinou a circulação até 22h30.

Atividades essenciais

Os serviços de saúde e farmácias serão mantidos, inclusive a entrega de medicamentos por meio de motoboys. Entretanto, a partir das 22h, os serviços de delivery serão proibidos para bares, restaurantes e semelhantes, sendo permitidos apenas para farmácias.

Já o funcionamento dos terminais rodoviários, metroviários e aeroviários ou ao deslocamento de funcionários e colaboradores que atuem na operacionalização destas atividades fins, a determinação não se aplica.

O funcionamento de bares, restaurantes, lojas de conveniência e demais estabelecimentos similares que comercializem bebidas alcóolicas, inclusive na modalidade delivery ficam expressamente vedados, entre as 22h e às 5h.

Confira abaixo lista dos municípios que terão toque de recolher:

1.Abaíra
2.Abaré
3.Acajutiba
4.Adustina
5.Água Fria
6.Aiquara
7.Alagoinhas
8.Alcobaça
9.Almadina
10.Amargosa
11.Amélia Rodrigues
12.Anagé
13.Andaraí
14.Andorinha
15.Anguera
16.Antas
17.Antônio Cardoso
18.Antônio Gonçalves
19.Aporá
20.Apuarema
21.Araçás
22.Aracatu
23.Araci
24.Aramari
25.Arataca
26.Aratuípe
27.Aurelino Leal
28.Baixa Grande
29.Banzaê
30.Barra da Estiva
31.Barra do Choça
32.Barra do Rocha
33.Barro Preto
34.Barrocas
35.Belmonte
36.Belo Campo
37.Biritinga
38.Boa Nova
39.Boa Vista do Tupim
40.Bom Jesus da Serra
41.Boninal
42.Bonito
43.Boquira
44.Botuporã
45.Brejões
46.Brumado
47.Buerarema
48.Caatiba
49.Cabaceiras do Paraguaçu
50.Cachoeira
51.Caculé
52.Caetanos
53.Caetité
54.Cairu
55.Camacã
56.Camaçari
57.Camamu
58.Campo Alegre de Lourdes
59.Campo Formoso
60.Canavieiras
61.Candeal
62.Candeias
63.Candiba
64.Cândido Sales
65.Cansanção
66.Canudos
67.Capela do Alto Alegre
68.Caraíbas
69.Caravelas
70.Cardeal da Silva
71.Carinhanha
72.Casa Nova
73.Castro Alves
74.Catu
75.Caturama
76.Chorrochó
77.Cícero Dantas
78.Cipó
79.Coaraci
80.Conceição da Feira
81.Conceição do Almeida
82.Conceição do Coité
83.Conceição do Jacuípe
84.Conde
85.Condeúba
86.Contendas do Sincorá
87.Coração de Maria
88.Cordeiros
89.Coronel João Sá
90.Cravolândia
91.Crisópolis
92.Cruz das Almas
93.Curaçá
94.Dário Meira
95.Dias d’Ávila
96.Dom Basílio
97.Dom Macedo Costa
98.Elísio Medrado
99.Encruzilhada
100.Entre Rios
101.Érico Cardoso
102.Esplanada
103.Euclides da Cunha
104.Eunápolis
105.Fátima
106.Feira da Mata
107.Feira de Santana
108.Filadélfia
109.Firmino Alves
110.Floresta Azul
111.Gandu
112.Gavião
113.Glória
114.Gongogi
115.Governador Mangabeira
116.Guajeru
117.Guanambi
118.Guaratinga
119.Heliópolis
120.Iaçu
121.Ibiassucê
122.Ibicaraí
123.Ibicoara
124.Ibicuí
125.Ibipitanga
126.Ibiquera
127.Ibirapitanga
128.Ibirapuã
129.Ibirataia
130.Ibitiara
131.Ichu
132.Igaporã
133.Igrapiúna
134.Iguaí
135.Ilhéus
136.Inhambupe
137.Ipecaetá
138.Ipiaú
139.Ipirá
140.Irajuba
141.Iramaia
142.Iraquara
143.Irará
144.Itabela
145.Itaberaba
146.Itabuna
147.Itacaré
148.Itaetê
149.Itagi
150.Itagibá
151.Itagimirim
152.Itaju do Colônia
153.Itajuípe
154.Itamaraju
155.Itamari
156.Itambé
157.Itanagra
158.Itanhém
159.Itaparica
160.Itapé
161.Itapebi
162.Itapetinga
163.Itapicuru
164.Itapitanga
165.Itaquara
166.Itarantim
167.Itatim
168.Itiruçu
169.Itiúba
170.Itororó
171.Ituaçu
172.Ituberá
173.Iuiu
174.Jacaraci
175.Jaguaquara
176.Jaguarari
177.Jaguaripe
178.Jandaíra
179.Jequié
180.Jeremoabo
181.Jiquiriçá
182.Jitaúna
183.Juazeiro
184.Jucuruçu
185.Jussari
186.Jussiape
187.Lafaiete Coutinho
188.Lagoa Real
189.Laje
190.Lajedão
191.Lajedinho
192.Lajedo do Tabocal
193.Lamarão
194.Lauro de Freitas
195.Lençóis
196.Licínio de Almeida
197.Livramento de Nossa Senhora
198.Macajuba
199.Macarani
200.Macaúbas
201.Macururé
202.Madre de Deus
203.Maetinga
204.Maiquinique
205.Malhada
206.Malhada de Pedras
207.Manoel Vitorino
208.Maracás
209.Maragogipe
210.Maraú
211.Marcionílio Souza
212.Mascote
213.Mata de São João
214.Matina
215.Medeiros Neto
216.Milagres
217.Mirante
218.Monte Santo
219.Mortugaba
220.Mucugê
221.Mucuri
222.Mundo Novo
223.Muniz Ferreira
224.Muritiba
225.Mutuípe
226.Nazaré
227.Nilo Peçanha
228.Nordestina
229.Nova Canaã
230.Nova Fátima
231.Nova Ibiá
232.Nova Itarana
233.Nova Redenção
234.Nova Soure
235.Nova Viçosa
236.Novo Horizonte
237.Novo Triunfo
238.Olindina
239.Ouriçangas
240.Palmas de Monte Alto
241.Palmeiras
242.Paramirim
243.Paripiranga
244.Pau Brasil
245.Paulo Afonso
246.Pé de Serra
247.Pedrão
248.Pedro Alexandre
249.Piatã
250.Pilão Arcado
251.Pindaí
252.Pindobaçu
253.Pintadas
254.Piraí do Norte
255.Piripá
256.Planaltino
257.Planalto
258.Poções
259.Pojuca
260.Ponto Novo
261.Porto Seguro
262.Potiraguá
263.Prado
264.Presidente Jânio Quadros
265.Presidente Tancredo Neves
266.Queimadas
267.Quijingue
268.Rafael Jambeiro
269.Remanso
270.Retirolândia
271.Riachão do Jacuípe
272.Riacho de Santana
273.Ribeira do Amparo
274.Ribeira do Pombal
275.Ribeirão do Largo
276.Rio de Contas
277.Rio do Antônio
278.Rio do Pires
279.Rio Real
280.Rodelas
281.Ruy Barbosa
282.Salinas da Margarida
283.Salvador
284.Santa Bárbara
285.Santa Brígida
286.Santa Cruz Cabrália
287.Santa Cruz da Vitória
288.Santa Inês
289.Santa Luzia
290.Santa Teresinha
291.Santaluz
292.Santanópolis
293.Santo Amaro
294.Santo Antônio de Jesus
295.Santo Estêvão
296.São Domingos
297.São Felipe
298.São Félix
299.São Francisco do Conde
300.São Gonçalo dos Campos
301.São José da Vitória
302.São Miguel das Matas
303.São Sebastião do Passé
304.Sapeaçu
305.Sátiro Dias
306.Saubara
307.Seabra
308.Sebastião Laranjeiras
309.Senhor do Bonfim
310.Sento Sé
311.Serra Preta
312.Serrinha
313.Simões Filho
314.Sítio do Quinto
315.Sobradinho
316.Souto Soares
317.Tanhaçu
318.Tanque Novo
319.Tanquinho
320.Taperoá
321.Teixeira de Freitas
322.Teodoro Sampaio
323.Teofilândia
324.Teolândia
325.Terra Nova
326.Tremedal
327.Tucano
328.Uauá
329.Ubaíra
330.Ubaitaba
331.Ubatã
332.Una
333.Urandi
334.Uruçuca
335.Utinga
336.Valença
337.Valente
338.Varzedo
339.Vera Cruz
340.Vereda
341.Vitória da Conquista
342.Wagner
343.Wenceslau Guimarães
Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Governo detalha aplicação do toque de recolher na Bahia

O governo do estado informou alguns detalhes da aplicação do toque de recolher na Bahia que será publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (18). Anunciado para iniciar na sexta-feira, o toque de recolher valerá por sete dias, das 22h às 5h, em 343 cidades da Bahia a partir de sexta-feira (19) e valerá até 25 de fevereiro.

Entre as medidas estabelecidas, os estabelecimentos comerciais e de serviços deverão encerrar as suas atividades até às 21h30, para garantir o deslocamento dos seus funcionários e colaboradores às suas residências.

Deverão estar fechados e vazios às 22h, estabelecimentos comerciais como shoppings, bares e restaurantes, além de postos de gasolina que vendem bebidas alcóolicas.

Os meios de transporte metropolitanos de ônibus, metrô, ferry-boat e lanchinhas devem ser encerrados o funcionamento às 22h30.

Na capital baiana, os ônibus urbanos deverão seguir decreto publicado pela prefeitura, que já determinou a circulação até 22h30.

Atividades essenciais

Os serviços de saúde e farmácias serão mantidos, inclusive a entrega de medicamentos por meio de motoboys. Entretanto, a partir das 22h, os serviços de delivery serão proibidos para bares, restaurantes e semelhantes, sendo permitidos apenas para farmácias.

Já o funcionamento dos terminais rodoviários, metroviários e aeroviários ou ao deslocamento de funcionários e colaboradores que atuem na operacionalização destas atividades fins, a determinação não se aplica.

O funcionamento de bares, restaurantes, lojas de conveniência e demais estabelecimentos similares que comercializem bebidas alcóolicas, inclusive na modalidade delivery ficam expressamente vedados, entre as 22h e às 5h.

Foto: Reprodução / GOVBA

Rui Costa decreta toque de recolher no estado a partir de sexta

O governador Rui Costa (PT) decretou toque de recolher a partir de sexta-feira (19), e ficará restrita a circulação de pessoas nas ruas e o funcionamento de serviços não essenciais após as 22h em grande parte da Bahia, exceto nas regiões oeste, de Irecê e de Jacobina, que apresentam os três menores índices de ocupação de leitos de UTI para Covid-19.

A medida veio após uma reunião com membros da União dos Municípios da Bahia (UPB), prefeitos e técnicos das secretarias estaduais da Educação e da Saúde. A restrição compreenderá o período das 22h às 5h.

“O decreto que será publicado nesta quarta-feira (17) irá valer por sete dias e proíbe atividades comerciais não essenciais. É uma medida que precisamos tomar para conter as taxas de contágios e o número de casos ativos que hoje ultrapassam 15 mil. É uma forma de conter o avanço desse número alarmante que, se continuar crescendo, irá levar ao total colapso do sistema de saúde”, disse o governador.

Rui afirmou ainda que, para a volta às aulas, três critérios precisam ser obedecidos: a redução do número de casos ativos, a diminuição do número de óbitos e a queda das taxas de ocupação de leitos. “Definimos que esses critérios são os requisitos mínimos necessários para que possamos ter um retorno sem colocar em risco a vida de nossos professores, pais, alunos e todos os seus familiares”, concluiu.

A declaração do governador seguiu uma apresentação de técnicos da Sesab mostrando que a Bahia alcançou uma taxa de 74% de ocupação dos leitos de UTI dedicados para atender pacientes com casos mais graves de Covid-19. “Os dados indicam um risco real de colapso do sistema de saúde e consequente aumento na mortalidade. Nesse momento, apenas medidas de distanciamento social mais severas minimizarão as altas taxas de transmissão do vírus”, explicou o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

Foto: Alan Santos / PR

Bolsonaro critica Facebook e imprensa e diz que o “certo seria tirar jornais de circulação”

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a imprensa nesta segunda-feira (15) e criticou bloqueio imposto pelo Facebook em publicação de imagens em páginas de conteúdo político.

“Agora deixa o povo se libertar, ter liberdade. Logicamente, se alguém extrapolar alguma coisa, tem a Justiça para recorrer. Agora o Facebook vir bloquear a mim e a população. É inacreditável que isso impere no Brasil. E não há reação da própria mídia”, disse o presidente.

Bolsonaro afirmou que a Advocacia-Geral da União (AGU) foi acionada para que investigue o suposto bloqueio pela rede social. Ele alega que o Facebook  impede que seus seguidores postem imagens nos comentários de sua página.

O presidente, que passa o carnaval no litoral catarinense, também voltou a criticar a imprensa. “O certo é tirar de circulação Globo, Folha de S.Paulo, Estadão, Antagonista. São fábricas de fake news”, ressaltou.

O Facebook não comentou as declarações do presidente Jair Bolsonaro.

Foto: Reprodução / CMS

Vereador Daniel Rios do Patriota morre aos 46 anos em Salvador

Morreu em Salvador no domingo (14), o vereador Daniel Rios (Patriota), após complicações de um câncer no pâncreas. A prefeitura de Salvador decretou luto oficial de dois dias. O sepultamento será realizado nesta segunda (15), mas por causa da pandemia, a família não vai informar local e horário.

O político, de 46 anos, era também empresário, músico e produtor musical, e era formado em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Daniel Rios foi eleito em 2016 e depois reeleito em 2020, após se filiar ao Patriota em abril do mesmo ano. Ele era irmão do médico e deputado estadual David Rios. O vereador deixa esposa e filho.

Nota de falecimento da família

A família Rios comunica, com profundo pesar o falecimento do vereador Daniel Rios, ocorrido neste domingo, 14.

O sepultamento será realizado hoje. Devido à pandemia, não informaremos local e horário de sepultamento. Daniel, junto com seu irmão David Rios sempre trabalhou pelo bem da saúde pública, em respeito a este trabalho e legado, vamos manter o foco de combate à propagação do Coronavírus e evitar aglomerações.

Daniel era um pai, filho, irmão, marido, amigo e um vereador alegre e amoroso. Dedicou parte da sua vida com a missão de ajudar ao próximo e ainda que não conseguisse, sempre oferecia uma palavra e um ombro amigo.

Por este motivo, a família pede para que lembremos dele com essa imagem e que seja dedicado, se possível, um minuto de oração para que ele esteja bem no outro plano.

“Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus.” – 2 Coríntios 5:1

Foto: Alan Santos / PR

Bolsonaro afirma que novo auxílio pode começar em março e durar até quatro meses

O novo auxílio emergencial para os trabalhadores informais pode começar a ser pago em março e deve durar entre três e quatro meses. Foi o que afirmou o presidente Jair Bolsonaro na quinta-feira (11). Entretanto, segundo o chefe do executivo, o valor não está definido e o início dos repasses está em negociação com o Congresso Nacional, que precisa aprovar um projeto de lei instituindo novamente a medida.

“Tá quase certo, né? Não sabemos o valor. Com toda a certeza, pode não ser, né? A partir de março, por três, quatro meses, que está sendo acertado com o Executivo e com o Parlamento também”, afirmou em entrevista à imprensa em um evento em Alcântara (MA), para entrega de títulos de terra.

De acordo com o governo, o novo auxílio emergencial substituirá o auxílio pago ao longo ano passado, como forma de conter os efeitos da pandemia de covid-19, integrando os mais pobres e os trabalhadores informais.

Inicialmente, projetado para durar três meses, o auxílio emergencial contou com parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil (no caso das mães chefes de família), por mês, a cada beneficiário. Logo depois, o auxílio foi estendido para o total de cinco parcelas e, em setembro de 2020, foi liberado o Auxílio Emergencial Extensão de R$ 300 (R$ 600 para as mães chefes de família), com o máximo de quatro parcelas mensais.

O último pagamento do benefício ocorreu no final de janeiro, e cerca de 67 milhões de pessoas foram contempladas com o programa.

Foto: Betto Jr / Secom

Bruno Reis autoriza reforma de 50 casas na Vila Brandão no programa Morar Melhor

O prefeito Bruno Reis (DEM) esteve na comunidade Vila Brandão, na Vitória, nesta quinta-feira (11), para autorizar a intervenção em 50 imóveis da região. O programa Morar Melhor, iniciativa municipal, realiza melhorias em habitações cujas estruturas se encontram em situação precária.

Uma das contempladas, a moradora Bernadete esteve entre as primeiras a receber o serviço e hoje serve de modelo para a vizinhança. “Moro aqui há três décadas e graças a Deus e à Prefeitura consegui realizar o desejo de ter um lar reformado. Foi feito reboco, pintura, colocaram porta e janela novas, além de pia e vaso no banheiro. É praticamente uma outra casa”, comemorou.

Atualmente, a artesã e aposentada mora com a filha e mais três netos. Ainda de acordo com Bernadete, o local, além de ser tranquilo, possui vista privilegiada para a Baía de Todos-os-Santos. “Não troco aqui por nenhum outro lugar”, concluiu.

Segundo a prefeitura, o Morar Melhor da Vila Brandão obedeceu a requisitos técnicos estipulados para o funcionamento do programa e teve investimento em torno de R$7 mil por imóvel.

Funcionamento

No Morar Melhor, os serviços escolhidos em cada uma das casas alcançadas pelo programa ocorrem em conjunto com o beneficiado. É possível realizar pintura, reboco, recuperação ou troca de telhado, troca de esquadrias (portas e janelas) e instalações sanitárias.

Coordenado pela Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), a iniciativa já reformou mais de 31 mil casas em mais de 128 localidades, desde 2015 até agora, sendo um instrumento de resgate, cidadania e autoestima da população que vive em áreas carentes. Atualmente, há mais de 7 mil casas cadastradas para receber a ação.

Foto: Jane de Araújo / Agência Senado

PT da RMS é unânime na candidatura de Jaques Wagner a governador em 2022

Representantes do PT da Região Metropolitana de Salvador (RMS), lideranças e a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, em reunião realizada neste sábado (6), em Mata de São João, lançaram o senador Jaques Wagner candidato a governador em 2022.

A reunião, que contou com representantes de 10 municípios, reuniu quase 100 pessoas, respeitando os protocolos de segurança da pandemia do coronavírus.

Entre os temas discutidos, estavam à volta do auxílio emergencial de R$ 600 durante a pandemia, a campanha “Fora Bolsonaro” e a vacinação universal.

Na pauta do encontro, foi avaliado o resultado eleitoral de 2020, e a premissa de que o partido deve se organizar e se integrar mais para intervir na sociedade em 2021, e nos anos posteriores. Houve consenso, inclusive, na disputa eleitoral com a aclamação unânime de Jaques Wagner como o candidato a governador em 2022 e o nome de Fernando Haddad à presidência da república fanunciada pelo ex-presidente Lula.

Estavam presentes na reunião, os deputados Joseildo Ramos, Bira Coroa e Robinson Almeida, o ex-deputado Luís Caetano, pela executiva nacional do PT, o candidato a prefeito de Mata de São João Paulo Henrique, Marcelino Almeida (ex-vereador de Dias D’ávila e hoje dirigente partidário municipal), além de Ailton Florêncio, secretário de administração de Lauro de Freitas, candidatos a prefeito na RMS, Ivoneide Caetano de Camaçari e Florzão de Pojuca, vereadores eleitos, jovens e a militância.

O PT da RMS, já tem uma nova data onde será lançado um manifesto político dessa organização do Partido dos Trabalhadores. Será no dia 21 de fevereiro, em Lauro de Freitas.

Foto: Reprodução / GOVBA

Rui discute criação de protocolo de volta às aulas com prefeitos do estado

Uma reunião com o governador Rui Costa (PT), na sexta-feira (5), que contou com prefeitos da capital e do interior, teve o objetivo de discutir a criação do protocolo de volta às aulas na Bahia e vacinação de profissionais de saúde acima de 55 anos, que fazem parte do grupo de maior vulnerabilidade.

Apesar do encontro, realizado na governadoria, que ainda contou com secretários estaduais e municipais, da saúde e educação, além de membros da União dos Municípios da Bahia (UPB), ainda não há data para retorno das aulas presenciais em todo o estado.

Para o governador, o retorno das atividades escolares é preciso levar em conta as taxas de ocupação de leitos e de mortalidade pela Covid-19. Para isso, o governo, junto às prefeituras, pretende criar um protocolo único para a volta às aulas.

Nesta sexta, o governo informou que decidiu prorrogar o decreto que suspende shows e aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada em toda a Bahia. A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (6) e vale até o dia 14 de fevereiro de 2021.

Foi solicitado, um levantamento dos profissionais da educação acima de 55 anos na Bahia, que fazem parte do grupo de maior vulnerabilidade, pelo chefe do executivo do estado, para que, possivelmente, eles possam ser incluídos na programação de vacinação. Não há detalhes sobre o período em que as prefeituras devem entregar essas lista.

No encontro desta sexta, estavam os secretários estaduais da saúde, Fábio Vilas-Boas, e da Educação, Jerônimo Rodrigues, e o presidente da UPB, Eures Ribeiro, além do prefeito de Salvador, Bruno Reis, acompanhado dos secretários municipais de Saúde e de Educação, Léo Prates e Marcelo Oliveira, respectivamente. Já os prefeitos do interior participaram virtualmente.

Decreto

O primeiro decreto da suspensão das aulas foi publicado no mês de março, e desde então vem sendo renovado cada vez que vence, como medida de prevenção da Covid-19.

Além das atividades escolares, o decreto proíbe a realização de atividades com público superior a 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos. Shows e festas, públicas ou privadas, seguem proibidos independentemente do número de participantes.

Cerimônias de casamento e solenidades de formatura podem ser realizadas desde que limitadas a até 200 pessoas. A parte festiva desses eventos não está permitida.

Foto: Valter Pontes / Secom

ACM Neto nega possibilidade de ser vice-presidente em chapa de Bolsonaro

Em vídeo publicado hoje (5) nas redes sociais, o ex-prefeito de Salvador e presidente do Democratas, ACM Neto, negou especulações sobre uma eventual candidatura a vice-presidente na chapa do atual presidente da república, Jair Bolsonaro, em 2022.

Neto ressaltou que considera “absurdo” que o debate sobre as eleições ganhe espaço em meio à pandemia de Covid-19.

“Quem me conhece sabe, sabe quais são minhas prioridades, sabe que eu não serei candidato a vice-presidente da República nem de Bolsonaro nem de nenhum outro candidato. Além disso, acho um absurdo que nesse momento se esteja tratando de política, de eleições de 2022. A hora agora não é pra isso. A hora é pra que tenhamos responsabilidade e juízo. Temos mais de 220 mil mortos no Brasil em função da pandemia. Temos um cenário de crise econômica, perda de emprego, agravamento dos problemas sociais. Essa deve ser nossa prioridade. Temos que nos dar as mãos, afastar disputas, brigas, guerra política, para que cada um possa dar sua contribuição na superação da pandemia. Esse deve ser o nosso foco, não ficar perdendo tempo e gastando energia com debate político”, disse ACM Neto.

Confira as declarações de ACM Neto na íntegra sobre as especulações:

Foto: Cerimônia virtual / ALBA

Rui Costa participa de abertura dos trabalhos da ALBA e destaca trabalho conjunto na pandemia

A cerimônia virtual de abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), na manhã desta terça-feira (2) teve a participação do governador Rui Costa (PT), pelos deputados estaduais, representantes do judiciário, entre outras autoridades. O chefe do executivo pontuou os desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus e o trabalho realizado.

A sessão foi presidida pelo deputado estadual Adolfo Menezes, eleito presidente da Alba na última segunda-feira (1º).

“Que juntos possamos nos orgulhar pelo esforço realizado ao longo desses meses pelo Poder Executivo estadual, pelos executivos municipais e com muita ajuda do parlamento estadual para que a Bahia possa ser considerada referência nacional no combate à Covid-19. Graças ao esforço coletivo, a Bahia tem a segunda menor taxa de mortalidade pela Covid-19 do Brasil. Quero ressaltar e agradecer, em nome da população da Bahia, a todos os profissionais de saúde que estão nas unidades de atendimento e são essenciais para garantir plena assistência a quem precisou”, afirmou Rui Costa.

Na oportunidade, o governador citou uma série de investimentos do Governo do Estado na área de saúde que, nos últimos seis anos, recebeu investimento de R$ 35,6 bilhões. Somente em 2020, foram aportados R$ 7 bilhões em obras, equipamentos e convênios para a saúde pública do estado.

Entre os investimentos, a construção e entrega de 16 policlínicas que já estão em funcionamento e mais nove que serão entregues até o início do segundo mestre. “A Bahia é o estado do Brasil que mais investe em saúde pública. Desde 2015, a Bahia é o segundo estado com maior investimento público no país, mas na área de saúde podemos nos orgulhar de estar em primeiro lugar”, ressaltou Rui Costa.

Educação

Em seu discurso, o governador revelou também a realização de um estudo elaborado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) para o retorno do ano letivo. De acordo com o governador, esse estudo será apresentado à União dos Municípios da Bahia (UPB) durante reunião na próxima sexta-feira (4), quando serão estabelecidos os parâmetros que devem embasar os critérios para retorno das aulas, com base em número de leitos ocupados e óbitos. Rui aproveitou para convidar os deputados da Comissão de Educação da Alba para que participem da reunião.

“Vamos pactuar critérios para retorno das aulas e sabemos da extrema necessidade de uma solução para essa questão. Sempre afirmo que a educação transforma a vida do ser humano e vamos realizar todos os esforços para retomar o mais breve possível”, pontuou rui.

Rui Costa parabenizou Adolfo Menezes pela vitória na eleição e desejou sucesso nos próximos dois anos à frente da presidência. O governador encerrou a sua participação na cerimônia agradecendo ao ex-presidente da Alba, Nelson Leal, pela parceria e dedicação no período que esteve à frente da Casa.

Foto: Valter Pontes / Secom

Câmara Municipal de Salvador inicia trabalhos com novos parlamentares

Nesta terça-feira foram abertos os trabalhos da 19ª legislatura da Câmara Municipal de Salvador (CMS) no plenário Cosme de Farias. Com a presença do prefeito Bruno Reis (DEM), os parlamentares deram início ao mandato que irão cumprir na capital baiana.

A abertura da sessão foi proferida por Bruno Reis, que comentou sobre o planejamento da prefeitura de Salvador para os próximos quatro anos, e os feitos da gestão anterior, ao comando de ACM Neto. Logo em seguida, o presidente da CMS, Geraldo Júnior, também realizou o seu discurso.

“Com muito trabalho, dedicação e fé, posicionamos nossa cidade em novo patamar. Somos agora citados como exemplo positivo pelo jornal norte-americano The New York Times. Nosso primeiro passo tomado foi arrumar a casa, deixar tudo organizado, lá atrás em 2013. O segundo passo, foi a transformação da cidade, que podemos presenciar. Essa legislatura começa junto ao próximo passo para seguir em frente”, disse o prefeito.   

“Serão muitos desafios, mas de maneira ordeira, ouvindo a todos, iremos trabalhar sempre pelo melhor para a cidade. Esse próximo biênio, seguiremos na mesma toada da minha primeira gestão. Isso independe de posições ideológicas. Estamos prontos para mais um ano de muita luta, determinação e superação dos problemas, que virão com certeza, mas vão nos encontrar com toda nossa disposição de contorná-los”, ressaltou Geraldo.

Novos nomes na casa ressaltaram a importância da renovação, como o vereador André Fraga, do PV, e a vereadora Laina Crisóstomo, integrante do mandato coletivo Pretas por Salvador, do PSOL.

“A expectativa de hoje é sentir o clima. Na Câmara, vamos tentar convencer nossos colegas acerca das pautas da sustentabilidade e da inovação. Chegamos de maneira diferente, valorizando as questões sociais. Nosso mandato precisa servir de instrumento para redução da desigualdade. Essa redução tem a ver com a ocupação dos espaços públicos por mulheres, pessoas pretas e pardas, que são LGBTQI+, entre outros”, afirmou André Fraga.

A primeira sessão ordinária da Câmara Municipal de Salvador será nesta quarta-feira (3), às 9h, quando serão feitas a eleição e instalação das comissões permanentes da CMS.

Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Com apoio de dez partidos, Rodrigo Pacheco, do DEM, é eleito presidente do Senado

O senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) com 57 votos, e o novo presidente do Senado e do Congresso Nacional eleito nesta segunda-feira (1º), em votação secreta, no primeiro turno pelos próximos dois anos.

Após Lasier Martins (Pode-RS), Major Olímpio (PSL-SP) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO) terem desistido em favor de Tebet, os dois foram os únicos que restaram na disputa.

O presidente Jair Bolsonaro e dez partidos apoiaram a candidatura de Pacheco, entre os quais, siglas de oposição, como PT, Rede e PDT.

O anuncio do resultado da eleição do Senado foi pouco antes das 19h, e registrou:

Rodrigo Pacheco (DEM-MG): 57 votos

Simone Tebet (MDB-MS): 21 votos

Dos 81 parlamentares da casa, três não votaram. Jacques Wagner (PT-BA) e Jarbas Vasconcellos (MDB-PE), por razões médicas e Chico Rodrigues (DEM-RR) licenciado do mandato.

Rodrigo Pacheco, de 44 anos, é de Porto Velho (RO), mas se mudou na infância para Minas Gerais. É advogado criminalista, se formou em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-MG). Pacheco fez parte da defesa de um ex-diretor do Banco Rural no julgamento do mensalão. Também ocupou cargos na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).