Foto: Marcos Corrêa / PR

Enfim, Bolsonaro cumprimenta Biden e diz ter relação “sólida” entre Brasil e EUA

Após o presidente Jair Bolsonaro, alinhado ao governo Trump, só reconhecer a vitória de Biden 38 dias depois, e sem provas, falar mais de uma vez, em “fraude” no processo eleitoral norte-americano, o presidente brasileiro enviou uma carta e publicou mensagem em rede social, nesta quarta-feira (20), para cumprimentar o novo presidente dos Estados Unidos.

O comunicado foi divulgado horas após Biden tomar posse no cargo. Bolsonaro citou a defesa da democracia e das liberdades individuais como elementos compartilhados entre os dois países. “Sigo empenhado e pronto para trabalhar pela prosperidade de nossas nações e o bem-estar de nossos cidadãos”, afirmou.

Vários líderes mundiais parabenizaram o democrata pela vitória, após institutos e meios de comunicação anunciarem a vitória de Biden, no dia 7 de novembro.

Na carta, Jair Bolsonaro diz ser “grande admirador dos Estados Unidos e que, desde que assumiu o poder no Brasil, passou a corrigir equívocos de governos brasileiros anteriores, que afastaram o Brasil dos EUA”.

Confira a carta na íntegra: