Foto: Carol Garcia / GOVBA

Rui Costa inaugura Unidade de Hemodiálise em Cruz das Almas

O Governador Rui Costa (PT) inaugurou nesta quinta-feira (22) a Unidade de Hemodiálise Cruz das Almas. Moradores do município e mais oito cidades da região que necessitam de Atenção Especializada em Doença Renal Crônica, Hemodiálise e Diálise Peritoneal terão assistência mais próxima de suas residências.

O novo serviço, que prestará atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), possui capacidade instalada de 35 pontos de hemodiálise, com previsão de funcionamento nos três turnos, suficiente para atendimento a 210 pacientes, residentes em sua área de abrangência.

Além de Cruz das Almas, serão beneficiados os municípios de Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Conceição de Feira, Governador Mangabeira, Maragogipe, Muritiba, São Félix e Sapeaçu. Antes, os moradores destes municípios tinham que se deslocar para Santo Antônio de Jesus.

Atualmente, na Bahia, 9.009 pessoas fazem hemodiálise ou diálise peritonial. Desse total, 7.949 (88,2%) são assistidos pelo SUS.

O Governador explicou que, embora o investimento para a abertura da unidade tenha sido aprovado, o paciente será assistido graças aos recursos públicos. “É um investimento indireto do Estado. O atendimento à população será gratuito, através do SUS”, afirmou. Ele ainda destacou a regionalização da saúde que vem sendo feita na Bahia. “Estamos levando o serviço para mais perto de quem precisa”, pontuou.

De acordo com Tereza Paim, a nova unidade vai trazer um maior conforto e segurança para os pacientes nefropatas. “Muitas vezes, por conta de intercorrências, o paciente acaba não tendo uma adesão adequada ao tratamento. Essa unidade traz uma nova realidade”, disse.

Foto: Max Haack / Secom

ACM Neto diz em coletiva que pretende liberar acesso às praias aos sábados

O prefeito de Salvador, ACM Neto, comentou nesta quinta-feira (22) durante a entrega de obras viárias e nova iluminação na Pituba, sobre a possibilidade de ampliar a flexibilização do acesso às praias em Salvador, incluindo os sábados nos dias permitidos.

Segundo o gestor, a medida ainda não tem data para acontecer. Atualmente, as praias estão liberadas para os banhistas de segunda a sexta.

“Estamos nos preparando para liberar as praias aos sábados”, explicou o prefeito, que disse que os domingos e feriados serão liberados posteriormente. “Vamos esperar mais um pouco, pois tudo o que está sendo feito tem mostrado bom resultado. Vamos nesse compasso de dar passadas seguras e agindo com cautela e prudência”, ressaltou o prefeito.

O prefeito ACM Neto fez coletiva nesta quinta-feira (22), por volta das 9h30, na Rua Minas Gerais, na Pituba, com a entrega de obras viárias e nova iluminação no Bairro.

Foto: Bruno Concha / Secom

Prefeito anuncia retomada de 100% de frota de ônibus nos horários de pico em Salvador

Em entrevista coletiva à imprensa nesta quinta-feira (22) o prefeito ACM Neto (DEM) disse que 100% da frota de ônibus do transporte público de Salvador deve ser retomada nos horários de pico.

O prefeito disse que está concluindo um acordo com as empresas de ônibus e o Ministério Público Estadual (MP-BA), para garantir a frota máxima nos horários de maior necessidade da população.

“Nós pretendemos já agora, independente da volta da educação, 100% da frota no horário de pico nas estações. Esse é o acordo que está sendo construído com as empresas, estamos fechando. O Ministério Público está acompanhando, é o TAC que estamos acertando. Existem valores definidos, estamos apenas aí na formalização. Eu não abro mão da renovação da frota, o acordo pressupõe a garantia, por parte dos concessionários, de ônibus novos e com ar-condicionado na cidade, enquanto eu for prefeito não há aumento de tarifa”, afirmou Neto.

Em março deste ano, foi iniciada a redução da frota de ônibus como medida da gestão municipal para evitar aglomerações nos coletivos e frear o contágio pelo coronavírus. Atualmente, 80% da frota de ônibus circula em Salvador.

Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Senador Arolde de Oliveira morre no Rio, aos 83 anos, vítima de covid-19

Morreu na noite desta quarta-feira (21), o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ), aos 83 anos, vítima de Covid-19. O político estava internado no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo comunicado da família publicado no perfil do senador no Twitter, Oliveira teve falência dos órgãos em decorrência da Covid-19.  

“Comunicamos que nesta noite (dia 21 de outubro) o Senhor Jesus recolheu para si nosso amado irmão, Senador Arolde de Oliveira. Falecido vítima de Covid e como consequência a falência dos órgãos. A família agradece o carinho e orações. Mais informações à posteriori.”

A assessoria de imprensa do político confirmou que a internação do senador foi no dia 5 de outubro. Até aquela data, não havia informações sobre o estado de saúde dele.

Foto: Valter Pontes / Secom

“Ideologizar e politizar vacina é crime”, diz ACM Neto das discussões sobre os imunizantes

O prefeito ACM Neto (DEM), afirmou nesta quarta-feira (21) que a questão ideológica deve ficar de fora das discussões sobre as vacinas contra a Covid-19.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, um dia depois de anunciar negociação para adquirir 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac contra a covid-19, afirmou que “não há intenção de compra de vacinas chinesas”.

“Se a vacina, seja de que país for, tiver a eficácia comprovada, passando por todos os testes, ela deve ser disponibilizada para toda a população. Não interessa se é da China, da Rússia, do Reino Unido ou dos EUA. O que interessa é se é 100% segura. Sendo 100% segura, a questão ideológica que fique em outro canto”, salientou.

Questionado a respeito da possibilidade de o governo federal não comprar a vacina produzida pela chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo, mesmo após o medicamento ser aprovado pelos cientistas e órgãos oficiais de saúde, o prefeito afirmou que “seria um crime inaceitável com o brasileiro colocar disputas políticas e ideológicas acima da saúde pública”.

“Aliás, quem tem de falar sobre a vacina são os cientistas, os técnicos, e não o presidente, o governador ou o prefeito. Isso é assunto dos especialistas. É óbvio que nenhum governador ou prefeito vai disponibilizar nenhuma vacina que não seja segura, referendada cientificamente, com eficácia comprovada. Em Salvador, se a vacina chinesa passar nos testes e for aprovada como segura, temos todo o interesse em disponibilizar para a população o mais rápido possível”, acrescentou ACM Neto.

Imagem: Band

Confira levantamento do Instituto Paraná Pesquisas para candidatos à prefeitura de Salvador

Um novo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, divulgado nesta terça-feira (20), aponta crescimento do vice-prefeito Bruno Reis (Democratas) e da Major Denice Santiago (PT) na preferência dos eleitores para a prefeitura de Salvador.

Segundo a pesquisa, Bruno Reis poderia ser eleito no primeiro turno com 52,1% das intenções de voto. Ele havia marcado 17,6% em dezembro, 35,5% em maio e 34,9% em agosto.

Major Denice aparece na segunda colocação com 10,6%. Ela havia marcado 4,4% em maio e 4,1% em agosto.

De acordo com o Instituto Paraná, o deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante) acumulou mais um cenário de queda nas intenções de voto, com 9,3%.

Ele liderava as pesquisas em dezembro, com 18,8%, passou para 16,7% em maio e voltou a cair para 15,5%, em agosto.

A deputada estadual Olívia Santana (PCdoB) também apresentou queda, segundo o levantamento divulgado HOJE (20), 4,3%.

Ela havia marcado 7,6% em dezembro, depois 4%, em maio e 4,5%, em agosto.

O vereador Cezar Leite (PRTB) aparece na pesquisa com 2,7%.

O deputado federal Bacelar (Podemos) marcou 2,4%.

O deputado estadual Hilton Coelho (PSOL) tem 1,5%.

Celsinho Cotrim (Pros) e Ricardo Pereira (PCO) marcaram 0,4%.

Votos brancos e nulos somaram 9,6% e 6,8% não sabem ou não responderam.

 A pesquisa estimulada (quando são citados os nomes dos candidatos) está registrada no TSE_ Tribunal Superior Eleitoral_ sob o número BA-00401/2020.

O levantamento ouviu 820 eleitores e tem margem de confiança de 95%, com margem de erro de 3,5% para mais ou para menos.

Imagem: Band

Rádio BandNews FM começa a série de entrevistas aos candidatos à prefeitura de Salvador nesta segunda

A BandNews FM Salvador começa a série de entrevistas dos candidatos à prefeitura da capital baiana, a partir desta segunda-feira (19). Todos os candidatos participarão das entrevistas na emissora.

O ouvinte pode sintonizar a rádio na frequência 99,1 ou ouvir pela internet. As entrevistas vão de 19 a 29 de outubro, a partir das 9h. Confira:

RÁDIO BANDNDEWS FM: a partir das 9h
Tempo: 20 minutos (por telefone)

19/10: SEGUNDA – OLÍVIA SANTANA / PC DO B
20/10: TERÇA – HILTON COELHO / PSOL
21/10: QUARTA CEZAR LEITE / PRTB
22/10: QUINTA – BRUNO REIS / DEM
23/10: SEXTA – MAJOR DENICE / PT
26/10: SEGUNDA – PASTOR ISIDÓRIO / AVANTE
27/10: TERÇA – BACELAR / PODEMOS
28/10: QUARTA – RODRIGO PEREIRA / PCO
29/10: QUINTA – CELSINHO COTRIM / PROS

A ordem dos entrevistados foi por sorteio na presença dos assessores dos candidatos. Se houver segundo turno, o debate está marcado para o dia 19 de novembro.

Foto: Camila Souza / GOVBA

Rui Costa anuncia construção do Hospital Ortopédico da Bahia

O governador Rui Costa (PT) assinou, nesta sexta-feira (16), decreto de desapropriação da área da antiga BR-Distribuidora, no Stiep, para construção de um novo hospital exclusivo para área de Ortopedia. O anúncio foi feito nas suas redes sociais.

Segundo o governador, o Hospital Ortopédico da Bahia contará com 200 leitos, 12 salas de cirurgia, sendo duas ambulatoriais, 20 leitos de UTI adulto e dez leitos de UTI pediátrico. A unidade hospitalar deverá ser o maior centro de sua especialidade do país e a expectativa é inaugurar o hospital, até o final de 2021.

A nova unidade vai substituir o antigo Hospital Manoel Victorino, com uma estrutura muito mais moderna em estrutura física e equipamentos. “O antigo Manoel Victorino tem 70 anos, com infraestrutura que não representa o padrão dos novos hospitais. Vamos construir o novo hospital com o dobro de leitos que temos no Manoel Victorino e sem as limitações de cirurgias que temos hoje por conta da estrutura do prédio e de equipamentos”, concluiu Rui.

Rui destacou ainda que o novo hospital vai acabar com as filas de espera de cirurgias ortopédicas na rede de saúde do Estado. O decreto de desapropriação será publicado no Diário Oficial do Estado deste sábado (17).

Foto: Valter Pontes / Secom

ACM Neto diz que só “após jurídico analisar inquérito” vai tomar decisão sobre senador flagrado com dinheiro na cueca

O prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, afirmou na manhã desta quinta-feira (15) que só vai tomar uma decisão sobre o caso do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), que foi flagrado pela Polícia Federal com dinheiro na cueca, após a equipe jurídica do partido analisar o inquérito.

O vice-líder do governo Bolsonaro no Senado foi alvo de uma operação de busca e apreensão no seu endereço. A investigação apura desvios de recursos públicos destinados ao combate à pandemia da Covid-19.

Segundo o presidente do DEM, o parlamentar sofrerá as devidas punições podendo incluir a sua expulsão do partido, se a culpa do senador seja comprovada.

“Caso haja comprovação do envolvimento do parlamentar em atos ilícitos vamos estabelecer todas as punições previstas no estatuto. O Democratas já deu vários exemplos de que, em assuntos onde havia a comprovação de filiados, nós punimos”, afirmou.

ACM Neto disse que ainda não teve contato com a defesa do senador, e que até o momento, todas as informações vieram da imprensa.

“Não quero descreditar a imprensa não, mas precisa que o partido tenha acesso e isso já foi determinado. Tudo que eu tenho hoje são notícias da imprensa. Então, o adequado é que do jurídico do partido possa afazer o acompanhamento e tenha acesso aos detalhes do inquérito para determinarmos o que acontecerá”, concluiu.

A polícia Federal cumpria operação de busca e apreensão na residência do senador em Roraima, quando encontraram no local cerca de R$ 30 mil. Parte das notas de dinheiro estaria entre as nádegas do parlamentar. A PF registrou o momento da apreensão, com fotos e vídeos.

Senador Chico Rodrigues Foto: Jane de Araújo / Agência Senado
Foto: Reprodução / Redes sociais

ACM Neto demonstra a João Dória interesse de ter a vacina chinesa em Salvador

O prefeito ACM Neto (DEM) se reuniu nesta quarta-feira (14) com o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), para tratar sobre a vacina da empresa chinesa Sinovac Biotech contra a covid-19, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo. A expectativa do governo paulista é que a população comece a ser vacinada ainda em dezembro deste ano.

“Expressei ao governador João Dória o desejo que Salvador tem de participar desse movimento em parceria com o estado de São Paulo. Vim à capital paulista justamente para conhecer o estágio em que esse processo se encontra. Assim que houver o registro, queremos disponibilizar doses dessa vacina para os soteropolitanos rapidamente”, declarou ACM Neto.

De acordo com o governo de São Paulo, a vacina tem se mostrado segura até agora, sem registro de efeitos colaterais graves nos testes realizados, inclusive entre os idosos. ACM Neto tem dito que à capital baiana só voltará à normalidade quando a população for imunizada.

Foto: Fernando Vivas / GOVBA

Governo da Bahia vai abrir novo edital para gerir Hospital Espanhol

O governador Rui Costa anunciou nesta quarta-feira (14) que o estado vai abrir novo edital para selecionar outra empresa para administrar o Hospital Espanhol, em Salvador. O hospital está sendo gerido pelo Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa, Tecnologia e Inovação na Gestão Pública (INTS), que tem contrato válido até este mês.

Após passar mais de cinco anos fechado, a unidade foi reaberta em abril deste ano, para funcionar como hospital de campanha, exclusivo para tratamento de pacientes com Covid-19.

O pedido do MPE e MPF para impedir a prorrogação do contrato de gestão do Hospital Espanhol, foi negado pelo juiz Federal da 10ª Vara da Seção Judiciária do Estado da Bahia, Dr. Iran Esmeraldo Leite. Segundo o magistrado, a prorrogação do contrato é admitida enquanto persistir os efeitos do Decreto Legislativo que reconheceu o estado de emergência decorrente da Covid-19.

Entretanto, o MPF e o MPE interpuseram agravo de instrumento contra a decisão proferida pelo juízo federal, questionando a regularidade da prorrogação do contrato celebrado entre o Estado da Bahia e o INTS para fins de gestão, operacionalização e execução das ações e serviços de saúde no Hospital Espanhol.

Já o Desembargador Federal Antônio Souza Prudente, ao apreciar o recurso interposto pelo MPE e MPF, explicou que, considerada ainda presente situação de emergência pública, não seria recomendada, em princípio, a concessão da tutela recursal na extensão pretendida, sob pena de solução de continuidade dos serviços contratados, com reflexos negativos no exercício do direito à vida e à saúde pública, atendimento à saúde, como garantias fundamentais asseguradas na Carta Magna.

Foto: Redes sociais / Prefeitura

Leitos de UTI pediátrica para covid-19 chega a 70% em Salvador; “nunca houve percentual tão alto”, diz Neto

O aumento de 70% na ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) pediátricos para Covid-19, na capital baiana, causou preocupação ao prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Segundo ele, as taxas chegaram a um percentual que não tinha sido registrado antes.

“Houve um aumento significativo da demanda de internamentos pediátricos, por conta da Covid. Com todo esse debate, se escola deve ou não deve voltar, aqui em Salvador nós chegamos a 70% de ocupação dos leitos de UTI pediátricos. Nunca tivemos um número tão alto como esse, dos leitos pediátricos. Os leitos de adulto continuam sob controle, mas há aumento de casos graves que envolvem crianças”, disse o gestor municipal.

No dia 2 de outubro, o prefeito falou sobre uma possível volta as aulas. “Penso eu que não vai voltar o mesmo tempo, vamos ter que fasear a volta e talvez não faça sentido o retorno da educação infantil. Mas a gente tem condições de apresentar perspectiva de tempo e de forma de retorno da educação em Salvador”.

As secretarias de saúde não informaram sobre as idades das crianças na área de UTI pediátrica. Os protocolos do funcionamento das aulas estão desenhados pelo comitê de saúde, mas o ACM Neto informou que só serão apresentados após a reunião com o governador.

Foto: Reprodução / SEMA

Governo da Bahia decreta estado de emergência em mais de 70 municípios atingidos por incêndios

No estado, já são 73 municípios baianos atingidos por incêndios, e alguns localizados no oeste e na região da Chapada Diamantina. O governador Rui Costa (PT) vai decretar estado de emergência nestas cidades baianas atingidas num decreto publicado neste sábado (10), e será válido por 90 dias.

Entre as medidas do decreto, está autorizada a mobilização de todos os órgãos estaduais para atuarem em colaboração com a Superintendência de Proteção e Defesa Civil (SUDEC), o Corpo de Bombeiros Militar e demais órgãos de proteção ambiental nas ações de resposta aos desastres, reabilitação do cenário e reconstrução.

Está determinada a suspensão de qualquer atividade capaz de produzir risco potencial de geração de novos focos de incêndio. Também foi autorizada a convocação de voluntários para reforçar as ações de combate ao incêndio e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pelos desastres.

Os municípios baianos mais afetados estão Andaraí e Mucugê, na região da Chapada Diamantina, com dois parques atingidos, o Nacional da Chapada e o Municipal de Andaraí. Já em Rio de Contas, também na Chapada, brigadistas já controlaram o fogo.

Os incêndios florestais nos municípios de Barra e Barreiras, na região Oeste do Estado, foram controlados. No norte da Bahia, também há focos em Sento Sé e Morpará.

Municípios em Situação de Emergência: 

01] Abaíra

02] Andaraí

03] Angical

04] Baianópolis

05] Barra

06] Barra da Estiva

07] Barreiras

08] Bom Jesus da Lapa

09] Boninal

10] Bonito

11] Boquira

12] Botuporã

13] Brejolândia

14] Brotas de Macaúbas

15] Buritirama

16] Canápolis

17] Carinhanha

18] Catolândia

19] Caturama

20] Cocos

21] Coribe

22] Corretina

23] Cotegipe

24] Cristópolis

25] Érico Cardoso

26] Feira da Mata

27] Formosa do Rio Preto

28] Ibicoara

29] Ibipitanga

30] Ibitiara

31] Ibotirama

32] Igaporã

33] Iramaia

34] Iraquara

35] Itaetê

36] Jaborandi

37] Jussiape

38] Lençóis

39] Luís Eduardo Magalhães

40] Macaúbas

41] Malhada

42] Mansidão

43] Marcionílio Souza

44] Matina

45] Morpará

46] Morro do Chapéu

47] Mucugê

48] Muquém de São Francisco

49] Nova Redenção

50] Novo Horizonte

51] Oliveira dos Brejinhos

52] Palmeiras

53] Paramirim

54] Paratinga

55] Piatã

56] Riachão das Neves

57] Riacho de Santana

58] Rio de Contas

59] Rio do Pires

60] Santa Maria da Vitória

61] Santa Rita de Cássia

62] Santana

63] São Desidério

64] São Félix do Coribe

65] Seabra

66] Serra do Ramalho

67] Serra Dourada

68] Sítio do Mato

69] Souto Soares

70] Tabocas do Brejo Velho

71] Utinga

72] Wagner

73] Wanderley

Foto: Fábio Pozzebom / Agência Brasil

Começa nesta sexta-feira a propaganda eleitoral no rádio e na TV das Eleições 2020

A partir desta sexta-feira (9) começa a propaganda eleitoral gratuita dos candidatos a prefeito no rádio e na televisão. A veiculação dos candidatos no primeiro turno das eleições municipais 2020 vai até 12 de novembro. Já a data do primeiro turno das eleições é no dia15 de novembro.

Confira os horários, serão dois blocos de 10 minutos durante a programação das emissoras:

Rádio: das 7h às 7h10 e de 12h às 12h10.

TV: das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40.

A propaganda eleitoral gratuita será apenas para os candidatos a prefeito e irá ao ar de segunda a sábado.

As emissoras tiveram que reservar também 70 minutos por dia para inserções de candidatos a prefeito, com 60% do total, ou 42 minutos diários. Os vereadores terão 40% do tempo, ou 28 minutos. O horário de exibição será das 5h à 0h.

Confira as regras para a propaganda eleitoral em 2020:

Data de início – A campanha eleitoral, inclusive na internet, é permitida a partir de 27 de setembro.

Caminhada e carreata – De 27 de setembro até as 22h de 14 de novembro, poderá haver distribuição de material gráfico, caminhada, carreata ou passeata, acompanhadas ou não por carro de som ou minitrio.

Propaganda na internet – É permitido fazer campanha na internet por meio de blogs, redes sociais e sites.

Impulsionamento de conteúdo na internet – Somente partidos, coligações ou candidatos podem fazer impulsionamento de conteúdo, que é o uso de ferramentas oferecidas por plataformas ou redes sociais para difundir o conteúdo a mais usuários e, assim, ter maior alcance. É vedada a utilização de impulsionamento de conteúdos e ferramentas digitais não disponibilizadas pelo provedor da aplicação de internet, ainda que gratuitas. Não é permitido também contratar impulsionamento para propaganda negativa, como críticas e ataques a adversários. Empresas e eleitores não podem fazer impulsionamento de conteúdo. Tanto candidatos e partidos quanto eleitores estão proibidos de contratar serviço de disparo em massa de conteúdo.

Telemarketing – É vedada a realização de propaganda via telemarketing em qualquer horário, bem como por meio de disparo em massa de mensagens instantâneas sem anuência do destinatário.

Propaganda no rádio e na TV – Propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão referente ao primeiro turno será veiculada de 9 de outubro a 12 de novembro. É proibido qualquer tipo de propaganda eleitoral paga no rádio e na televisão.

Propaganda ‘cinematográfica’ – Na propaganda eleitoral de TV e rádio, não podem ser usados efeitos especiais, montagens, trucagens, computação gráfica e desenhos animados.

Propaganda eleitoral na imprensa – São permitidas, de 27 de setembro até a antevéspera das eleições (dia 13 de novembro), a divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução na internet do jornal impresso.

Ofensa à honra ou à imagem – É crime a contratação direta ou indireta de grupo de pessoas para enviar mensagens ou fazer comentários na internet para ofender a honra ou a imagem de candidato, partido ou coligação. Também incorre em crime quem for contratado para fazer isso.

Propaganda proibida na rua – É proibido fazer propaganda de qualquer natureza (incluindo pinturas, placas, faixas, cavaletes e bonecos) em locais como cinemas, clubes, lojas, centros comerciais, templos, ginásios e estádios, ainda que de propriedade privada. A proibição se estende a postes de iluminação pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes e paradas de ônibus, árvores, muros e cercas.

Propaganda permitida na rua – É permitido colocar bandeiras na rua, desde que não atrapalhem o trânsito de pessoas e veículos, no período entre 6h e 22h. Também é permitido colar adesivo (de 50 cm x 50 cm) em carros, motos, caminhões, bicicletas e janelas residenciais.

Propaganda em veículos – “Envelopar” o carro (cobri-lo totalmente com adesivo) com propaganda eleitoral está proibido. No máximo, poderá ser adesivado o para-brisa traseiro, desde que o adesivo seja microperfurado, ou colocar em outras posições adesivos que não passem de meio metro quadrado.

Distribuição de brindes – Durante a campanha eleitoral, é vedado ao candidato ou comitê confeccionar e distribuir aos eleitores camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou outros bens.

Outdoor – É vedada a propaganda eleitoral em outdoors, inclusive eletrônicos.

Alto-falantes – O uso de alto-falantes ou amplificadores de som é permitido de 27 de setembro a 14 de novembro entre 8h e 22h. Porém, os equipamentos não podem ser usados a menos de 200 metros de locais como as sedes dos Poderes Executivo e Legislativo, quartéis e hospitais, além de escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros (quando em funcionamento).

Cabos eleitorais – A contratação de cabo eleitoral é permitida, mas respeitando alguns critérios conforme a quantidade de eleitores no município.

Comícios – A realização de comícios e o uso de aparelhos de som serão permitidos de 27 de setembro a 12 de novembro entre 8h e a meia-noite, exceto o comício de encerramento da campanha, que poderá prosseguir até as 2h da manhã.

Trio elétrico – É proibido o uso de trios elétricos em campanhas, exceto para a sonorização de comícios. A circulação de carros de som e minitrios é permitida em comícios, passeatas, carreatas e caminhadas, mas desde que observado o limite de 80 decibéis, medido a sete metros de distância do veículo.

Showmício – É proibida a realização de showmício para promoção de candidatos, assim como a apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animar comício e reunião eleitoral.

Foto: Valter Pontes / Secom

ACM Neto diz: “quem vai pagar essa conta?”; sobre pedido do MP da volta de 100% de frota de ônibus em Salvador

Após o Ministério Público da Bahia (MP-BA) entrar com ação para que a Justiça determine a circulação de 100% da frota de ônibus em Salvador, nos horários de pico, o prefeito ACM Neto (DEM) disse na manhã desta quarta-feira (7) que é financeiramente inviável manter todos os coletivos em operação.

Segundo o MP-BA, a recomendação já havia sido feita a prefeitura, mas à gestão municipal não acatou, por isso o motivo da ação. O órgão entrou na Justiça na terça-feira (6), entretanto a Secretaria de Mobilidade de Salvador (Semob) disse que ainda não foi notificada.

A promotora de Justiça Rita Tourinho, responsável pelo processo, disse que fez a judicialização do caso porque recebeu “uma série de denúncias com relação à superlotação de veículos, principalmente nas estações. Situações que foram confirmadas, inclusive, por visitas técnicas feitas pelo próprio Ministério Público”. Para o MP-BA é necessário que os passageiros mantenham um distanciamento nos coletivos, durante a pandemia do coronavírus.

“Tentamos uma conciliação com o município, mas a recomendação que foi encaminhada para a disponibilização da frota de 100% não foi atendida. Diante disso, decidimos pela judicialização. Então, entramos com ação civil pública, buscando justamente esse pedido que foi feito através de uma recomendação, inicialmente. Nós temos que lembrar que não estamos vivendo uma fase qualquer”, explicou a promotora.

Já o prefeito ACM Neto disse em entrevista coletiva durante a inauguração de uma biblioteca no bairro da Liberdade, que é inviável a retomada de 100% da frota, mesmo nos horários e pico. Segundo ele, hoje a capital opera com 80% dos ônibus para atender a uma demanda de 56% de passageiros.

“A grande questão é: Quem vai pagar essa conta? Eu venho fazendo essa pergunta há um tempo. Se eu quero ter 100% da frota nas ruas? É claro que eu quero, sou o primeiro a dizer. Mas vamos aos números: em todo esse período de pandemia, transportávamos 28% do número total de passageiros, com frota de 40% disponível. À medida que os passageiros foram aumentando, fomos aumentando a frota. Quem está pagando a diferença dessa conta é a prefeitura”, explicou ele.

A questão do transporte público de Salvador se agravou porque a prefeitura precisou intervir e assumir as operações da Concessionária Salvador Norte (CSN), responsável por ônibus de 127 linhas do transporte público da capital baiana, por causa do descumprimento de direitos dos rodoviários, como atraso constantemente do salário.

O prefeito afirmou que assumiu as operações da Concessionária Salvador Norte (CSN), responsável por ônibus de 127 linhas do transporte público da capital baiana, para que duas coisas não acontecessem: “ônibus não parassem e pessoas ficassem sem acesso ao transporte; e para não desempregar milhares de rodoviários, trabalhadores que trabalham nessa bacia da CSN”.

“A prefeitura teve que assumir o ônus disso, ônus de trabalho e de dinheiro. A prefeitura teve que abrir garagem, gerir garagem, nunca imaginei que tivesse que chegar nessa situação”, desabafou Neto.

O prefeito disse ainda que a atual receita da CSN já não cobre as despesas geradas pela empresa. “Não posso colocar todo o dinheiro da prefeitura no transporte público, senão vou parar de limpar a cidade, de tapar buraco, de pagar médico no posto de saúde, vou parar de dar cesta básica, vou parar de ter condições de pagar hospital municipal”.

Foto: Reprodução / Redes sociais

Targino Machado é cassado pelo TSE e diz que a medida “derrubou um político 100% limpo”

O deputado estadual Targino Machado (DEM) teve seu mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta terça-feira (6). Em investigação, o Ministério Público apurou que Targino Machado usava a condição de médico para realizar atendimentos gratuitos para a população de Feira de Santana.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRT-BA) chegou a absolver o deputado, mas o Ministério Público Eleitoral, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA), recorreu contra decisão.

Ele se manifestou nas redes sociais contra a decisão, e disse teria sido fruto do “uso da força política” pelos adversários.

“Deus me trará força. Combati a corrupção sempre com provas, nunca fui atacado. Felicidade, passei no vestibular: vivi na lama e não me melei. Usaram da força política para me cassar, só por servir o povo como médico humanitário por 40 anos. A vida segue! Combati o bom combate contra corruptos, contra traficantes que se tornaram poderosos com a força do dinheiro público e do crime. Hoje o TSE derrubou um político 100% limpo. É a vitória dos corruptos contra os honestos. É muito triste. Em breve Irei nominar os interessados nisto!”, afirmou Targino.

Assumirá de forma definitiva no lugar do democrata, o deputado estadual Tiago Correia (PSDB) que atuava como suplente do deputado Leo Prates (PDT), licenciado por atuar como secretário de saúde de Salvador.

Imagem: Band

Band Bahia continua com série de entrevistas aos candidatos à prefeitura de Salvador

A Band Bahia continua com a série de entrevistas dos candidatos à prefeitura de Savador no telejornal Band Cidade, de 5 a 16 de outubro, às 18h50, e no Jornal Primeira Edição da rádio BandNews FM, de 19 a 29 de outubro, a partir das 9h. Todos os candidatos participarão das entrevistas na emissora.

Na segunda e terça-feira, já participaram os candidatos Hilton Coelho (PSOL) e Bruno Reis (DEM). Confira a programação:

BAND CIDADE: de 05/10 a 16/10 – 18h50
Tempo: 5 minutos (presencial)

05/10: SEGUNDA – HILTON COELHO / PSOL
06/10: TERÇA – BRUNO REIS / DEM
07/10: QUARTA – PASTOR ISIDÓRIO / AVANTE
08/10: QUINTA – RODRIGO PEREIRA / PCO
09/10: SEXTA – BACELAR / PODEMOS
13/10: TERÇA – MAJOR DENICE / PT
14/10: QUARTA – CEZAR LEITE / PRTB
15/10: QUINTA – CELSINHO COTRIM / PROS
16/10: SEXTA – OLÍVIA SANTANA / PC DO B

RÁDIO BANDNDEWS FM: de 19/10 a 29/10 – a partir das 9h
Tempo: 20 minutos (por telefone)

19/10: SEGUNDA – OLÍVIA SANTANA / PC DO B
20/10: TERÇA – HILTON COELHO / PSOL
21/10: QUARTA CEZAR LEITE / PRTB
22/10: QUINTA – BRUNO REIS / DEM
23/10: SEXTA – MAJOR DENICE / PT
26/10: SEGUNDA – PASTOR ISIDÓRIO / AVANTE
27/10: TERÇA – BACELAR / PODEMOS
28/10: QUARTA – RODRIGO PEREIRA / PCO
29/10: QUINTA – CELSINHO COTRIM / PROS

A ordem dos entrevistados foi por sorteio na presença dos assessores dos candidatos. Se houver segundo turno, o debate está marcado para o dia 19 de novembro.

Foto: Divulgação / TRE

TRE-BA define tempo e ordem para veiculação da propaganda eleitoral dos partidos

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) realizou uma reunião virtual nesta terça-feira (6), para definir o tempo e a ordem de veiculação dos programas eleitorais no rádio e na televisão dos candidatos às Eleições 2020.

A reunião foi realizada através de uma videoconferência e conduzida pelo juiz Antônio Mônaco Neto, da 13° Zona Eleitoral, com a participação de mais de 90 pessoas. A propaganda eleitoral gratuita começa no dia 9 de outubro e vai até 12 de novembro.

A coligação Salvador não pode parar ficou com maior tempo na propaganda para prefeito, com 4’35’’ por bloco, com 1.352 inserções, e também será a primeira a iniciar o bloco do horário eleitoral no primeiro dia. A aliança é formada pelos partidos DEM, PDT, Republicanos, MDB, Solidariedade, Cidadania, PL, PSL, PSC, Patriota, PSDB, PV, DC, PMN e PTB.  

Já os partidos Podemos, Rede e PTC, da coligação Salvador dos bairros é Salvador de todos, será o último. Haverá revezamento a partir do dia seguinte, a coligação que entrou por último no dia anterior, entra primeiro.

De acordo com a Emenda Constitucional 97/207, os partidos PMN, PTC, DC, REDE, PCB, PCO, PMB, PRTB, PSTU e UP não têm tempo no horário eleitoral.

A propaganda para prefeitos será veiculada de segunda a sábado, em blocos. No rádio, os horários serão das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10. Na televisão, os programas serão exibidos das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40.

Diariamente, ao longo da programação também haverá inserções, inclusive aos domingos, de 5h à 0h, sendo 42 minutos diários para candidatos a prefeito e 28 minutos para os candidatos a vereador.

Segundo o TRE-BA, a distribuição do tempo entre os partidos em 2020 está prevista na Resolução número 23.610/2019. Do total, 10% são divididos igualmente entre os partidos e coligações; 90% divididos proporcionalmente ao número de representantes na Câmara dos Deputados. No caso de coligação, leva-se em conta o resultado da soma do número de representantes dos seis maiores partidos.

Veja os tempos na propaganda em bloco:
  1. Coligação Salvador não pode parar (DEM, PDT, Republicanos, MDB, Solidariedade, Cidadania, PL, PSL, PSC, Patriota, PSDB, PV, DC, PMN e PTB), de Bruno Reis: 4 minutos e 35 segundos.
  2. Coligação Que cuida de gente (PSB e PT), de Major Denice: 1 minuto e 59 segundos.
  3. Coligação Experiência, amor e raça (PC do B e PP), de Olívia Santana: 1 minuto de 10 segundos.
  4. Coligação Vamos cuidar de gente (AVANTE, PMB e PSD), de Pastor Sargento Isidório: 1 minuto e 2 segundos.
  5. Coligação Salvador dos bairros é Salvador de todos (Podemos, Rede e PTC), de Bacelar: 35 segundos.
  6. Coligação Frente capital da resistência (PSOL, UP E PCB), de Hilton Coelho: 21 segundos.
  7. Partido Republicano da Ordem Social (PROS), de Celsinho Cotrim: 18 segundos.
  8. Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB): de Cezar Leite: 0 segundos.
  9. Partido da Causa Operária (PCO): de Rodrigo Pereira: 0 segundos.
Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Rui Costa volta a defender a venda do Parque de Exposições e diz que local “é utilizado uma vez no ano”

O governador Rui Costa (PT) voltou a falar sobre a venda do Parque de Exposições de Salvador, na manhã desta terça-feira (6). Para ele, os interessados em utilizar o espaço para a realização de eventos agropecuários podem se reunir para construir um local com a mesma finalidade em uma área mais afastada da cidade.

“Nós vamos vender aquela área pra transformar em investimento porque precisamos garantir investimentos. Eu vou repetir: o Parque de Exposições é utilizado uma vez no ano. A sociedade não pode financiar um local que é utilizado por pessoas que promovem shows ou exposições de animais para angariar recursos”, afirmou Rui.

O governador ressalta que quem utiliza o parque pra fazer esses eventos pode se juntar para montar um parque com o financiamento próprio. “O que não pode é uma área enorme daquela ser imobilizada em uma cidade que é só levantar os olhos pra gente ver o nível de pobreza da nossa população. Os pobres não podem continuar financiando o privilégio de quem tem recurso para fazer eventos no local. Que emprego aquilo ali gera pra população de Salvador? Que renda aquela área gera pra Salvador?”.

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), representante dos produtores e os Sindicatos Rurais baianos, em conjunto com as instituições do setor agro, emitiram nota pública sobre a intensão de venda do espaço pelo governo.

“O espaço é um equipamento público de grande importância para a economia da Bahia, não agregando apenas ao setor Agropecuário, com exposição e comercialização de animais e produtos agrícolas, mas todos os segmentos produtivos, como a Indústria, pela compra e venda dos insumos produzidos, e o Comércio de bens, Serviços e Transporte, através da geração de empregos e recolhimento de tributos ao Governo durante cada evento”.

Foto: Valter Pontes / Secom

ACM Neto flexibiliza ainda mais o funcionamento de estabelecimentos em Salvador

O prefeito ACM Neto (DEM) anunciou nesta-sexta-feira (2), a ampliação na flexibilização de atividades já autorizadas a funcionar nas fases de reabertura da economia. A medida passa a valer a partir desta segunda-feira (5).

Esta nova etapa da reabertura flexibiliza ainda mais o funcionamento dos shoppings centers e centros comerciais, comércio de rua acima de 200 metros quadrados, cursos livres, lanchonetes, bares, restaurantes, clubes sociais e o Mercado Modelo. O anúncio foi feito pelo prefeito durante a inauguração da Estação Cidadania de São Marcos.

“Entramos num caminho de retomada que espero ser a dinâmica até que haja a imunização da nossa população contra a Covid-19. Vale frisar que a taxa de ocupação das UTIs exclusivas para tratar pacientes com a doença estaria na faixa dos 30% se a gente não tivesse desmobilizando leitos para outras necessidades, sendo que o parâmetro para a terceira fase da reabertura, que é a que estamos, era a ocupação de no máximo 60%”, lembrou o prefeito.


No caso dos shoppings centers e centros comerciais, o funcionamento agora pode ser das 11h às 21h, com 100% das vagas de estacionamento liberadas, todos os dias da semana. Antes, o funcionamento estava liberado apenas das 12h às 20h, com 50% das vagas.

As lojas de rua acima de 200 metros quadrados também tiveram o horário de funcionamento ampliado, passando agora a ser das 10h às 20h, de segunda a sábado, e das 10h às 16h, no domingo, com 100% das vagas de estacionamento. Antes, esses estabelecimentos estavam autorizados a abrir apenas de segunda a sábado, das 10h às 16h, com 50% das vagas para veículos.

Os restaurantes, bares e lanchonetes ficam autorizados a funcionar até a meia-noite (antes o limite era 23h), sendo que os clientes só podem entrar dentro do prazo máximo de uma hora antes do fechamento. Além disso, a quantidade de pessoas por mesa passa de seis para oito, mantendo todas as medidas de distanciamento social e higienização estabelecidas no protocolo setorial.

Os clubes sociais passam a ter permissão para reabrir bares e lanchonetes de segunda a sexta, dentro do horário de funcionamento desses estabelecimentos, que é de segunda a sexta, das 6h às 22h, sábado, das 6h às 18h, e domingo, das 6h às 14h.

No caso dos cursos livres, a mudança é a redução da idade mínima dos frequentadores, que caiu de 15 para 12 anos. E em relação ao Mercado Modelo, o equipamento gerido pela Prefeitura pode funcionar domingos e feriados, de 10h às 16h.

ACM Neto também fez um balanço da evolução do novo coronavírus na cidade. A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para tratar pacientes com a Covid-19 está em 41%, se mantendo estável nesse patamar. No caso dos leitos clínicos, o percentual é de 47%.

Na semana do dia 20 a 26 de setembro, houve um recuo de 35% nos óbitos provocados pela doença, na comparação da média móvel das mortes com a mesma medida nos 14 dias anteriores. Esse comportamento da curva se observou também na média móvel das duas semanas anteriores e tem sido uma tendência na cidade, que registra ainda queda na velocidade de contágio.

Foto: Frank de Castro / Band Notícias BA

Band Bahia realiza o primeiro debate com sete candidatos à Prefeitura de Salvador

A Band Bahia transmitiu o primeiro debate da disputa eleitoral realizado na capital baiana, mediado pela jornalista Carolina Rosa, nesta quinta-feira (1º), às 22h30, na tela da Band Bahia e com transmissão simultânea da Rádio BandNews FM. No estúdio estiveram presentes os candidatos, Bacelar (Podemos), Bruno Reis (DEM), Celsinho Cotrim (PROS), Hilton Coelho (PSOL), Major Denice (PT), Olívia Santana (PC do B) e Pastor Sargento Isidório (Avante).

Durante o debate, a emissora seguiu as normas de higiene e biossegurança para realizar o evento.  Os púlpitos foram higienizados a cada troca de candidato e houve o respeito do distanciamento. No estúdio, todos os participantes usaram máscara e só pôde ser retirada quando o candidato esteve no púlpito.

Os três púlpitos foram colocados a um metro e meio de distância de cada participante. O evento não contou com plateia e o número de assessores no estúdio foi limitado, dois para cada candidato.

O debate da Band foi dividido em cinco blocos. O primeiro com uma abertura de apresentação dos candidatos e participação de jornalistas da Band. Em seguida, perguntas entre os candidatos. O terceiro bloco já teve a escolha de cada participante para fazer a pergunta com réplicas e tréplicas.

Uma nova sequência de perguntas foi solicitada pela jornalista Carolina Rosa no quarto bloco. E para finalizar, os candidatos fizeram as considerações finais.

No início do debate, os candidatos responderam sobre o turismo e cultura. A primeira a se pronunciar foi a Major Denice (PT), que afirmou que vai criar 13 centros do segmento na cidade, e disse que precisa “profissionalizar os cidadãs e cidadãos para trabalhar no pós-pandemia, mas também na reconstrução da cidade, porque é isso que deve se fazer”.

Pastor Sargento Isidório (Avante) disse que vai tentar resolver o problema econômico no pós-pandemia para reerguer a cultura e turismo. “São muitas mortes, são muitas famílias, muitas empresas micro, médias e o pessoal informal, que estão prejudicados, essa crise que trouxe uma maldição para o mundo inteiro”.

Já o candidato Hilton Coelho (PSOL) informou que vai investir na cultura e o turismo no Centro Histórico de Salvador e nas periferias da cidade.

Bruno Reis (DEM) lembrou das ações realizadas pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “Essa semana lançamos editais com R$ 18 milhões para ajudar todos os artistas, músicos, todo o segmento da cultura da nossa cidade”. Afirmou ainda, que é preciso estimular o setor hoteleiro com incentivos fiscais.

A candidata Olívia Santana (PC do B) afirmou que é preciso democratizar o calendário de eventos. “Vamos discutir e trazer o setor da cultura e estabelecer uma política cultural de Salvador decente, democrática e segura, para garantir que todas as pessoas tenham oportunidades”.

Já o representante do PROS, Celsinho Cotrim falou em estratégias para gerar emprego, e que sua experiência na área de turismo pode ajudar no desenvolvimento da cidade. “O turismo não pode ser dissociado da cultura e ele tem que ser visto sob a perspectiva da diversidade e identidade cultural”.

A última participação foi do candidato Bacelar (Podemos). O candidato afirmou que a cidade precisa ter atração turística durante todo o ano. “Ninguém vai atravessar o Atlântico para vim apenas para o carnaval”. Ele ainda falou da necessidade de Salvador gerar mais emprego e renda para a população.

O debate contou com os candidatos cujos partidos têm representatividade no Legislativo, ou seja, tenham no mínimo cinco parlamentares, deputados ou senadores no Congresso, conforme os artigos – 46 da lei 9504/97 – 44 da resolução do TSE 23610/2019.

Confira fotos do debate 2020 da Band Bahia:

Foto: Reprodução / Band

Band realiza o primeiro debate dos candidatos à prefeitura de Salvador

Mantendo a tradição, a Band Bahia será a primeira emissora a realizar o debate para candidatos a prefeito de Salvador, mediado pela jornalista Carolina Rosa, apresentadora do Band Cidade, nesta quinta-feira (01), a partir das 22h30, na tela da Band Bahia e com transmissão simultânea da Rádio BandNews FM.

Participarão do debate, candidatos cujos partidos tenham no mínimo cinco parlamentares (deputados + senadores) no Congresso, de acordo com o artigo. 46 da lei 9504/97 e o art. 44 da resolução do TSE 23610/2019. Entretanto, todos os candidatos participarão das entrevistas (veja programação abaixo).

De acordo com o Diretor Regional Norte/Nordeste do Grupo Bandeirantes de Comunicação, Augusto Correia Lima é uma satisfação para a Band Bahia manter a tradição e o pioneirismo na realização dos debates pré-eleitorais, apesar da pandemia e do isolamento social. “Mesmo com o calendário apertado vamos proporcionar aos candidatos a oportunidade de debaterem suas ideias e propostas para Salvador e aos eleitores, a possibilidade de conhecerem um pouco mais de cada candidato”, afirma Correia. 

A diretora de jornalismo, Zuleica Andrade esclarece que em função dos protocolos de distanciamento social, o acesso à emissora será limitado.

Biossegurança

Para o estabelecimento dos protocolos de higiene e biossegurança a Band Bahia contou com a assessoria de um profissional de saúde. Nesse sentido, dentro do estúdio, todos os participantes deverão usar máscara que poderá ser retirada apenas quando o candidato estiver no púlpito. Serão três púlpitos colocados a um metro e meio de distância de cada um e serão higienizados com álcool em gel.

Os candidatos se sentarão em cadeiras ao redor do cenário obedecendo ao distanciamento necessário entre eles, deslocando-se ao púlpito para o confronto de perguntas e respostas. O programa será dividido em cinco blocos e os assessores não terão acesso ao estúdio. Cada candidato terá direito a levar apenas 2 assessores e toda a comunicação entre o candidato e seu assessor terá que ser feita por aplicativo de mensagem. A Band Bahia irá disponibilizar imagens (foto e vídeo) e textos de divulgação do debate em tempo real, através da sua assessoria de imprensa.

A Band também fará uma série de entrevistas no telejornal BAND CIDADE e no Jornal Primeira Edição da rádio BANDNEWS FM com os candidatos à prefeitura de Salvador. Confira a programação:

BAND CIDADE: de 05/10 a 16/10 – 18h50
Tempo: 5 minutos (presencial)

05/10: SEGUNDA – HILTON COELHO / PSOL
06/10: TERÇA – BRUNO REIS / DEM
07/10: QUARTA – PASTOR ISIDÓRIO / AVANTE
08/10: QUINTA – RODRIGO PEREIRA / PCO
09/10: SEXTA – BACELAR / PODEMOS
13/10: TERÇA – MAJOR DENICE / PT
14/10: QUARTA – CEZAR LEITE / PRTB
15/10: QUINTA – CELSINHO COTRIM / PROS
16/10: SEXTA – OLÍVIA SANTANA / PC DO B

RÁDIO BANDNDEWS FM: de 19/10 a 29/10 – a partir das 9h
Tempo: 20 minutos (por telefone)

19/10: SEGUNDA – OLÍVIA SANTANA / PC DO B
20/10: TERÇA – HILTON COELHO / PSOL
21/10: QUARTA CEZAR LEITE / PRTB
22/10: QUINTA – BRUNO REIS / DEM
23/10: SEXTA – MAJOR DENICE / PT
26/10: SEGUNDA – PASTOR ISIDÓRIO / AVANTE
27/10: TERÇA – BACELAR / PODEMOS
28/10: QUARTA – RODRIGO PEREIRA / PCO
29/10: QUINTA – CELSINHO COTRIM / PROS

A ordem dos entrevistados foi por sorteio na presença dos assessores dos candidatos. Se houver segundo turno, o debate está marcado para o dia 19 de novembro.

Foto: Reprodução / GOVRN

Governador Wellington Dias do Piauí é eleito novo presidente do Consórcio Nordeste

O Consórcio Nordeste que tem o objetivo de unir os estados da região para missões internacionais e a compra coletiva para abastecer farmácias de hospitais, ambulatórios e postos de saúde públicos, elegeu um novo presidente nesta segunda-feira (28). Por unanimidade, assume o posto o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que substitui o governador da Bahia, Rui Costa (PT).

O governador Wellington Dias, destacou a atuação do baiano Rui Costa na presidência do bloco. Rui foi o primeiro presidente do Consórcio Nordeste, e encerra a gestão em dezembro deste ano e deixa como legado a economia proporcionada por compras coletivas e a busca por novos investimentos estrangeiros.

“Reduzimos custos e fortalecemos ações regionais sob a gestão de Rui Costa. Continuaremos trabalhando por um projeto de desenvolvimento integrado, com o Nordeste conectado”, afirmou o novo presidente, que reconheceu a importância da implantação do consórcio por Rui Costa. “Um marco importante que garantiu a união de nossos esforços em torno de objetivos comuns, para gerar mais desenvolvimento na região”, ressaltou.

A eleição que foi realizada virtualmente nesta segunda-feira (28), e contou com a participação dos 9 gestores nordestinos. Além de Rui e Wellington, votaram Renan Filho (AL), Camilo Santana (CE), Flávio Dino (MA), João Azevedo (PB), Paulo Câmara (PE), Fátima Bezerra (RN) e Belivaldo Chagas (SE).

Rui Costa foi eleito em março de 2019 e esteve à frente do grupo durante missão internacional que resultou em parcerias e negociações dos estados nordestinos com países europeus. O governador liderou a primeira compra coletiva realizada pelo consórcio, que gerou uma economia de R$ 50 milhões aos cofres públicos. A gestão do presidente eleito nesta segunda tem início em janeiro de 2021.

Foto: Reprodução / Rede social da prefeitura

ACM Neto diz que praias poderão voltar a ser fechadas em Salvador após aglomerações no fim de semana

O prefeito ACM Neto (DEM) citou nesta segunda-feira (28) episódios de aglomerações nas praias de Itapuã, Piatã, Amaralina, Boa Viagem e Cantagalo, entre o sábado (26) e o domingo (27).

As praias que serão fechadas ainda serão divulgadas, mas ele adiantou que essas locais podem ser o foco da nova restrição. Segundo o gestor, a suspensão será de uma semana e caso seja necessário, a prefeitura ampliará a interdição.

“A Guarda Civil não pode ficar fixa em uma praia, como espécie de babá, para cuidar ao mesmo tempo de 64 km de orla. Eu quero ao máximo evitar ser o chato da história, mas não me incomodo. Estamos lutando para cuidar da vida das pessoas. Prefiro ser o chato salvando vidas, do que ser o bonzinho enterrando vidas perdidas pela Covid”, afirmou o prefeito.

De acordo com ACM Neto, as equipes da prefeitura “não vai ficar ameaçando banhistas”, e que isso não será permitido. “A gente conversa, pede que se retire, mas cada um tem que exercer sua consciência”, concluiu.

Na quinta-feira (24), em entrevista coletiva, o prefeito elogiou o comportamento dos baianos nas praias da capital, e disse que a postura era “exemplar”. Contudo, neste final de semana, foi registrada aglomeração em diversos pontos da capital baiana, banhistas sem máscara, sem distanciamento social e descumprindo os protocolos de retomada do acesso.

Foto: José Cruz / Arquivo Agência Brasil

Patrimônio informado ao TSE de candidatos à prefeitura de Salvador vai até R$ 2 milhões

A declaração de patrimônio dos candidatos à prefeitura de Salvador à Justiça Eleitoral teve o prazo encerrado neste sábado, às 19h. Esta foi à data limite estipulada para os partidos políticos e as coligações apresentarem o requerimento de registro de candidatos a prefeito e vereador, que é obrigatório para quem disputa eleições.

O patrimônio de 9 candidatos informado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) à prefeitura de Salvador que registraram as candidaturas vai de R$ 127 mil a R$ 2 milhões.

Confira em ordem alfabética os candidatos a prefeito de Salvador nas eleições 2020:

BACELAR (Podemos): R$ 427.797,94

BRUNO REIS (DEM): R$ 931.514,59

CELSINHO COTRIM (PROS): R$ 2.181.000,00

CEZAR LEITE (PRTB): R$ 504.332,37

HILTON COELHO (PSOL): R$ 127.287,80

MAJOR DENICE (PT): R$ 525.193,60

OLÍVIA SANTANA (PC do B): R$ 564.434,14

PASTOR SARGENTO ISIDÓRIO (AVANTE): R$ 258.000,10

RODRIGO PEREIRA (PCO): R$ 170.000,00

Além de confirmar a participação na disputa eleitoral, o registro de cada candidato no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza informações interessantes aos eleitores, como a lista de bens dos postulantes ao governo.

Em primeiro, com o maior patrimônio vem o administrador Celsinho Cotrim (PROS) com mais de R$ 2 milhões declarados. O segundo com o patrimônio de cerca de R$ 931 mil é o advogado Bruno Reis. Já em terceiro vem à candidata a prefeita, deputada Olívia Santana, do PC do B, que declarou possuir em bens e recursos bancários R$ R$ 564.434,14.

O candidato que declarou ter o menor valor patrimonial é o deputado Hilton Coelho (PSOL) com R$ 127 mil depositados em conta corrente.